Quantcast
PplWare Mobile

Unboxing: Acer Aspire V15 Nitro

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pplware


  1. Tiago says:

    Jogar algo pesado, fazer render de vídeos e verificar como é que se comporta em termos de aquecimento.

  2. Dc says:

    Olha, um Jade! 🙂

  3. RuiP says:

    Bem, bom preço.
    Noutras lojas está à volta dos 1200€.

  4. Maria says:

    Uma falha grave… falta HDMI – versão 2.0 🙁

  5. Olafur says:

    Acer?? Nem que me pagassem para o levar.

    • DanielC says:

      Sempre é melhor que asus, já tive vários acer e vários familiares com acer e 0 problemas… A qualidade de construção e de materiais não é a melhor, mas costumam ter um hardware relativamente bom para o preço…

    • Arkop says:

      Oi? não são assim tão maus, tenho um que vai fazer 5 anos e funciona na perfeição, só teve que ser reparado uma vez e foi porque deixei-o cair. e falta um tecla também por culpa minha. mas de resto perfeito!

    • João Balseiro says:

      sim, pq os restantes são melhores…é tudo a mesma porcaria!

    • Amigo says:

      Tive um Acer que durou 7 – 8 anos sem nenhum problema, nunca avariou nem tive problemas de aquecimento. O portátil foi muito mal tratado pois quando o tive tinha entre 14 -15 anos e levava pancada quando os jogos corriam mal. Infelizmente há coisa de 3 meses abri para mudar massa termica e limpar mas já não voltou a dar imagem no ecrã.(já o tinha limpo e mudado a massa termica 2 vezes antes e sempre ficou a funcionar bem, desta última não correu bem).

    • RuiP says:

      O meu 6935G dura desde 2007. Na altura custou-me 800€ quando a competição com as mesmas specs custava 1300€. Ainda hoje dura e vai dando para jogar em qualidade média. Não é à toa que a Acer cresceu nos ultimos anos e agora já quase que pagas pela marca tanto como pagarias pela marca dum Asus/Toshiba.

    • Rogério says:

      Tenho um Acer a trabalhar há 6 anos e a caminhar para 7. Levou upgrade de RAM e CPU e funfa bem bem bem 🙂

  6. Antonio says:

    Acho que o link para a chiptec esta errado ..

  7. A. Pereira says:

    Parece ser uma máquina interessante, pena não ter firewire para poder usar a minha placa de som externa.

  8. Alegom says:

    Menos de 800 paus? Ou foi feito pelos meninos na China ou vai cair aos bocados com o tempo, não sendo mutuamente exclusivas as duas opções…

  9. Alexsandro says:

    Pelas especificações pareceu-me bom em relação ao preço, atualmente tenho um portatil da acer e não tenho nada a apontar, a acer está a melhorar a qualidade de construção dos seus equipamentos ao longo do tempo, pelo menos no material media gama para cima.

  10. Pedro says:

    Boas,

    Só um reparo, penso que a gráfica seja NVIDIA GeForce GTX 860M e o anuncio não é do portátil que estão a falar na noticia.

  11. Andre Ribeiro says:

    É preciso ter atenção que o computador que se encontra a venda por 789 euros nao é o mesmo para as especificações indicadas em cima 🙂

  12. ricard0g0mes says:

    Tenho um Acer há 6 anos e a única coisa que lhe fiz foi instalar um ssd. Posso dizer que se porta melhor que alguns bem mais recentes!! Topo!
    Deixem-se de escolhas por marcas, escolham pelo material e qualidade do produto.
    Hoje em dia tudo é feito na China, todos sabemos disso.

  13. john says:

    Quando digo que não existe no site da acer, é no site de Portugal.

  14. Eric Tyledysfunction says:

    A bateria deve durar imenso.

