PplWare Mobile

Top 5 boas alternativas ao Installous para o iOS 5 e iOS 6


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. GAF says:

    “Zeusmos (Paga) [Não necessita de Jailbreak]”
    “adicionar uma das repo no Cydia: cydia.xsellize.com ou insanelyi.com,”

    Ora, para ter Cydia será necessário Jailbreak não?

    • Vítor M. says:

      Ora aí está… este utilitário pode ser instalado sem o iPhone ter JB 😉 vê o vídeo caro amigo!

      • GAF says:

        Viva,

        Dizem que funciona sem o Jailbreak. Mas o processo que ensinam (sem ver o video) é atraves de JB! que requer cydia e appsync.

        Cumps

        • Vítor M. says:

          Mas o vídeo faz parte do post, por isso está lá. O repositório que lá consta, do Cydia, é um complemento. O que lá está dito é que essa app permite instalar os ficheiros IPA sem necessidade de ter o iPhone com JB.

          E é verdade o que lá está 😉

          Abraço.

          • F. Gomes says:

            fiquei sem saber se é preciso JB ou nao. tipo, sem fazer JB, se eu comprar esta app depois posso descarregar outras free ou nao?

  2. SexOnaSal says:

    Boas, desculpem pelo offtopic:
    Alguém sabe onde arranjar a p#rra de um link para fazer download do windows 7 original (que peça chave de registo)?

    Os tipos são absurdos –‘ É mais fácil arranjar pirata que original

    Cumps

  3. Pedro Cunha says:

    Fazendo download do .ipa para o desktop também é possível “instalar” sem recorrer a mais nada que não ssh e uma linha de comandos, visto que instalar mais não é que colocar os ficheiros no sítio certo…

    Mas realmente é mais complicado que instalar pelo AppCake (que é o que uso, mas que nem sempre é fiável/viável).

  4. Marcocm says:

    Existe esta também. Mas lá está, é chinesa.. mas é intuitiva. Façam a pesquisa, das aplicações, na aplicação no simulo que tem a maça com a mão por baixo, que funciona, porque eu estou a usar xD
    http://pro.25pp.com/

    Cumprimentos

  5. So_true says:

    Se muito recorrerem a estas “boas alternativas”, a diferença de malware entre Android/iOS depressa se esbate e depois veremos se o iOS é realmente mais seguro que o Android…

  6. Abílio says:

    Já que estamos nesta onda…

    http://www.appaddict.org/

  7. Sergio J says:

    Eu normalmente tenho jailbreak, apesar de neste momento nao ter. Nos primeiros tempos testei varias apps crackadas. Foi assim que comprei por exemplo a app do Tomtom. Primeiro testei a versao crackada. Quando verifiquei que era infinitamente superior a por exemplo NDrive, comprei. O mesmo fiz com outras apps mais baratas (a rondar os 5€)
    Por exemplo, recentemente comprei o Worms 3. Se o tivesse testado primeiro, nao o teria comprado.
    No último ano tive jailbreak sem ter uma única app crackada.
    Agora, se me perguntarem se acredito que a esmagadora maioria tem jailbreak para instalar apps pirateadas, eu respondo que nao tenho a menor dúvida. Mas nao tenho a menor dúvida que tb há muita gente como eu

  8. Hello World says:

    Existe uma do uhelios que se chama instaSign (http://instasign.uhelios.com/) e que parece funcionar muito bem. É do mesmo criador do Zeusmos. Custa $10 e é exclusivo para Mac OS. Mas penso que os $10 dão para sempre, porque eles só cobram pelo certificado (http://uhelios.com/store).

    Cumprimentos.

  9. Ricardo says:

    Boas pessoal,

    Desculpem-me a pergunta, mas o conteúdo do artigo refere-se a outras alternativas/fontes para que se possa obter apps (pagas ou não) que não seja via app store?
    Mesmo as pagas, nesses sites a que recorremos, são descarregadas de forma gratuita, correto?
    Se assim é, e aplicando o princípio de alguns membros (ter oportunidade para testar para então depois comprar) há a possibilidade de indicarem algo do género para OS X? Tenho um macbook air 2013 e como sou novo na família Apple queria experimentar mais apps, daí a necessidade de primeiro experimentar e só depois comprar consoante a necessidade.

    Abraço e obrigado pela atenção pessoal!

  10. Hell_Shoot says:

    Estou intrigado por não encontrar nesta lista o AppAddict.

    http://www.appaddict.org/

  11. Como programador condeno de forma energética todo o qualquer meio que permita descarregar e instalar aplicações piratas, porque é disso que se trata. Mesmo quando se está a falar de “testar”, ou para “uso académico” e que esses serviços digam claramente que devem comprar a app se gostarem, não deixa de ser pirataria. Simples.

    O que falta no modelo do iPhone é o que existe já no modelo do Windows Phone por exemplo que é a opção de testar. Uma grande parte, para não dizer quase todas, as apps que são pagas no Windows Phone, têm a opção para testar a mesma. Isto permite ou por periodo de tempo ou com funcionalidade limitada testar apps e depois comprar caso queiramos e até manter os dados e configurações das mesmas que entretanto criamos / fizemos durante o Trial. Já usei e já comprei apps assim.

    Não estou a falar de ter uma app paga e uma gratuita. Isso também existe em qq plataforma. Estou a falar de uma app que descarregamos, ser em modo trial, e depois quando a quisermos comprar ter a uma opção para a pagar e continuamos a usar a mesma app agora já paga.

    Isto também também cria novas oportunidades aos devs. É possível no Windows Phone saber quantas pessoas fizeram download, quantas compraram… e não raras as vezes quem testa as apps reporta bugs que acabam por servir para melhorar as apps.

