Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Uso de máscara reduz para metade o número de infeções

                                    
                                

Fonte: Simon Fraser University

Autor: Pedro Pinto


  1. A. M. says:

    Onde dizem “Máscaras não-cirúrgicas, comunitárias ou de uso social – dispositivos de diferentes materiais têxteis, destinados à população geral, não certificados.”…..então não existem máscaras não-cirúrgicas certificadas!!????

  2. Tugahunter says:

    Há já algum tempo (ainda o SNS andava às marradas na comunicação social) que tanto eu como a minha esposa usamos máscara nas nossas saídas para o exterior da nossa habitação . Inclusivamente até no emprego eu tenho por hábito usar máscara. Até podem dizer que é desconfortável o seu uso mas é tudo uma questão de hábito…

    • Ze das Quintas says:

      Para quem tem dificuldades a respirar não é assim tão fácil.
      Eu sempre tive quando era puto e com a mascara não aguento muito tempo, é ir ao supermercado e tirar quando chego ao carro e tem que ser mascara cirúrgica que as outras de pano são super quentes e ainda mais incomodativas.
      Quem diz que é tudo uma questão de hábito está a olhar só para o seu nariz!

      • Tugahunter says:

        Claro que sim, o nariz é meu e tenho de o proteger porque além de ter bronquite asmática, também sofro de apneia do sono e tive de me adaptar às máscaras com a agravante de ter de as usar enquanto trabalho…

        Se é desagradável e incomodativas são sim mas olhe estamos no mesmo barco…

        Aconselho-o a arranjar forma de proteger o seu nariz também…

      • Pérolas says:

        Há muita coisa que é incomodativa, mas, tem de ser!!! Se não existir alternativa não há remédio, há que usar a máscara. Em alternativa é estar em teletrabalho, encomendar tudo pela internet e cancelar os contactos socias fisicos!!! Assim, podes estar em casa, tranquilamente e sem máscara, é uma ideia….

  3. SANDOKAN 1513 says:

    Ando com a máscara todo o dia.Só a tiro à noite para dormir.Fossem todos/as como eu !!

    • Tugahunter says:

      Se me permites a brincadeira não me digas que até tomas banho de máscara… 😀

    • Samuel MG says:

      Não são os únicos a usar a mascara na rua e em locais fechados. Desejo que o governo torne obrigatório o uso de mascara na rua. Reduzia os contágios mais rápido do que aquela amostra que custou 400 mil euros.

      • pH says:

        Aquela amostra que custou 400mil euros é mais uma ferramenta para o combate à epidemia.
        Da mesma forma que as pessoas são responsáveis e usam máscara na rua, também deveriam ter a aplicação instalada. Tudo uma questão de responsabilidade social.

        • Tugahunter says:

          Ter uma app instalada para ocupar espaço na esperança que os infectados façam a parte deles é algo irreal…

          • pH says:

            Irreal é a falta de responsabilidade das pessoas.
            Mas como a maioria, aplica a teoria da batata… Como acho que os outros não usam, também não vou usar.

          • Pérolas says:

            Sim, o uso de máscara deveria ser obrigatório (e bem colocada), a partir do momento que saem de casa!!!! Quem não cumprir paga uma multa elevada que deveria ser a dobrar para os reincidentes!

  4. Leandro says:

    A mascara só resulta se estiveres num espaço fechado ventilado, senão é igual ao litro. Só aguenta 20 minutos num espaço fechado sem ventilação. Que é o acontece em muitos lugares.
    Máscaras comunitárias é quase igual a zero.

  5. Samuel MG says:

    Que tal corrigirem isto:
    “Máscaras não-cirúrgicas, comunitárias ou de uso social – dispositivos de diferentes materiais têxteis, destinados à população geral, não certificados.”
    Pois não é permitida a venda nos hipermercados destas máscaras sem serem certificadas. A minha foi comprada num hipermercado e vinha certificada, mais é de duplo tecido.

  6. Ja Foste says:

    Acho que as mascaras não protegem assim tanto 46% que fosse não são muito eficazes no seu trabalho …Só uso mascara em locais fechados ou com movimento acentuado e que se justifique.

    Vejo gente que usa mascara ate no caro com vidros fechados acho ridículo…Só se justifica mascara no carro quando não faz parte do agregado familiar ai sim

    • Joao says:

      Ou se o carro é usado por mais gente…

    • Spoky says:

      Achas ridiculo, se o virus anda pelo ar não é assim tão ridiculo… Deixem os outros andarem de mascará, o carro é deles. Eles usam o que quiserem e apetecer, ridiculo é gente como tu achar que não se pode usar mascara no carro.

      Também é ridiculo num certo ponto, usar óculos de sol em casa. Mas há quem os use. E dai?

    • A. Martins says:

      …ou então podem ter saído de uma loja comercial e vão entrar noutro sítio em breve onde precisam de máscara!!! …mas… e se não houver nenhum motivo destes, qual é o problema!?? O que vale é que os que acham ridículo, são mas é uns complexados e às vezes pior: IRRESPONSÁVEIS!!!

  7. João says:

    No Canadá estudaram o uso de máscaras em Agosto quando as infecções já estavam a cair. Quanta da redução é devida às máscaras e quanta é devida ao ciclo natural de infecções?

    Como explicam que agora já estejam na segunda vaga como o resto do hemisfério norte?

  8. mario says:

    Esse estudo foi altamente criticado, porque não tem grupo de controle.
    VALE ZERO para o golden standards da ciencia como diz o Dr Fauci.
    Tem aqui um “Randomize Clinical Trial”, onde em 2015 se demonstrou que as mascaras de pano ou cirúrgicas são inúteis a prevenir virus respiratórios. Por favor pplware para de espalhar MÀ CIENCIA !!!!!
    10.1136/bmjopen-2014-006577

    • A. Martins says:

      Mesmo que os os estudos, a favor ou contra o seu uso, mais vale prevenir (já diz o ditado) por isso esta discussão é inútil!!! Os que não gostam de usar máscara vão sempre apoiar os estudos que defendem que de nada serve, até porque lhes serve de desculpa, e os que até nem se importam de usar (e convenhamos, não é assim tão complicado usar, mesmo com a questão monetária) vão ter mais um incentivo para a usar. Logo esta última opção é a mais inteligente, sem qualquer dúvida!!!

  9. ToFerreira says:

    Não ficou explicito que tipo de máscaras foram estudadas. Se bem utilizadas por todos, acredito que a redução seja maior. Se falarmos em FFP2 ou 3 a redução é com toda a certeza muito maior.

  10. jorgeg says:

    Fat check – fake news
    O lider comunista anda sempre sem mascara e cheio de saude!

  11. Tugahunter says:

    @pH:

    És livre de acreditares no que quiseres. Não venhas é atirar areia para os olhos dos outros só porque achas que a tua “verdade” é mais verdadeira que as opiniões de outras pessoas. Abraço…

  12. Sardinha Enlatada says:

    O problema e que quer queiramos quer nao, temos de usar em locais publicos , centros comerciais e afins. Nao e uma situacao em que cada um de nos pode optar por usar ou nao. Uma das liberdades que nos foi retirada. Obrigado Covid. Que mais vira ?

    • Hugo says:

      Exacto. É uma situação de responsabilidade e não de egocentrismo. “Quer queiramos quer não” usar máscara será sempre melhor do que não usar. Não quero que te sintas ofendido mas não perceber isso é relativamente preocupante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.