Quantcast
PplWare Mobile

5 mitos sobre a rede 5G

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. António says:

    Na verdade ainda ninguém sabe bem o que vai ser 5G, por isso são lançados números bombásticos e frases “feitas” de modo a impressionar, especialmente, os operadores, politicos e decisores em geral. É faze-los sentir que têm que aderir ao 5G (?) para não perderem o comboio. Aconteceu com o 3G e com o 4G. No caso do 3G o valor cobrado pelo espectro foi pornográfico em alguns países. Depois a tecnologia lá aparece e…. descobre-se que é necessário o próximo #G. Sendo certo que houve muita evolução e beneficio para o cidadão, é preciso também não esquecer que isto é um negócio, pelo que é necessário ter alguma calma a ler o que vai sendo publicado pelos FORNECEDORES da tecnologia. Até o 5G chegar, muito trabalho terá de ser desenvolvido ao nível do I&D, normalização e regulatório. Para se ter as larguras de banda apregoadas o 5G terá que “ir” para as faixas dos 20, 40, 60, 100GHz… o que não será tão simples ao nível de propagação como é nas faixas do GSM/3G/LTE, pelo que o investimento terá de ser elevadíssimo. Zonas fora das cidades vão ver o 5G pelo “canudo” já que o raio das células vai muito reduzido (+/-100 ou menos – não tenho a certeza sobre este valor!)

    • um tipo says:

      temos radio amador? 😀

    • Kenny says:

      Na verdade eles vão fazer refarming das frequências actuais, como sempre fizeram.
      É mais eficiente em termos energéticos e muito mais barato.
      Tínhamos LTE a 1800 ao início, agora os operadores estão a passar para os 800Mhz.
      O GSM está normalmente nos 900 e o UMTS nos 1800/2100.
      Quando mais baixa a frequência menos energia é necessária para transmissão. Isto é válido também para os equipamentos móveis. Os operadores poupam imensa energia com um simples refarming.

      E o 5G já está cá. Tanto E// como Nokia como H// e Samsung já estão a fazer testes com tecnologias comerciais de 5G. Só falta terminar o standard. Como são estas companhias que definem a especificação, i.e., controlam os consórcios responsáveis… Se o 5G não chegar aos números que querem… temos pena, fica para o 6G (como fizeram aliás com o LTE, como comentou o Abre Olhos mais abaixo).

      Transmitir numa faixa de 20 Ghz ia fritar o cérebro às pessoas e a energia necessária para transmitir nessas frequências… seria de loucos.

  2. Sergio J says:

    Vou enumerar os 5 verdadeiros mitos.

    Mito 1: Dizer que é um mito que o 5G será um sistema “hot spot”
    Mito 2: Dizer que é um mito que o 5G obrigará a um investimento substancial
    Mito 3: Dizer que é um mito que o 5G irá substituir o 4G
    Mito 4: Dizer que é um mito que o 5G necessitará de maior espectro
    Mito 5: Dizer que é um mito que com o 5G tudo terá que ser “novo”

    Em suma, ainda é muito cedo para dizermos seja o que for. Não estou a desfazer o artigo, mas é apenas a opinião de um especialista, como outros tem muito difrentes. No entanto é uma forma interessante de debater o tema.

    As opiniões são como as vaginas, cada um tem a sua e quem quiser da-la.

  3. Abre Olhos says:

    Na altura quando criaram o LTE decidiram-lhe chamar 4G mas não é verdadeiramente 4G.
    O standard 4G deveria ter 1Gb de Download e 500Mb de upnload. O nome 4G foi simplesmente Marketing. Penso que criar uma 5G será cair no mesmo Erro. 4G é Melhor que 3G mas não chega a ser verdadeiramente 4G .

    http://www.androidauthority.com/4g-vs-lte-274882/

    • Kenny says:

      É muito raro encontrar alguém, mesmo na área, que saiba isto.

      Well played sir, well played.

      Muitos culpam o IPhone 4G disto.
      Haviam bastantes equipamentos e serviços a ser lançados como 4G tanto por fornecedores de equipamentos móveis como operadores _antes_ da especificação estar definida. Mas o iPhone foi o mais conhecido. :\

  4. Khidreal says:

    “permitirá ampliar a largura de banda, baixar os preços e libertar espectro”
    conclusão (valores ficticios):

    MEO/NOS/vodafone/etc: para eles – 5€ por mês / para os clientes – 70€ por mes.
    mais barato o tanas. aqui em PT nunca se faz mais barato… recentemente a MEO queria vender-me uma net a 12 megas, adsl por 35€ LOL… quando o 5G sair em PT será uma novidade que custará mais de 60 euros como foi como quando saiu a velocidade 100megas/sec… enquanto em PT irá custar 60/70€, em paises como Alemanha irá custar o equivalente a uma internet adsl [minha opinião]

  5. Nuno Nunes says:

    Falam em 5G, o 4G ainda não implementado 100 %, 3G ainda não existe em algumas zonas só tem 2G mas enfim

  6. Paulo Nunes says:

    https://www.youtube.com/watch?v=OMxfffqyDtc

    Radiação de 24 a 100GHZ? – Check!
    5G will be infrastructure-intensive- Check!
    5G will make tens of billions of dollars for its owners through “unanticipated and unintended” consequences! –
    Check!
    5G is going to go ahead without the FCC waiting for governmental standards. – Check!

    • CarlosMarques says:

      Isto eu gostava de ser esclarecido. Ha relatorios com varios meses q com a frequência usada pelo um telemóvel vai equivaler a um microondas ambulante?

  7. José Nunes says:

    Como vai uma operadora instalar o 5G se ainda agora andamos a fazer swap LTE 800/1800/2100/2600Mz têm as torres com os EE ( estudos de estabilidade) no maximo, capacidade de carga de algumas torres já passa os 100% vai ter que ser feito investimento e do bom. Mas enquanto não recuperar o investimento do 4G não estou a ver isso acontecer.

  8. Ernani says:

    Por que o autor não fala do mais importante: RISCOS PARA A SAÚDE? =/
    Quer dizer então que o autor não sabe se os supostos riscos são mitos?
    O objetivo deve ser ‘glamourizar’ a ciência, a tecnologia — não importa o preço. =|

  9. Ângelo Oliveira says:

    Que impacto nos trará os 5g na nossa saúde? Era de facto um assunto que gostaria que fosse analisado no nosso país. Pois segundo vários estudos internacionais será gravemente prejudicial para a saúde. Isso sim seria um debate interessante.
    Nada serve a tecnologia sem o Homem.

  10. dajosova says:

    A 1ª vez que ouvi falar do 5G foi no final de 2005, numa formação da Samsung, Na altura o 4G estava em testes na Coreia.

  11. Jm says:

    Stop 5G Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.