Quantcast
PplWare Mobile

Portugal: Utilizadores Apple lideram no acesso à Internet

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. mzzr says:

    qual a próxima notícia da apple aqui no pplware?

  2. Mikes says:

    Há algum site que tenha os dados actualizados da quota de mercado em Portugal no que toca aos sistemas operativos móveis?
    Pelo que li num artigo da MS Portugal, o WP ronda os 10%. E os outros, alguém tem esses dados?

  3. PedroSantos says:

    Claro, em vez de procurarem mulheres, não, estão no porno.

  4. pedro mendonça says:

    Aqui se vê o quanto este povo é manipulável.Trata-se de um povo que tudo o que o vizinho tem,ele quer ter.Tudo o que se conta na tv assumem como dogmas,isto é,verdades inquestionáveis.

    -Mas o que o mais assusta é ver pessoal,da faixa 18-30 anos o quão manipuláveis pelas marcas são.São pessoas vazias,que agarram-se a telesmartcoisas que custaram o seu ordenado todo,expondo-se demasiadamente nas redes sociais,sem ter a noção que muitas das vezes estão a ser observados pelas grandes empresas/seus empregadores.Depois passam fins-de-semana inteiros em templos do consumo a passarinhar sem comprar nada,entrando em lojas a “apressar”.Por fim retornam a casa numa competição intensa pela estrada à “fora” nos seus bólides(pondo em cheque a sua vida, a lata de 30000€ e pior a vida dos outros),que foram comprados com dinheiro do banco.No final do dia,as smartcoisas e os bólides não valem um “chavo” e o frigorífico está vazio.

    E depois estas discussões Apple vs Android,deve ser um fartote de rir lá pelos Engenheiros/Accionistas destas empresas.Mas enfim é o povo que temos.

    Digo-vos nunca senti necessidade ter um smartphone,ainda ando com o telemóvel nokia que nem fotos tira…Ainda estou vivo

    • Não Não says:

      Concordo.

      Mas há mais gente que essa que vai aos domingos passear para o super mercado…

    • Ricardo Costa says:

      Nem todos as pessoas que compram smartphones ou tablets aplicam um ordenado inteiro a comprar um gadget. E quanto às discussões há quem discuta por que gosta de tecnologia e não por uma questão de status. Quanto à tua não necessidade de ter um smartphone, respeito, mas desde que comecei a utilizar um, não posso passar sem ele.

    • Vera says:

      Tu dizes que ainda estás vivo no entanto andas a escrever testamentos pela net porque não tens mais nada para fazer nada vida… no fundo é triste.
      Criticas o povo mas não passas de um pária.

      • pedro mendonça says:

        Eu até nem tenho por hábito andar a comentar por aqui.No entanto ultimamente têm sido tantos os post´s a publicitar iphones e campanhas de smartphones e as discussões parvas que por aqui se vão desenrolando que me senti na liberdade de expor o meu ponto de vista.(Não quero dizer com isto que o site seja mau,muito pelo contrário é um dos melhores,dado que é muito bom a dar dicas/ajuda/divulgação da tecnologia.)

        //******************************************************
        -Constato que a Senhora Vera se revê no grupo de pessoas “smartalucinadas” que referi no meu comentário acima.O que é verdade,na medida em que se sentiu profundamente tocada pelas minhas palavras.

    • luislelis says:

      Chama-se a isso liberdade.
      Poder criticar, ter liberdade de expressao, ter a liberdade de ser cheio ou vazio.
      Resumindo e citando o meu amigo Samora.
      “Cada um he como cada qual, mas ninguem he como evidentemente”.

    • Rui says:

      Felizmente vivemos numa sociedade aparentemente livre e cada um gasta aquilo que ganha no que bem quer e entende.

      Porque não critica antes aqueles que passam as vidas enfiados em cafés a beber e a fumar em vez de providenciar refeições decentes aos filhos para eles não irem de estomago vazio para as escolas, esperando que o apoio social faça aquilo que os pais deveriam fazer?

      Engana-se quando diz “agarram-se a telesmartcoisas que custaram o seu ordenado todo”. Nem todos ganhamos o salário minimo, e mesmo que muitos que por aqui andam não ganhem muito mais que isso, certamente as prioridades são diferentes e por isso é possivel acederem a estas modernidades.

      “Trata-se de um povo que tudo o que o vizinho tem,ele quer ter.”

      Eu diria de forma diferente, trata-se de um povo que quando o vizinho tem, ele passa a vida a criticar e a invejar.

      “Digo-vos nunca senti necessidade ter um smartphone,ainda ando com o telemóvel nokia que nem fotos tira…Ainda estou vivo”

      Cada um com as suas prioridades. Se calhar você tem as suas prioridades, algo que acha relevante para a sua vida, e para muitos outros é algo que nem faz sentido, no entanto também estamos vivos. 😉

    • winetree says:

      Desculpa, mas acho que te esqueceste do Amen ou Alá é Grande no fim.
      Se vens para aqui pregar sermões, acho que devias fazer o serviço completo…

  5. Profeta da Verdade says:

    Não é preciso ser-se um génio para concluir que esta notícia está ou não baseada numa mentira descarada.

    A Apple tem menos de 10% da cota de vendas e esta tem crescido pelo que isso apenas significa que a percentagem de equipamentos no mercado é ainda mais baixa do que esse valor.