    Já sei que vai haver por aqui muita malta a defender a utilizade destes “serviços” de ajuda a avaliar aplicações mas não queria deixar de dar a minha opinião.

    Como nota final, e por muito politicamente corretos alguns sejam, não tenho dúvida absolutamente nenhuma que mesmo que existisse a possibilidade de ter a opção para testar, mais de metade (para não dizer mais) dos utilizadores destes serviços ilegítimos continuariam a usar os mesmos.

    Espero não ser mal interpretado. Não condeno nem faço juízos de valor. Não sou hipócrita e sou o primeiro a admitir que nos anos 80 e 90 também o tive de fazer. Ou fazia-o o não poderia aprender a minha área. Hoje já não se aplica porque existem muitos apoios para estudantes (o Dreamspark por exemplo) e muito software livre que nos anos 80/90 eram apenas uma miragem.

    Quando estamos a falar de software iOS, Android ou WP estamos a falar de maioritariamente software que vai dos 0.99 aos 5 euros se tanto. Pouco mais do que um café ou um maço de tabaco, que ninguém pensa duas vezes em comprar várias vezes ao dia em alguns casos.

    • Vítor M. says:

      Viva João Cardoso.

      Claro que a ideia é descarregar as apps, usar e comprar, ayé porque no futuro as actualizações vondas da app store… não funcionam.

      Também estes sitios têm material “free”, que as pessoas podem usar “por outros caminhos”.

      Nem todas as grandes apps, mais concretamente as apps de produção e jogos, custam 0,89 cêntimos, algumas custam boas dezenas de euros, mas não deixo de concordar com o João quando refere o facto de podermos ter no iOS algumas destas apps em “trial mode”.

      Mas para além disto, há um conjunto de tweaks que podem usar, ao ter mais confiança no “repositório” Cydia que também tem developers a fazer um grande trabalho. Tudo está intimamente envolvido.

      Mas a ideia é dar mesmo a conhecer “o outro lado do mundo das apps para iOS”.

      PS: algumas apps são hoje um sucesso graças a estes “métodos”.

      • Ricardo says:

        Conclusão: Trata-se portante de um tema complicado ou o tradicional pau com dois bicos.
        Nunca é fácil saber se realmente se utilizam este tipo de iniciativas para promover a pirataria ou o próprio desenvolvimento do mundo das aplicações móveis.
        Está tudo na consciência (e carteira) de cada um, daí a questão não ser “fechada” nem se conseguir afirmar quem tem absoluta razão.
        Contudo permite-nos conversas e debates saudáveis como este!

        Abraço

        • Exacto.

          Pessoalmente acho que o modelo de licenciamento das apps vai todo cair no mesmo. Ou vende-se em volume e depois a pirataria até serve para se divulgar e se chegar a esse volume, ou adota-se o esquema da subscrição (que também não é perfeita) para uma renda mensal pelo direito de utilização. Qualquer um destes modelos é ultrapassável e consegue-se dar a volta. Como se costuma dizer, os sistemas foram feitos para dificultar a vida a quem quer ultrapassa-los.

          O problema é que existem duas consequências de quem confia em serviços “ilegitimos”. Em primeiro lugar, e como já se viu no Android, é cada vez mais fácil agarrar malware em aplicações conhecidas, coloca-las num repositório não oficial e infectar milhões de utilizadores. Toda a gente pensa que está a usar um tomtom mas arás vem lá um bicho preparado para fazer bom uso do sistema. A segunda consequência é que para quem é pai não estou a ver como poderá implementar controlo parental sobre lojas não oficiais deixando por isso os miudos expostos a todo o tipo de aplicações menos próprias.

          Existem mais claro. Mas acho estas duas as mais preocupantes.

      • Hell_Shoot says:

        No meu caso tenho instalada uma versão outdated da Twitch porque não gosto da mais recente devido à limitação de streams que posso ver. Só permite ver as 300 melhores cotadas, o que nem sempre é o que quero ver. E como todos sabem, iOS não suporta Flash de raiz. Por isso utilizei um destes programas para descarregar uma versão antiga da app Twitch, que é gratuita, pois a AppStore não permite fazer downgrade a aplicações.

        • Se tivesses um windows phone fazias download da app de forma LEGAL da store, guardavas e fazias um backup da mesma e quando quisesses instalar, bastava copiar para o telefone e instalar a versão que querias, recusando as atualizações conforme elas fossem aparecendo.

          Sinceramente quando mais se fala destas coisas mais gosto do WP 🙂

    • João Moreira says:

      As pessoas que mais compram jogos, são as pessoas que mais downloads deles fazem. Assim como na música, os que mais sacam, são os que mais comprar também.

      Uma pequena pesquisa na internet, e encontrarás essa informação com registos, de inquéritos, votações e tudo mais.

  12. Edu says:

    Muitoo Muitooooo obrigado cara, me ajudou muito, vou recomendar seu site para todos os meus amigos, vlw msssmmm

  13. Tony Tavares says:

    Boas!
    Por favor, alguém sabe me dizer se há algum programa ou site aonde posso desbloquear o meu iPhone em relação ao SIM?
    Obrigado!

    • Luis says:

      Jailbreak, e depois na cydia há a solução para desbloquear ultrasn0w penso que é o mais usado, e o que funciona em mais redes e iphones, mas o melhor é ver no Google para o telemóvel em causa o que instalar depois do jailbreak para desbloquear

  14. Fala galera conheçam o APP ADDICT nova opção para quem quer baixar jogos para seu iphone , ipad e ipod touch , assistam o video vejam o passo a passo eu garanto é uma otima alernativa simples e segura ..

    https://www.youtube.com/watch?v=vsSPdXdMg8M&feature=youtu.be

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.