140 Comandos pelo “Executar” do Windows


Destaques PPLWARE

85 Respostas

  1. PCdudePT says:

    Vitor M.,
    Parabéns por este artigo que contém informação muito útil para quem tenta arranjar o que os utilizadores “não estragaram” (sim, porque os utilizadores nunca fazem nem estragam nada).
    A imprimir e ter sempre à mão de semear para qualquer eventualidade.
    Continua o excelente trabalho no site…..

    • Administrador says:

      Cara muito legal estas informações, sou iniciante nestes conhecimentos e se puder me enviar artigos lógicos e com atalhos para resolvermos pequenas cagadas alheias agradeço demais!
      Muito obrigado.

  2. Pedro S. says:

    Para abrir a janela executar é Win + R e não E como foi escrito 😀

    Abraço

  3. Ricardo says:

    Boas, so uma coisa, as teclas Win + E abrem o windows explorer…para executar é Win + R

  4. Bruno says:

    boas isto nao e um comentario ,nao sei como contactar pessoalmente e por isso deixo esta mensagem (peço desculpa pelo atrevimento ) mas queria perguntar se conheçe algum programa que de certa foma ,guardasse a informaçao de qualquer pen que fosse colocado no pc tipo backup!!!

    eu explico por vezes temos coisas em pens que por falta de espaço apagamos ou desaparece…e o programa atuaria….

    ou seja mal se coloque uma pen o computador guardava toda a informaçao numa pasta a parte mas de modo oculto e posteriormente poderiamos ver todo conteudo que ela tinha a dada altura

    • VC says:

      Lol queres isso mas n para backup mas sim outras coisas… quanto á questao q colocas-te um simples script faz isso, colocas no arranque do sistema e fica sempre a.correr em background a monotorizar os usb… assim k uma pen é colocada copia o conteudo pro destino…

    • Pedro Barbosa says:

      Um simples script como este deve funcionar:

      @echo off
      mkdir C:\BackupPenDrive\
      xcopy E:\ C:\BackupPenDrive /e/s

      sendo que neste caso a letra E: refere-se à pen.

  5. Vítor M. says:

    PCdudePT, Pedro, Bruno Ricardo… e restantes visitantes, obrigado pelos comentários, se for encontrada qualquer incongruência agradeço que me avisem, é que já não posso olhar mais para esse post 😛 a trabalheira que deu recolher todos esses comandos mais o testar um a um!!!

    Mas também o fiz para mim, já me aconteceu andar a vasculhar nas profundezas do esquecimento por comandos corriqueiros.

    Espero que seja útil também para os visitantes cá do burgo.

  6. UKN says:

    Muito bom. Já conheço n deles … mas há aí uns quantos que me falhavam. Isto para alem desta informação ficar bem sempre ali num local à mão.

    Thumbs up.

  7. Ricardo says:

    Muito bom!

    agradecido

  8. G. says:

    Muito util, serviço publico
    pelo menos ao publico da informatica.

  9. Carlos Martins says:

    Antes de mais muito bom artigo.
    É sempre bom ter uma listinha destas a mão, já pra não falar na ferramenta de restauro de sistema 😀 muito muito útil!

    Só uma coisa, o Paint tmb abre com mspaint 😀

    ug[ ]

  10. Flecha says:

    Excelente!
    Já agora, @Vitor M., é possivel saber qual é o ficheiro que guarda as entradas dos programas mais usados no Windows.
    Aquele ficheiro que gere os atalhos que aparecem no Menu Iniciar?

    Agradecido.

  11. Rodrigo says:

    Pode dar jeito. Obrigadão :)

    @Bruno
    E que tal pores um script autorun.inf e um batch na pen.

    Por exemplo:

    [teste.bat]
    xcopy * c:\backup /S /E

    [autorun.inf]
    open=teste.bat

  12. Ubuntu: ALT + F2 (tem suggestion box mal comecem a escrever)

  13. Xavier B. Orkall says:

    Bolas, e ainda dizem que Linux é complicado…

  14. @Xavier B. Orkall

    É muito mais simples em todos os aspectos, não é só neste 😉

  15. R00KIE says:

    @Vítor M.
    Uma pérola este artigo, 5 estrelas.

