PplWare Mobile

StringZ – Um jogo premiado com chancela lusitana


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

23 Respostas

  1. Francisco says:

    Somos pequenos em tamanho mas grandes em talento! Haja mais empresas de videojogos a florescer no nosso país! Acredito que sejamos capazes de produzir um dia titulos AAA multiplataformas 😉

  2. david says:

    (cute the rope)

  3. John Kain says:

    Penso que não tenha essa funcionalidade, por isso aqui fica a dica: utilizar o iCloud para sincronizar o jogo, assim poder-se-ia prosseguir os níveis sem ter de os repetir em 2 ou 3 dispositivos, caso a pessoa os tenha.

    Cumprimentos.

    P.S.: Concordo com o Francisco.

  4. Silva says:

    Fui só eu a achar isto extremamente familiar com o Cut The Rope??

  5. mc says:

    Fico à espera da versão portuguesa 😉

  6. João Ramalho says:

    Vi muitas vezes este jogo a ser desenvolvido por vários elementos da equipa num cafe na zona de Carnide enquanto ia lá estudar e em lazer… Finalmente consegue-se ver o resultado final! Bom trabalho!

  7. Luís Fernandes says:

    Não.. este jogo é mais Amazing Alex.
    Parece engraçado.

  8. Alex says:

    Alguém se lembra do velhinho The Incredible Machine. É o que este jogo me faz lembrar.

  9. João says:

    Não percebo esta notícia… afinal o jogo é premiado com quê? O The Incredible Machine (TIM) e o Strigz são bastante diferentes… o Stringz é de facto um pouco colado ao Cut the Rope. Saiu recentemente uma versão do TIM para iPad e existe um outro jogo chamado Contraptions (este sim, bastante semelhante ao TIM).

  10. Rui Dias says:

    Criticar é mais fácil que fazer. Parabéns à Wingzstudio e a todos os que criam algo original e contribuem para o desenvolvimento deste país. O que interessa se há jogos semelhantes? O COD BO2 não é uma imitação do Wolfenstein 3d?

  11. Joao Mendes says:

    Só quem não jogou este jogo é que diz que é igual ao Cut the Rope..no minimo é precisamente o oposto: “Draw the Rope”… O jogo está muito bem conseguido e os desafios bem como a física não tem rigorosamente nada que ver com o cut the rope! Excelente jogo! Parabens!

  12. Catarina Branco says:

    Já jogo este jogo no iPad há uns meses! Não fazia ideia que era feito por uma empresa Portuguesa! Espectacular! Parabens! A minha filha é viciada.

  13. Daniel Fuentes says:

    Os meus parabéns à equipa que desenvolveu o jogo, está muito bom mesmo. E a aqueles que dizem que é muito “parecido” ao “Cut the Rope”, não tem nada a haver! A lógico é bastante diferente, e sinceramente acho este muito mais divertido e desafiante!
    Mais uma vez, parabéns!

  14. Fernando Simoes says:

    Espetacular! Ao nivel dos melhores jogos que se fazem lá fora! Surpreendente! Estou viciado! Parabens!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.