Quantcast
PplWare Mobile

GIMP – Imaginação nas suas mãos!

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. José Gaspar says:

    Simplesmente ESPECTACULAR!!!!!

  2. NOTA3: Este trabalho está simplesmente brilhante! 🙂 Parabéns.

    Vou utilizar como mais um argumento para “converter” alguns utilizadores teimosos a deixar as cópias piratas do photoshop.

    Um abraço

  3. Inluxc says:

    Muito bom, para quem usa o Photoshop, tou impressionado com o tutorial..
    Tenho mesmo de perder tempo com o GIMP.

  4. Guerreiro says:

    Parece-me bastante bem, ajuda a ganhar mais confiança na utilização do GIMP. Sinceramente o photoshop para mim,é dos melhores, mas… muito boa alternativa.

  5. maurycio says:

    Excelente trabalho!!!
    Epah… se os criadores do GIMP sabem das potencialidades do seu software, ainda começam a vende-lo 😀

  6. Vítor M. says:

    Sem dúvida um trabalho muito bom, principalmente para dar a conhecer as capacidades do GIMP que muitas vezes é marginalizado.

    Fica o convite a quem quiser fazer também outros guias e os queira apresentar aqui no Pplware, certamente há muita gente que usa o GIMP como ferramenta de trabalho e conhece mais “mistérios” desta aplicação. 🙂

  7. Pirotas says:

    Impecável. Eu também instalei o gimp para ver se davas umas voltinhas naquilo mas é díficil para quem tem de aprender sozinho e não percebe 95% do vocabulário :-). Vou atirar para o ar uma dúvida básica mas tem de ser. Dá para criar um objecto sem ser cortado de uma imagem? Por exemplo, não tendo nenhuma camada posso construir um círculo e trabalha-lo para se tornar uma esfera?

  8. JC says:

    Venham mais tuturials destes. 🙂 Eu tb uso o GIMP e devo dizer que estou bastante contente com as potencialidades do mesmo.

    E para quem se queixava que nao se podiam usar os Plugins do Photoshop no GIMP… já há uma extenção que o perimite a muito tempo:
    http://inphotos.org/pspi-using-photoshop-plugins-in-gimp/

    E já agora experimentem este plugin no GIMP:
    http://www.optikvervelabs.com/

    Cheers

  9. puling says:

    Obrigado pessoal pelas vossas palavras de apreço.

    Eu também estou a começar agora no mundo GIMP e a melhor maneira que arranjei foi mesmo esta, pegar em tutoriais de Photoshop e fazer em GIMP, porque toturiais de GIMP não se encontra muito. Vou continuar a explorar e quando tiver novidades aviso ;).

    @Pirotas

    Para fazeres a esfera como queres tens que utilizar a ferramenta Gradiente, posso ver isso mais a pormenor e depois digo alguma coisa.

    E mais uma vez obrigado 😉

  10. alexsandro says:

    Muito bom mesmo…
    Eu uso o Gimp apenas para “brincar” com algumas imagens mas não conheço nem 25% da potencialidade do programa :S…
    Guias como estes são sempre uma nova descobreta pra mim 😛

  11. Manuel says:

    Parabéns pelo tutorial.
    Deixei de trabalhar com o Photoshop à cerca de 2 anos e nao estou arrependido. Já existem muitos goodies para este programa e ainda por cima a borla.
    Só não percebo porque é que nas Universidades ainda não existe um programa de ensino actual e com software Open Source??
    E continua a hipocrisia das cópias piratas para os alunos dos programas a pagar.

  12. Apollo11 says:

    sou fanatico do photoshop…uso e abuso do k sei…tive aulas de photoshop e tenho varios sites com muitos tutoriais de kualidade..nao m considero profissional, mt longe disso, mas adoro trabalhar em photoshop….

    mas tenho k admitir k este gimp surpreendeu-m mt plas suas capacidades…

    ao puling mts parabens…fizxt um optimo trabalho e xpusest clarament a melhor alternativa ao photoshop k vi ate hj…

  13. juniorkj says:

    Tá certo que nada bate a Photoshop, mas a GIMP não fica muito atrás, excelente programa de edição de imagem, muito útil, basta querer e temos a oportunidade de criar trabalhos muito profissionais através deste fantástico programinha que ainda por cima é grátis. Parabéns ao editor da imagem 😉

    http://www.tuga4all.blogspot.com

  14. RW says:

    Sim, mostra as capacidades do GIMP. Capacidades estas das quais nunca duvidei.
    Mas devo alertar que estás a usar um tutorial que não é teu.
    Apenas estás a fazer uso de um tutorial já existente, que faz parte do Photoshop Top Secrets – 5 DVDS cheios de tutoriais em video de Photoshop. Mas que podem ser aplicados, por exemplo ao GIMP.

    Dar-te-ia valor, isso sim, se fosse um tutorial teu, ou então se tivesses mencionado o facto de ser um tutorial de Photoshop, mas que decidiste aplicar ao GIMP, para mostrar as suas potencialidades.

    Agora, andares a roubar os tutoriais de terceiros, é ridiculo, caro amigo.