    @Bruno
    Porque não fazes isso manualmente? Ou então tenta encontrar um programa de sincronização de discos.
    Mas cuidado, o que queres fazer pode-te causar algum dissabor caso não configures isso bem …. imagina que o programa que arranjares começa a copiar a pen de um conhecido teu para o disco e ele se apercebe disso …. ooops

  16. mjmft says:

    E já agora que asneira é que eu fiz para o XP não me reconhecer nenhum comando desses? Abre a janela do CMD e depois diz, para qualquer comando,
    “não é reconhecido como um comando interno ou externo, programa operacional ou ficheiro batch”…….
    Nem saber o ip, desta forma, eu consigo…

  17. mjmft says:

    Nota
    Só para aqueles comandos que funcionam quando digito cmd, por exemplo. ipconfig.

  18. Zecalentejano says:

    GRANDE POST, SIM SENHOR !!!!!! VALIOSO !!!

  19. Bruno says:

    o objectivo era mesmo esse guardar a informaçao de qualquer tipo pen colocado no pc. os professores por vezes recorrem muito aos nossos portateis para passar isto e aquilo e eu queria isto aquilo aquilo aquilo aquilo …..lolo :P:P
    mas por vezes nao perderia dados como acontece muitas vezes

    se alguem souber de programas desse tipo 😀 seria muito bom

  20. Bruno says:

    ha e claro na maioria das vezes os porprietarios estao a ver ,e assim eu ficava com a informaçao e eles nao sabiam lolo 😀

  21. Vítor M. says:

    Bruno dá uma olhadela nesta post do Pplware:
    http://pplware.sapo.pt/2006/09/18/pendrive-usb-copiar-sem-ser-notado/

    Não quero é nenhum docente depois a queixar-se lá na minha porta 😉

  22. Bruno says:

    Este post é muito útil, obrigado.

    Off topic, alguém me sabe explicar pq a cada boot os ícones da barra de tarefas do Windows desaparecem, e tenho q voltar a fazer uma nova barra…???
    Não encontro qq tipo de vírus, e não gostaria de fazer uma formatação.
    Agradeço ajuda.

  23. Pedro Pinto says:

    Bom post sim senhor !!!!

  24. Nuno José says:

    Pensava que isto não existia em windows!!!!! claro que sabia que existia, mas acho uma piada muita gente dizer, “em linux tens de fazer quase tudo em linha de comandos”. Sinceramente desde que mudei, a quantidade de situações que usei linha de comandos anda ela por ela, e vou por isto nos favoritos, pois, como já não uso em casa, qq dia já não me lembro de quase nada, e ainda dou por mim em windows a escrever “ls”

  25. @Nuno José

    É uma ideia errada essa da linha de comandos, mas infelizmente, as pessoas preferem repetir o que ouvem em vez de confirmar…

    Quanto à situação que referes, aqui há uns dias tive de mexer na consola do windows para compilar um ficheiro java, e não me lembrava como mudar o nome do ficheiro (para além de ter escrito no início “ls -ltra” até me lembrar do “dir”), tentava “mv ficheiro ficheiro_novo” e nada… era mesmo “move” hehe :) até tentei “rn” (de rename), hehe :)

  26. Oliveira says:

    Muito Bom!!!

    Houve alturas que isto já tinha dado um jeito do caraças!!

    Agora venha uma versão Comandos Linux:p

    Parabéns!

    Cumps,
    Oliveira

  27. waldemar says:

    Alguem sabe como executar o IIS sem executar o windows?

  28. Felippe Ruivo says:

    PARABENS

  29. Dusac says:

    Obrigado Victor! Excelente

  30. Vítor M. says:

    Sim é boa ideia agora fazer com os comandos Linux, ora bem… quem se oferece para fazer o post?

  31. @waldemar

    Sendo que o IIS é um serviço do windows, não sei se é possível…

  32. PGR says:

    SUPER (não o programa) este post.
    Gabo-te a (pa)ciência, Mas também por isso este site é o que é.
    Em questão de utilidade 6 em 5*. Um obrigado e …fui-me.

  33. Cartoon says:

    @Bruno

    Cuidado, isso é usurpação de dados e dá direito a prisão.. Vê lá no que te metes!

