Quantcast
PplWare Mobile

Galaxy S22: Samsung poderá finalmente dar o salto no carregamento rápido

                                    
                                

Autor: Maria Inês Coelho


  1. Elkido says:

    Xiiii Só Agora Samsung? Isso na Realme e na Xiaomi é velho TENHO um velhinho Realme X50 Pro 5G com carregamento de 65w…. é um avião a carregar….dos 20 aos 100% em 30 minutos

    • Guilherme says:

      Meter a carregar os 100 em meia hora é fácil amigo… o problema está na durabilidade da bateria a longo prazo. Dai marcas c maior reputação não se querem arriscar nessas aventuras sem conseguirem garantir longevidade dos seus equipamentos.

      • Miguel says:

        Yep… nem faz muito sentido, pelo menos para mim, se meto a carregar durante a noite quero é que a bateria dure o dia todo

      • Toder says:

        A Samsung por acaso tem má reputação nas baterias, já tive S3 s6 s8 e agora note 10, e não estou nada contente com a bateria, o próximo de certeza que não vai ser samsung

        • Guilherme says:

          Não há milagres. São consumíveis que dependem muito do tipo de uso que lhe damos. Por isso é que as opiniões sobre as baterias variam tanto nos mesmos equipamentos.

          • Toder says:

            Claro que depende do uso que lhe damos, a minha namorada tem um xiaomi mi 10t, está com locação Bluetooth sempre on, e tem uma utilização de 4 horas, eu estou com tudo desligado e mal chego a 2 horas de utilização por dia. Estou a falar do “screen on time”.

        • Miguel says:

          Sim, isso e verdade.. Noto que o ecrã está mais poupado do que o meu S7, porque agora faz menos diferença eu usar o ecrã.
          Mas no geral esperava chegar ao final do dia com um pouco mais de bateria (S21)
          Mas no geral, por enquanto não está assim tão mau, apenas esperava melhor por ser topo de gama

      • Elkido says:

        Mas a Samsung e a Apple sempre foram as mais atrasadinhas em tudo e caras e em design…. em qualidade/preço/potência/specs as melhores do MUNDO sempre foram Poco/Redmi e Realme

  2. Wilson Luz says:

    Mas e o carregador 65W vem com o Galaxy S22, ou o comprador vai ter que usar o de 25W se ele tiver um?

    • GT says:

      É facil a resposta, não vem na caixa…

      E a sorte é SE TIVER UM DE 25W, porque vai ser USB-C dos dois lados, ou seja, os “velhinhos” de 15W ja não servem, a não ser que use o respetivo cabo tambem. É mais um motivo “extra” para o consumidor desembolsar mais uns euritos para o carregador de “ultima geração”. Independentemente da Samsung cobrar um valor “simbolico” ou não. Isto de deixarem de incluir o carregador na embalagem (tambem não vou ser injusto), foi 15% por motivos ambientais e 85% por motivos lucrativos. Ajuda (ainda que pouco, mas ajuda), mas não é nem nunca foi o foco principal (Apple sendo a pior porque cobra valores monstruosos pelos acessorios originais, acentuando-se mais o motivo de lucro facil). É a forma em si como isto é feito, a ideia de sermos cada vez mais ecologicamente sustentaveis é sempre positiva.

      Agora que não incluem o carregador na caixa, eles tem de estimular a sua compra dalguma forma…

      Por fim e antes de criticarem, não, não sou fanboy de nenhuma “equipa, marca”.

    • Os modelos que já suportavam 45W vinham só com o de 25W na caixa… E considerando a tendência, se calhar não trará mesmo nenhum…

      • SANDOKAN 1513 says:

        Este novo modelo ja não deverá trazer nenhum carregador pois não,Maria Inês Coelho ?? Tal como já é a política da Apple relativamente aos carregadores.Olhem,no Brasil o Tribunal ordenou a uma empresa(não sei bem qual),há uns meses atrás,para incluir na embalagem do smartphone o seu próprio carregador pois isso lesava(e de que maneira,digo eu),os utilizadores.Isso é prática comum no Brasil e também devia ser em todo o mundo !! Onde já se viu uma pessoa comprar um novo smartphone e ele vir sem carregador ?? Imaginem que eu comprava um iPhone.Vinha sem carregador.E depois ?? Tinha que comprar um novo ?? Um novo acessório que na loja da Apple custa,no mínimo,25 euros ?? Ora,ora… 😐

  3. Miguel A. says:

    Isso seria muito fácil de contornar, bastava um sistema AI para perceber o dia a dia do utilizador. Se colocasse a carregar à noite normalmente, não ativava o carregamento rápido, se houvesse um consumo anormalmente elevado e carregasse a meio do dia, ativava o carregamento rápido. Isto tudo com a opção bem visível para trocar os modos de carregamento. Para mim é mesmo a tecnologia da Xiaomi e Realme que estão muito à frente.

    • David Guerreiro says:

      Já existe isso. Software que carrega só até 80%, e depois de manhã cedo antes da pessoa acordar, carrega o restante, para não ficar a noite toda a forçar.

  4. Paulo Camarao says:

    Samsung sempre atrasada a copiar a apple. Ja ha anos que se carregam iphones com o carregado do ipad em 30min carrega tudo

  5. SANDOKAN 1513 says:

    (https://www.tomsguide.com/amp/news/samsung-galaxy-s22)—>Segundo este artigo o novo Samsung Galaxy S22 custará nos Estados Unidos 799 dólares,o modelo mais barato,muita atenção !! Aqui vender-se-á de certeza a cerca de 900 euros.Com as taxas e impostos vai ser certinho. 😐

  6. Elkido says:

    LoL mas se fores ver os testes no YouTube os de 45w carregavam mais lento que os de 25w nos Samsung Galaxy S20 por isso retiraram os 45w nos S21.Já a Apple tb é super lenta no carregamento de iPhones.
    Se queres carregamento Hiper rápido compra Xiaomi/Poco/Redmi ou Realme ou OPPO com carregamentos de 65 a 200w

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.