PplWare Mobile

Adobe Project Rome – O Fabuloso Mundo Adobe Air


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

17 Respostas

  1. eh lá isso parece algo que vale a pena explorar ando sempre em cima de novidades da adobe e esta passou-me ao lado!!

  2. balzaquiano says:

    A Adobe é actualmente um universo de soluções!???
    Flash derrete processadores, devora memoria RAM, acaba com a bateria dos notebooks, e ainda seu sistema operativo ganha de brinde um monte de falhas e portas para entrada de hakers e malwares etc…
    Soluções como está não me fazem falta!
    Vida longa ao HTML5!!!

    • Pedro Valentim says:

      Onde é que leste isso? Vê-se realmente que não fazes a minima ideia do que estás a falar. Pena é não seres o único.

      • balzaquiano says:

        Meu amigo eu até li o post, apenas quis fazer uma satira da primeira frase do texto. (A Adobe é actualmente um universo de soluções)
        E quanto ao flash tudo que falei é verdade.
        A adobe é boa em outras coisas tbm! mas o flash vai ser sua vegonha particular por muitos anos ainda!

        • Nunofos says:

          Até aparecer o HTML5 o Flash só fazia maravilhas, agora que o HTML5 está a expandir-se só falam mal.

          Enfim. Há gente que só mesmo á marretada.

        • Eduardo Garcia says:

          Depois que Jobs falou, todo mundo acha agora que sabe criticar(destrutiva) produtos, são os verdadeiros “maria vai com às outras!”, mesmo sem o justo conhecimento de causa. A linguagem não trabalha por si só, é como carro sem motorista, e se o mesmo não souber utilizar, vira uma arma! Como vês, 90% de falhas e má otimização é culpa de maus programadores, que não conseguem usar essa poderosa ferramenta com entendimento!

      • L.Mata says:

        O Deus dele disse. O tal de nome Steve Jobs 🙂 Fanboy tagged.

    • Vítor M. says:

      O problema é misturar as coisas.

      A Adobe e o flash não são só vídeos é um universo muito mais lato muito mais recheado.

      Este serviço, por exemplo, é a prova disso. Experimenta e vê o peso que isto tem nos recursos da tua máquina 😉

      • Eduardo Garcia says:

        😉

      • Newtomic says:

        Numa só palavra: É extremamente pesado, até para fazer coisas simples como criar um novo quadrado é PESADO! Além disso é limitado, pois devido à plataforma FLASH but-dir-do-rato não é funcional!

        Mesmo com o apenas uma tab aberta logo após iniciar o browser não é fluido o suficiente para mim, e digo isto tendo em mente que experimentei com 3 browsers diferentes; Firefox, Opera e Chrome!
        Ainda para mais mesmo com o browser com somente essa tab aberta minimizado de vez em quando gasta CPU, aliás basta referir que assim que essa Webapp é aberta o meu NB passa logo de imediato a ligar a FAN no máximo!

        Basicamente quando comparada a uma app normal de desktop deixa muito a desejar!

        E free eu já não tenciono vir a usar então pago isso é que nem pensar mesmo.

  3. bytewax says:

    Realmente há com cada opinião…

  4. oi? says:

    daria um bom artigo isto:

    http://www.digsby.com/

    vejam que vale bem a pena

  5. a Friend® says:

    Pessoalmente é um mundo que não me cativa, a do Adobe AIR.

    A única virtude que para mim ele tem é ser cross-platform, mas a performance em nada é bom e é o principal pecado desta tecnologia.

    E mesmo sendo “cross-platform” o desempenho varia e muito com o suporte que a Adobe dá nos diferentes sistemas operativos, dando performance bom em Windows, razoável em Mac e péssimo em Linux.

    Um dos exemplos em que o Adobe Air é muito usado são os Twitter Clients e que evito ao máximo o que me faz sempre optar ou por extensões nos browsers ou então clientes nativos.

    Além de performance, como o balzaquiano referiu também é a bateria nos portáteis. Fica comprometida com esta tecnologia. Para ter boa performance, precisa ter suporte gráfico (GPU) os que não têm (como uma vasta gama de netbooks, e linux) puxam demasiado pelo processador. Os que têm suporte de GPU, acaba por consumir mais bateria que outras tecnologias nativas.

    E para comparar com outros plugins (e não falar directamente do HTML5 porque ainda está em crescimento) o Silverlight em termos de plugin tem uma optimização melhor. O que me leva a crer que, na minha opinião, a Adobe deveria rever e bem esta tecnologia a fundo, em vez de tapar o buraco com ajudas do GPU, como tem feito ultimamente.

    Em relação ao projecto, ele é bom e tem bom potêncial…tem é esses pormenores que deveriam ser revistos bem a fundo.

  6. CMatomic says:

    Falta ai uma coisa , o mesmo de sempre , Também a uma versão do Adobe Air para linux

  7. CMatomic says:

    Instalei a versão para mac em Linux e instalou bem ate criou um ícone no ambiente de trabalho, o único problema é que a janela é fixa para movimenta-la temos que ir a Lista de Janelas e clicar com rato direito na barra do do Rome e escolher as varias opções de janela

    http://dl.dropbox.com/u/2143569/adobeAirRome.png

  8. Willian says:


    Cada um tem sua opinião

    Vou dizer a minha agora: Baixei o Project ROME sem nenhuma esperança de me ajudar ao ponto que queria.
    Baixei, instalei, testei e……
    CAR@Lh000000!!!! é muito bom.

    Ja consegui fazer sites, convites em .air flash, catões, convites impressos, diplomas, até logoTipo para impresas ja consegui.

    Quem quiser umas aulinhas fala comigo ai: will_140598@hotmail.com.br

    Flw…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.