Quantcast
PplWare Mobile

iPhone 13 Pro Max de 1 TB custa em Portugal 1.859 euros

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Joao Ptt says:

    Vou aconselhar a não comprarem.
    Porquê? Porque sim.
    Que argumento é este? Nenhum.
    Agradecido.

  2. Ze says:

    Azar! Eu bem sabia que o 13 não era bom presságio

  3. David Guerreiro says:

    E vai vender-se que nem pães quentes, há muita gente com dinheiro suficiente para os comprar sem pensar 2x.

  4. Bruno Mota says:

    Há tótós para tudo, até para darem quase dois mil euros por um telemóvel.
    Tudo o que a marca lança para o mercado, há tótós que até dormem às portas das lojas para serem os primeiros a comprar.
    Cada um, cada qual. Mas é uma completa tolice e parolice.

  5. Igvir says:

    Isto é a melhor coisinha que já existiu, por isso os 1800€ até parecem pouco

  6. faustino says:

    Relativamente ao iPhone 13 há preços para quase todos os bolsos!
    Afinal isto foi escrito pelo André Pinto ou pelo Miguel Sousa Tavares

    • Outro José says:

      Pelo segundo que como sabemos, um jovem em início de carreira – sobretudo se for da família dele – ganha logo à cabeça 2.700€ Portanto, isto para gente assim, é um mero pequeno custo, pois pelos vistos há tipos para quem 10.000€ por mês não chegam para cobrir as suas vaidad… necessidades fúteis.

      • Zé Fonseca A. says:

        Mas porque é que conforto tem a ver com vaidade ou futilidade?
        Se uma pessoa ganha 10k por mês não pode ter o direito de ter uma casa que pague 3k? Não pode ter um carro que pague 1k? Não pode ir jantar fora a 50€ por pessoa quantas vezes quiser? Não pode dar 1k pela escola dos filhos?
        Eu e a minha mulher juntos ganhamos isso e nem por isso somos vaidosos, futeis ou andamos a exibir bens, temos o nosso conforto e dos nossos filhos e tirando experiencias como ferias, fim-de-semanas, jantares e almoços de familia, não temos fazemos gastos nenhuns além do conforto para o qual trabalhámos.

  7. SD says:

    Iphone 20 em 2027 +- 5000€

    LOL

  8. º-º says:

    Já vi protótipos de smartphones bem mais caros.

  9. nuno says:

    1778,20€ se comprarem em Luxemburgo com o vosso salário minimo de 2200€ ou podem comprar na Suiça, país com Índice de vida mais caro da Europa por 1691,67€. Qualquer uma da hipóteses é mais barata que Portugal! A Apple pode meter o preço que quiserem, eles estão no seu direito. Aqui o meu problema é com as taxas desequilibradas.

  10. Há cada gajo says:

    Oh que azar, é muito caro !

  11. Carlos says:

    Sou fã da marca mas por valores acima dos 1000€ vale mais comprar um macbook 😉

  12. Zé Tuga says:

    Faz chamadas telefónicas ao menos?

  13. BC says:

    É giro vir aqui e ver esta malta toda preocupada com o dinheiro que os outros gastam nas coisas que gostam. Não consigo perceber se é inveja por não terem capacidade de ter um, se é apenas por mal dizer, ou se gostam de se meter na vida dos outros.
    Nunca saberemos…

    • Outro José says:

      Pois é, nunca saberá! Contudo, eu sei ser um disparate dar quase 2.000€, por algo que, passados dois ou três anos, já dizem ser velho e ultrapassado. Até parece pecado usar um telemóvel com mais de dois anos! O Horror a tragédia! Nem há nestas questões criticas em relação ao ambiente ou sobre o excesso do uso de recursos naturais, é uma “fininha” que dá às pessoas, trata-se telemóveis que pode estar o Sol a queimar o planeta que irão discutir na velha e estúpida discursão de que : “o meu é melhor do que o teu”! De facto, cada um gasta o dinheiro como quer, ou pode, para mim, é apenas uma estupidez e atirar barro à parede a ver se cola por parte da marca! Não é inveja nem sequer não poder comprar, é a minha opinião sobre um telemóvel cujo preço considero um exagero. Posso dar ou também já proibido isso?

      • Antonio Ferreira says:

        Outro José, só a propria pessoas é que pode achar que um telemovel com 2 anos esta ultrapassado. Eu tive um iphone 6 Plus durante 6 anos, a minha mulher igual. Só o ano passado vendi o meu por 175€ e comprei o iphone 12. Este tera que durar outros tantos anos. Por isso, só o proprio define se é velho ou não.

      • Daniel Sousa says:

        As pessoas querem iPhones. As pessoas querem um bom ambiente. Vê? Duas crenças importantes para as pessoas.
        2000€. Não é muito nem é pouco. 2000€ são 2000€. Quem quiser compra, quem quiser não compra. Quem quiser e não puder comprar, não pode comprar. Pronto.

    • Perfect Paradox says:

      É apenas tuga pobretanas a ser tuga pobretanas. Como não pode piratear ou comprar na feira da ladra por meia dúzia de tostões, põe defeitos e fala mal.

