PplWare Mobile

Luzes LED danificam os olhos e atrapalham o sono, alertam as autoridades


Imagem: Solvay

Fonte: CNN

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Olhos azuis says:

    Sinceramente não li o artigo todo, mas até que ponto isto é verdade??
    Casa cheia de led’s, desde entrada que se ligam sozinhos, a luzes controladas por telemóvel, a computadores, tv, tablet, etc
    Durmo que nem uma pedra, se não fosse o despertador e as luzes ligarem todas pela manhã para acordar ficava na cama até tarde.
    Problemas de sono 0
    Visão perfeita, não tenho óculos nem lentes.

    • joao Belo says:

      “A degeneração macular relacionada à idade, uma das principais causas de perda de visão em pessoas com mais de 50 anos, causa danos à mácula, uma pequena mancha perto do centro da retina que é necessária para uma visão central aguda.” é só uma questão de idade…apenas !

      • Olhos azuis says:

        Eu fiz o mesmo aos meus avos de 86 anos, poupam bastante luz e só têm uma ligeira miopia, mas já a tinham antes das luzes led, e nada aconteceu
        Por isso pergunto-me, depende da pessoa? depende de X fatores? depende se tem ou não problemas de visão? são muitas questões, isto porque luz é luz

    • Sergio J says:

      Volto a dizer o que já disse muitas outras vezes por aqui. Estes valores são estatísticos, não podemos olhar para um caso em particular, tens de olhar para uma população no seu todo.

      E mesmo que penses não te esteja a prejudicar agora, com o acumular dos anos pode vir a te afectar e aí já não há nada a fazer.

  2. ElectroescadaS says:

    Com tonalidades diferentes das lâmpadas LED, dúvido um pouco desses dados…

  3. Ricardo Monteiro says:

    Já noto. Muita hora no escritório com LEDs branco frio chego à noite cansado. Antes tínhamos florescentes e mais amarelas e não sentia tanto desconforto.

  4. Joao Ptt says:

    Um dos problemas conhecidos é também o facto dos Diodos Emissores de Luz (LED) emitirem a luz a piscar muito rapidamente, de tal forma que não nos apercebemos que está na realidade a piscar… e porquê? Porque supostamente reduz o consumo de energia e aumenta a durabilidade.
    Quanto ao estudo não sei, se é mesmo assim, mas pelo menos iria querer que os fabricantes começassem a só colocar no mercado lâmpadas LED de emissão contínua sem cortes (ou seja: sem piscar quando está a emitir a luz)… ou no mínimo que identifiquem claramente se é um LED de emissão contínua ou se é dos que piscam muito rapidamente que por isso parecem contínuos mas não o são de verdade.

    • Manuel says:

      Já as tradicionais fluorescentes piscam a grande velocidade velocidade e ninguém reclama.
      Tanto publicidade e incentivo aos Leds, e agora querem o que? Voltamos as lâmpadas incandescentes?

    • Samuel says:

      Não “pescas” nada de electrónica Os leds não piscam como as outras lâmpadas. Eu sei do que falo tenho curso de electrónica.

      • Joao Ptt says:

        Alguns LED’s piscam sim, só que é tão rápido que o olho humano não detecta… mas afecta o cérebro na mesma. Já expliquei que os fabricantes o fazem para reduzir o consumo e aumentar a durabilidade do mesmo.

        • int3 says:

          Tu de “todos” foste para “alguns”. Não fales do que não sabes sff.
          Quase todos os LEDs são equipados com meia dúzia de condensadores para ter uma emissão contínua de luz. Mas mesmo assim as luzes antigas, aka lâmpada incandescente, é que TODAS “piscavam” nos 50 Hz porque é a frequência da nossa rede elétrica.
          Não é o que os fabricantes fazem. Não piscam porque são feitas dessa forma… Quanto mais falas mais te enterras…

        • rodrigo says:

          os fabricantes fazem piscar os LEDs para reduzir o consumo e aumentar a durabilidade?? Isso não faz sentido nenhum.
          O piscar de seja o que for aumenta o consumo e reduz a durabilidade

    • Hugo Nabais says:

      O artigo explica que o problema não está no piscar (até porque isso sempre houve noutro tipo de lâmpadas) mas sim na tonalidade azul de alguns led.

  5. Técnico Meo says:

    Na minha casa, com cerca de 90% das lâmpadas em led, com as entre 2500 a 3000 kelvin de cor ( amarelas+-)

  6. Manuel says:

    Já as tradicionais fluorescentes piscam a grande velocidade velocidade e ninguém reclama.
    Tanto publicidade e incentivo aos Leds, e agora querem o que? Voltamos as lâmpadas incandescentes?

  7. Samuel says:

    Estudo encomendado por Trump.

  8. LFC says:

    Se não há provas concretas com relação a lentes com proteção de filtro azul, eu posso dar-me como prova. xD
    Eu já à 12 anos que estou todos os dias em frente a um ou mais monitores. Tenho dias como hoje de 6h em frente a monitores (excluindo smartphones e TV).
    No ano passado comecei a ter dores de cabeça terriveis e tonturas que só passavam depois de umas horas sem estar em frente a computadores, smartphones etc.
    Indicaram-me lentes essilor com filtro azul, não têm côr amarelada, e logo apartir daí as dores de cabeça passaram. E esta…
    Pode não haver provas concretas mas funciona!
    Cumprimentos.