  15. Nimboos says:

    Ola pessoal,

    à algumas semanas atrás, descobri um blog cujo editor produziu alguns vídeos tutoriais para GIMP. Por isso aproveito esta oportunidade para divulgar esses mesmos vídeos aos interessados do GIMP. Não sei se estes vídeos têm a mesma qualidade do passo-a-passo do puling, mas com certeza que darão jeito aos iniciantes deste software.

    O endereço do blog é: http://www.tuxresources.org/blog/archives/187

    Apenas saquei os 10 vídeos tutoriais do mirror português (http://neacm.fe.up.pt/pub/ledstyle/), e pareceram-me bem!

    Abraço,
    Nimboos

  16. RW says:

    Vi agora que está mencionado ter sido feito a partir do photoshop top secret.
    Antes não tinha visto, pois o browser não carregou a página inteira, pelo que peço desculpa.

    De qualquer das formas, não é um “Este tutorial foi baseado num original para Photoshop da colecção Photoshop Top Secret.”

    Não é baseado, é copiado. E em todos os tutoriais de video, são disponibilizadas imagens e tudo o resto. É bastante simple colocar-mos X ou Y tutorial na net, quando copiado de terceiros.

    Contudo não deixo de dar parabéns pelo facto de teres decido adaptar ao GIMP, para mostrar as suas potencialidades.

  17. Miguel says:

    Bom trabalho puling
    😉

  18. puling says:

    @RW

    estou de acordo em que não se deve copiar o trabalho de outras pessoas

    e eu não copiei, adaptei, porque tem passos muito diferentes de fazer algumas coisas e como já reparas-te mencionei a fonte

    tá certo que não alterei nada da ideia original do autor, mas também não era difícil o fazer, eu fiz como o autor para ser mais perceptível, para quem conhece o original de Photoshop, ver as diferenças que encontraria no GIMP, bem como comparar o resultado final

    e se conheces o original podes ver as diferenças

    e já agora, para a próxima deixa que o browser abra a pagina toda antes de responderes

  19. @RW

    Se é copiado como é que é adaptado? Ou é só meia cópia?

  20. Morbidus says:

    Boas…
    O @Pulin,teve trabalho em disponibilizar para todo o forum um “passo-a-passo” interessante,para um não menos interessante programa-alternativa ao Photoshop,visto que ainda há poucos tutos na net…Agora, estão com mariquices se foi copiado ou adaptado!? Santa paciência!!!!
    Resumindo:
    Parabéns @Pulin pelo tuto…Desisti do Gimp,porque nunca encontrei referencias ao mesmo.

    PS- O meu Windows é pirata…Faço Mea culpa

  21. Tenho experimentado o Gimp e estou fascinada com o potencial do programa.
    Ótimo tutorial. Vou treinar assim que possível. 😉

  22. NT says:

    Para quem só quer aplicações que custam milhões (apesar de existir milhões de versões oficiosas instaladas) têm um software super potente e é open.

    Encorajo desde já a todos os que são “cromitos” de photoshop ou paintshoppro a perderem um ou dois meses com o GIMP e depois de começarem a usar e se gostarem porque não disponibilizar os vossos “filtros” personalizados. Afinal é essa a ideia do OpenSource.

    Já aogra 5 estrelas pplware, por mais uma revelação para muitos e a confirmação de um excelente software para outros.

    P.S. Quando me referi a cromitos não foi no mau sentido, mas sim o pessoal que trabalha com essas aplicações diariamente e sabe os “termos técnicos” para os vários efeitos/filtros.

  23. M3tamorphose says:

    Pois é NT…
    Há por ai grandes ‘Mestres’ do Photoshop que o sacou e aranjou um crack ‘na net’ e que o usam para cortar e redimensionar as fotos mal tiradas das férias que sairam descentradas e onde cortaram as pernas aos filhos e nem sabem que fazer mais com aquilo mas afirmam ser o melhor programa para o efeito.

    Quanto a mim o Photoshop sofre do mesmo ‘mal’ que o Windows.
    Apesar de não ser o melhor é o mais conhecido e o mais usado.

    Parabens ao puling por vir divulgar esta grande maravilha de software que quanto a mim é melhor que o Photoshop.

  24. Andreza says:

    Simplesmente D++!!
    Adoreii!!

  25. Gabrielle says:

    Caramba!! MuitO bom!! Impressionante!!

  26. Joel Marques de Oliveira says:

    Simplismente “irááádo”
    Bom, mas como sou do tipo que só aprende fazendo, gostaria de ter
    as imagens do QUADRO e do “figura” de braços abertos, para fazer o
    primeiro passo a passo.
    Tenho buscado usar meu Lunux Ubuntum em toda sua potencialidade,
    o Gimp tem sido meu alvo de estudos e prática.
    Se possível, envia prá mim estes arquivos, já tentei por conta própria pesquisar na net mas não encontrei.
    Mas ai, quero reproduzir este trabalho e coloca-lo no meu desktop
    e mostrar para meus amigos o que o Linux é capaz de fazer.
    Estou no aguardo, Joel Marques.

  27. Bruno Coelho aka murder_rabbit says:

    esse trabalho foi realizado inicialmente em photoshop atravez de um projecto chamado photoshop top secret por isso nao é ideia tua hehehe por acaso apresentaram-me esse trabalho numa aula de esdição de imagem quando esta a tirar o curso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.