Quantcast
PplWare Mobile

Análise: Surface Pro – tablet ou PC?

                                    
                                

Autor: Ana Narciso


  1. Lucas says:

    Boa dia,

    Gostaria de saber se a placa gráfica do Surface PRO (Intel HD 4000)consegue “aguentar” com o Microsoft Flight Simulator X DELUXE EDITION

    Obrigado

    • Pedro says:

      Intel HD 4000 vem incluída em processadores Ivy Bridge. Pelos requisitos do jogo penso que funcionará sem problemas.

    • Filipe85 says:

      Outro aspeto a ter em conta é o espaço em disco, diz-se que o do surface não é muito e o FSX ocupa um espaço razoável!
      Tenha em atenção isso.

      • Ana Narciso says:

        Na análise tem informação sobre o espaço real disponível. Pode-se sempre colocar um cartão de memória e estender mais uns gigas…

        • DoContra says:

          Sim, um SDHC dá uma ajudinha. O ideal seria ligar um disco externo via USB, mas isso seria lançar gasolina no fogo da… bateria! 😉

          • Diogo Rocha says:

            De qualquer modo, para colocar o disco rigido terias que estar numa mesa ou secretária, assim poderias colocar o surface a carregar…

        • Filipe85 says:

          Pois está, devo confessar que não li tudo, porque não tenho interesse em adquirir um.

          Nesse caso, os 23GB da versão de 64 podem ser um pouco apertados, o FSX anda à volta dos 14GB, podendo aumentar com uns addons.

          A possibilidade de adicionar um cartão de memória é sem dúvida muito prática e uma mais valia em relação à concorrência.

          • Lucas says:

            Obrigado a todos por, de alguma forma, terem respondido à minha pergunta.

            A minha principal preocupação era a placa gráfica, mas parece-me que não terei problemas quanto a isso.

            Contudo, o espaço do Surface PRO não é suficiente, já que só para suportar o jogo são no mínimo uns 14Gb

            Provavelmente irei ficar por um MAC

            Mais uma vez OBRIGADO!

  2. bichocao says:

    Se o teclado for o mesmo dos que estão em exposição na fnac, com o uso dos clientes já estão todos rasgados, nem penso em comprar isto. Acho mais prárico o sony.

  3. Joao Silva says:

    Excelente análise a um excelente equipamento.

    1 pequeno reparo: o Office incluído é uma versão trial, para testar durante um mês.

  4. ohome says:

    mexi num na worten e aqilo tava numa resolução inferior (aparecia bordas pretas a toda volta) e ao clicar num sitio, aquilo detectava mais ao lado, para ai 2cm, penso que não seja normal!! depois de ter conseguido mudar a resolução para o máximo, deixou de haver esse problema, mas acho absurdo acontecer aquilo…

    acho muito dinheiro..
    se comprar é so se for a menos de 500€..

    • Ana Narciso says:

      Claramente esse Surface não estava nas melhores condições. Como podes ver no vídeo, a imagem ocupa todo o ecrã, a 1080p, a qualidade é espectacular.

      • ohome says:

        quando aumentei resolução, funcionava lindamente, apenas aCho absurdo ao reduzir a resolução, nao detectar o toque no sitio certo, sem exagero detectava ~2cm quase na diagonal

  5. MIguel L. says:

    O preço ….o preço é que estraga tudo.De resto é mesmo um tablet com todo o software que um pc tem.

    Ultimate tablet – Surface PRO

  6. Rui says:

    Para menos de 500€ tens o surface RT.
    Eu sou um fã deste tipo de terminais que pretendem substituír portátil e tablet, mas no mercado tem um produto frequinho e muito superior nas características, que é o Sony Vaio Duo de 11,6″ e o novíssimo 13,3″. Estou a pensar comprar este último, já com novos processadores Haswell que permitem que a bateria dure mais de 10 horas!!!!
    http://www.sony.pt/product/vn-duo-13/tab/overview
    Vai ser lançado em Julho. No site internacional tem muitos mais modelos de cada.
    Este para mim é o melhor híbrido do mercado. Tem uma característica interessante que permite digitalizar documentos, permite ligar a redes 3G ou superior (através de 1 operador nacional, obviamente). Os únicos contra, são mesmo o peso, preço e o tamanho de uma folha A4, mas é o que eu considero o melhor dos 2 mundos.

