Quantcast
PplWare Mobile

Adeus Google? Apple pode estar finalmente a preparar o seu motor de pesquisa

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Bruno Pe says:

    google will always be google

  2. Rodrigo says:

    Não gosto nem de uma nem de outra, mas garantidamente se uma delas caísse, a Apple seria a primeira, de certeza.

  3. Woot! says:

    Se for tão bom como o Apple Maps…

  4. Os Rótulos says:

    Para o Safari (iOS e Mac) ter o Google Search como motor de busca pré-definido a Google paga à Apple, anualmente, entre 8 e 12 mil milhões de dólares, que a Google irá recuperar com, lucro, em anúncios apresentados nas páginas de pesquisa. (Imaginem quanto rende o Google Search no Android).

    Agora o post diz que a Apple poderá desenvolver o seu próprio motor de busca. Das duas uma: ou deixa o Google Search como pré-definido, continuando a receber esse dinheiro da Google, ou passa o seu para pré-definido. Neste caso, iria buscar dinheiro à apresentação de anúncios através do seu serviço de anúncios nas páginas de pesquisa, como faz a Google. Os anúncios são um grandessíssimo negócio, vamos ver.

    • Tadeu says:

      Porque é que a Apple teria de ir buscar dinheiro a publicidade? Uma mais valia para Apple seria apresentar um produto sem publicidade, haveria muita gente interessada o que permitiria à Apple ganhar mais na venda de aparelhos e de outros serviços.

      • Joao Ptt says:

        Porque a Apple está no negócio para fazer dinheiro, e eles querem certamente mais, não é menos! Como é que iam justificar aos seus accionistas terem perdido 8 a 12 mil milhões de dólares por ano… para ter um serviço que só lhes tira dinheiro das contas e dos bolsos dos accionistas? Quando tem que se agradar aos accionistas tem de se ter mais cuidado com esse tipo de coisas.
        Dito isto, podem perfeitamente ter uma narrativa que faça os accionistas felizes em perder tal dinheiro da Google, desde que seja algo que possa valorizar muito a Apple, ou então que traga esse valor ou até muitíssimo mais através da dita publicidade/ destaque nos resultados.

        • Tadeu says:

          percebeste sequer o que disse?
          Neste momento há muita gente interessada em não ter publicidade… Esses 8 a 12 mil milhões podem ser facilmente ultrapassados conseguindo novos clientes que compram aparelhos da Apple e pagam por outros serviços da Apple. Isto sem falar no efeito reverso na imagem que tem criado de defesa da privacidade ao passar a ter um serviço com comportamento idêntico à Google… Diferenciação é a única arma, até porque dificilmente a Apple convenceria as pessoas a abandonar o uso da Google, o que significaria que dificilmente a Apple geraria esses 8 a 12 mil milhões em publicidade, basta olhar para os resultados da Microsoft.
          A Apple tem vários serviços em que também poderia ganhar dinheiro com publicidade e no entanto não o faz!

          • Edu says:

            Duvido que alguém tome a decisão de comprar um iPhone só por causa das publicidades da Google, que nem considero muito intrusivas, dado que temos quase tudo de graça.

          • Tadeu says:

            Edu, já há motores de busca cujo o modelo de negócio é pessoas pagarem pelo acesso ou então modelos de publicidade que respeita a privacidade. De modo que há mercado, sendo que no caso da Apple seria um peso extra na tomada de decisão das pessoas em termos de plataforma, não apenas a única razão.
            A questão da privacidade está cada vez mais na mente das pessoas, e cada vez mais pessoas estão cientes dos riscos que correm.
            Por ser de graça é que nem queres considerar que é intrusivo.

  5. iSheepNot says:

    Adeus Google?! Já se está a assumir que, a acontecer, por ser da Apple, vai ser estrondosamente melhor que as soluções da Google. Devo lembrar que existe o Apple Maps e o Bing Maps, e outros, que tinham o objectivo de ser melhores que Google Maps, mas as pessoas falam e usam muito mais as soluções da Google. Apple Music e Google Play Music a mesma coisa. Queriam ser melhores que o Spotify mas até agora o Spotify reina.

