PplWare Mobile

Grande naipe de títulos Xbox anunciados na Gamescom


Paulo Silva

Just another gamer ...

Destaques PPLWARE

19 Respostas

  1. João says:

    Conseguir argumentos para (man)ter uma consola, só por um jogo (Forza), começa a ser difícil.

  2. Guilherme says:

    so pode ser zuacao isso meu Deus..
    UM exclusivo que foi um FRACASSO …

  3. MikeB says:

    Por acaso estou vendedor de uma 360 lol…. se alguém estiver interessado, avise 😉

  4. Leandro Brito says:

    Tenho Xbox, mas é realmente complicado quando quase não existe jogos,.

    • Pedro says:

      Podes desenvolver? Podes explicar-me como é que uma consola que abrange/suporta 3 gerações não tem jogos, estou confuso?!

      P.S: Tens tanto uma Xbox como eu tenho um iPhone 8 no bolso neste momento.

      • Duarte says:

        ahahahahah

        Fiquei muito curioso com Jurassic World Evluton.

      • leandro brito says:

        Pedro me indica pelo menos 3 jogos que lhe tirou sono, que tenha ficado jogando… gears of war, só muda cenário, estou dizendo de exclusivos decente, vou comprar o próximo Xbox na ctz, mas um grande exemplo recore, comprei na semana de lançamento não consegui jogar uma hora, esse e um problema que todas as plataformas estão enfrentando… remake q se lasque quero jogo novo e descente.
        Megaman, jogo no telefone ou pc.
        Cara minha opinião, não e absoluta, mas e dessa forma que penso, custo benéfico com jogos referente a sony sem comparação mas a MS tem deixado a deseja com jogos.

        • Paulo Silva says:

          Concordo quando dizem que a Xbox, em Portugal (e talvez no resto da Europa) tenha tido uma atitude um pouco “desmazelada” no que toca a jogos. É verdade que a chegada à posteriori em relação à Playstation lhe retirou o protagonismo que necessitava e depois com a falta de investimento (seja em marketing, seja em exclusivos ou mesmo em outras medidas mais simples como o pagar para online) as coisas não melhoraram.

          No entanto, existem jogos bastante bons para a Xbox One. Reparem que muitos desses jogos bons para a Xbox One também saem para a Playstation 4, portanto não se pode dizer que não existam jogos bons para a Xbox One.

          Quanto a jogos realmente inovadores é como referes Leandro … é um problema que afecta todas as plataformas de jogo. No entanto, em relação ao que foi agora anunciado existem uns quantos interessantes … ChromaGun por exemplo. Parece ser interessante.

  5. ZOA says:

    Mais do que nunca a esmagadora maioria não ficou de “água na boca” com mais da mesma pomada de sequelas, remasters e remakes…

    Muito mau estes argumentos de gaiato de resoluções impercetíveis em consolas encapotadas de marketing agressivo de giga cores e tera tretas para se continuar a jogar mais do mesmo vindo das mesmas empresas que asfixiaram a frescura de ideias e diversifidade de títulos…

  6. Jeremias Twittenhoff says:

    Mais uma vez demonstra-se bem a incompetência e ignorância do pplware quanto à área do gaming.
    Ninguém ficou feliz com o catálogo escasso de exclusivos da Xbox: Scalebound foi cancelado e recentemente Crackdown 3 e Sea of Thievea foram adiados para 2018. Cuphead é, excluindo PlayerUnknown’s Battleground, o único exclusivo esperado e de, relativamente bom peso, para o final de ano. Mas como Rise of the Tomb Raider, o segundo vai, mais tarde ou mais cedo, tornar-se multiplataforma muito provavelmente, sendo fonte de acordos de exclusividade temporária. Não me esqueço da franquia Forza, com já 5 repetidos jogos na consola.
    Vir dizer que ficaram de água na boca com os jogos third-party também existentes na concorrência é tão má publicidade como a da Microsoft, que apenas a faz com comentários vagos e demasiado ambiciosos (“A Xbox tem os melhores exclusivos em todos os géneros”).

    • Paulo Silva says:

      Ouve lá. Podes falar para o espelho e chamar incompetente ao reflexo que vês que talvez tenhas razão. Fala por ti.

