PplWare Mobile

Dash Cam DDPAI Mini, a câmara que vai equipar o seu automóvel


Gestora de conteúdo e de redes sociais do Pplware. Mestre em Economia, foi o fascínio pelo universo da tecnologia e da comunicação que falou mais alto.

Destaques PPLWARE

  1. rui says:

    para seguradoras se descartarem não terá problema nenhum, para obrigar a seguradora a assumir o risco e ter de levar a seguradora a tribunal as imagens têm valor 0 pois não foram autorizadas previamente para serem obtidas para fins de prova.

    • Tx2 says:

      E então? se te baterem no carro e fugirem ou assistires a algo similar, são pistas para as autoridades descobrirem mais facilmente quem foi

      • Nuno says:

        podem levar a pessoa mas não podem ser usadas em tribunal, apanhas um bom advogado e vês que a imagem não serve de nada, casos destes não faltam, e muitos publicamente falados como escutas não autorizadas etc… Estás em portugal onde o sistema é debilitado.

      • Miguel says:

        Ainda te arriscam a ser processado por usares imagens indevidamente sem autorização.

        Isso em Portugal vale 0, e ainda podes arranjar chatices…

    • Miguel says:

      Isso não faz sentido nenhum! Se existe um vídeo a mostrar o que aconteceu, porquê não aceitar?

  2. Rui says:

    De uma forma muito clara, todas as imagens que apanham tudo para lá da viatura, é ilegal, ponto. Já as imagens que por exemplo apanhem um ladrão a assaltar o carro, podem ser utilizadas em tribunal, porque foram obtidas de um espaço privado e não precisam de consentimento (o mesmo passa-se dentro das nossas casas).
    Agora vídeos sem consentimento, não servem para nada e apenas podem ajudar no caso de um crime a tentar apanhar os criminosos, mas mesmo assim não servem de prova.
    O ideal para os carros, seria uma cãmara tipo Nokia home WBP02 a transmitir as imagens com movimento ou som para a internet. Dessa forma mesmo que roubem o carro, o vídeo está a salvo (se tiver internet disponível).

  3. joão borges says:

    Não. Todas as imagens captadas que filmem um crime são aceites em tribunal.

  4. Nuno Fernandes says:

    Não sei pq motivo então as empresas investem em sistemas de videovigilância! Ou o ladrão rouba no supermercado, vai a tribunal e dps diz que não pode ser condenado pq não autorizou a gravação de imagens? ahahah E o mesmo se passa num roubo na rua! não faltam ai cameras a captar imagens sem o “teu” consentimento! é o big brother em acção!

    • Miguel says:

      Caso tu não saibas as câmaras que tu vês no supermercado ou em algumas ruas tem licença, essas imagens podem ser usadas em tribunal tudo o resto mesmo que seja de um crime não é aceite como prova.

  5. Miguel says:

    Tenho carro inglês com dash cam a frente e atrás. Tenho 10% de desconto no seguro e se tiver um acidente em Portugal posso garantir que o video será aceite pela minha seguradora sendo o acidente ou incidente acontecesse em qualquer país da Europa. Em Portugal ainda estão atrasados pois tem pessoas inocentes em acidentes que pelo relatório da policia se tornam culpados.

  6. Pérolas says:

    Alguém sabe de dash cams que não sejam made in xina?

  7. João says:

    Neste momento é ilegal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.