PplWare Mobile

Cérebro humano pode trabalhar em 11 dimensões


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Eric Mac Fadden says:

    Estou tentando trabalhar na primeira, e me vem com mais dez!

  2. Julius Agahowa says:

    O cérebro dos brasileiros que comentam aqui só tem meia dimensão…
    Já agora qual é a lógica de escreverem “kkkkkkkk”?

  3. pedro says:

    conheço pessoas que só trabalham no máximo com 1 dimensão e com muito esforço ….

  4. manuel says:

    isto é fantastico

  5. CMatomic says:

    Se tem 11 dimensões , poderá ser possível a nossa consciência ir alem do universo em que pressentimos , a nossa “nos” consciência não é nada menos que energia.

  6. censo says:

    E ainda se fala em inteligência artificial…parvoíce artificial, é o que é ! O ser humano é demasiado complicado para ser replicado em meros brinquedos da moda.

    • Nuno says:

      Tendo em conta os saltos enormes na inteligência artificial nesta última década, eu cá diria que estás errado. Até pode não acontecer enquanto for vivo, mas é inevitável.

  7. Josemar l says:

    86 mil milhoes… 86 bilhões (Não?)

  8. Costa says:

    Para todos aqueles que não leram o estudo, nem que seja na diagonal, o Nuno, num comentário, tem o link.
    Já agora, bastava ler a introdução para ler isto: Algebraic topology, que na realidade exclui logo 99,999% dos pretendentes a interpretantes do artigo.
    Quem estudou matemática, de certeza que topologia e álgebra não eram aquelas cadeiras para tirar grandes notas, pior é topologia sobre a “lente” algébrica.
    Posto isto, deixem lá de misticismos, o que ali está escrito é tudo menos místico.

    • Nuno says:

      Eu acho assustador o número de pessoas aqui que acredita em coisas que estão mais que provadas que não tem fundamento na realidade e que as pessoas que a propagam são charlatães. Encontramos-nos num blog de tecnologia e esperava-se que os aficionados deste fossem mais propensos em acreditar em factos científicos e não em woo woo. É o máximo da hipocrisia, negam factos científicos mas usam tecnologia que foi possível através desses mesmos factos científicos.

      • CMatomic says:

        La vem aquele debate , sobre a velocidade da luz e viajar no tempo , a actual ciência diz nada pode viajar a uma velocidade superior da luz , mas diz que o espaço pode , e ta mais que provado que o tempo difere da superfície da terra do espaço .
        Na minha interpretação as vezes a ciência actual parece uma religião , como a igreja católica no tempo da inquisição que em nome da religião assassinaram milhares de pessoas , assim como actual ciência quer silenciar opiniões e filosofias .
        O que é a religião na minha interpretação ?
        A religião é uma interpretação abstrata da realidade , é um ritual de uma determinada comunidade , os livros sagrados contem palavras de pessoas que revolucionaram o mundo , mas contem muita coisa que nada tem haver com as palavras das pessoas inspiraram outros construir um mundo melhor, socialmente e ate cientifico.
        Para mim ateus e religiosos , agem da mesma forma aquém lhes difere das suas ideologias e opiniões , eu não sou ateu nem religioso .
        Não esperava uma reposta tão hostil a minha opinião em relação a este tema , nem se quer foi uma afirmação.

      • Nuno says:

        A teoria da relatividade diz que nada pode viajar no espaço-tempo mas rápido que c. Não diz que o espaço-tempo não pode expandir mais rápido que c. E dizer que o espaço-tempo pode viajar no espaço-tempo é ridículo e indica que não sabes o que dizes e que não tens qualquer tipo de conhecimento da teoria da relatividade para além do que lês na comunicação popular. Diz-me uma coisa, tens formação suficiente para criticar a teoria da relatividade? O que difere na superfície da terra e no espaço é a curvatura do espaço-tempo.

        A falácia de equivocação que acabaste de cometer ao dizer que a ciência é uma religião é uma valente idiotice. A ciência não tem livros sagrados, não tem rituais, não tem dogmas,… Tudo sem exceção na ciência tem que sobreviver multiplos testes rigorosos. É mesmo depois de esta ser aceite e elevada a teoria, esta apenas é aceite tentativamente, até termos um modelo que explique melhor que o que já temos. A religião tem uma verdade absoluta que não muda com o passar do tempo, por mais incorrecta que esteja.
        A ciência é uma ferramenta, logo dizer que a ciência quer silenciar filosofias e opiniões é tão ridículo como dizer que uma arma quer silenciar um povo. Pode haver comunicadores de ciência que podem criticar fortemente opiniões estúpidas sem qualquer fundamento, como por exemplo, astrologia. Mas criticar não é o mesmo que silenciar.

        E mais uma vez, o objectivo da ciência é o conhecimento do mundo natural, não a melhoria do mundo. A evolução da ciência pode trazer novas tecnologias que melhoram a nossa vida, mas mais uma vez não é esse o seu objectivo.