    • FitzGerald says:

      Surface RT tem uma performance HORRÍVEL…isto para não falar que não corre a grande maioria das aplicações tradicionais (afinal de contas, a arquitectura do sistema é diferente – Windows RT =/= Windows 8).

      Para Windows 8, há também o Lenovo Yoga 11s e o Lenovo Yoga 13. Não têm baterias tão duráveis, mas têm optimas especificações.

  7. Master of Menir says:

    Caros, a análise efectuada a este Surface Pro é brilhante e francamente bem documentada; permite a qualquer um analisar de forma bem consciente uma eventual compra.
    Parabéns PPLWARE !.

  8. DoContra says:

    Pelo preço pedido podiam ter mais consideração pelo cliente! Uma bateria que dura poucas horas num equipamente que tem como principal razão a mobilidade e uma câmara que é uma vergonha, quando hoje em dia é essencial a imagem com qualidade, são factores negativos muito pesados. Já nem falo na pouca capacidade de armazenamento…

    Mas é uma excelente e completa análise ao “bicho”. Parabéns à Ana Narciso!

    • lol says:

      Caro,

      Se quer um PC, compre uma torre. O surface é um híbrido de dimensões reduzidas.

      Há com cada cromo…

      • DoContra says:

        Caro,

        Antes de chamar “cromo” a quem tem uma opinão fiferente da sua (desculpe, mas ainda não entendi o seu ponto de vista), informe-se melhor. Pode ser que com algum trabalho descubra que há mais máquinas semelhantes a estas com melhor relação preço/qualidade.

        Já agora, que é tão inteligente, explique lá porque “um híbrido de dimensões reduzidas” não pode ter baterias que durem mais tempo e uma câmera decente.

        E depois o “cromo” sou eu…

      • Vítor M. says:

        @Lol, de facto estás a ser cromo tu 😉 até porque há muita lógica quando se fala na autonomia, principalmente quando está em causa a mobilidade 😉 como a Microsoft tanto a usou de bandeira!

        • pedro says:

          Quanto à bateria acho correcto falar-se mas quanto à câmara não me parece ser fundamental ter uma câmara muito poderosa. A câmara servirá essencialmente para fazer vídeo chamadas via skype ou similar e para isso acho que não é necessário uma câmara fenomenal até porque hoje a capacidade das redes de hoje em dia não faz muito sentido ter uma câmara fenomenal e depois transmitir a 720p ou inferior na maioria dos casos. Tirar fotos e filmar definitivamente não é o objectivo de um equipamento destes. (claro que esta é apenas a minha opinião)

          • DoContra says:

            Pedro, estou de acordo consigo no que respeita a utilizar a câmara para videochamadas,. No entanto, não era essa a utilidade que lhe daria. O que me interessa é a câmara principal, “nas costas” da máquina. Se hoje uso o telemóvel para substituir a máquina fotográfica em ocasiões em que esta não é indispensável, é lógico que devo esperar mais de um equipamento que me custou mais de 1.000 Euros. A qualidade que “exijo” não é para videochamadas, é para fotografia mesmo. Se um vulgar telemóvel já consegue fotos minimamente aceitáveis com vários megapíxel, não posso admitir que uma máquina destas deixe tanto a desejar nesse capítulo. E lembre-se que desde uma artigo, tese, seja o que for sobre coisas tão diferentes como olivais alentejanos ou parques eólicos no Marão necessitam de fotos. Senão, um texto no Microsoft Word não passará de uma aborrecida colecção de letras. E, já agora, para quando um artigo Pplware sobre as novas potencialidades do Word 2013 na inserção e tratamento de imagens? 😉

          • pedro says:

            Eu concordo que a câmara pode não ser das melhores mas andar com um equipamento destes a tirar fotos é o mesmo que usa-lo no ouvido pra fazer chamadas, são opções, eu so acho é que não é o propósito do equipamento…

          • Diogo Rocha says:

            Eu próprio sou um fã da microsoft e admito que em alguns aspetos o surface é um fiasco, a camara é horrivel, o meu lg l3 de 80€ têm qualidade superior a este aparelho e a bateria deixa muito a desejar para um “aparelho portátil”, por causa destas coisas vou acabar por comprar um sony duo 13, com uma camera de 8mp, e bateria até 20horas! (um bocado duvidoso, mas foi o que li), certo que aqui em portugal é um pouco mais caro mas tendo em conta que a vou comprar na suiça ficará +/- o mesmo preço e não tenho que comprar o teclado á parte (essência vital nos surface, é um crime não estarem incluidos)

  9. Arjo says:

    Parabens pela excelente análise.

