PplWare Mobile

Tim Cook e a sucessão para o cargo de CEO da Apple


Autor: Maria Inês Coelho


  1. Marco António says:

    Sucessor para o cargo de CEO da Apple?

    O que não faltam são opinaristas e críticos que acham que faziam melhor que o Tim Cook, mas nem em casa mandam!

    • Barra says:

      Até parece que este fez alguma coisa, viveu da genialidade do seu antecessor. Pior, deixa a apple pior do que quando a encontrou.

      • Helder says:

        Até parece que sabes do que falas, tem alguma experiência de liderança de alguma multinacional de 0.8 triliões de dólares?

        Como se muito do sucesso de Steve Jobs não o fosse devido a Tim Cook, que trabalhou com ele desde que ele regressou à Apple.

        Quanto a deixar pior, deixou pior em quê? Mais haters? Isso é só bom sinal! Significa que eles estão a perder, e nem vêm hipótese de ganhar.

  2. Popopo says:

    Dificilmente encontram melhor CEO para a Apple que o Tim Cook. É preciso ser um génio para lançar o mesmo telemóvel 4 anos seguidos e conseguir manter-se como a marca mais valiosa do mundo.

    • Daniel says:

      O fandroids criticam as pessoas que compram iPhones por causa da imagem e do status. E no entanto, parece que para vocês, a imagem do telefone é a unica coisa que interessa. O iPhone 8 não tem rigorosamente nada a ver com o 6.

    • Helder says:

      Pois, porque é o melhor design possível com LCD. Não há melhor design que aquele, por isso não precisam de mudar.

      A Mona Lisa tem mais de 100 anos, e ninguém mudou.

      Quem se queixa, são aqueles que compram telemóveis só para mostrar aos outros que têm. Não têm dinheiro para melhores símbolos de status, tem de ser com o brinquedo…

      • Cortano says:

        “A Mona Lisa tem mais de 100 anos, e ninguém mudou.” LOL
        Sabes que não podes efectivamente mudar a Mona Lisa?! Esse teu exemplo não faz qualquer sentido.

  3. Alex says:

    Antes da sucessão de Tim Cook também ele passou pelo cargo de Vice Presidente Executivo de Vendas. Não vejo a diferença de uma mulher também não conseguir subir a CEO só pelo seu sexo. Aliás, até não seria má ideia, uma vez que ela própria foi CEO da Burberry até abandonar o cargo para se juntar à Apple. Experiência não lhe falta, muito menos ideias inovadoras e capacidade de gestão.

  4. Gustavo Dezen says:

    lufada?

  5. Joel Reis says:

    Uma mulher? A diferença era assim tanta?! É igual.

  6. Ze das Couves says:

    Para mim o passo mais lógico para CEO seria o Jony Ive, dos poucos que não precisa de ter as costas quentes do Steve Jobs para tomar decisões!

  7. Cortano says:

    ” o mais importante é que o espírito e os valores da empresa se mantenham” – tanto o espírito como os valores já se perderam / transformaram há algum tempo e não foi para melhor.

    • Cortano says:

      P.ex., tenho a ideia que o Steve Jobs dizia que o design não é o aspecto mas sim como as coisas funcionam.
      ora, desde que o Steve morreu que isto perdeu-se:
      – Magic Mouse 2 que carrega ao contrário e a única coisa que tem de verdadeiraemente diferente do anterior é… não usa pilhas e carrega de “patas” para o ar
      – Caneta do ipad que carrega espetada no ipad
      – o iphone usa um tipo de conector, o macbook usa outro tipo e nem sequer tem a porta do iphone (ou seja, até para ligar 2 equipamentos da mesma marca e do mesmo ano precisamos de adaptadores)
      – um macbook pro que nem tem leitor de cartões
      – um macbook pro que tem um touch pad tão grande que temos de usar a palma da mao levantada e a Apple nem se lembrou de mter ali palm rejection… e o pad nem serve para usarmos a caneta
      – o iphone não tem jack, mas os macbooks têm (onde está a tal cena de serem corajosos?!)
      – não lançam um produto verdadeiramente profissional há…. ahem… desde a versão macpro antes do caixote do lixo
      – andam a reciclar iphones desde o 5S (só o iphone x é que é realmente novo)
      – Adaptadores para tudo

  8. Wishmaster says:

    Não será, com certeza, uma mulher. Das 500 empresas mais valiosas, apenas 32 delas têm como CEO uma mulher. Em termos de gestão, até alcançam melhores resultados do que os homens. O problema está na parte criativa e gestão de relações interpessoais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.