        O que tu fizeste foi pura especulação não baseada em raciocínio lógico, logo, a tua opinião deve de ser descartada imediatamente. Mas não achas que é um bocado hipócrita estares a reclamar da crítica que levaste para tu depois fazeres o mesmo?

        • CMatomic says:

          “A teoria da relatividade diz que nada pode viajar no espaço-tempo mas rápido que c. Não diz que o espaço-tempo não pode expandir mais rápido que c”
          hehehehehe
          Tinha dito: “a actual ciência diz nada pode viajar a uma velocidade superior da luz , mas diz que o espaço pode”
          Estava referir objectos .
          “E dizer que o espaço-tempo pode viajar no espaço-tempo é ridículo”
          Alcubierre ?
          Diz-me uma coisa, tens formação suficiente para criticar a teoria da relatividade?
          No tempo da inquisição havia alguns bispos questionavam de forma semelhante .
          Sim ciência não é uma religião “as vezes a ciência actual parece uma religião” utilizei a palavra religião para descrever arrogante autoridade equivoca , que não se pode criticar é-se condenado , a ciência é a interpretação do ser humano do universo no momento que esta presente nele , a religião também é uma interpretação no universo em que vive.
          Eu posso ser cientista e religioso , como posso ser cientista e ateu , eu não sou ateu , nem religioso , nem cientista , mas não invalida de questionar e dar opinião acerca do universo onde vivo.

          ” A imaginação é mais importante que a ciência, porque a ciência é limitada, ao passo que a imaginação abrange o mundo inteiro.
          Albert Einstein”

          • Costa says:

            “…a ciência é a interpretação do ser humano do universo no momento que esta presente nele , a religião também é uma interpretação no universo em que vive.”
            Que erro. Você não faz a mínima ideia do que é ciência, e mais, equipa ciência a religião. Para si é tudo interpretação portanto, depende do ponto de vista.
            Já viu se eu interpretar que quando uma maçã cai de uma árvore, cai porque há um vento mágico que a empurra na direcção da terra?
            Ou que o céu é azul porque o deus XPTO gostava da cor e pintou tudo de azul?
            Toda a gente pode “interpretar” da forma que quer, mas há as interpretações mais idiotas e as menos idiotas.
            Olhe, algumas semanas atrás,numa praia em que estava, vi uma senhora a “educar” uma criança, sentada na zona de entrada da praia, sabe o que lhe estava a dizer?
            Que as pessoas tinham muitas vidas, e que apesar do fulano x (não me lembro do nome) ter 80 e tal anos, ainda ia viver mais uns 40 a 60, e depois iria passar para outra vida. Isto para mim é crime, encher a cabeça de uma criança com tretas destas devia dar direito a multa.
            O mundo anda cheio de tretas destas, e tal como o Nuno disse, num site de tecnologia, comentar numa notícia que não se percebeu, achar que se estava a falar de dimensões paralelas ou mágicas, e daí tirar conclusões mirabolantes, está quase ao nível da senhora que enche a cabeça da criança de tretas das n vidas.

        • Nuno says:

          Se tu não percebes a teoria da relatividade porque razão continuas a criticar.
          Mais uma vez, mete na tua cabeça nada pode andar mais rápido que c no espaço-tempo. O espaço-tempo pode expandir mais rápido que c. O que estás a dizer é que o espaço-tempo tempo pode andar mais rápido que c no espaço-tempo, é uma afirmação sem nexo que demonstra a tua ignorância. E tu não percebes o conceito da propulsão Alcubierre e vens para aqui dizer que está contradiz as nossas teorias.

          Se estás a criticar uma teoria científica tens que perceber essa teoria científica. É a mesma coisa que eu criticar uma obra escrita em alemão quando não percebo alemão. E é este k teu caso, estás a criticar algo que não tens qualificações para criticar. Eu duvido que saibas o que é um tensor de ricci, ou até mesmo o que é uma derivada ou um integral. Queres criticar e tentar encontrar buracos no nosso conhecimento? Inscreve-te numa boa faculdade e tira um curso de ciência. Se conseguires expandir o conhecimento humano, as tuas ideias serão aceites de braços abertos, aí verás que não há dogma na ciência. Agirá não esperes que a opinião de um ignorante que se acha mais intelectual que todos os cientistas que dedicaram vários anos ao estudo e trabalho, seja respeitada.

          “a ciência é a interpretação do ser humano do universo no momento que esta presente nele” Tu nem sequer sabes o que é a ciência e criticas esta. Santa ignorância. Cada qual tem a sua area de conhecimento, a diferença é que eu se quando estou fora do meu elemento, tu não. Falas com a certeza absoluta de assuntos que não percebes. És o caso perfeito do efeito de Dunning–Kruger.

