PplWare Mobile

Projecto Colibri RCP 6.0 – Certificado pelas Finanças


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Rui says:

    Parabéns. Uso há ano e meio a versão free (agora a 5.0) e não posso dizer senão bem da actual versão (em particular).

    É pena que não indiquem o preço da versão paga no site. Se bem que há uns meses (largos) pedi informações e achei um pouco caro para a diferença que oferecem as versões.

    É uma solução ideal para pequenos negócios.

    Continuem, que vão no bom caminho. Espero.

  2. José Adriano says:

    Boa tarde,

    sou utilizador deste software desde a versão 4 (2009), ambiente Linux e digo que esta é uma solução bastante acessível e fiável, até à data não tive qualquer problema. Fico bastante satisfeito em saber que poderei continuar utilizar um software gratuito e certificado, mais uma mais valia acrescentar a esta aplicação.

    Obrigado.

  3. José Luis says:

    Uso o PRIMAVERA EXPRESS a resposta deles no site:

    “A PRIMAVERA informa que não vai disponibilizar, este ano, a versão para o produto PRIMAVERA EXPRESS com a garantia de Certificação decorrente da Portaria 363 /2010 por considerar que este produto é destinado a empresas de pequena dimensão que não estarão, à partida, abrangidas por esta obrigatoriedade.”

    Agora preciso da certificação e tenho de pagar….
    Vou ver este software de facturação e depois dou feddback

    • FerreiraJoao says:

      Caro José Luis,

      Não uso, nem um nem outro, uso o Evaristo, mas o Artigo 2º da portaria 363/2010 isenta de usar programas certificados as empresas que, entre outros, tenha tido no ano anterior um volume de facturação inferior a 150.000 € ou emitam menos de 1000 facturas ou documentos equivalentes por ano.


      Artigo 2.º
      Certificação de programas de facturação

      1 – Os programas informáticos, utilizados por sujeitos passivos de imposto sobre o rendimento das
      pessoas singulares (IRS) ou de imposto sobre o rendimento das pessoas colectivas (IRC), para emissão
      de facturas ou documentos equivalentes e talões de venda, nos termos dos artigos 36.º e 40.º do Código
      do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), devem ser objecto de prévia certificação pela Direcção-
      Geral dos Impostos (DGCI).

      2 – Excluem-se do disposto no número anterior os programas de facturação utilizados por sujeitos
      passivos que reúnam algum dos seguintes requisitos:

      a) Utilizem software produzido internamente ou por empresa integrada no mesmo grupo económico, do
      qual sejam detentores dos respectivos direitos de autor;

      b) Tenham operações exclusivamente com clientes que exerçam actividades de produção, comércio ou
      prestação de serviços, incluindo os de natureza profissional;

      c) Tenham tido, no período de tributação anterior, um volume de negócios inferior a (euro) 150 000;

      d) Tenham emitido, no período de tributação anterior, um número de facturas, documentos equivalentes
      ou talões de venda inferior a 1000 unidades. ”

      Por isso, nem todas as empresas vão ter que usar software certificado. Veja lá se não é o seu caso.

      É que há por ai muito vendedor de software a dizer que é obrigatório, mesmo em clientes que não é necessário. Enfim…vale tudo.

      Cumprimentos.

      • Nuno says:

        Quem me dera a mim emitir mil facturas por ano…
        Vão umas 200 e já é bom…
        Resumindo, eu uso o Primavera Express e não vou necessitar de remover este software? Crio só mais uma serie?
        Outro assunto,
        Tenho estado a fazer um trial ao Time factura. Alguém conhece alguma coisa desagradável?
        Cumprimentos

    • Nuno says:

      Boas,

      não te esqueças que só precisas de estar certificado se tiveres um volume de negócio no ano anterior superior ou igual a 250 mil euros. Se tiveres menos que isso OU emitiste um número de facturas inferior a 1000, então não necessitas de certificação.

      Grande Abraço,
      Nuno

      • Pedro Henrique says:

        150.000 euros
        posso tirar 20 facturas num ano e passar desse valor.
        abraço

        • FerreiraJoao says:

          Caro Pedro,

          E nesse caso NÃO precisa de software certificado.

          Se tiver mais do que 150.000 € e mais de 1000 facturas então sim.

          Leia com atenção o artigo. No nº 2 diz que não necessita de certificação, SE preencher ALGUM dos requisitos.

          É que pelo valor uma grande parte das empresas estão incluídas, mas o nº de facturas exclui muita gente.

