Apple admite existirem mais iPhones 6s com problemas de bateria


Destaques PPLWARE

30 Respostas

  1. MiguelDias says:

    Enfim todo este processo é lamentável por parte da Apple!

    • Joao says:

      Lamentável porque? Estão a fazer o que lhes compete. Substituir as baterias afectadas muitas vezes substituindo todo o equipamento por um novo e ainda tomando medidas ativas por parte do software para resolver a situação. Desculpe, mas a nível de suporte há poucas empresas a trabalhar tão bem como a Apple.

      • LG says:

        Essa última frase… Was that a joke? Para além do touch disease não ter sido reconhecida pela Apple durante muito tempo, ainda se deram ao trabalho de kickar/banir pessoas da comunity que referiram este problema e método de arranjo. E mesmo após muito tempo, finalmente reconheceram/admitiram MAS não é coberto pela garantia. Requer que o comprador PAGUE o arranjo de um defeito causado pelo erro de engenharia da Apple.

        Sim realmente a nível de suporte há poucas empresas a trabalhar tão bem como a Apple.

        • Mário S.M says:

          Tantos Samsungs e outros Android que andam por aí com problemas na touch, no ecrã, baterias a não aguentar, a desligarem-se sozinhos.

          Os problemas só acontecem na Apple, não é?

          So vejo uma marca realmente a oferecer suporte.

          • El Pibe says:

            Pelo menos a Apple substitui sempre o equipamento por um novo e estes voltam a ter 2 anos de garantia!!! Enquanto que a Samsung repara o mesmo equipamento 50 vezes e no final diz que vai trocar por um novo, lol!!! Só da Apple haters…
            Realmente a Apple está a milhas de distância em assistência técnica de todas as outras…

          • V.T. says:

            Ninguém escreveu que os Samsungs e os outros não avariam, infelizmente todos avariam.
            Mas realmente o que a Apple gosta é de consumidores como tu, eles enganam-te e tu gostas!

          • joao magalhaes says:

            Sinceramente não conheço o suporte da Sony pois nunca tive problemas e isto é que interessa, não ter problemas, agora desculparem-se com a Samsung!!!! Acho que deviam olhar para a Apple, pois pagam forte e feio pelos equipamentos e têm problemas como os outros, quanto ao suporte depende no País que vives.

          • joao magalhaes says:

            El Pibe, pelo que li do Note da Samsung, primeiro trocaram a bateria e depois então foi retirado do mercado e a Samsung ofereceu 150€ a quem quisesse comprar o Edge. Quanto à Apple, primeiro deixa andar, não assume os problemas ( pois diz sempre que não têm problemas, são perfeitos, vimos que demoraram 2 anos para admitirem que tinham o problema no ecra no 6 Plus e agora pedem 150€ para reparar, visto que a maioria já não está em garantia ) e depois essa da troca tem muito que se diga, um ou outro nos 15 dias depois da compra, passando esse tempo vai para reparar como todas as marcas. Quanto a assistência de outras marcas, 100% de certeza que não estás dentro da realidade, trabalhei bastantes anos para a Optimus e sempre usei as casas das próprias marcas para reparação e sempre que o telemóvel não tinha reparação era substituído por um novo, agora se tiveres um Chinês já vai demorar mais tempo, mas se passado 1 ano o Chinês de 150€ morrer, compensa mais comprar outro.

          • Sujeito says:

            João Magalhães, eles não têm um problema no iPhone6 Plus, nem no 6s. Assim como a Samsung não tinha no Note7.

            Nenhuma empresa tem problema até haver demasiados casos para os forçar a agir.

        • Sujeito says:

          O erro não foi de engenharia. E não foi da Apple. Mas deviam suportar o custo, isso sim.

      • Vitor Correia says:

        Não percebe porque é lamentável ? Precisa de um desenho ?

        • Joao says:

          Faça-me lá o desenho. Fico à espera da obra de arte.

          • Vitor Correia says:

            Chiça, é assim tão dificil de perceber ? E que voçês nem com desenhos lá vão !! Não está em causa o dar assistencia ou deixar de dar, está em causa um aparelho com problemas, isso é lamentavel seja apple outra porcaria qualquer !!