    Logo, apenas um idiota acredita neste “estudo”. A mim, que nada me pediram nem me pagaram, assim de cabeça até vos digo qual a marca que acede mais à net através de dispositivos móveis.

    SAMSUNG.

    HTC fan here.

    • Marco says:

      Se tiveres em linha de conta que a maioria dos android vendidos são de gama baixa e que muitos deles não tem planos de dados….

      Se venderes 90 dispositivos em que a sua maioria não acede à net e se venderes 10 em que acedem à net, as contas poderam estar correctas. Não julgues o mercado pela tua experiencia pessoal.

  6. Màquegaiver says:

    Em Portugal 90% dos utilizadores do aifone ganha o ordenado minimo, porque será? para mostrar que não ganham o ordenado minimo…

  7. Zé Tone says:

    Ah!!! Agora percebo porque é que a net é lenta… lol(a)

  8. Rui Silva says:

    Sabem como é. Portugal é Portugal. Muitos destes dispositivos são adquiridos por iFans. De certeza que uma parte da quota (seja pouco ou muito) foi de vendas fiadas e as lojas no fim ficam a arder.

    Como nem todo o país é constituído por fanáticos e maus pagadores o resultado começa a descambar.

    Uma característica do iOS em que dizem ser melhor e esteja perfeitamente claro aos olhos de qualquer um que o Android bata é deveras estranho, mas pronto.

    Quando o Android reinar metam mais inveja, que eu gosto. Até pode meter inveja no status (não no dinheiro gasto, que é uma triste realidade ir por esse caminho) mas prefiro juntar o útil ao agradável.

    • Mikes says:

      Não percebi nada daquela parte dos olhos e da inveja.
      Quem traduz?

    • Marco says:

      va n precisas de ficar assim, isso passa, há uns remedios muito bons para a azia.

      • Rui Silva says:

        Lamento informar de que só respondo a comentários construtivos.

        Tenha um bom-dia.

        • Rui says:

          Quando começar a fazer o seu comentário construtivo avise sff.

          Até agora, conjunto de nada! Nada mais que palavras vazias de fundamento. Apresente aí dados concretos!

        • Marco says:

          queres construtivo?
          “(…)foi de vendas fiadas e as lojas no fim ficam a arder.” Na sua maioria as lojas não vendem fiado, fazes um empréstimo numa empresa de crédito tipo cofidis (é só um exemplo), se conheces alguma loja que tenha ficado a arder é pq não sabe como funciona o mercado.

          “(..)Como nem todo o país é constituído por fanáticos (…)”
          Tens toda a razão, mas o que tenho visto por aqui é muitos fanáticos do android a virem escrever o que escreves contra o as iCoisas, mas como dizes nem todos somos fanáticos, eu sou fanático mas é pelo controle das minhas contas, mas cada um sabe de si.

          “(…) Uma característica do iOS em que dizem ser melhor e esteja perfeitamente claro aos olhos de qualquer um que o Android bata é deveras estranho, mas pronto. (…)”
          Não percebi de onde saiu isto, mas pronto… eu sei o seu fanatismo deve cegar até na hora de escrever.

          “(…)Quando o Android reinar metam mais inveja, que eu gosto. (…)”
          Já reina.

          “(…)Até pode meter inveja no status (não no dinheiro gasto, que é uma triste realidade ir por esse caminho) mas prefiro juntar o útil ao agradável.(…)”
          Nós não somos ninguém para andarmos a dizer aos outros como devem gastar o dinheiro deles, se comprar iCoisas deixa os seus utilizadores felizes, que bom para eles, nem todos somos iguais. A si não deixa feliz, não compre, mas deixe os outros serem felizes.

          Já agora antes que diga sou icoisa fã, ja tive icoisa, mas neste momento tenho android, e o android stock, ainda é um sistema incompleto, ainda lhe falta algum refinamento comparado com o icoisa que diga-se de passagem deu uns passos atrás com o ios7 e 8.

    • winetree says:

      Não entendi nada. Nem sequer percebo se estás a criticar alguém ou não. Isto é para os apanhados??

  9. B@rão Vermelho says:

    Acho que uma das rasões da descida dos acessos através de Iphone, pelo menos comigo é assim, é demasiado pequeno “Iphone 4”, o que é tramado é que quando o Iphone era “pequenino”, eu comprava, agora que cresceu, eu já não admito a mim mesmo gastar este dinheiro num possível pisa papeis, eu infelizmente tenho dois pisa papeis um Samsung Note 1, e um Iphone 4S, que infelizmente avariaram e serviu de emenda, mas mesmo assim só ao segundo.

  10. Hello World says:

    Só é pena ainda não existir nenhuma Apple Store em Portugal…

  11. Tuga@UK says:

    O acesso a internet no telemóvel em Portugal é uma anedota. No Reino Unido tenho internet ilimitada em 4G no meu iPhone, e pago apenas £15. Em Portugal dão-me uns míseros 200Mb no pacote meo de casa e se quiser mais tenho que pagar uma fortuna por 1 ou 2Gb. E a concorrência não faz melhor…
    Qualquer medição deste tipo de utilização em Portugal está condenada à partida pelas limitações dos operadores, e por isso é irrelevante!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.