    Cada empresa tem áreas nas quais são exímias e onde outras apenas sonham. A Apple tem a sua, a Microsoft tem a sua, a Google tem a sua, Amazon tem a sua. Essa de “Adeus Google” (ou outra empresa qualquer) sempre que a Apple anuncia um novo serviço é claramente fanboismo.
    Se a Apple lançar uma linha de roupa e calçados desportivos vão dizer “Adeus Nike” ou “Adeus Adidas”? Se a Giovanni Galli ou Sacoor, ou outra marca conceituada no ramo do vestuário, entrarem no mercado de smartphones ou smart TV vão assumir que a qualidade é garantida?

    • “Adeus Google?” porque se tiverem a sua solução vão, naturalmente, deixar de depender da Google.

      O exemplo do Apple Maps que deste mostra precisamente isso. Quando tiveram a sua solução de mapas a que a Google fornecia deixou de ser a oficial e passou a ser “apenas mais uma app”.

      É algo normal na Apple, se tem uma solução própria, descarta as restantes e tenta que a sua seja usada, algo que pode ser encarado como normal.

      • iSheepNot says:

        Essa é a política normal da Apple. Fechar-se no que é seu e manter o ecossistema sólido.

        O meu comentário foi mais genérico e incide naquilo que tenho vindo a observar no Pplware desde há uns anos: a tendência em idolatrar a Apple como se fossem perfeitos. O título da notícia poderia não ter “Adeus Google?” e causaria o mesmo impacto.

        Sou visitante assíduo, gosto do vosso trabalho e felicito-vos por isso. Mas deveriam procurar ser mais imparciais.

        • Tadeu says:

          muito sinceramente, neste caso não percebo qual é o problema do título [percebo no entanto que haja frequentemente esse género de “problema”].
          O Adeus, seria da Apple à Google, parece ser perceptível o significado.
          Se fosse uma notícia que dissesse “Adeus Intel”, e falasse sobre a Apple ir deixar de usar os processadores da Intel, imagino que não verias qualquer problema.

  6. Cicrano says:

    Se for tão bom como a Siri ou os Apple Maps…
    Procuras por router e responde com rotas :p

  7. Miguel says:

    Sempre é bom concorrência, mas a Apple nem daqui a 10 anos consegue uma infraestrutura como o da Google no que toca a search engime.

    • Joao Ptt says:

      Eles têm o dinheiro, só precisam de contratar as pessoas certas e dar-lhes o espaço, tempo, recursos e a independência suficiente para tal.

  8. ToFerreira says:

    Nunca conseguirá a qualidade do Google, nem precisa. Basta ser o default para as pessoas usarem, vai melhorando com o tempo até chegar a um nível aceitável e passado pouco tempo poucos sentirão saudades do Google. É assim que as coisas são.

    • Samuel MG says:

      Só se for os que têm ios que são a minoria entre os smartphones. Agora surge o problema para ter um motor de busca tem que ter publicidade e se exigir mais dinheiro que a Google nunca irá ter sucesso.

    • Os Rótulos says:

      E sabes porquê? Experimenta pesquisar no Google Search por:
      ToFerreira Nunca conseguirá a qualidade do Google

      Apareceu? Pois …
      Não sei se se pode falar em qualidade. A Google está em “todas” e consegue indexar informação de modo inacreditável. Se costumas usar serviços Google e depois não sais não te admires de escrever num gmail “Achas que eu adivinho?” e quando fores a um site te aparecerem anúncios do Professor Karamba e outros bruxos e adivinhos (aconteceu de facto, a Google “lê” os gmails).

      • ToFerreira says:

        E qual é o problema disso? O que me interessa que um algoritmo “leia” os meus e-mails?

        • Tadeu says:

          Acho que nos últimos anos temos vistos as consequências desse tipo de algoritmos

          • Edu says:

            Já me aconteceu escrever um e-mail em que menciono um anexo mas esqueci de anexar, o cliente do G mail avisou se não queria anexar visto que mencionei, isto é um exemplo de uma boa utilização destes algoritmos, mas já vi que tratas de informações top secret no teu e-mail que nem um algoritmo pode usar pra melhorar a tua experiência na Internet.

            Pra já podes desativar anúncios personalizados e muitas features (apesar de chato consegues), só mostra que de fato não te importas, só queres queixar porque sim

          • Tadeu says:

            uau, mesmo!? há pessoas que se deixam enganar pela cenoura!