    Sem dúvida que a minha próxima compra será um hibrido, pois sempre quis ter um tablet mas nunca o adquiri porque preciso obrigatoriamente de um portátil e o dinheiro não abunda…

    Pessoalmente acho que a duração da bateria deste Surface é um problema, pois não faz muito sentido ter um tablet e ao mesmo tempo andar com o carregador atrás, pois o objetivo seria carregá-lo de noite e a bateria durar um dia inteiro.

    Por último, o preço tambem não é nada convidativo, é que o de 128GB mais a capa já dá uma quantia jeitosa.

    Só uma dúvida: É possível adquirir alguma bateria mais potente?

    P.S.: Caso a resposta seja positiva ainda vai agravar mais o factor preço :D, mas por outro lado resolve o factor autonomia

    • Ana Narciso says:

      Arjo, neste momento não existem alternativas para maior bateria. Quando estive na apresentação do Surface Pro, o CTO da Microsoft Portugal disse-me que no fim do ano ia haver novidades relativamente a acessórios…. e mais não disse.
      Eu perguntei se havia previsão de lançarem uma dock, para melhorar a autonomia, por exemplo.

      Já agora, a bateria não é removível. O Surface Pro é uma peça inteira sem encaixes.

  10. Dr.Estranho says:

    Bonjour.
    Eu tenho andado aqui às voltas com um tablet android e não consigo gostar. Ando tentado a passá-lo a notas e adquirir um Surface, mas seria o RT. Não me importava de ter o Pro mas realmente o preço é um exagero! De qualquer das formas o RT é na minha opinião claramente superior ao Android embora o preço continue a ser um pouco alto. Vou esperar um pouco talvez, pra ver se resolvem os problemas com o teclado OU ENTÃO aguardar pela chegada do Ubuntu e ver a que preços vão ficar, deixar o mercado funcionar.
    Cumprimentos.

  11. T. Castro says:

    Tenho um Acer Iconia W7, e depois de ver o Review fiquei ainda mais satisfeito com a minha compra! Porque?

    1 – A câmara é superior, 5MP com autofocus e a uma boa velocidade de captura.

    2 – Ecrã é de 11,6″, e acreditem que essa polegada a mais é magica. O contra, é que o ecrã ainda que resistente e com um brilho fantástico (também de MP de 10) coleciona todos os dedinhos que lá coloquem. Mas as películas ajudam nestes casos.

    3 – Som, gostei imenso, se repararem aqueles 6 orifícios em baixo são as colunas, têm um som fantástico! Tanto sonoro como nítido.

    4 – Bateria, o ex-líbris, já cheguei a estar perto de 8h a usar com o brilho em 40%, wi-fi ligado, a fazer tarefas simples e maioritariamente únicas: no máximo Word ou Visual Studio + IE (em Windows 8 App Mode)

    5 – O Disco, segundo me pareceu, o do W7 é mais rápido nas velocidades de escrita e leitura. Mas pouco mais, sejamos sinceros.

    6 – Devo admitir que a capa incluída é fenomenal. Bastante agradável ao toque, com uma qualidade visível, e trás incluído um teclado BT aceitável (para a espessura que têm, eu gosto imenso dele)

    7 – É mais barato. Comprei a versão 128, core i5, Windows 8 PRO, com a capa (é possivelmente das melhores que já toquei), custa 1000€ (se formos ver, pelas specs não há nenhum UltraBook com este preço, ainda que “caro”).

    Contras:
    Não tem leitor de cartões (esta sim, era ouro)
    Não tem um stylus adaptado(ele trazer trás uma caneta, mas não nem de perto tão prática e funcional como a do Surface, nem tão bonita, mas eu também não a usaria, só em situações MUITO pontuais, o Visual Studio não se dá bem com Stylus)
    Não tem Dock próprio(a capa faz de Dock com o teclado, mas não dá tanta firmeza).
    É ligeiramente mais pesado (bateria e chasis os culpados, talvez?!), mas não consegui quase notar, é muito relativo.
    O carregador não tem aquela porta USB, que é prática e faz falta essa porta/charger a mais.