  15. Foram corrigidos alguns detalhes que estavam errados, pedimos desculpa pelo lapso.

  16. millers says:

    não vale a pena comprar. é caro, a gráfica do portátil por aquele preço? enfim. 1.699€ por uma gtx 860m? LOOOOOOOL

  17. Miguel says:

    Possuo a versão deste portátil com ecrã FullHD e só tenho a dizer bem do mesmo. Tem exactamente o mesmo hardware, com excepção do disco ssd que no meu caso tem um 512gb que lhe adicionei, mas mantém tudo o resto.
    Este na versão QuadHD não deve ser pior, à excepção que a gráfica não ter poder suficiente para as resoluções do monitor em jogos actuais.
    De realçar que o meu custou 789€ + 190€ do SSD, pelo que na altura, cerca de 2 meses atrás, era o melhor negócio do mercado.
    Problemas deste portátil:
    Aquecimento: em load o portátil aquece um bocado culpa do processador, e provoca throttling. Facilmente se resolve com configurações, ficando assim em temperaturas máximas aceitáveis (pouco mais de 80º em load).
    Touchpad: Podia ser melhor, mas quem usar rato deixa de ser um problema.
    Iluminação do teclado: Não tem perfil que guarde definições, ou seja, cada vez que ligam o portátil ele liga sempre a iluminação das teclas. Dá para desligar com atalho do teclado, mas é chato ele não guardar as nossas preferências. Penso que a Acer facilmente podia resolver isso com um driver.
    Disco HDD: Não é bem um problema se apenas o usarmos para armazenamento, usando o SSD para o sistema operativo. No entanto como há versões que não trazem SDD, fica a nota. O disco mecânico é de 5400rpm o que torna o pc lento, muito lento aliás. Assim que o SSD entra em cena, temos uma máquina totalmente diferente.

    Actualmente com a saída dos Skylake, já há soluções melhores no mercado, contudo esta máquina mesmo tendo processador e gráfica de gerações anteriores, continua a ser uma excelente máquina. É bonito, elegante, fino, não muito pesado, e com excelente performance.

    • Martins says:

      Adquiri à perto de 2 meses a versão de 17´com as mesma spec´s cá na Suíça por 1400 francos (não vejo o porquê da discrepância tão grande de preços…) e até agora tenho tido uma experiência excelente. Foi a primeiro Acer que adquiri até hoje e apesar de não trocar o Mac para trabalhar até porque oficio assim o exige, para jogos é excelente, um sistema de refrigeração muito bom mesmo acho que o único ponto menos positivo é mesmo a qualidade dos plásticos da carcaça em algumas zonas mas de resto está excelente.

  18. Arlindo Matos says:

    com essa resolução deve ser preciso uma lupa para ver todos os pormenores!

    • Zé Montanelas says:

      Mesmo, depois tem que se andar a meter zoom a 300% / 400% e começam as chatices e problemas com certas aplicações

      4K num ecrã de 15.6 é simplesmente desnecessário, já são os poucos modelos com FullHD e ainda com preços exorbitantes e já estão a colocar 4K

  19. ware_user says:

    Um aspecto que gostaria de ser visto, era o som produzido durante um processamento exigente (jogos, edição de vídeos).

    O problema destes portáteis que têm o mesmo poder de processamento de desktops é o sobreaquecimento, o que faz com as ventoinhas disparem a altas velocidades. Pelo tamanho da saída de ar, tenho baixas expectativas…

    Fico aguardar a review.

  20. Paulo Carvalho says:

    Deve ser razoável com tendência negativa, aquecimento = a problema é o calcanhar de Aquíles da Acer.
    Caso haja qualquer problema com o hardware da maquina esqueçam que a ACER não perde tempo a distribuir actualizações
    Em conclusão a marcas bem mais fiáveis e com preços muito semelhantes
    Falou a voz da experiência material da Acer nunca mais são piores que os chineses

  21. Zé Montanelas says:

    Para tal resolução de ecrã, a gráfica bem podia ser da ultima serie 9XX

    • Miguel says:

      Este portátil já foi lançado à mais de meio ano. Nessa altura ainda não tinham saído as 960m. Mas também a diferença da 860m para 960m são cerca de 5%.

  22. José Neves says:

    Não consigo compreender o que tem a gráfica em termos de ram neste modelo, sou possuidor deste modelo da 860m de 4gb no meu portátil e não tenho problemas de 4k em output, até posso dizer que lhe lihuei duas tv’s de 4k e foi um mimo a jogar jogos puxados num portátil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.