  14. Antonio Ferreira says:

    É giro a malta só comentar os preços da marca da maçã, mas não vi o mesmo alarido relativamente aos 1859.90€ que custa o Galaxy Z Fold3 5G com 256GB de armazenamento. Há pera, é aquele que não é à prova de agua, não se pode levar para a praia pois um grãozito de areia risca o ecran, etc,etc, e que é uma loucura de inovação e super pratico, e cuja a 1ª versão que custava 2000€ deu barraca até sei la onde.

    Deixem-se dessas tretas, seja ela inveja ou pena ou outra coisa qualquer. Quem pode compra, quem não pode, não compra, é simples.

    • Nuno Teixeira says:

      Queres comparar o preço de um telemóvel dobrável com um não dobrável? É lógico que o dobrável irá ser mais caro porque é uma tecnologia recente e ainda em desenvolvimento.

      • Antonio Ferreira says:

        @Nuno, não estamos a falar de tecnologias, mas sim de preços, dinheiro que os tais “TóTós” gastam num telemóvel (para os iluminados que não são tótós digo-lhes: estudassem). O 1º Fold esgotou em Portugal e custava 2000€ e deu a barraca que deu. Eu também gostava muito de ter um Ferrari, mas não tenho dinheiro para ele, e não é por isso que vou dizer raios e coriscos da Ferrari.

        • Nuno Teixeira says:

          Sim, o 1º Fold foi um pouco flop pelo preço. No entanto, vejo este modelo como sendo um protótipo e há o nicho de early-adopters, por isso, iria vender-se sempre e não devem ter produzido assim tantas unidades.

          • Antonio Ferreira says:

            @Nuno, os protótipos ficam geralmente no laboratório, isto já é “ponha-se à venda e depois logo vemos as reclamações”, coisa normal da Samsung. Mas lá esta, é para a malta dos Ferraris comprar.

    • João says:

      Mas mais importante que tudo é estudar!

  15. Mamba says:

    O que é que é pior do que o telemóvel de 1800€?
    Malta com inveja de malta que compra um telemóvel de 1800€

    Bem vindos aos comentários

  16. JCR says:

    Quando 1 telemóvel em Portugal, é mais dispendioso que o salário mínimo nacional, algo de muito muito errado se está a passar, mas a maior culpada disto tudo acontecer, é só da nossa sociedade, que é “drogada” em termos de telemóveis…

  17. TXIKER says:

    tijolo mais caro do século, sai mais barato um disco de 5Tb

  18. Alberto Rodrigues says:

    Mais uma vez o melhor smartphone do mundo. Tinha o 12 pro max e sem dúvida que vou comprar este também

  19. CêRsEtE says:

    Este não vou comprar mas o de 256 GB é certinho. Vou por o meu 11 Pro Max a venda e vai ser este.

    Não há pai para a Apple.

  20. Honorato says:

    Quando eles tiverem o carro eléctrico vai custar muito mais 5 millhoes € só porque sim

  21. Secadegas says:

    Sinceramente, nem dado. Comparado com o que a concorrência oferece, este equipamento é obsoleto em toda a linha.

  22. Carlos Parente says:

    Gosto muito de ver este pessoal preocupado da forma como outros gastam o seu dinheiro…top

  23. Fernando says:

    Não percebi a parte do “há preços para quase todos os bolsos”. A não ser que queiram dizer “há preços para quase todos os créditos”.

  24. Jorge says:

    Nenhum smartphone vale mais de 600 euros… E não me venham com tangas de custos de desenvolvimento porque isso sempre existiu, é o consumismo a funcionar, ano após ano os preços aumentam porque a procura continua alta, a meia gama hoje em dia está ao preço dos topo de gama a meia dúzia de anos, está é tudo louco, é por isso que os ricos estão cada vez mais ricos. Vejo gente a dizer que tem o modelo anterior e já vai trocar.. Mas pk.?para quê? Vocês nem devem usar 10% do potencial do equipamento.

    • Pedro V says:

      Sociedade do show off. Não é só com os telemóveis.

      • Daniel Sousa says:

        Portanto o Sr não é show off. A sociedade é que é. O Sr está acima disso… acha-se melhor é isso? Ah bom, que sorte a sua. Provocou-me uma depressão enorme. Eu até estava feliz a sentir como era fashion com o meu iPhone de 2000€, mas depois de ler o seu desprezo fiquei triste. Obrigado.

    • Daniel Sousa says:

      E que tal deixarmos as empresas privadas cobrarem o que lhes apetecer, só porque lhes apetece, e comprarmos apenas se nos apetecer, só mesmo se nos apetecer?
      E que tal não fazermos juízos de valor se alguém dá 2000€ ou deixa de dar?

  25. CMatomic says:

    E se gastarmos 1859 euros num telemóvel produzido em Portugal ?

  26. falcaobranco says:

    Bem que pegava nesse €€€ e ia viajar… por mais bom que seja o telemovel, nenhum deles vale mais que 1000€

  27. Jorge says:

    E aqui no Brasil que custa R$15.999,00 hauhauhauha

  28. Miguel says:

    Sem porta de carregamento?? :S
    Lá vai o pessoal todo ter de comprar novos carregadores, desta vez sem fio, novos headphones e todos os gadget que tinham antes.
    Esta história de ser melhor para o ambiente tirar o carregador avançou rápido!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.