PplWare Mobile

Tags: ByteDance

Oracle está supostamente em negociações para adquirir ativos da empresa dona do TikTok

O TikTok é um fenómeno no que toca aos conteúdos partilhados pelos milhões de utilizadores da app. No entanto, já se percebeu que há muito mais por trás do serviço. Depois da ameaça do presidente dos Estados Unidos, que fixou o dia 15 de setembro para bloquear a app, ordenou que a empresa vendesse todos os seus ativos nos EUA. Conforme vimos, há já empresas interessadas no serviço, entre elas a Microsoft e o Twitter. Agora sabe-se que a Oracle também está na corrida.

A empresa chinesa proprietária do TikTok está entre a espada e a parede num confronto entre a China e os Estados Unidos.

Ilustração TikTok recebe interesse da Oracle


Donald Trump ordenou aos donos do TikTok que vendam os seus ativos nos EUA

A guerra que coloca frente a frente os EUA, Trump e o TikTok parece não estar a abrandar. Todos os dias surgem novidades, nem sempre positivas e cada vez mais ameaçadoras para o lado da app chinesa.

Depois da ameaça de bloquear a app a partir de 15 de setembro, surge agora uma novidade. Foi aprovada a ordem executiva que obriga a dona do TikTok a vender as suas operações nos EUA, sem possibilidade de recorrer desta decisão.

TikTok Trump ByteDance EUA ativos


Afinal o Twitter também pode estar interessado em comprar o TikTok

O TikTok tem estado no centro das atenções nos últimos dias. Esta rede social está com um prazo apertado para passar para as mãos de empresas dos EUA, algo que pode bloquear as suas operações se não for bem-sucedido.

A Microsoft é a empresa melhor posicionada para a sua compra, algo que estará a ser discutido. Agora há aparentemente um novo player, interessado em parte das suas operações. Falamos do Twitter, que estará interessado no TikTok.

TikTok Twitter EUA ByteDance compra


TikTok e WeChat serão banidos de operar nos EUA daqui a 45 dias

Donald Trump ameaçou que iria proibir a aplicação chinesa TikTok de operar no país norte-americano e está a cumprir com a promessa. Nesta quinta-feira, o presidente dos Estados Unidos da América assinou uma ordem executiva que determina que as aplicações TikTok e WeChat irão deixar de ser permitidas no país já daqui a 45 dias.

Esta decisão, apesar de polémica e controversa para alguns, tem a total aprovação por parte de muitos americanos e órgãos do Estado dos EUA.


Problema de segurança no TikTok permitia aceder a contas e dados dos utilizadores

O TikTok é considerado uma das redes sociais do futuro, mas tal não traz só boas notícias para a empresa mãe ByteDance. Recentemente, um problema de segurança no TikTok permitia aceder a contas e dados dos utilizadores.

Esta vulnerabilidade podia ser explorada por qualquer atacante ou hacker com intenções menos boas, colocando assim os utilizadores da rede social em risco.

Problema de segurança no TikTok permitia aceder a contas e dados dos utilizadores vulnerabilidade malware hacker