Quantcast
PplWare Mobile

Tags: bêbado

Condutor bêbado dorme ao volante de um Tesla a 100 km/h com o piloto automático ligado

Esta situação não é novidade e seguramente que iremos ver muito mais vezes. Se o princípio “se conduzir não beba e se beber não conduza” ainda é válido, nos carros elétricos da Tesla poderá não ser bem assim. Ou melhor, o princípio é esse, mas o carro continuará a conduzir mesmo que o condutor esteja bêbado e a dormir. Tudo isto é realidade e o Model S circulava de forma imaculada a 100 km/h até parar em segurança.

A situação é um crime grave que coloca em risco o condutor e quem circula perto dele. Contudo, o que teria acontecido se o elétrico não tivesse esta tecnologia?

Imagem condutor de Tesla Model S bêbado


Se está alcoolizado o seu carro poderá não o deixar arrancar

Estão a ser pensadas, equacionadas e pesadas alterações com vista a diminuir a sinistralidade rodoviária e outros fatores negativos que têm “manchado as estradas”.

Depois das pressões à União Europeia para impor limitador automático de velocidade nos carros novos, poderão agora surgir em Portugal alcoolímetros nas viaturas para evitar que pessoas alcoolizadas possam conduzir.

Imagem de jovem alcoolizado


Está bêbado? Esta tecnologia vai impedir que o carro arranque

São muitas as causas que contribuem para a sinistralidade rodoviária. No entanto, segundo alguns estudos, a velocidade excessiva, condução sob o efeito de álcool, uso do telemóvel e o cansaço são alguns dos factores principais que contribuem para os “elevados números” presentes nas estatísticas.

No que se refere à condução sob o efeito de álcool parece já existir uma solução eficaz.

drunk_driver