PplWare Mobile

Painel solar divide a água para produzir hidrogénio


Imagem: Kuleuven

Fonte: Kuleuven

Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. ANTONIO says:

    PESQUISA A HIGROELECTRICIDADE ONDE CELULAS DE SILICA E OXIDO DE ALUMINIO GERAM ENERGIA PRODUZINDO ELECTRICIDADE ATRAVEZ DA HUMIDADE.

  2. jorge santos says:

    Já posso comprar um carro movido a hidrogénio….

    • Ricardo Gomes says:

      Se fosse tão fácil…o hidrogênio produzido não pode ser usado nos carros actuais

      • Marcio Sousa says:

        Não sou de todo entendido na matéria mas será que nós veículos movidos actualmente a GPL poderíamos trocar por hidrogênio e eles funcionariam normalmente?

        • nice says:

          Só os carros a gasóleo.
          a combustão de Hidrogénio produz H20

          • Pedro Ribeiro says:

            O que tem isso a ver com carros a gasóleo?
            Na verdade, aplica-se sim a carros a gasolina. O Hidrogénio exige depósitos específicos, bem como o sistema de injeção.
            Para ter Hidrogénio em estado líquido, como o GPL, são necessários depósitos bastante grandes, pesados e dispendiosos.

          • Nuno says:

            Carro a gasóleo é impossível. A coisa mais parecida com motor a explosão capaz de funcionar seria a gasolina. Mas devido a forma como hidrogénio queima obriga a modificações profundas inclusive no avanço. O volume que hidrogénio ocupa é tanto que obrigaria a ter um deposito maior que o carro para ter uma autonomia da treta ou então comprimi-lo o que obriga a uma serie de questões como gastos de energia e depósitos especiais, além do perigo de ter hidrogénio comprimido. Hidrogénio não é GPL… GPL manda uma viatura pelos ares em poucos segundos, hidrogénio manda o quarteirão em um segundo.. O motor térmico ( explosão ) tem cerca de 30% de eficiência, tudo o resto que ele consome transforma em calor, 30% são movimento. A única solução do hidrogénio é usar para conversão directa em energia eléctrica com pilha de combustível em viatura eléctrica. Ainda assim não me parece viável. É mais viável desenvolver de vez os sistemas de guardar e acumular energia eléctrica.

    • Pedro says:

      15% efficiencia a gerar hidrogenio, as fuel cells tem pouca durabilidade e sáo caras, perdes mais um absurdo a comprimir o hidrogenio, resumindo gastar dinheiro á tua nesta tecnologia na minha opiniao

    • Alvega says:

      Sim podes, e há cerca de 2 anos, vai ou importa da Alemanha, ou contacta a Toyota.

  3. Jorge Marques says:

    Grande descoberta! Qualquer fonte de electricidade em corrente contínua associado a dois eletrodos mergulhados em água separam as moléculas da água H2O em HH e O. Este gás HHO quando sujeito a uma faísca explode e volta a reagrupar as moléculas formando de novo água na forma de vapor.

  4. Gabriel says:

    O problema é o armazenamento do gás. Requer energia para compressão

    • Alvega says:

      É verdade, mas existem outros métodos, em que a armazenagem na viatura é diminuta, pode ser produzido a medida que é necessário no veiculo, e dentro deste principio pode ser feito por outros tantos métodos, como seja pela pilha de combustível, electrolise, etc.

  5. João Gonçalves Cabeceira says:

    Muito oportuna a reportagem, sigam com a mesma qualidade de informação valiosa…

  6. João Gonçalves Cabeceira says:

    Sigam com o mesmo nível de informação atual e valiosa..

  7. Marcos says:

    Ok Gênios, já não bastasse retirarem do subsolo os carbonos que as vegetações antepassadas captaram da atmosfera transformando as em vegetais e depois em petróleo queimando-as e as liberando-as novamente para a atmosfera estragando o trabalho de milhares de anos do nosso ecossistema, agora os gênios de plantão querem quebrar as moléculas da água o líquido mais precioso do universo, para novamente queima-los a fim de produzir um monte de lixos e mordomias e facilidades e vidas sedentárias para humanos (na qual infelizmente me incluo) … Não penso que seja bom isto é qualquer forma de geração de energia, pelo contrário, penso que deveríamos contabilizar toda energia gasta no mundo em um dia de 24 horas dividi_las pelo número de habitantes na terra e trabalhar-mos uma forma de reduzir estes valores de energia gastos, como? Reduzindo consumos de energia, consumo de roupas, uso de carros, plantando mais verdes , alimetando-se com uma quantidade e calorias o suficiente para as necessidades do dia, produzindo o mínimo de resíduos e na velocidade em que o planeta consegue transformá-lo novamente em outro produto útil sem desequilíbrio. O mercado se molda ao que a sociedade consciente está comprando, se a sociedade não se mobiliza o mercado cria a necessidade para a sociedade comprar a solução que geralmente é uma solução poluidora e que só tem como primícias o faturamento econômico..

