Quantcast
PplWare Mobile

Google Sabrina – O futuro Chromecast já tem imagem, nome e controlo remoto

                                    
                                

Autor: Maria Inês Coelho


  1. TagusPark says:

    O chrome cast como está já serve o propósito (fazer cast) não vejo necessidade de adicionar um comando, ou mesmo transforma-lo num android tv, para isso tinha comprado uma box android, a razão pelo qual as pessoas optam pelo chrome cast é mesmo para lever um dispositivo leve e discreto por trás da tv (que não é smart) a dar videos de Youtube/Netflix

    • Emanuel Gonçalves says:

      Pelo que vi nas imagens o google sabrina é pequeno e discreto. Ter mais alternativas como ter um comando, ser “smart”, etc são sempre mais valias.

      Ter melhores actualizações sendo uma box da própria google também é uma vantagem, além de uma melhor interligação com dispositivos nest.

      Para quem a tv não é smart, acho que este dispositivo será muito mais interessante (excepto preço) do que o chromecast.

    • BTNB says:

      Para ti tudo continua igual, visto o equipamento ter Chromecast, para os outros que querem e gostam de ter controlo sobre o equiopamento em vez de teram uma carrada de Apps no tele que nem usam a não ser quando estão em frente da TV, este equipamento é perfeito!

    • rui says:

      a notícia é que pode induzir em erro então, não é um substituto do chromecast é outro produto, se quiserem só cast compram o chromecast mais barato se querem uma box android tv a google não tinha produto, se suportar 4k dolby vision e atmos e dts:x pode substituir o que a minha shield 2019 faz e será mais barato. a mi box é “comida” no 4k dolby vision e atmos que também não os reproduz

  2. Tiago Branco says:

    Tagus, ai é que estás errado. Muita gente quer aceder aos conteúdos da TV sem necessitar de abrir o telemóvel. E muitas box mais baratas que o Chrome cast já tinham a opção de Cast e AndroidTv incutido por bem menos. O Chrome Cas como estava já há muito que era um produto desactualizada face a concorrência. Por alguma razão nos EUA, o Roku TV, Fire TV e Apple TV são os produtos mais comprados e o Chrome cast há já muito tempo que nem era um player do mercado, vendendo menos que Mi Box ou Shield TV (mais caro) em muitos mercados. A resposta da Google peca por tardia.

    • TagusPark says:

      Acredito que sim,mas muita gente também está muito satisfeito com o chromecast, principalmente pessoas mais velhas. O meu avô tem quase 90 e acho que entre carregar num botão de cast que ha no youtube e no netflix ou tentar usar um comando e chegar ao youtube e esquisar videos num android tv, ele prefira a primeira opção. Para quem quer apenas conseguir ver youtube/netflix na tv sem muita tralha e cabos e configs etc, acho o chromecast um excelente produto

  3. Mike says:

    Compro SE vier com poster dela e sempre que ligar toque o videoclip: Boys, boys boys
    (Desculpem, já tenho idade para ter juizo, mas a minha adolecência… foi a 1ª coisa que me lembrei!)
    Quanto ao produto… não sei… Julgo ser algo entre chromecast e tvbox mas calculo que fique um pouco aquém do último mencionado.
    P.S.: Não sou grande fã do Android TV OS

  4. Josecunha says:

    Boas.
    Acho muito bem esta futura oferta. Ficamos com opção de duas escolhas num só produto. Para mim ontem já é tarde. Gosto muito do Android TV e do chromecast.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.