          E Einstein nunca disse isso. O que acabaste de colocar é uma valente mentira e demonstra que estás a ser desonesto nesta discussão. O que Einstein disse foi isto:

          Imagination is more important than knowledge. For knowledge is limited, whereas imagination embraces the entire world, stimulating progress, giving birth to evolution. It is, strictly speaking, a real factor in scientific research.

          Einstein disse isto porque todo o conhecimento tem sempre início na imaginação de alguém, mas isso não quer dizer que toda a imaginação equivale a conhecimento.

          • CMatomic says:

            Não estou a criticar a ciência , estou a dar a minha opinião .

          • Nuno says:

            crí·ti·ca
            (feminino de crítico)
            substantivo feminino

            1. Análise, feita com maior ou menor profundidade, de qualquer produção intelectual (de natureza artística, científica, literária, etc.). = APRECIAÇÃO
            2. Capacidade de julgar.
            3. [Figurado] Opinião desfavorável. = CENSURA, CONDENAÇÃO

            Eu quando falo de crítica faço referência à terceira definição. Isto porque para as duas primeiras precisas de conhecer o tema, algo que não é o caso. E o que diz a terceira? “Opinião desfavorável”. Que é sem tirar nem por o que tens feito. Isso e citares falsamente Einstein.

      • César Oliveira says:

        Nuno, isto não é pessoal.
        Mas tinhas que vir aqui nos comentários armar-te em pseudo-sábio, pseudo-cientista ou científico.
        O mundo está cheio de fundamentalistas científicos. Orgulhosos, vaidosos, cheios de preconceitos, pseudo-conhecedores do todo e de tudo.
        Para com isso.
        Deixa-te disso.

        Não estou aqui a escrever este comentário para te ofender. Não, longe disso.
        Abre os olhos e percebe que o que sabes é quase nada. Não vale o ridículo de vires para aqui cheio de orgulho e vaidade.

        Um abraço

    • CMatomic says:

      @Costa
      Se enfurece , por uma simples opinião
      “…a ciência é a interpretação do ser humano do universo no momento que esta presente nele , a religião também é uma interpretação no universo em que vive.”
      Que erro. Você não faz a mínima ideia do que é ciência, e mais, equipa ciência a religião. Para si é tudo interpretação portanto, depende do ponto de vista.
      Dizer que eu não faço a mínima ideia o que é ciência , arrogância da sua parte se não soube-se o que é a ciência não estaria aqui a escrever , quem faz a ciência é o ser humano , tal como a religião é o ser humano, se não entende o quero dizer , é porque não sabe interpretar as minhas palavras , e as palavras na ciência não serve de provas que algo existe .
      Ciência é uma palavra ” que escrevo e leio ” tala como religião , não existe uma ciência nem uma única religião . nem uma única interpretação da ciência , na ciência eu observo provo a existe com provas , a religião não é uma ciência .
      Eu não sou religioso e você não entende .

      Leia de novo :
      ” A imaginação é mais importante que a ciência, porque a ciência é limitada, ao passo que a imaginação abrange o mundo inteiro.
      Albert Einstein”

      • Costa says:

        “…e as palavras na ciência não serve de provas que algo existe .”
        Posto isto, está tudo bem, descansa que para mim já ganhaste, aliás vou-me já converter à tua “ciência”.
        Agora vou ali tratar da minha “energia”, tenho ali um bocado a flutuar, e está a ir direito à janela aberta. Se me descuido o vento leva ali um bocadinho do meu “braço energético”

      • Nuno says:

        Quando a tua própria definição de ciência, e a forma como a descreves não é consistente com a realidade, sim pode dizer-se que não percebes patavina do assunto e que não sabes o que é a ciência.

        Podem existir vários campos de estudos na ciência, mas ciência só existe uma. Religiões existem muitas, mais ainda se contarmos com as toneladas de denominações de cada uma. E dizer que na ciência observas e provas demonstra que não sabes o que falas. Nada, mas absolutamente nada, na ciência é provado, mas sim refutado. Apenas na matemática se prova algo.

        Mais uma vez estás novamente a colocar palavras que Einstein não disse, deixa de ser mentiroso.

  9. Sujeito says:

    “Encontrámos um mundo que nunca imaginámos.”

  10. Sérgio J says:

    Na teoria das supercordas o universo também tem 11 dimensões. Alguma relação?

  11. Alberto says:

    Mundo de hoje esta muito mal

  12. ivan says:

    NA verdade só conheço 5, falando sério: só que é um pouco diferente das que estudei!

  13. banana split says:

    tá tudo doido!

  14. Ezequiel Lubacheski says:

    Para o fim da discussão nos comentarios acima!
    Aliás, estudar não basta, entender é difícil. A percepção é diferente nas pessoas e INTELECTUALIDADE e/ou MEDIUNIDADE e/ou EXPERIÊNCIA PESSOAL não são verdades absolutas e podem ser distorcidas a gosto da má interpretação do freguês e até virarem dogmas pessoais intransponíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.