  8. Afonso dias says:

    Estamos avançando para mais descoberta isso é muito bom para o mundo especialmente para nosso pais Brasil tem muita energia solar .aqui no nordeste sol está tao radiante que chega ha desperdiça. Espero alcançar novas descobertas até os anos 2050.

  9. LUPERCIO DE CARVALHO says:

    Quem quiser dar uma pesquisada á fundo verá que o mestre Nicola Tesla,há muito tempo atrás já descarta esta possibilidade pois não é compensável,e ainda afirma que o sucesso é exatamente o caminho opsto á este!
    Um visionário,meu idolo,salve Tesla!!

    • Redin says:

      O grande visionário Tesla, pecava por ter nascido numa época de pouca investigação tecnológica como temos agora. Ele foi um grande inovador para a época que viveu.
      Eu sou muito mais apologista da tecnologia do Hidrogénio do que pelas baterias eléctricas. Com hidrogénio consegue-se criar motores de combustão e nessa consequência criar energia eléctrica.
      A seu tempo a investigação vai poder encontrar rapidamente a forma ideal de o armazenar em segurança.

      • Pedro Ribeiro says:

        Portanto, pegamos num painel solar com um rendimento ridículo, como também é o caso dos fotovoltaicos (ainda não vi a vantagem sobre estes), e em vez de produzir electricidade directamente, recorremos a motores térmicos, com rendimentos pouco melhores para… produzir a electricidade que poderia ter sido produzida directamente pelo painel solar. Isso faz algum sentido?!

        • Redin says:

          Sim, faz.
          Já te questionaste porque razão investigadores e empresas investem milhões se esse tipo de “visão” que falas não tivesse sentido?
          Os motores para serem alimentados em unidades moveis não podem andar com painéis solares agarrados a eles, por muita potencia que eles tenham.
          O hidrogénio precisa de ser armazenado para transporte sendo este o próximo passo a dar para a sua sustentabilidade.
          Uma bateria eléctrica ainda tem uma grande pegada ecológica para resolver.

          • Pedro Ribeiro says:

            Quando se trata de sacar dinheiro, tudo vale. Nada de novo. Até parece que o que se passa com os bancos portugueses não é exemplo suficiente…

  10. Fabio says:

    Até crianças do primário produzem hidrogênio… o problema não reside em produzir mas armazenar o hidrogênio de forma segura e batata.

  11. Alvega says:

    Gostei do artigo, espero continuação.

  12. José says:

    A marca “KIA” em Espanha já tem carro a hidrogênio . Estações de serviço já têm bombas para abastecimento de hidrogênio. O modelo Da Kia abastece 150 litros de hidrogênio que é transformado em eletricidade para alimentar os motores elétricos do carro e faz percurso de 600 KMS. Nós em Portugal andamos a brincar com os carregadores elétricos! Não percebo os nossos políticos…

  13. nao says:

    sendo esta noticia verdadeira, na minha opinião acabou a corrida as energias verdes. esta é a solução para todos os problemas.
    imaginem um carro, com dois tanques um de agua e um de hidrogénio, enquanto esta a andar esta a “gastar” o hidrogénio (transformado em H2O) quando esta parado esta a transformar a agua em hidrogénio atravez do painel solar.

    incrível, espero mesmo que seja verdade.

  14. Alfie says:

    Gostei muito do que li mas fiquei baralhado com duas coisas:
    1- “água solar”, não consigo entender o que realmente seja
    2- “plantas de electrólise”, não sabia que as plantas tinham esta capacidade
    3- “converte a luz solar diretamente em hidrogénio”, que grande descoberta: conversão do fotões em hidrogénio!!!
    Como não sou “muito venenoso” aceito que me digam que o robô de tradução está avariado, como o software do 737Max, mas, por favor, façam lá uma revisãozinha ao texto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.