    • Os Rótulos says:

      E sabes porquê? Experimenta pesquisar no Google Search por:
      ToFerreira Nunca conseguirá a qualidade do Google

      Apareceu? Pois …
      Não sei se se pode falar em qualidade. A Google está em “todas” e consegue indexar informação de modo inacreditável. Se costumas usar serviços Google e depois não sais não te admires de escrever num gmail “Achas que eu adivinho?” e quando fores a um site te aparecerem anúncios do Professor Karamba e outros bruxos e adivinhos (aconteceu de facto, a Google “lê” os gmails).

  9. ToFerreira says:

    Nunca conseguirá a qualidade do Google, nem precisa. Basta ser o default para as pessoas usarem, vai melhorando com o tempo até chegar a um nível aceitável e passado pouco tempo poucos sentirão saudades do Google. É assim que as coisas são.

  10. Cláudio says:

    A Apple quer o mundo só para ela e a pagar, duvido que a Apple faça algo parecido com o Google Search sem cobrar taxas ou preços elevados que é o que eles são especialistas.
    Para não falar que um motor de pesquisa tem que ser livre e a Apple faz tudo limitado por isso não é compatível. A Apple que faça vacinas para o Covid e tome logo uma para ver se cura da doença que tem de se achar a maior e melhor onde não é .

  11. jaugusto says:

    Pergunta parva, isso quer dizer que agora a apple fica só ela com os dados do pessoal em vez de google? Porque é aí que serve este negócio …

  12. costacurta says:

    O número de utilizadores Android é tão superior ao redor do mundo que os dados da google, quer seja no motor de busca ou informação presente no mapas, supera e esmaga quem quer que seja.
    Temos a Huawei, xiaomi, Samsung, Motorola, Nokia, Oppo, Sony, BQ, LG, Honor, Oneplus, Meizu, LTE, Lenovo, Cat, Alcatel, Elephone, Acer, ASus, Wiko, entre tantas outras, que fornecem dados através dos seus utilizadores que arruma com resto.

    • Os Rótulos says:

      Vista Curta
      A questão não é se há mais Andreoids ou IOS.
      O iOS é apenas 14% do mercado mobile.
      A questão é quanto rende os anúncios de quem usa iOS ou quem usa Android. Por exemplo, nas apps o iOS vende mais 50% que o Google Play.
      As contas da Apple hão de ter sido (se o que diz o post for verdade):
      – Se deixar o Google Search como motor de busca pré-definido, a Google paga entre 8 e 12 mil milhões de dólares (não se sabe ao certo qual é o valor, mas só da Inglaterra, os tribunais apuraram 1,5 mil milhões de dólares)
      – Se criar um motor de busca próprios vou ganhar mais, ao mesmo tempo que dou uma talhada na concorrência.
      “Just business”.

  13. Jorge+Ribeiro says:

    O gosto que dá ver a DuckDuck a evoluir desta forma….
    Um motor de busca que poucos davam um chavo com uma evolução enorme e cada vez mais popular!

  14. Rodrigo+ says:

    lol ve-se bem que nao percebes nada do assunto mas tiveste que deixar a tua opiniao errada n’e?

  15. António says:

    Mais uma vez, será, e como tem sido muito próprio das tecnologias nesta concorrência balofa, a montanha a parir um rato! A Google, esmaga em vários domínios, drive, email, mapas, android, motor de busca, etc…e agora vem a elitista apple, sempre muita pomposa, muita parra e pouca uva ou muita uva e pouco sumo, e é logo para vencer tudo e todos? Não há paciência….O único motor de busca que é facilmente podem vencer é a m. do bing, que é mais um produto falhado da microsoft….

  16. Os Rótulos says:

    “Just business”.
    Mas se achas que o negócio dos anúncios de terceiros rende pouco – a Google vive disso.

  17. LA says:

    Estou para ver se será mesmo assim.

  18. Infetado says:

    Pesquisas ? Google, sempre.

  19. AJ says:

    será que a Apple vai comprar o Yahoo! ?

  20. LA says:

    Faz-me lembrar o Zeinal Bava e o Data Center da Covilhã.

  21. Samuel MG says:

    Passa-se alguma coisa com o site PPLWARE. Estou com dificuldade em responder ao comentários. Não é da minha ligação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.