Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Parkinson

Parkinson: Cambridge dá “passo vital” em direção à descoberta de uma cura

Como sabemos, apesar dos tratamentos disponíveis para aliviar sintomas, a doença de Parkinson é degenerativa e, para ela, ainda não foi encontrada uma cura. Contudo, a busca por uma solução efetiva é incessante e surgiu agora uma nova esperança.

Uma equipa de cientistas da Universidade de Cambridge deu um “passo vital” no sentido de encontrar uma cura para a doença de Parkinson.


Novo dispositivo pode controlar tremores relacionados com distúrbios neurológicos

Um tremor é um movimento involuntário e ritmado de partes do corpo, como as mãos, cabeça, tronco ou pernas. Os tremores ocorrem quando os músculos contraem e relaxam repetidamente. Alguns distúrbios neurológicos, como a doença de Parkinson, podem causar tremores musculares.

A ciência tem alguns meios para tentar controlar estes movimentos involuntários, mas nada parecido com o Tremelo.

Imagem dispositivo para controlar tremores, como os causados por Parkinson


Finalmente é possível detetar a doença de Parkinson pelo cheiro

Há sinais que nos passam ao lado e são indícios que algo não está bem. A tecnologia permite em muitos casos detetar precocemente as doenças, mas pode ser o próprio corpo a dar esses alertas. Nesse sentido, um grupo de investigadores dedicou especial atenção a estudar o cheiro da doença, neste caso, o cheiro de Parkinson.

Após vários anos de trabalho, os cientistas afirmam que tiveram sucesso e anunciam que descoberta poderá levar a um teste revolucionário.

Já é possível detetar a doença de Parkinson pelo cheiro do sebo


Substituir células no cérebro poderá acabar com Parkinson

Os alvos estão bem definidos e a ciência trabalha afincadamente nos novos métodos que podem mudar totalmente os tratamentos. Um caso paradigmático é a terapia de reposição celular. Esta técnica pode ser um novo e promissor caminho para os profissionais de saúde usarem como tratamento de doenças neurológicas, entre elas a doença de Parkinson.

Poderá estar à vista a cura de Parkinson?