Quantcast
PplWare Mobile

Chegou o novo Apple MacBook Air! Mais rápido que 98% dos PCs

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. To Canelas says:

    *de há 10 anos atrás haha

  2. antonio says:

    Não esta assim tao garantido, temos que esperar pelas reviews de performance reais, pois eles dizem que PODE atingir em certas workloads, esses 98% Devemos esperar para saber a verdade

  3. antonio says:

    Também acho interessante como este é supostamente 2vezes mais potente que os pc, mas 3 vezes que o macbook air, que eles no lançamento diziam ser mais rápido que todos os pcs da sua categoria.

    • Lucas says:

      O que dizem é que o M1 é 2x mais rápido para o mesmo consumo (10W) relativamente ao CPU mais recente (imagino da Intel).
      Não sei a que 3x te referes, mas o que a Apple apresenta é ter 3x a performance por watt face ao anterior MacBook Air com Intel. Não parece estranho dado usar um CPU duma geração anterior.

      • oh says:

        ah… entre computadores com o mesmo consumo… assim já faz sentido

        acho que era importante referenciar isto na notícia Pplware. Os 98% dão uma falsa percepção da capacidade de processamento.

        Os processadores ARM têm vido a crescer a um ritmo louco mas daí a poderem ser comparados com x86-x64… ainda vai alguma distância

        • Lucas says:

          O 98% dá uma ideia de que são mais rápidos do que a maioria dos computadores vendidos no último ano. Não parece criar nenhuma falsa ideia, apenas chama à atenção de que não são máquinas lentas.
          Este processador já pode ser comparado com x86. O núcleo do CPU já compete ou supera os melhores núcleos que a Intel e AMD têm nos CPUs para computadores portáteis neste momento.

          • Joao Magalhaes says:

            Então não cria? Tendo en conta que esses 98% não passam da faixa dos 500€ esta noticia é uma anedota.

          • Lucas says:

            Não faço ideia qual é a faixa de preço dos computadores, mas de certeza que não vais querer defender que apenas 2% dos computadores vendidos no mundo são de gama média ou superior!

  4. PGomes says:

    O PC desktop mais vendido, deve ser daqueles super baratuchos, comprados em paletes, por empresas.
    Devem ter algo do tipo de um Intel Celeron G4920, que tem tem um IGP e desempenho miserável.

    • O bastardo says:

      Este SoC deve ser mais rápido que a maioria dos i7 de 2019 e inferiores o que abarca quase tudo. Os PC com i7 de alta gama e i9 (e gráficas dedicadas) são uma parte residual dos portáteis, por isso acredito que a estatística seja correta. Também não dizem ONDE é que foram vendidos… lolol (India? Terceiro mundo? …)

      Em todo o caso até vermos um em teste em modo de compatibilidade x86 e gráficos 3D de jogos, é marketing puro.

      • Toni da Adega says:

        Os processadores da Intel nos últimos 3 anos em termos de performance quase nada mudaram, esses pararam no tempo. Os AMD nos portáteis derretem qualquer intel

        • SANDOKAN 1513 says:

          “Os AMD nos portáteis derretem qualquer intel” Como ?? Beba água que você não sabe o que diz.Se fosse em PC Desktop ainda lhe dava um pouco de crédito,agora em PC’s Portáteis ?? Não goze com as pessoas,fica-lhe mal.

          • Toni da Adega says:

            Um ryzen de 25w consegue ser tão ou mais rápido que um intel de 45w.
            Já agora tens aí alguma prova ou teste onde demonstre que os intel são mais rápidos? É ainda não vi nenhum

          • PML says:

            Basta ler os comparativos dos Tiger Lake 1065G7 por exemplo com os Ryzen 4700U para ver que este último tem uma performance cerca de 25% mais rápida e com menor consumo. Em 2019 os Ryzen e Intel estavam a par nos portáteis, mas este ano foram superados e bem!

  5. anónimo :) says:

    Adoro estas comparações… E se o comparassem com um pc para a mesma linha de preço??? Qual a diferença? … mas foi porreiro ler um paste do marketing da Apple.

  6. Joao says:

    O Macbook Air e o Macbook Pro 13 partilham o mesmo hardware, porque é que o Air não precisa de ventilação activa?… Parece-me uma dinâmica peculiar ter 2 produtos essencialmente iguais.

    • Toni da Adega says:

      +1
      Mesmo processador, mesmo ecran, mesmo IO, mesmo armazenamento e RAM base.
      Macbook Pro 13 é maior, mais pesado e mais bateria

      • Alfa says:

        O Pro tem Touch Bar, mais autonomia e um ecrã que atinge 500 nits vs 400 no Air. Quanto ao processador, não se sabe se a versão do Pro não terá um desempenho maior, mas a presença de ventilação com ventoinha permitirá com certeza mais desempenho em workloads sustentados.

        • Lucas says:

          No Air o M1 está limitado a um envelope térmico de 10W (pelo menos é o que a Apple dá a entender), de modo que é mais do que natural que o Pro possa atingir melhores performances com o mesmo processador. Muito provavelmente cerca de 20-30% melhor performance sustentável.

        • Toni da Adega says:

          Diferenças mínimas para modelosdiferentes. Podiam ter um único modelo e váriasconfigurações, o macbook pro tinha opção sem touch bar

          • Lucas says:

            e qual é o problema de ter modelos diferentes, um deles com menor peso e mais silencioso?

          • Toni da Adega says:

            Não tem problema nenhum até podiam ter mais modelos.
            Não te preocupes que ninguém está a falar mal da tua Apple

          • Lucas says:

            E vão ter mais modelos, assim como haverá outros processadores. São apenas os das gamas mais abaixo, daqui a alguns meses lançará os outros com outro(s) processador(es).

    • Lucas says:

      O MacBook Air ao que parece regula o consumo do processador para não ultrapassar um envelope térmico de 10W. O MacBook Pro usa ventilação activa permitindo obter performance sustentável mais elevada que o Air.

    • acs says:

      O air pode estar underclocked. Lá porque é o mesmo CPU não quer dizer que funcione na capacidade total. Qualquer CPU para operar na capacidade total precisa de muita ventilação. Se fores ver todos os brenchmarks que estão no top de intel ou amd é tudo fora das caixas e muitas vezes a usar refrigeração customizada.

      • Toni da Adega says:

        Eu sei disso. Mas o hardware de ambos é igual

        • Lucas says:

          O hardware de ambos não é igual. Tem várias semelhanças mas não é igual.

          • Toni da Adega says:

            Diferenças mínimas.

            Não te preocupes que ninguém está a falar mal da tua Apple

          • Lucas says:

            Não estamos a discutir a Apple, mas o que cada modelo oferece. Ventilação activa vs um teto de 10W é uma diferença significativa. Na prática é como se fosse um outro processador.

          • Toni da Adega says:

            Agarras num PC, metes um novo sistema de refrigeração fazes overclock ao CPU e aumentas a performance, tens um CPU diferente?
            Metes um nvme numa board com pouca largura de banda e fica mais lento, tens um nvme diferente?
            Compras uma scooter, retiras o limitador de velocidade tens uma mota nova ou o motor é diferente?

          • Lucas says:

            Toni da Adega, já ouviste falar em metáforas? “é como se fosse”
            O facto é que é uma diferença com efeitos práticos significativos.

  7. Crow- says:

    O M1 parece ser o substituto direto do Intel i5, daí não ter sido apresentado um MBP 16 com com M1, porque estes só usam Intel i7 e i9.
    Será fácil fazer benchmarks tendo em conta que a Apple ainda em Maio lançou novos MBP 13 com Intel i5 de 10ª geração, é só fazer testes side-by-side com estes novos com M1.
    Agora é esperar que lancem um novo CPU talvez M1X (?) que equipe ASAP os MBP 16.

    • Lucas says:

      O M1 é substituto de todos os CPUs Intel usados nestes modelos anteriormente (i3, i5, i7). Aliás, uma das comparações é feita com o modelo anterior do MacBook Air com um CPU i7 de 4 núcleos.
      Tendo em conta os ganhos em performance indicados pela Apple, é possível que já se equipare muito bem (ou ultrapasse) o i9 usado no MBP16.