    • Anacleo says:

      E também é devassa informática,devassa da vida privada,etc…A Judiciária agora já leva muito a sério crimes informáticos,há nova legislação e penas muito mais pesadas,cuidado…

  34. R00KIE says:

    @Bruno
    Pois …. isso vai dar mau resultado, vê lá se não arranjas nenhum 31 para ti e para os teus colegas.

    @Vítor M.
    Para linux é capaz de ser mais complicado há muita coisa, muita coisa mesmo mas aqui vai uma modesta contribuição:

    ln -snf criar um link simbólico (escreve por cima de links existentes)
    mount muito versátil, permite montar partições, imagens de cds
    losetup usar antes de usar o mount para montar imagens completas de um disco
    dd permite criar/restaurar imagens de discos completos ou de partições
    ls -lah lista todos os ficheiros de uma directoria e mostra tamanhos legiveis (em vez de inodes penso eu)
    sudo correr comandos com privilégios de root
    ifconfig mostra (ou configura) ip, netmask, mac, etc das placas de rede
    iwconfig para configurar parâmetros específicos da placas wireless
    iwlist permite fazer um scan às redes wireless existentes
    hdparm permite mudar as configurações relacionadas com os discos e drives opticas
    cpufreq-set permite mudar o esquema que rege a mudança de velocidade do processador (faz parte do pacote cpufrequtils)
    cp copiar ficheiros ou pastas
    mv mover (ou renomear) ficheiros ou pastas
    grep procurar strings num texto
    dmesg mostra o log do sistema (mensagens erro/informativas de módulos e do kernel)
    lsmod mostra os módulos carregados
    modprobe carrega um módulo já presente no sistema
    insmod carrega um módulo especificado por nós (para testar um driver depois de compilado mas antes de o meter para o sistema)
    tar permite compactar/descompactar ficheiros/pastas (muito usado no linux ao que me parece)
    & quando acrescentado a seguir ao comando faz com que este não bloqueei a consola
    ssh efectuar uma ligação segura a outro computador
    scp permite copiar ficheiros de forma segura entre pcs
    su fazer login como outro utilizador
    wicd gestor de ligações de rede (sim eu sei que existe o network manager mas são necessárias as dependências do gnome, o wicd é standalone, excelente para quem usa xfce por exemplo)

    e para agora não me lembro assim de mais nada, quando não se sabe o google é amigo não se esqueçam :)

  35. R00KIE says:

    Epá isto saiu ligeiramente ranhoso (quer dizer um bocado, ou melhor, bastante)

  36. Em vez do mount, para Ubuntu aconselho o pmount (fica “mais bonito”).

    Conta é a intenção R00KIE! 😉

  37. Esqueceste-te de outro que é dos que mais uso:

    gedit : Editor de Texto (simples, rápido, mas muito completo, aceita sintaxe de php, asp, java, c, mysql, javascript, html, etc. etc.)

  38. Anibal Ferreira says:

    Vai ficar aqui á mão 😀

  39. oculto says:

    @waldemar

    poderá ser executado o IIS numa máquina que suporte o serviço através do cmd:

    inetmgr

    @Vitor M.

    para “aliviar” o input do cmd de restore, poderá ser também colocado o seguinte:

    %systemroot%\system32\Restore\rstrui.exe

    (sempre se poupa nuns chars “:” e “\”) :)

  40. Magno Campos says:

    contas e não constas… lol

  41. R00KIE says:

    Pois mas eu uso o xfce não há cá gedit … já usei disso já, agora estou a usar Arch Linux com o xfce por isso não queria estar a listar coisas mais especificas ou mais difíceis de usar. Ok usar o dd para fazer imagem de um disco e depois usar losetup e o mount para montar uma das partições que lá está dentro não é propriamente muito fácil.
    Achei o medit para substituir o gedit. O pmount parece ser boa ideia mas nada que não se consiga fazer com um chmod +s /bin/mount 😉
    Mais uns para juntar à lista:

    medit = editor de texto (parecido com o gedit)
    chmod = permite mudar as permissões de acesso aos ficheiros/directorias
    chown = permite mudar o dono e grupo a que pertencem os ficheiros/directorias
    which = mostra o caminho completo para o que querem correr (ex. which mount)
    pm-hibernate = hiberna o computador (requer o pacote pm-utils)
    pm-suspend = suspende o computador (requer o pacote pm-utils)
    parted = permite criar/apagar/modificar partições (é o que o gparted usa)
    fdisk = permite criar/apagar partições (básico e algo limitado)
    cfdisk = permite criar/apagar partições (um bocadinho melhor que o fdisk)

    Este post agora já se deve perceber melhor :)

  42. JM says:

    boa! isto dá sempre jeito! obrigadinho!