        • Sujeito says:

          Olhe, eu também não percebo Vitor. Estão a fazer o que lhes compete. Se souber de algum produto sem margem de erro, diga-me.

  2. Pedro Antunes says:

    E alguns até andam a lançar faiscas nos bolsos de clientes.

  3. Nuno A. says:

    Espero que resolvam este problema rápido, o meu 5s não se desliga aleatoriamente mas a bateria dura cerca de uma hora a menos em utilização. Por outro lado preocupa-me mais o meu ipad pro, isto porque para alem de a bateria durar cerca de menos 2 horas não consigo carregar o apple pencil no ipad, pois este drena completamente a bateria do apple pencil em vez de o carregar. Estou a correr o Ios 10.1.1 14b150 em ambos .
    Cumprimentos

    • Rui Miguel says:

      Sim, deixa de mentir e os teus “problemas” resolvem-se

      • Nuno A. says:

        deixa de ter dor de cotovelo e sê feliz 😉

        • Sujeito says:

          O que o Rui Miguel devia estar a pensar era, faz um restauro de sistema que os teus problemas de bateria resolvem-se em grande parte.

          Caso contrário, os aparelhos estão a sofrer desgaste de idade, uso ou exposição a intempéries. O que é normal.

          • Nuno A. says:

            isso foi o que fiz assim que me apercebi do problema, fiz uma instalação limpa com o ipsw do 10.1.1 através do itunes, mas não resolveu o problema que era inexistente no 10.0.2 . Se pudesse voltava ao 10.0.2 o problema é que a apple não deixa. Nos forums de suporte da apple outros utilizadores com o mesmo problema relatão que o mesmo aconteceu apenas após a instalação do 10.1.1 por isso quem não actualizou ainda , não o faça .

  4. V.T. says:

    Se isto é tratar a questão de forma rápida… Afinal, parece que há mais equipamentos com este problema do que a Apple ao principio admitiu.
    Segundo a noticia, parece que foi a Apple que deu com o referido problema, mas há consumidores que se debatem com ele há já largos meses, outros, cujos iPhones não estão incluídos neste lote…
    Enfim, já revolta esta arrogância por parte de uma marca que está claramente a ficar para trás!

  5. Alexandre says:

    E uma pena estes equipamento virem para o mercado com defeitos destes… as pressas e a necessidade tola de ter modelos novos todos os anos dá nisto. Quem se lixa é o consumidor que tem o transtorno de ter equipamentos com 1-2 horas de bateria e terem de se deslocar à loja as vezes que forem precisas para resolver o problema.

    • Sujeito says:

      Faz parte dos outliers normais de produção haver erros. Nada de diferente, sempre foi assim. A Toyota faz recolhas, a Sony faz recolhas, etc.

      O questão são as proporções. 1% de 100 milhões de telefones ou lá que raio eles puseram no mercado é mais perceptível do que 1% de 5 ou 10 milhões de unidades.

      Depois junta a isso a exigência extrema que o público tem destes aparelhos. Não vês massa crítica a chatear se com os LG ou HTC, etc.

  6. David says:

    É caso para dizer que neste caso a Apple não inovou. Há bem pouco tempo a Samsung já tinha tido a ideia de substituir baterias……

  7. bola says:

    Apple a assumir a culpa de forma “honrosa” como a Samsung? Será que sim ? Estarão mais iPhones afetados que os casos reportados (verdadeiros) do Note?
    Fica a questão…. 😉

    • Sujeito says:

      A Apple tem um ótimo track record em assumir erros. Ninguém parece reparar.

      Bem provável que haja mais iPhones afetados que o Note, este esteve pouco tempo no mercado. De outra forma, só analisando a taxa de erro na produção. Todos têm, em maior ou menor grau.

  8. Julio says:

    Pelo preço a que se vendem sejana marca que seja merece que o produto seja testado e de qualidade. Já chega ver tantos problemas nos telenoveis mais caros. E o fernezim de ter um novo modelo a cada x tempo e nada e testado. Em geral qualquer marca com telemóveis acima dos 500 euros, falta de respeito pelos clientes

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.