Quantcast
PplWare Mobile

Russian SIMs: Os cartões SIM usados para o enganar

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. PTO says:

    “Estejam atentos e, em números desconhecidos, façam sempre algumas validações/questões.”

    Eu pura e simplesmente não os atendo.

  2. Joao Ptt says:

    Se for do banco e tal, o melhor é recusar a chamada e telefonar de volta, para reduzir as probabilidades de ser enganado, e mesmo assim acho que já ouvi uma história qualquer que nem mesmo assim conseguiram proteger-se… o sistema telefónico público está mesmo pelas horas da morte, algo para torná-lo realmente seguro & privado tem de ser feito.

    • gigbola says:

      a uns tempos telefonaram do BCP, perguntando se usava a APP, se já tinha ouvido falar, depois falaram das cartas que são enviadas para casa, fiquei meio desconfiado, desliguei, não r cwbo correio a anos, recebo no email

  3. David Cordeiro says:

    Telefonar em nome de outras pessoas neste momento é muito fácil.
    Eu uso à anos serviços Voip, com central telefónica por software (neste caso 3CX) e uso operadores voips i ‘internacionais para poder fazer chamadas da empresa a baixo custo.
    Alguns desses operadores, permitem definir o “Caller ID” que queremos usar. Isso permite por exemplo, no nosso caso, que cada colaborador possa usar o seu próprio numero ao fazer a chamada.
    O problema é que se me apetecer colocar o “Caller ID” do meu vizinho, consigo fazer chamadas em nome dele (claro que é ilegal, mas serve apenas de exemplo)!
    É por existirem esses tipos de operadores internacionais, que depois aparecem todo o tipo de chamadas e sms de lixo que apenas servem para defraudar os outros.

    • O servente says:

      Não sei de que operadores falas, o meu de VOIP (e já é o 3o diferente) só me permite usar um caller id se introduzir um código que me envíam por SMS ou chamada para o número “caller id” para verificarem que é nosso. Se o teu não o faz então deve ser dos “bons”…

  4. gigbola says:

    Alguém já experimentou, gostava de saber mais sobre a utilização ilimitada de dados móveis, 😀

  5. Jota says:

    A ideia dos russos é tentar dar a ideia de que afinal os cartões SIM não são assim 100% seguros e forçarem assim a migração para os eSIM e quando isso acontecer, aí sim, eles vão tomar conta disto tudo, porque a nível de “hakeamento” eles são talvez os melhores!

  6. Euéquesei says:

    Façam como eu, não atendo números que não conheço e mesmo os que conheço só atendo alguns.

  7. #Fernando says:

    A ideia não é nova. O “problema” deles é as fontes que os vendem. Muitas são fake, outras pedem valores exorbitantes e outras funcionam por assinaturas que também de barato não tem nada. Só ao alcance de quem tem demais ou que tem uma “missão” muito urgente e específica e o orçamento dá para isso. Na maioria das vezes podemos estar a falar de 1000 € para poucos meses ou até mais.

  8. Hugo Gomes says:

    Façam como eu , não atendo ninguém . Se for mesmo importante que venham ter comigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.