      Achas mesmo que todos os jogos que foram anunciados na Gamescom (independentemente de serem ou não exclusivos) são maus? Acreditas mesmo que ninguém ficou satisfeito com os trailers revelados? Acreditas mesmo que ninguem vai comprá-los?

      Gostares ou não é uma coisa e dares a tua opinião é outra mas … usar termos como incompetência é ir um pouco mais além, ultrapassando os limites do bom senso e da boa educação.

      Repara … Só não digo que “és um grande palhaço” porque, em primeiro lugar não gosto de insultar ninguém de forma leviana e depois porque tu próprio já o fizeste de uma forma muito convincente!

      • Jeremias Twittenhoff says:

        Se não forem demonstrados argumentos satisfatórios para uma tal afirmação (“ficar de água na boca”), como leitor conhecedor do site há bastante tempo e livre crítico, posso apresentar uma opinião construtíva e racional. Cabe aos moderadores aceitarem e procurarm perceber os erros do site e não discordar e ficar arrogantemente instaisfeitos com a realidade. Um profissionalismo ínfimo quanto à questão de construção das notícias gaming e ao feedback de resposta, sim!
        Não insultei ninguém, apenas avaliei depois de grande análise o vosso trabalho de forma generalista – razão pela qual não incumpri de forma alguma as regras de conduta de um fórum, muito menos para receber uma resposta tão pobre de compreensão. Seria de esperar uma atitude diferente, mas aparentemente é você que quer sublinhar as suas características negativas.
        Para além disso, contra-argumentar com interpretações completamente erradas do meu comentário é triste. Não falei em qualquer descontentamento quanto aos títulos third-party apresentados. Falei sim, somente, na vossa opinião equívoca relativamente à – passo a citar – “quantidade e qualidade de novos jogos, de exclusivos ou de remakes anunciados […][reveladores do] forte investimento para este final de ano”.
        Poderiam ter ficado de água na boca com os jogos third-party; nunca discordei com isso (se tivesse lido bem), mas não com exclusivos e remakes, dos quais não existiram quase nenhuns para o final *deste* ano.

        Não é minha função perder tempo a explicar o significado e sentido de frases para pessoas como si.

    • rui lopes says:

      O battlegrounds nem exclusivo se pode chamar. A xbox só tem o direito à exclusividade durante 1 ano. Acabado o ano, adeus exclusivo. E já agora, quem comprar a xbox one x logo imediatamente mal saia, não irá ter 1 único jogo novo, no mínimo durante meio ano. Boa sorte para o Paulo Silva a tentar com que o pessoal fique contente com ela só por dar para jogar os jogos antigos…

      • Paulo Silva says:

        Repara que o Paulo Silva, nem ninguém do Pplware quer tentar influenciar ninguém, seja para Xbox, Playstation, Nintendo, Spectrum, SEGA, seja o que for. Apenas queremos informar e promover um debate salutar sobre os assuntos aqui retratados.

        No entanto, creio suspeito que estás mal informado acerca dos jogos novos que serão lançados com a Xbox One X. Aliás, muito mau seria uma marca como a Microsoft lançar uma consola sem um bom naipe de jogos. Se reparaste nos nossos artigos da E3, nestes da Gamescom e outros poderás tirar as tuas conclusões sobre que jogos podes esperar para Xbox One X no momento de lançamento (ou perto).

        Entretanto, algo que é inevitável concluir, é que o mercado gaming em Portugal (consolas) é maioritariamente de Playstation.

  7. Bruno says:

    Paulo Silva da pplware: não percas tempo a explicar o que qualquer pessoa com um cérebro percebe. O artigo é perfeitamente legítimo e contém informação credível e bem estruturada.
    O que se passa é que alguns dos users que “reclamam” ainda são muito novos para frequentar este site. São ainda muito influenciados por marcas e invejas. Talvez pelo facto de não terem de pagar pelas suas coisas os leve a adotar essa postura.

    Mais importante do que exclusivos, é a existência de bons jogos, independentemente de saírem ou não para outras plataformas. E os jogos referidos no artigo são para a Xbox one e como tal quem a possui pode ficar de água na boca. Tão simples quanto isso.

    Quem não gosta, não compra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia