Apple conseguiu 104% dos lucros das vendas de smartphones


Destaques PPLWARE

81 Respostas

  1. Dos resultados says:

    104% dos resultados = lucros – prejuízos 🙂
    A: lucro = 100$
    B: prejuízo = -4$
    Resultados de A+B = 96$
    Percentagem de A nos resultados de A+B: 104%
    Percentagem de B nos resultados de A+B: -4%

  2. David Ramos says:

    Realmente é de aplaudir. Conseguem fazer esta proeza com equipamentos que não valem o preço.

    • Daniel says:

      O valor de um produto é determinado pela oferta e procura. Este artigo mostra que os iPhones são dos poucos smartphones que “valem o preço”. A maior parte do mercado faz smartphones que não valem o preço, porque têm de ser vendidos a preço de custo ou a prejuízo

    • PL says:

      A arrogância de algumas pessoas de acharem que detém a verdade do mundo e o poder de dizer o que é melhor para toda a gente

      Eu gosto meu iPhone e do meu Mac.
      Também tenho um surface 4 pro porque tenho de usar algumas aplicações que só existem para windows, mas trabalho 95% no Mac.

      Para MIM valem o preço e como o dinheiro que EU tenho é o produto do MEU trabalho e do MEU esforço, EU posso decidir o que para MIM vale ou não o preço.

      A tua opinião é uma verdade tua e não do outros e só deveria ter impacto na real república da tua casa, mas a julgar pela tua resposta imagino que vivas em casa dos pais e nem aí a opinião conte…

      • Toni da Adega says:

        Portanto como alguém tem uma opinião pessoal diferente da tua é arrogante? Acho que devias ler bem a tua resposta, na volta era boa ideia gastar menos em tecnologia overvalued e mais em educação.

        • APereira says:

          Acho que tu nao percebeste o comentário dele… O David Ramos diz que os equipamentos nao valem o dinheiro o que está errado e na verdade é arrogante por o user achar que detem a verdade nesse aspeto pois como é óbvio o valer ou nao o dinheiro é relativo e depende da circonstancia.

          Para ti pode nao valer o dinheiro, pois se um Nokia 3310 faz o que tu queres e custa 5Euros nao tens a necessidade de comprar um iPhone por 700.
          Já para outro user que queira um pouco mais, talvez seja justificativo dar os 700 pelo iPhone.

          O valor dos produtos é aquele que o mercado está disposto a pagar por eles e nao aquele que seja lá quem for decide que ele tenha…e convenhamos que se o iPhone vende por 700, quer dizer que o produto vale 700 caso contrário ninguém o compraria. E nao me venhas com a teoria dos iSheeps e o diabo em cuecas pois isso nao passam de teorias da consipiracao de pessoas frustradas e que passam mais tempo a falar do que em teoria nao gostam do que daquilo que tambem em teoria gostam.

          • Toni da Adega says:

            Ou seja segundo a vossa teoria, é errado dizer que não vale o dinheiro.
            Se para ele não vale o dinheiro ele é livre de o dizer. Arrogante é a vossa postura que atacam quem tem uma opinião diferente da vossa.
            Na minha opinião qualquer smartphone de topo também não vale o dinheiro.

            Tenho um portátil que praticamente todo o pessoal que adora Apple irá dizer que não vale o dinheiro, pois custa mais que um macbook pro, é feito de plástico (que nojo), é mais pesado e tem pouca autonomia.
            Sim tenho um portátil de 2500€ de plástico, +2kg de peso e nem aguenta 4h.
            Agora não venhas dizer que não vale o dinheiro porque se alguém compra é porque vale o dinheiro.

          • PL says:

            @Toni,
            Arrogância, quando achas que a tua opinião está a cima da dos outros de tal forma que te vez forçado a dar-la, mesmo quando ninguém te pediu.

            Cada um é livre de ter a sua opinião, mas a tua opinião … nem a minha … é uma verdade incontestável.

            Se reparares na minha resposta, deixei isso claro.

            Lamento se ofendi alguém com a MINHA opinião.

          • APereira says:

            Nop Toni,

            Nao vou dizer que nao vale o dinheiro, se tu o compras-te é porque achavas que valia…

            Se eu o compraria? Talvez nao, (pela tua descricao) pois pelo mesmo valor compraria algo melhor para a minha utilizacao…

            Arrogante é tu atacares quem tem uma posicao diferente da tua como o estás a fazer… cada um compra aquilo que quer e que pode comprar.

    • Jaime says:

      isto é a prova que os iphones são muito ‘overpriced’

    • David Guerreiro says:

      Então é como é que pensas que conseguiam? É mesmo a vender coisas que vale 1/4 do que custam que conseguem esse dinheiro todo.

      • Daniel says:

        Mais uma vez, os preços de tudo o que compras não são definidos pelos custos de produção mas sim pela oferta e procura. Por exemplo, um maço de tabaco custa 10 cêntimos a fazer e são vendidos a mais de 4€. Os consumidores dão mais utilidade ao que compram do que ao dinheiro que gastaram para comprar o que consomem.

        • Diogo Alex says:

          Oferta e procura, oferta e procura bla bla bla, mas mesmo assim os samsung tiveram uma maior venda por isso os preços deveriam ser maiores não? Têm mais procura e estamos a assumir que a oferta é a mesma nos dois casos visto que custos de produção são praticamente os mesmos.

          • Daniel says:

            Cada empresa decide o valor que querem que o produto tenha no mercado. Empresas como a Apple e a Samsung têm brain power suficiente para calcular a que preço a elasticidade da procura = 1 (ponto em que obtêm mais lucros). Se eles não colocam preços mais elevados nos seus midrange e nos seus modelos de entrada, é porque sabem que iriam perder dinheiro

          • APereira says:

            Os lucros relativos ao mercado de smartphones nao se inclui apenas o valor do smarphone propriemente dito…na verdade a Apple até pode ter uma margem de lucro inferior na venda do equipamento no entanto faz depois muito dinheiro na venda de acessórios e principalmente na venda de aplicacoes através da sua store.

            Se reparares onde é que a Apple pode ganhar com o iPhone?
            Venda do equipamento,
            AppStore,
            Acessórios,
            Garantias Extra tais como AppleCare,

            Onde é que a Samsung e a maoria das outras marcas ganham?
            Venda do equipamento,
            Acessórios,
            Um ou outro servico extra que tenham, pois nem garantia similar a Apple care tem.

            Logo, é natural que mesmo com custos de producao e de venda similares, a Apple consiga sempre mais dinheiro.

          • Daniel says:

            @APereira. Estamos a falar de lucros no mercado de smartphones. Nessas contas não entram os valores de serviços, nem de acessórios

          • APereira says:

            Ora vai lá ver se entram ou nao?

            Se fosse assim entao queria dizer que os fabricantes pagavam a Apple para fabricarem os seus produtos…

            Vamos lá ser coerentes por favor.

          • Bartolomeu says:

            APereira, estas análises costumam apenas incluir as vendas de aparelhos, não entram com o que estás a falar.
            Para além disso o peso dos acessórios nas contas da Apple é pequeníssimo, a loja de aplicações também não dá assim tanto dinheiro quando comparado com os lucros que a Apple tem…
            A Apple tem mais lucros porque vende muitos, mesmo muitos, mais aparelhos de gama alta que os outros fabricantes (estes vendem maioritariamente aparelhos com margens mais baixas). Além de que a Apple, quando comparada com a Samsung, não desperdiça tanto dinheiro em marketing e incentivos de venda.

        • Sergio says:

          Há várias formas de calcular preços. Uma delas é com base na percepção de valor desse produto e não necessariamente nos custos de produção. Mérito para a apple (marketing e design), por conseguir fazê-lo da forma que faz.

    • Douglas Ferreira says:

      Na verdade, celular algum vale vale o preço do iPhone, do S7, do Note 7, do Xperia Z, do Moto Z, …

      Eu estabeleci o limite de R$ 1500,00 para celular… Acho que acima disso é besteira, mesmo porque eu sempre quebro ou perco os aparelhos.

      Além disso, smartphone é um aparelho que não tem vida útil tão longa quanto um notebook, e menos ainda se comparado a um desktop.

  3. torres says:

    se os chineses fossem cavar batatas, a maçã não iria ter estes lucros, mão de obra barata.
    Os trabalhadores de uma das fábricas chinesas que produzem os iPhones da Apple recebem, em média, US$ 1,82 por hora. Além de serem mal pagos, os funcionários são obrigados a fazer jornadas de trabalho exaustivas.
    a soma do salário dos 1,6 milhão de trabalhadores da cadeia de fornecimento representa apenas 2,6% da receita anual da Apple. “Esta pesquisa mostra que, para os trabalhadores chineses, a distribuição de lucro da Apple é anti-ético”
    assim também eu.

  4. luislelis says:

    Confusio.

  5. Vitor says:

    “o domínio de vendas ainda é do Android”? acho q queres dizer “o Android está numa liga a parte em questão de vendas”. A palavra “ainda” sugere uma diferença d quotas de mercado diminuta

  6. Rui Miguel says:

    Óbvio! As pessoas só compram Android porque é barato.

    Os retalhistas fazem a maior parte do lucro, mais que as marcas, se forem a qualquer loja, eles vão lhes dizer mal do iPhone e bem do Samsung porque os vendedores ganham muito spiff com a Samsung e a margem é muito, mas mesmo muito maior.

  7. diogo says:

    Daniel por favor. Estamos a falar dos iphones. és roubado à força toda e gostas e ainda fazes de advogado da apple. lol. a apple e outras empresas além de roubarem os consumidores ainda arranjam esquemas para praticamente não pagarem impostos.

    • Daniel says:

      Um iPhone custa 750€ e dura 2 anos. São 730 dias. Pago 97 cêntimos por dia para ter acesso a um aparelho que utilizo 4 a 6 horas por dia para trabalho, comunicação e acesso a internet.
      Há pessoas que gastam muito mais do que 97 cêntimos por dia em coisas com muito menos utilidade e não vejo ninguém indignado com isso. Cada um faz o que quer com o dinheiro. E eu, como muita gente, prefiro pagar um premium e ter um aparelho fidedigno e acesso ao ecossistema iOS / macOS. Um bocadinho de coerência seria bom.

      • Daniel says:

        1,02€ por dia*

        • PL says:

          Um iPhone com 2 anos se estiver em bom estado ainda tem mercado para vender como usado.
          PL

        • RF says:

          Tenho um ipad 3… já com vários anos, todos os dias utilizado por uma criança de 5 anos.. e funciona lindamente! O tablet Samsung do trabalho, a bateria deu o berro ao fim de 1ano.. Acho que isto diz muito em termos de qualidade, e do porquê da Apple continuar a ter as vendas que tem!

          • Alpha says:

            Tenho um Samsung Note 10.1 com 4 anos, usado diariamente por uma criança de 7 e outra de 3 anos e ainda funciona lindamente. tenho um Galaxy S que apesar de já estar encostado ainda funciona lindamente (só tem o ecrã estalado) e também passou pelas mãos das mesmas crianças (mais novas na altura), que é que isso te diz da qualidade?

          • Tutan says:

            Comparações totalmente absurdas. Tenho um Galaxy tab2 que vai fazer 5 anos e funciona lindamente e sem qualquer problema na bateria e utilizado por 4 pessoas incluindo duas crianças (uma com 8 e outra com 6). Meu irmão teve um ipad3 que ao fim de 25 meses pifou. Simplesmente deixou de funcionar. Será que foi por causa da qualidade. É porque se for a qualidade então o meu Samsung bateu por completo o Ipad do meu irmão. Eu trabalhei muitos anos na venda de aparelhos eletrónicos e uma coisa é certa, qualidade não é sinónimo de durabilidade pois o que mais acontecia era aparelhos de marcas conceituadas darem o berro como qualquer outra marca. A durabilidade hoje em dia é pura questão de sorte e de como se utiliza pois os aparelhos não são feitos para durar tanto tempo como se pensa.

      • Sergio says:

        Certo, mas não és nenhuma máquina que consegue controlar todos os teus custos dentro dessa visão.
        Claro que cada um gasta como quiser o seu dinheiro, mas eu como cidadão de uma sociedade com fracturas económicas gritantes, não posso ficar desiludido e assustado com a quantidade de pessoas que colocam um iphone/samsung, entre outros tops de gama, à frente das suas necessidades básicas.
        Esses 97 cent que falas por dia, são de uma extrema importância para quem ganhe o ordenado mínimo e more sozinho. Mas o que é que o comum português faz? Prefere se calhar andar com a sua dentição toda destruída, ou optar por comprar alimentos inferiores da marca E quando vai ao continente.
        Tudo isto porquê? Por causa dum aparelho que lhe dá estatuto social, mas que no fundo faz as mesmas coisas que um aparelho de 200€.
        Não estou a dizer que é o teu caso, mas o que observo à minha volta é um pouco isto

        • Sergio says:

          deixar de ficar desiludido..”*

        • Daniel says:

          Esses 1,02€ diários são pagos com o meu dinheiro e garanto-te que não me privo de nada. Se os outros colocam esse dinheiro à frente de outras prioridades mais básicas, é uma decisão deles. A culpa não é da empresa que nos anda a roubar, como foi dito pelo comentário original

          • Sergio says:

            Nem eu estou a culpar Apple, se reparares também mencionei a samsung.. fiz um comentário do ponto de vista social, porque acho que a divisão que fizeste é um pouco redutora, para quando se toma a decisão de comprar um equipamento destes.

            Quanto à Apple, nem que o preço do iphone fosse 2000€ eles estariam a roubar.. Eles cobram o que acham correcto para a marca que criaram, estão no direito deles.
            Agora o hardware e produção/condições de trabalho que um iphone te proporciona tem um preço elevado, tens igual ou parecido no mercado por 400€.. O resto está no símbolo 😉

            P.s: percebo quando dizes que gostas e não te importas de pagar mais pelo ecossistema, eu faço mesmo com o windows.

          • Daniel says:

            “culpar a Apple”. Estava a referir-me ao comentário do diogo.

        • winetree says:

          Um aparelho de 200€ não faz as mesma coisas que um topo de gama da Apple, Samsung, LG, etc..

      • Y. says:

        2 anos? Isso é o mínimo 😀
        Estou nos últimos dias com o meu iPhone 4, velhinho já, tirando algum lag, ainda funciona muito bem! Agora tenho um iPhone 7 a caminho 🙂 Mais do que tudo, é um investimento, compensa cada cêntimo!

      • Flavio says:

        Dura 2 anos? O meu 4s ainda trabalha e bem. Usei o até novembro do ano passado, 4 anos sempre a bombar. Agora ainda o tenho mas quem usa mais é o meu sobrinho.

      • qwertyuiopus says:

        Um “aFónico” dura 2 anos? Que acontece depois dos 2 anos? Faz PUM como os SandraXunga Nata 7?

        Que sorte do meu iPod Touch 4th gen de 2012 não ter feito PUM em 2014 e ainda funcionar em 2016 depois da bateria carregada.

        Se está desactualizado? Sim, há “tótil”.

        Mas o que tem instalado consegue ser útil? Sim! Só não o é porque o smartphone faz tudo, menos reproduzir música com qualidade como no iPod.

        Há quem gaste 97 cêntimos por dia em coisas que podiam ser evitáveis? Sim! Temos o tabaco, o álcool, o café, os jogos de sorteio e de apostas desportivas e por aí fora.
        São gastos desnecessários para a carteira? Sim!
        Alguns são altamente prejudiciais para a saúde? Também!

        Mas passar o tempo em frente ao ecrã ou a apanhar radiações das antenas também pode causar sérios problemas de saúde. Não faltam casos de tumores cerebrais e oculares por esse mundo fora.

        Sõ 97 cêntimos diários para o iPhone? Tretas! Isso é apenas a aquisição do equipamento.
        Então e a electricidade usada para carregar, quer directa ou indirectamente (via “usb port”), quando estamos em casa?
        E o pagamento mensal do tarifário? E aqueles “dados excedidos” do plafond?
        E as subscriçóes de serviços que abrangem vários dispositivos? Leia-se Netflix, Spotify, entre outros…

        Anda lá, acrescenta aí mais umas dezenas de cêntimos diários!

        Ao fim de anos, vai ver o total dos gastos! Dava para comprar o iPhone mais recente e ainda sobrava.

        • Daniel says:

          1. Eu disse dois anos porque essa é a minha rotina de troca do aparelho. Não quer dizer que esteja inutilizáveis. Se for 3 anos, o preço diário pelo aparelho ainda desce mais.
          2. É uma ferramenta de comunicação e de trabalho.
          3. Electricidade, tarifário, dados excedidos, subscrições são custos que também se aplicam a telemóveis que custam 100 ou 200€. Logo, o aumento dos cêntimos diários também se aplica a esses

    • idroidwin says:

      consigo entender até um certo ponto o que queres dizer, mas a Apple e todas as outras marcas criam um produto e estipulam um preço só paga quem quer, ninguem rouba nada a ninguém e muito menos é obrigado a comprar, e se “fogem” ao fisco é porque alguem deixa acontecer (governantes) mas se estão dentro da lei não estão a “fugir” a nada. Agora, infelizmente existem muitas pessoas que são peritos em contornar/procurar lacunas na lei.
      mas isso são outros 500’s.

  8. Nitro says:

    Como pode a Apple receber mais de 100% dos lucros, ou seja mais do que a totalidade do que é produzido pelo mercada? Engenharia financeira?! Cegueira fanática para defender o indefensável?! Estes teóricos tem um lugar merecido entre os especialistas orçamentais do Centeno. Quica ligar entre estes políticos de carreira que conseguem fazer dizer qualquer coisa a estatística! Opinião de um iPhone user…

  9. rui says:

    Ainda há dias publicaram um artigo que dizia o contrário deste. Vá-se lá entender esta inconsistência do pplware em relação à apple (tentarem fazer da apple a melhor de todos os tempos).

  10. Sergio J says:

    Qq produto não tecnológico tem margens de ganho relativamente à produção muito superiores. A maioria dos produtos tecnológicos são obrigados a apresentar margens esmagadas pq senão não conseguem vender. Se a Apple consegue vender aos preços que pratica é porque os consumidores reconhecem que é um preço justo pelo produto que pagam. Já os outros fabricantes são obrigados a vender por preços não sustentáveis ou mesmo com prejuízo apenas como uma forma de investimento a pensar que no futuro irão conseguir esses lucros. Na realidade isto não passa de uma bolsa. Chegará um momento em que essas empresas ou acabam ou terão de vender por preços superiores.
    O problema não está na Apple, está nas outras empresas que não conseguem produzir equipamentos em que o consumidor esteja predisposto a pagar mais, o valor justo e sustentável.