  12. fernando marques martini says:

    Pouco espaço disponível no disco devido à instalação do Windows 8 Pro 64 bit.
    Preço elevado (879€ e 979€) e teclado exageradamente caro (desde 119€). O conjunto custa entre 1000 e 1100€.
    Autonomia fraca: cerca de 4 a 6 horas, mas em alto desempenho, muito poucas horas.
    PARA MIM JA FOI O SUFICIENTE PARA ENTERRAR O Surface Pro

  13. Tiago says:

    Surface pro que é isso… Uma espécie de tablet sem 3G sem qualidade de som sem qualidade de câmeras, pesado, grosso, ou um pc portátil com um bom processador e uma péssima gráfica.
    Ainda não entendi o que a Microsoft pretende incutir, certamente um flop total.

    • Pedro Levi says:

      Tiago eu compreendo a filosofia de nao ter 3G.
      QQ pessoa hj (exacerbando) tem um telemovel capaz de fazer de hotspot. se o tablet ja de si é caro para quê encarecer com mais hardware?
      Wifi’s existem em todas as empresas, fon zon em cada esquina e hotspot para tudo o resto 😀

  14. JJ says:

    Tudo depende para o tipo de utilização que se vai fazer.

    Realmente os factores espaço (gb)/bateria/qualidade foto/preço não tornam muito aliciante este produto.
    Mas, temos de nós lembra que os primeiros tablets com Android ou iOS, estes também eram os factores negativos. Depois foram melhorando os produtos.

    A Microsoft podia ter lançado logo algo com mais capacidades nestes campos. Acredito que uma próxima versão do Surface Pro vai ser muito melhor.

    Qualquer das formas, para comerciais (ex.) que estão sempre na rua e precisam de aceder a software apenas para Windows, o Surface pode-se tornar uma grande ferramenta, já com estas características.

    • DoContra says:

      Desde que os comerciais possam andar com o carregador e liga-lo nos clientes, ou trabalhem só 4 a 6 horas por dia (que duvido…), prevejo-lhes algumas dores de cabeça com a autonomia desta máquina…

      Tirando isso, é uma boa opção, até pela possibilidade de instalação de software específico do negócio. SAP, por exemplo.

  15. fornost says:

    ótimo review, bem completo! obrigado por disponibilizá-lo… sempre achei tablets dispensáveis²
    Mas o surface parece ter mudado essa minha concepção (pelo fato da caneta + photoshop) agora sim começo a ver vantagens na utilização do mesmo

    mais para frente pretendo investir em um surface ou em um cintiq… veremos o que o futuro reserva 😉

  16. DoContra says:

    Já agora, para aqueles que querem *mesmo* tablets para jogar, que tal esta:
    http://www.cnet.com/laptops/razer-edge-pro-core/4505-3121_7-35561052.html
    😉

    • Diogo Rocha says:

      Aqui em portugal deverá custar prai 2000€, não?, esperei que saisse cá o asus u500vz a um preço completamente estúpido (tipo mac) 2500€… inovação em portugal sai mais cara

  17. Adquiri um e estou muito satisfeito (ainda por cima tive desconto). No primeiro dia foi um choque (usar windows 8 pela primeira vez), mas depois é manteiga:

    Factores positivos:
    – Deixei de carregar com um portátil mais pesado;
    – Deixei de carregar tablets inúteis profissionalmente.
    – Posso instalar o que me apetecer nele…inclusivé o Blue Stacks (e ter apps android a correr no surface), máquinas virtuais, etc.
    – Teclado é confortável
    – Posso expandir o espaço disponível com o cartão shdc (by the way ainda tenho 40 gb livres, depois de instalar suite completa do Office e a Master Collection da Adobe) e a minha catrafada de ficheiros.