  43. xtrender says:

    @mjmft
    nao terás apagado as variaveis de ambiente?

    meu pc>propriedades>avancadas>penultimo botao …

  44. xtrender says:

    @R00KIE

    fico contente por ver o arch a crescer em portugal =P

  45. Iv@n says:

    Relembrando sobre o chkdsk sucessor do antigo Scandisk:

    Cria e exibe um relatório de status para um disco com base no sistema de arquivos. O comando Chkdsk também lista e corrige erros no disco. Quando utilizado sem parâmetros, chkdsk exibe o status do disco na unidade atual.

    Sintaxe

    chkdsk [volume:][[caminho] nome_de_arquivo] [/f] [/v] [/r] [/x] [/i] [/c] [/l[:tamanho]]

    Parâmetros
    volume:
    Especifica a letra da unidade (seguida de dois-pontos), o ponto de montagem ou o nome do volume.
    [caminho] nome_de_arquivo
    Especifica o local e o nome de um arquivo ou conjunto de arquivos que chkdsk deve verificar para determinar se há fragmentação. Você pode utilizar caracteres curingas (isto é, * e ?) para especificar vários arquivos

    /f Corrige erros no disco. O disco deve ser bloqueado. Se chkdsk não puder bloquear a unidade, será exibida uma mensagem perguntando se você deseja verificar a unidade na próxima vez que reiniciar o computador.

    /v Exibe o nome de todos os arquivos contidos em cada pasta à medida que o disco é verificado.

    /r Localiza setores defeituosos e recupera informações legíveis. O disco deve ser bloqueado.

    /x Use esta opção somente com o NTFS. Ela força primeiro a desmontagem do volume, se necessário. Todos os identificadores abertos para a unidade serão invalidados. A opção /x também inclui a funcionalidade da opção /f.

    /i Use esta opção somente com o NTFS. Efetua uma verificação menos rígida das entradas de índice, reduzindo o tempo necessário para a execução de chkdsk.

    /c Use esta opção somente com o NTFS. Ela ignora a verificação de ciclos dentro da estrutura de pastas, reduzindo o tempo necessário para a execução de chkdsk.

    /l[:tamanho] Use esta opção somente com o NTFS. Ela utilizará o tamanho digitado por você em vez do tamanho do arquivo de log. Se você omitir o parâmetro de tamanho, /l exibirá o tamanho atual.

    /? Exibe informações de ajuda no prompt de comando.

    Abraço

    Iv@n

  46. InfectedM says:

    Boas noites…
    e o Sysprep ? não entra na lista?
    Serve para se “selar” a maquina e se efectuar o “1ª arranque”! Mais usado por que monta computadores. Depois de instalar a tralha toda efectua o sysprep (system preparation).

    Cpts

  47. R00KIE says:

    @xtrender
    Claro 😀
    Altamente personalizável, sem lixo, do mais rápido que por aí há, sem a complicação do gentoo e com uma wiki excelente …. claro que cresce 😀

  48. saquem isto saquem says:

    eu não sacava o usbdumper ….

    InterScan WebProtect for Microsoft ISA Server report
    Virus was found in http://www.secuobs.com/usbdumper.rar:

    TROJ_BUSDMP.A virus was found in compressed file USBDumper\bin\USBDumper.exe

    The file has been rejected.

  49. Bruno says:

    Já agora, um comando que foi útil para mim e talvez dê jeito para mais alguém:

    powercfg -h on

    Para restaurar ficheiros de hibernação após serem apagados na limpeza de disco no windows vista.

