Quantcast
PplWare Mobile

Cientistas fazem descoberta espantosa sobre a origem da linguagem no cérebro

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Ana Sofia


  1. Rafael says:

    Boa tentativa. Próximo

  2. Spoky says:

    A resposta esta muito provavelmente nos papagaios, deviam estudar os cerebros do mesmo. Talvez cheguem a conclusão de como percebem e lêem o que o ser humano lhes diz e repetem.

  3. AlexX says:

    Discordo e explico porquê. O ser humano comunica desde sempre e começa a falar poucos dias ou semanas após o parto. Quando ouvimos um bebé com 12~24 meses com os seus patati patatá etc, ele já está comunicando e não importa em que zona do mundo a criança nasceu ou que idioma falam os pais, o dos bebés é universal. Uma pesquisadora australiana (Priscilla Dunstan) fez esse estudo com muitos bebés por todo o mundo e elaborou uma espécie de tradutor para aquilo que os bebés querem dizer, seja pedir papa, leite, sentirem desconforto, fralda suja, quererem brincar, companhia ou atenção, banho, entre outras necessidades do bebé. Os bebés entendem-se entre eles no idioma deles. E são os bebés quem mais tarde tem que aprender o idioma dos pais esquecendo progressivamente o nativo deles. O que não pôde ser provado nem sequer comprovado, é se eles comunicam telepaticamente tal como todos os animais, perdendo depois também essa habilidade.

    • rodrigo says:

      ‘comunicam telepaticamente tal como todos os animais’ lol
      a confusão que a’i vai!

      o choro das crianças nao ‘e igual ‘a linguagem. Comunicação sim mas linguagem nao.

  4. Kendimen.C says:

    Bom artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.