Quantcast
PplWare Mobile

Dica: Como criar e usar Pastas Inteligentes no macOS

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. Bacalhau says:

    É uma daquelas features que os utilizadores Windows e Linux não sabem nem sonham.

    Eu tenho uma com os ficheiros alterados “hoje” e dá um jeitão, especialmente porque pode-se colocar na Dock, clicar lá, e aparecer em leque!

    • Carlos says:

      Essa funcionalidade existe no Windows desde o Windows 7.
      No Linux também existe há que tempos (pelo menos no Nautilus).
      Ao que parece no osx também. Ainda bem. Tem a sua utilidade.

      • Paulo says:

        Não existe nada.

        Podes guardar as pesquisas, mas se fores com uma App a abrir a pesquisa, não dá!

        No OS X é mesmo como se fosse uma pasta.

        E não dá para por pastas na “dock” do windows ou Linux, podes por um atalho, no OS X, aprecem-te mesmo os ficheiro que estão na pasta diretamente na dock!

        • Carlos says:

          Por pastas na dock não dá no Windows (até dá, mas dá algum trabalho e o resultado final é fraquinho, não tem nada a ver com as pastas na dock do OSX).
          Mas isso é com pastas normais, e com as pesquisas gravadas, que a Apple com o seu fantástico jeito para o marketing, apelidou de pastas inteligentes.
          Já usar as pesquisas gravadas no windows dentro das aplicações, é perfeitamente possível, que acabei de experimentar.

    • Mendes says:

      Acreditas mesmo no que dizes?
      O Windows faz isto à anos

    • Vítor M. says:

      Bacalhau, se num tem umas, tem outras. Isso nem é importante. Aqui o importante e relevante é mesmo as pessoas que usam OS X ficarem a conhecer esta funcionalidade e nada mais.

      Os outros têm tantas boas também.

    • Andy says:

      O Finder do teu MacOSX é tão bom, que mistura as pastas com ficheiros – ao contrário do Windows que arruma as pastas todas juntas.
      Já agora como é que vês os ficheiros ocultos no teu Finder?
      E como é que fazes o cortar-colar (mover) ficheiros? Ah pois… só dá copiar… Esse teu Finder é tão avançado!
      Gerir ficheiros no Mac de forma eficiente como no Windows só como o Pathfinder, que é uma app paga.

      • Antwin says:

        podes ordenar por tipo que deixas de ter mistura
        podes usar o terminal ou pequenas aplicações para activar a opção de ver os ficheiros e pastas ocultos no Finder.
        o Finder tem a função mover ficheiros que faz o mesmo, apenas não lhe chama cortar. Primeiro selecciona copiar e depois selecciona mover

      • Zéi says:

        Desculpa lá mas mover ficheiros já é 1 funcionalidade antiga, senao estou em erro é possivel desde o OSX 10.7 (2011)

      • Carlos says:

        Para mover no Mac é so fazer cmd+c (copiar) seguido de option+cmd+v.
        Ver ficheiros ocultos também dá. só não existe é uma opção gráfica (nativa) para ativar e desativar essa visualização. Tens de usar o terminal: `defaults write com.apple.finder AppleShowAllFiles YES`. E depois ainda tens de reiniciar o finder.
        Em resumo são todos diferentes, uns são melhores numas coisas, outros noutra, o resto é uma questão de gosto. Eu pessoalmente gosto de usar todos.

      • André R. says:

        Essa do cortar/colar é muito giro até perderes as coisas (por exemplo a bateria acabar ou falhar a energia no pc) . Já me aconteceu estar cortar/colar fotos da máquina fotográfica e por azar disparar o quadro de casa. Resultado: foram-se as fotos que não foram “coladas”…
        basicamente perdi quase tudo. Hoje em dia, copio, colo e apago da origem…

  2. Mario Junior says:

    O Finder é um dos piores gerenciadores de arquivos que já usei para desktop. Eu tenho que usar o Path Finder pra poder melhorar as coisas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.