  11. Pedro Osório says:

    A Apple a ser Apple. Por muitos odiósos que existam, pessoas que desejam e não têm cultura passando ao mal dizer permanente… por cima disso tudo, a empresa é a que faz o melhor smartphone desde há 10 anos para cá, atropela os haters e as empresas que nestes anos usaram os conceitos conseguidos.

    Depois berram choram baba e ranho (gente triste) mas compram iPhones usados e passam a dizer bem da Apple. Nos passatempos onde oferecem iPhone e outros gadgets Apple, mudam o nome, e até se matam para conseguir.

    Depois a Apple… tua vende à farta, eles criticam criticam…. para nada, a Apple volta a dar cartas e dos outros nem reza a história. Ou melhor… do finado Nexus e do Note 7… a história sempre os irá recorrer. São os grandes falhanços, os iPhone killers

    • Alpha says:

      Não percebeste nada… a Apple não “vende à farta”, a Apple vende menos, mas lucra mais, adivinha porquê…

      • winetree says:

        Bem, a Apple tem o topo de gama mais vendido de longe. Eles protegem a sua margem. As pessoas como tu ficam lixadas, mas se tiveres tido um Siemens, um Benq ou outro qualquer das marcas que faliram, ficavas bem mais lixado. O facto de protegerem os preços também ajuda a que os aparelhos deles mantenham mais seu valor depois de usados, o que não acontece com os outros. De resto, não é a única marca a fazê-lo, por exemplo (para usar uma marca que está na “berra”) a Tesla faz o mesmo!

        • Alpha says:

          Por acaso tive um, ou melhor 3 Siemens e não fiquei lixado…
          “Proteger os preços”… o que é que isso quer dizer? Que pagas a marca? Ora aí está uma coisa que eu “adoro”, eu gosto é de “proteger” o meu dinheiro 😀

      • nitro says:

        Deixa-me verbalizar: margens astronómicas! Ou gastronómicas (para a Apple)…?!

  12. luislelis says:

    Alguém tem de pagar aquele edifício palaciano. Kkkkkkk

  13. Alvegasat says:

    ” Como consegue a Apple este valor? ”
    Eu respondo,
    – custos de produção, baixos,
    – preço de venda, inflacionado,
    – fuga ao pagamento dos devidos impostos
    – falta de concorrência no segmento, ou a existir, muito débil.
    – imagem social, elevada
    – inovação e qualidade, comprovadas.

    Deixo umas perguntas eu:
    – Quanto gasta a Apple em inovação e desenvolvimento ?
    – Quanto gasta em Publicidade, pelos vários canais desta ?
    – Quanto gasta em custos de produção ?
    – Quanto paga em Impostos?

    PS: nao fui ver, mas calculo que a Apple, gaste bem mais em publicidade do que em custos de produção..

  14. Alpha says:

    Vender pouco e lucrar muito não é para qualquer um, haja quem pague muito por pouco, admiro a Apple enquanto máquina de fazer dinheiro, sem dúvida!

  15. bola says:

    Só falta mesmo é pagar os impostos que deve à EU agora então…. 🙂

    • winetree says:

      Os impostos que a CE quer que eles paguem à Irlanda e que a Irlanda não quer receber? Se todas as empresas que usam a mesma artimanha fizessem o mesmo é que era uma redução no défice de alguns países…

    • Jorge Carvalho says:

      Ninguém pode dever dinheiro à EU senão os Estados , acho que a Apple ainda não é um estado.

      Abc

  16. ARMANDO says:

    Acho é que toda a gente devia ficar era revoltada com estes números.

  17. Liga says:

    Já tive muitos celulares de várias marcas diferentes, Android, wp e ios. Atualmente estou com um iphone 6s plus 64 gb aparelho muito bom e com uma bateria excelente .
    Tem aparelhos superiores no mesmo preço mas o status que esse aparelho dá isso é inquestionável.
    Quer status compra iphone quer aparelho sensacional com preço baixo vai do chinês xiaomi m5 s plus um canhão em forma de celular….kkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.