      • Crow- says:

        Não me referia em termos de performance direta mas sim em termos de posicionamento nos produtos. O que foi apresentado ontem foi um refresh de produtos da Apple que tipicamente são vendidos com specs mais baixas e equipados by default com Intel i5, daí a minha afirmação que o M1 é um substituo direto do Intel i5 nesse contexto.
        Os MBPs de 16 e o MacPro são produtos high-end, mais exigentes, que requerem um CPU mais performante. Não quer dizer que o M1 não tenha performance suficiente para concorrer com um i7 ou um i9, não é isso que está em causa, mas em termos de segmentação de produto o MBP 16 “não pode” vir equipado com exatamente o mesmo CPU de um Air ou um MBP 13.

        • Lucas says:

          sim, correcto! de certeza que os outros MacBook Pro não virão com o M1. Muito provavelmente o outro SoC da Apple terá várias diferenças significativas no CPU, GPU e I/O

    • acs says:

      Para teres um MBP 16 precisas de arranjar alternativa para gráficos dedicados e um sistema de refrigeração adaptado ao M1.

      • Lucas says:

        O MBP 16 é quase certo que não vai usar o M1. A Apple vai ter outros SoC para Mac, e os outros MacBook Pro deverão usar um SoC com um “CPU” de 12 núcleos – segundo os rumores.

  8. Ricardo A. says:

    Já ca estão os chorões. A Apple realmente mexe com as pessoas. Não há empresa como está e esteta ais trolls o I’m a PC ahahah

  9. Douglas Ferreira says:

    Já uso MacBook há muitos anos. O meu atual Air comprei em 2012; está já “cansado” mas ainda serve para a maioria das minhas tarefas diárias. Mas decidi que em 2021 vou montar um computador de mesa. O motivo? Simplesmente o preço que temos de pagar por um MacBook no Brasil. Com o valor que gastaria para comprar um novo, posso fazer um computador de mesa bem mais potente.

    • IDroid says:

      A tua escrita parece vinda de um português; és brasileiro de gema?

    • ivan says:

      Nao mistures coisas diferentes qualquer portatil seja da apple ou nao fica mais caro que um pc fixo com os mesmos componentes…sem defender os precos da apple, percebo o que dizes com 1000€ nao sei como sao praticados os precos no brasil, fazes um pc fixo bem potente, mas quem compra um macbook air nao e o mesmo pessoal que estava a pensar montar um fixo gaming por exemplo..

  10. Tecnical says:

    Então… Mas… Se não der para instalar o Windows estes MacBooks deixam de ter utilidade… lol

  11. TRaveller says:

    Qual o software que corre atualmente? o mesmo do IPad?

      • TRaveller says:

        tens a certeza do que estas a dizer? quer dizer que todas aplicações que tenho agora no mac vão correr na nova arquitetura. olhe que nao, olhe que não

        • Lucas says:

          quase todas as aplicações que tens no Mac vão correr nos novos Mac. O sistema tem como correr aplicações compiladas para os processadores Intel.

          • TRaveller says:

            Por emulador, vamos ver, nunca vi nenhum emulador correr mais rápido que o nativo, vamos ver.
            Uma já esta garantido que não faz que é correr o windows, muitas nunca o fizeram muitos fazem.

          • Lucas says:

            TRaveller, ninguém diz que o “emulador” é mais rápido que código nativo no mesmo hardware. Mas o novo hardware pode ser mais rápido a correr uma aplicação emulada do que o hardware anterior com Intel.

  12. RS says:

    mais rápido que 98% dos Magalhães :clap: :clap: :clap: Apple 😀 😀

  13. Francisco Cruz says:

    Mas vem com carregador?!?

  14. Samuel MG says:

    “Para quem gosta de uma máquina e poderosa, o Air da Apple é sem dúvida uma ótima opção.” Poderosa com os specs miseráveis do M1 que nem chega aos calcanhares de AMD Ryzen 7 com uma Vega 10.

  15. Ricardo says:

    Roda Windows via bootcamp, ou isso deixou de ser uma realidade com este novo processador?