    • Samuel says:

      Eu estou varias horas e nada me acontece. Ocasionalmente tenho enxaquecas que não tem nada haver com os leds e ecrãs pois quando acontecem eu nunca estou olhar para ecras a mais de 4 horas. Portanto essa prova é inconclusiva.

  9. Luis Silva says:

    Acho que tudo depende da luz do LED se for branca mesmo ou amarela não provoca tanto cansaso agora branco azulado cansa mais.
    Eu que tenho problemas de visão noto mais facilmente esses problemas.
    Só conpro led de 6500k por ai luz branca, pois o branco azulado cansa mais. O problema não é ser led e sim cor da luz, não atire. Culpas aos led’s.
    Quanto aqui a alguém que disse que trabalha em escritório, quem lé muito está em escritórios ou escolas é aconselhável ter led ou luz meia amarelada é um tom quebestá entre o branco e amarelo.
    Aconselho a comprarem quem poder para uma divisão da casa onde lêm e façam outras atividades comprar aquelas lampadas led que podem controlar a intensidade de luz e cor, tenho uma da wox é espetacular dá até pra mexer no tipo de brancos e amarelos.
    Eu meti led em casa e não noto esse problema de cansaso, e estou semprem frente e um pc com monitor led configurado pra luz branca. Esse problema que as pessoas tem do pc nada tem a ver de ser led, primeiro usem resoluções adequadas e tamanho de letra que não esforcem tanto pra ler, outra ideia é usar o mais possivel modos escuros de temas, configurem por exemplo o leitor de pdf pra fundo escuro e letra branca muda muita coisa.

    • JP says:

      Luis Silva,
      o LED azul que estão a falar, que é prejudicial, é precisamente o de 6500K, o branco frio.

      • Luis Silva says:

        Não entre os 6400 6500 por ai há um branco branco, sei disson porque tenho em casa.
        Acima dos 6500 é que há o branco azul.
        Posso estar errado no valor, mas está por ai há o branco branco, só que nem todas as pessoas sabem isso até eu demorei tempo a perceber.
        Tenho uma de branco azulado aquilo é terrrivel mesmo, só o engraaçado é que é mais facil encontrar o branco azulado que o branco normal.

  10. David Guerreiro says:

    Eu aqui em casa, só tenho LED de luz fria na cozinha, agora quartos, sala, casas de banho é tudo luz amarela, à volta de 2700K. No quarto uso lâmpadas de filamento LED COB, que são na minha opinião as com melhor reprodução cromática, comparadas às incandescentes. O problema são as lâmpadas baratas que se vendem por aí de 1€ no supermercado que dizem luz quente e são 3500K.

    • JP says:

      Na cozinha bastava Branco Neutro, em vez de branco frio.
      Filamento Led COB, não existe. COB=Chips On Board.
      Filamento LED é diferente de COB LED, as que fala são filamento LED, mas tem o ônus de ser um LED menos eficiente.

  11. Paulo says:

    Favor corrigir o título para ” Luz LED azul pode danificar…”

  12. Milena says:

    Ai caramba e agora o que faço? Já reclamei que estou ficando com problema na visão por causa da lâmpada.
    O que irei colocar será melhor voltar a usar candelabros?

  13. Malamen says:

    “Existem novas evidências científicas que confirmam os “efeitos fototóxicos” das exposições de curto prazo à luz azul de alta intensidade.”

    Onde? Não existem fontes para estas evidências científicas? A ANSES pode escrever o que quiser, mas convinha justificar com as fontes, não apenas mencionar certos estudos.

  14. alberto says:

    Mais um estudo alarmista…

  15. Rui Pedro says:

    Por isso é que as desligo quando vou dormir. Assim não atrapalham o sono.

  16. Zé Duarte says:

    E que tal desligar as luzes e fechar as janelas quando se vai dormir?
    Se esses franceses se sentem cansados talvez tentem mudar a rotina ou não passarem o dia todo agarrados ao computador/smartphone ou a olhar intensamente para as lâmpadas.

  17. int3 says:

    O problema SEMPRE foi da cor azul. Não é dos LEDs porque para nós é sempre uma radiação eletromagnética visível, não conseguimos (cérebro) sequer saber se a fonte é LED ou o que seja.
    Mais um artigo para encher chouriço.

  18. Redin says:

    Eu já resolvi isso.
    Instalei o modo escuro.

  19. Antonio Nunes says:

    Para os que escreveram que vão voltar às lâmpadas incandescentes, leiam o artigo todo e não apenas o título, ou pelo menos esta frase: ‘a iluminação LED doméstica “branca quente” tem riscos de fototoxicidade fracos’

  20. Paulo César says:

    Já tinha percebido isto a dois anos atrás qdo troquei meu monitor de 20pol crt por um de led de 22pol. No crt trabalhava o dia inteiro sem problema, no de led neus olhos ficam irritados e vermelhos com poucas horas de uso.

  21. Anderson says:

    Isso só pode ser coisa de ELETROPAULO tá na cara que as leds são baixo consumo de energia , com isso a empresa deixa de ganhar ; vagabundos , na minha casa por mês vem de 25 a 30 reais de luz com as leds…

  22. mario says:

    romanos 10:9 net

  23. mario melo says:

    romanos 10:9 net

  24. Lucia says:

    Já existe led com luz amarela.

  25. mário says:

    romanos 10:9 net

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.