          Conheço pessoas que já fizeram compras/contratos e que não necessitavam. Apenas foram levados pelo marketing e pela conversa.

          Leiam e interpretem!! Abram os olhos!!!

          Cumprimentos.

          • Pedro Henrique says:

            Ferreirajoão,
            dizes: Leiam e interpretem!!!…” olha o que eu escrevi:”posso tirar 20 facturas num ano e passar desse valor” 🙂
            Uma grande parte das empresas passam os 150.000 euros, é facil passar esse valor e ser uma empresa pequena.
            abraço

  4. l1m0n3s says:

    Eu acho que vou começar a usar.

    Mas também gostava de saber quanto custa a versão profissional.
    Pois para uma pequenissima empresa seria optimo.

    Estamos a falar de pequenas empresas nacionais que nem 50 facturas fazem ao ano.

    Cumprimentos.

  5. Manuel Martins says:

    Boa Tarde,

    Venho congratular toda a equipa do Projecto Colibri pela certificação fiscal, pois neste momento conseguem preencher um nicho de mercado muito raro nos dias de hoje em termos de aplicações gratuitas, que é conseguir fornecer aos seus utilizadores toda uma segurança num software que só uma aplicação certificada o consegue.

    É caso para dizer que já não há concorrência!

    Os meus cumprimentos e continuação de um muito bom trabalho,

    Manuel Martins

  6. Francisco says:

    Olá

    Uso este software e recomendo. É de facto muito interessante, apesar de existir um ou outro pormenor que podia ser melhorado, e/ou corrigido. Mas pelo preço da versão gratuita, até é de ficar muito contente. Quanto à certificação parabéns! Espero pela versão final e download para fazer o respectivo upgrade.

    Cumprimentos

  7. E um tutorial de como instalar em Ubuntu?

  8. JMCS says:

    Atenção: É necessário que os utilizadores sejam identificados o que não acontece na versão free.

    Artigo 3.º Requisitos

    c) Possuir um controlo do acesso ao sistema informático, obrigando a uma autenticação de cada utilizador;

    Portaria 363/2010.

    • Marco Lopes says:

      Caro JMCS,

      O facto de não permitir multi-utilizador, não significa que não tenha controle de acessos.

      A versão FREE usa o mesmo processo de autenticação e de “cadastro” de utilizadores.

      Cumprimentos,

      Marco Lopes

      • JMCS says:

        Não conheço o programa, só vi o site que em termos de funcionalidades:

        Utilizadores
        Versão gratuita: Não
        Versão Profissional: Sim

        Cumprimentos
        João Silva

  9. Rui says:

    Boas

    Existe varias versões gratuitas de software de facturação.

    Vejam por exemplo o orangegest 9.0

    http://www.magnisoft.pt

    Uso e gosto, é facil de trabalhar, configurar, e usa firebird.

  10. says:

    Só tem de ser certificada se esta transcrição é a que está na portaria:

    “sujeitos passivos que reúnam algum dos seguintes requisitos:”

    “Algum”, isto quer dizer que basta um dos requisitos.

    Estou certo?

  11. jose says:

    para ubuntu, testei e funcionou

    sudo apt-get install postgresql postgresql-client postgresql-contrib
    sudo apt-get install pgadmin3

    sudo su postgres -c psql template1
    ALTER USER postgres WITH PASSWORD ‘postgres’;
    \q

    sudo passwd -d postgres
    sudo su postgres -c passwd

    sudo -u postgres createdb rcp5

    Extrair o arquivo ProjectoColibriRCP5.tar.gz executar o ficheiro RCPcolibri

    Utilizador = admin
    Password = admin

  12. Pessoal, alguém me da uma ajuda…

    Estou a tentar usar o Colibri, o meu problema é que quero passar uma factura para um serviço, mas queria fazer descontos a essa factura e que fossem descriminado, ou seja aparecer na factura o valor de um determinado desconto!

    É possível?

  13. informatico says:

    Olá a todos!
    Pelo que li parece ser interessante, mas fico com algumas dúvidas.
    É fácil adaptar o programa para as necessidades de uma empresa de assistência técnica informática?

  14. Francisco Silva says:

    Boa tarde.

    Alguém me pode informar se este programa ainda esta activo e continua gratuito?

    Tenho um negocio de venda porta a porta, com contabilidade organizada.

    Mas tenho que passar facturas apesar do tipo de negocio não o solicitar facturas em papel folhas triplicadas .

    Posso usar este programa? uma vez que a venda se trata a consumidor final?

    Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.