PplWare Mobile

Xiaomi ocupa já o 5.º lugar no mercado de smartphones do Brasil


Fonte: Statcounter

Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. Fixo says:

    Por causa dos impostos, resultantes do protecionismo alfandegário, o iPhone no Brasil é o mais caro do mundo. Surpreende-me o terceiro lugar.

    No Brasil não se pode ver o ranking de vendas como ranking de preferências, como se diz no post.

    Porque o ranking no Brasil resulta muito dos dos preços e os preços resultam dos impostos – que são muito altos para os produtos importados, em relação aos produtos fabricados no país. De certeza que a Samsung tem produção no Brasil, com impostos mais baixos e, por isso, preços mais baixos – não é uma preferência, só, pela Samsung, é também pelos preços.

  2. MP says:

    Esta notícia tem algum interesse?
    Se ainda fosse 1° ou 2° lugar…

  3. FernandoRJ says:

    Creio que o sucesso da Samsung no Brasil se deve ao fato de estar por aqui há muitos anos com bons produtos em diversas categorias com isso consolidando a marca. No que diz respeito aos smartphones, outro ponto a favor é a quantidade diferente de modelos principalmente nas gamas de entrada e intermediária, embora ultimamente venha diminuindo. Estes são os mais vendidos por conta dos melhores preços e principalmente por como são vendidos por aqui, em parcelas de até 12 vezes, desde que a prestação caiba no orçamento. Creio que além da qualidade outro ponto importante é terem assistência técnica por todo o país. O marketing também é muito forte.

    A marca Motorola também é muito bem vista no Brasil por causa dos aparelhos do passado, especialmente o V3. O marketing também é bem agressivo. Não tive uma boa impressão das primeiras gerações do Moto G que é o aparelho mais vendido da marca. Sempre ouvi muitas reclamações das pessoas próximas e eu mesmo hoje ainda uso um Moto G 4 com pouquíssimos aplicativos instalados, pois do contrário há lentidão e aquecimento da bateria. Os das últimas gerações parecem bem melhores, mas não me arriscaria mais.

    Me impressiona a Apple estar na terceira posição com 13% pois não é uma marca para a realidade dos brasileiros. O último lançamento chegou por aqui com valor de cerca de R$ 7.000,00 (cerca de 1.630 euros) quando o salário mínimo nacional é de cerca de R$ 1.000,00 (cerca de 235 euros). Sei também que há um comércio forte de aparelhos já fora de linha, talvez isso justifique a terceira posição.

    Sobre a LG, penso que poderia ser melhor colocada e até mesmo disputar com a Samsung, especialmente nas categorias de entrada e média gama. O histórico é parecido com o da Samsung. Marca consolidada com bons equipamentos em diversas categorias, assistência técnica espalhada por todo o Brasil. Creio que o que falta a LG é um marketing mais agressivo, pois tem bons aparelhos que se encaixam muito bem no perfil dos brasileiros. Normalmente não vejo muitas reclamações dos usuários próximos a mim, e dos que tive a oportunidade de experimentar, achei que eram aparelhos de ótima fluidez, estáveis e com boas características dentro de suas categorias, parecidos com os da Samsung.

    Quanto a Xiaomi e Asus penso que a principal dificuldade é a assistência técnica que só tem em São Paulo com prazo de reparo de até 30 dias. Tive uma experiência com um notebook da marca Acer que de igual forma só tem assistência técnica em São Paulo e moro no Rio de Janeiro. Após esperar 26 dias pelo reparo recebi o aparelho que um mês depois apresentou o mesmo problema, ou seja, é uma marca que não compro mais. De igual forma não compro nem Xiami e nem Asus embora reconheça os produtos de qualidade por eles produzidos. Penso que se expandissem suas assistências técnicas cresceriam mais rapidamente.

    Estou próximo de comprar um novo aparelho e hoje compraria um Samsung J8, mas como está saindo de linha, vou aguardar os da linha M (M20) pra ver os prós e os contras contados pelos seus usuários. Mas considero também comprar um LG equivalente. Não compro um smartphone por mais de R$ 1.300,00 (cerca de 300 euros), esse é o meu juízo de valor de um smartphone que atende minhas expectativas e necessidades.

    Essas são minhas percepções a cerca do assunto aqui no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.