  16. Ricardo says:

    Surface book 3 com placa gráfica dedicada dá um baile a estas maçãs.

  17. Carlos says:

    Estava a pensar comprar um pro 13 com I5 a 2.0, por 2229,00€, mas como o M1 deverá ser mais rápido vou poupar 500€.

  18. TRaveller says:

    Mac mini 699USD e PT 899€ vão roubar para a estrada ainda os portáteis podem dizer que a tecla do ç é cara no Mac mini é o mesmo.

  19. Humberto says:

    É incrível a vossa vassalagem para com a Apple. Ainda não vi um único artigo a mostrar os erros enormes que a Apple comete, nas falhas de comunicação sobre os produtos, os preços exorbitantes e por aí fora. Aliás penso que vocês são os únicos a achar o preço das rodas dos Mac um preço acessível.

  20. ZOrd_Z says:

    Vou supor que mais rápido que a maioria dos pc’s ainda online…. Dado que muitas máquinas com 10 anos ou mais estão ok aqui nas internets… É ridícula e absurda a comparação… Só mesmo para quem veste Apple e não sabe o que é uma macieira….

  21. Grande flop says:

    Fixe!!
    999 dólares equivalem a 1130 euros no câmbio da Apple.
    Olhem para mim a dar esse dinheiro aos americanos….

    • Crow- says:

      A ignorância tem destas coisas…
      Sabes que nos EUA os preços apresentados são sem VAT e em Portugal são com IVA incluído?
      Os $999 do Air são antes de impostos, isto porque nos EUA o VAT é variável por estado.

      • Grande flop says:

        Não, mentiroso. A ignorância tem destas coisas. A Apple aplica um preço universal nos estados unidos. O EUA não têm VAT, seu ignorante. Tem um imposto de renda que a Apple aplica universalmente para que os seus produtos tenham o mesmo preço.
        Ignorante!!

        • Lucas says:

          falso! Os preços anunciados aos consumidores nas lojas (qualquer que seja a loja) nos Estados Unidos são sem qualquer imposto.
          A parte dos impostos a aplicar só é apresentada no acto de pagamento, variando de estado para estado dentro dos EUA.
          Não chames ignorante a outros quando não sabes!

        • Crow- says:

          Já começo a achar que não é apenas ignorância, mas pode ser algo mais severo.
          Olha lá uma simulação do Air metendo um zip code da California no checkout:
          https://i.imgur.com/4kXSuPs.png passa de $999 para $1105. E como eles indicam é apenas uma estimativa. No estado da California a taxa é de 7.5%, mais as tais taxas locais que faltam salta para os 10.5%, o que nem se compara com os 23% de cá.
          Toda a gente gosta de falar qualquer coisa mesmo que não perceba nada do assunto…

      • Traveller says:

        Isto de chamar nomes assim sem mais nem menos para exemplo:
        Mac mini 699USD =593 Euros * 1.23% Iva=729euros
        MAc mini PT =819Euros
        Aqui nao podem alegar o teclado ter que ser PT e fazerem menos porque nao tem teclado
        O preço do transporte o valor da china para os EUA ou para PT é o mesmo.
        Por isso 100euros é um roubo, mas só compra que quer.

        • Crow- says:

          Repete comigo: “os preços nos EUA são apresentados sem impostos”. Agora mais 10 vezes…
          Entrou?
          Agora vê o seguinte:
          €819 sem os 23% de IVA dá €665.85, o Mac Mini nos EUA também sem impostos está a $699. A Apple até podia fazer o que muitos fazem, e meter à venda a €699 + IVA, o que daria €859 e não €819.

  22. Miguel Porto says:

    aPPLWARE no seu melhor.

  23. FoX says:

    Li por aí, que o MacBook Air mais barato tem GPU com um núcleo defeituoso e desativado. Fico triste!

  24. Yuri Sucupira says:

    Mais rápido que 98% dos PC e mais caro que 100% dos PC.

    PS: há, no YouTube, vídeos em que profissionais e entusiastas de TI montam PC com hardware equivalente ou superior ao de um Mac, porém com preço muito inferior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.