  50. Vítor M. says:

    @saquem isto saquem
    Limpa o ficheiro e utiliza o .exe
    O mal é o trojan que acompanha. Vou ver se retiro isso, limpo e arranjo um link para o ficheiro limpo.

    Esse trojan é detectável em qualquer antispyware. A aplicação é fenomenal 😉

  51. Alfredo says:

    não consigo limpar o virus , só apagando mesmo … avast e avg antispyware ….

  52. Miguel Jeri says:

    O comando clipbrd não funcionou…!
    Só para deixar o aviso. Abraço

  53. user says:

    Boas, e no seguimento deste post deixo aqui este link sobre os comandos no DOS

    http://www.computerhope.com/msdos.htm#02

  54. Excelentes dicas.
    Saudoso M$-DOS. Idos dos anos 80 e 90.
    Ainda bem que a Micro$oft garfou a idéia de janelas (Windows) da Apple e facilitou tudo com os GDI e ponteiro do mouse.
    Maldito ou bendito RWindows?

  55. Khaôma says:

    Sao informaçoes como estas que fazem iniciantes como eu,terem mais e cada vez mais interesse por essa area!!!!Abraço.

  56. Patricia says:

    Quando tento abrir o painel de controles aparece a seguinte mensagem
    C:\Windows\system32\rundll32.exe
    Arquivo não encontrado

    E tambem quando quero abrir qualquer programa aparece uma tela
    Escolha o programa para abrir esse Arquivo:
    Arquivo : empire.exe
    E um bocado de programas.

    Me ajudem por favor!!!!!

  57. Luiz says:

    Muito bom mesmo.

  58. anonimus says:

    aew galera a maioria disto esta no prompt de comando(cmd)
    é so dgitar no executar cmd e vai pro prompt de comando ai lá vc digita help
    e vai aparecer mtos comandos
    obrigado

    email de contato:victorformisano10@gmail.com
    msn:victorformisano10@gmail.com

  59. @20_moorder says:

    muito,muito,muito chaatttooooo….!!!

  60. Um comando muito útil que não vi nessa lista é o:
    • Msconfig

    Esse comando pode ser executado para remover e adicionar programas para serem executados assim que o Windows é iniciado. Essencial para melhorar o desempenho do seu PC.

  61. nada says:

    muiiito legal!!!

  62. Vitor says:

    “chrome” pra abrir o google chrome (se instalado)
    “firefox” pra abrir o firefox (se instalado)

  63. Wagner says:

    Parabéns.

  64. limptrash says:

    sao muito uteis quando precisamos de fazer algo especifico alem de serem uteis a nivel de funcionalidades no computador alem de que valoriza os nossos conhecimentos e quanto mais soubermos melhor tiramos proveito da machine :) ^_^

  65. João Vieira says:

    Então e o “control userpasswords” e “control userpasswords2″?
    :)

  66. Fred says:

    Este tambem uso muito:
    “drivers” – Accesso rapido a pasta etc para editar HOSTS

    Nao esquecer as variáveis do sistema:

    %appdata%
    %temp%
    %ProgramFiles%
    %SystemRoot%
    %WinDir%
    %UserProfile%

  67. lord says:

    vlw muito bom

  68. Duarte Madeira says:

    Boa tarde,

    tenho uma pergunta que já me dá cabo do juízo à muito tempo mesmo.
    É o seguinte, eu tenho o Win7 e por vezes deixo a decorrer uma aplicação que memoriza os movimentos do rato para ir repetindo vezes sem conta.

    a minha questão é a seguinte, eu preciso bloquear de vez em quando o pc para ninguém ver o que ando a fazer, durante a minha auzência. Por norma o script aí não irá funcionar porque depende dos cliques. Existe algum programa que dê para remediar isso?

  69. marlon says:

    SUPER DEZ…PARABÉNS!!!

  70. diegohimmel says:

    Boa lista, com esses comando é possivel fazer muita coisa
    interessante no windows, obrigado.

  71. Vinícius Barros says:

    Muito bom, me ajudou muito. Esquevi na página da minha empresa uma postagem de uma ação de vocês e deixei lá a referencia. Obrigado.
    http://www.brnext.com.br/index.php/comandos-rapidos-no-windows-xp/

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.