    Factores menos positivos (para além do preço), normalmente relativos a software (que pode ser ultrapassado com futuros updates/upgrades…etc.):
    – a alta resolução do ecrã pode ser problemática para quem tem falta de vista (letra demasiado pequena em algumas aplicações tradicionais), muito embora possa ser contornável com o zoom, aumentar o tamanho da fonte na configuração, etc.).
    – A loja do metro tem poucas apps (mas tem as essenciais ou apps equivalentes)
    – ainda existem poucos acessórios, como covers (by the way existem umas excelentes no amazon)
    – alguns gestures podem ser melhoradas ou melhor integradas nos softwares
    – o suporte só tem uma posição (by the way….o IPAD tem 0 posições :p), mas pode ser contornado com uma boa cover (permitindo outras posições). Esta é confortável. Já usei no comboio, sofá, no colo, etc.

    • Diogo Rocha says:

      A loja metro têm poucas apps porque aqui é quase como se fosse “portuguesa” sendo apenas relevantes as mais conhecidas, para mais pesquisas na internet as melhores apps do mês ou procuras na loja de apps da microsoft, mas noutro browser, vais ver que não são assim tão poucas!

  18. Pedro Levi says:

    Autonomia de 4-6h tendo em conta a arquitectura do processador e tendo em conta q nao tem uma dock como muitos tablets hj em dia parece-me perfeitamente aceitavel. Para todos os efeitos é um PC não é um tablet.

    Camera? Se mais que suficiente para qq videochamada. Se quiserem fotografia a serio nem sequer ponderavam o tablet mas sim uma reflex. Megapixel nao quer dizer nada.. sensor é tudo!

    Infelizmente tambem acho que está um pouco caro. mas tendo em conta tudo o que está la dentro e o sistema por detras da pen.. parece-me aceitavel.

    Não tenho tablet, mas a comprar provavelmente seria este.

    • Diogo Rocha says:

      Desculpa, mas tenho um asus n56vz que aguenta essas 4horas sem esforço, e é têm specs muito, mas muito superiores, alguma coisa está mal para não se terem empenhado na bateria, é uma auténtica desgraça, se usa 4-6 horas em uso normal, se puxarmos um pouco por ele dura quê? 2 horas? é mito pouco para um aparelho com uma função destas.

  19. DoContra says:

    A Microsoft lançou o Surface Pro e ficou tudo louco? Por amor da santa! A Microsoft lançou o *seu* tablet. Não se importam de dar uma vista de olhos pelo resto do mundo?
    http://www.cnet.com/laptops/microsoft-surface-with-windows/4540-3121_7-35332542-4.html
    http://www.lptps.com/best-windows-8-hybrid-laptops/
    http://www.lowyat.net/2013/04/24/7487/battle-of-the-hybrid-windows-8-laptops-which-is-the-best/
    Etc…

  20. Rui says:

    Se querem autonomias maiores, têem de esperar que a família Hoswell entre nos híbridos, para terem autonomias superiores a 10 horas.
    Para mim continuo a apostar no Sony Vaio Duo 🙂

  21. Zefra says:

    O único contra que eu tenho chama-se falta daquilo com que se compram as batatas. Fora isso ate comprava uma maquina dessas porque na realidade há coisas que me fazem sempre falta.

  22. Carlos says:

    Acho que toda a gente sabe que esta é só a primeira geração de Surfaces, e que a Microsoft já está a preparar o lançamento da próxima. Um sinal óbvio disso é que está a oferecer o Touch Cover ou o Type Cover, e na conferência TechNet estava praticamente a dar os Surface RT.

    A expectativa é que o próximo Surface RT venha com um Tegra 4 e o próximo Pro venha com um i5 de 4ª geração (Haswell), que no caso do RT significa um aumento enorme do desempenho (algo como 2 a 3 vezes mais) e no segundo um aumento enorme do rendimento da bateria (algo como 50% mais).

  23. carlos says:

    Tentei instalar um adaptador ETHERNET USB num tablet com o Win 8 pro, mas ele não reconhece.
    Mas se for num PC com o Windows 8 pro o adaptador funciona em pleno….
    Será um problema com o firmware da BIOS
    ajuda please 🙂

    Obrigado

  24. Eduardo Oliveira says:

    A minha questão é, como é que estamos a nível de linux no surface? Funciona bem, é fluido?

  25. João says:

    Apenas um ponto negativo nesta review. Nao da para ver os vídeos no ipad. De resto 5* parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.