Quantcast
PplWare Mobile

Quantos dias tem de trabalhar para comprar um iPhone 13?

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. GM says:

    “…versão Pro Max, de 128 GB, os portugueses têm de trabalhar 268,5 dias.”
    Ganhamos mesmo pouco. É necessário quase um ano de trabalho para comprar esta versão. Se trabalhamos de Janeiro a Julho só para pagar impostos, o resto do ano não nos chega para comprar o ProMax.
    Serão talvez 268,5horas, não?

  2. DB says:

    um áifóne por 1800 euros?

  3. Miguel says:

    Foi o que disse à dias, pouco me importa o preço do IPhone, preocupa-me a constante perca de poder de compra em Portugal, nem parecemos um país da UE… somos cada vez mais 3º mundo.
    Obrigado a todos os corruptos e tachos e etc.

    • Vítor M. says:

      Sem dúvida. Basicamente o país, com esta crescente carga de impostos está a fazer os portugueses aninharem. Estão a perder poder de compra porque têm de pagar os luxos de terceiros e pagar investimento completamente errados que o país fez nos últimos anos. Combustíveis estão a um preço pornográfico, a energia nem se fala, as empresas têm uma carga fiscal que é obsceno… e o povo vai contente porque vem aí a bazuca!!!

      Será que o povo aguenta?

      • GM says:

        Como dizia o outo há 10 anos atrás: ai aguenta, aguenta. A menos que o Povo abra os olhos e comece por mudar as cruzinhas. Podem (podemos) começar já no próximo Domingo.

      • Manuel Costa says:

        Vítor, vá viver para Espanha.
        Depois poderá queixar-se de mais 6700 milhões em portagens e 8000 milhões no ISP . No entanto, o seu salário lá seria de 1603 euros, pagando 43% de IRS.
        Ou para a Alemanha, onde o IRS desceu 18% nos últimos anos, só que a inflação subiu 4%, no maior valor da Europa.

        • Vítor M. says:

          Portanto, na sua opinião, estamos bem, é isso?

        • Pedro V says:

          Bom bom é Portugal! Ganha-se dinheiro a rodos.

        • Miguel says:

          Até podias ir para a Suiça, onde normalmente se diz “ganhas muito, mas gastas muito também”…
          Imaginemos que gastam 80% do salário Suiço, que pode rondar os 8000€, agora imaginemos um Portguês que se esforce bastante e consiga gastar apenas 80% do ordenado de 1000€.
          No final o Suiço fica com 1800€ de poupança e o Português que se esfolou para poupar 80% poupou 200€.
          O Suiço em 1 ou 2 meses compra o IPhone e o Português precisa de 10 meses.

      • Paco says:

        “Ai aguenta, aguenta…” como dizia o outro !!
        Enquanto o povo português não perceber que não é votando nos mesmos que nos têm destruído ao longo dos últimos 47 anos e preferindo se abster do voto, nunca iremos lá.
        https://www.youtube.com/watch?v=fyoHqth0IFs

      • Filipe says:

        Tanto aguentam que continuam a colocar os mesmos pacóvios à vez a governar este barco a ir ao fundo cada vez mais.

      • Pedro says:

        Reclamam do quê? Essa é a base do socialismo
        Tirar do que ganha mais para dar ao que ganha menos
        Se eu quiser empreender e começar a trazer dinheiro para o país, vem aí o estado e o fisco atrás de mim, sendo que quanto mais me esforçar para ganhar dinheiro mais o estado vem atrás de mim
        Além de contribuir para o PIB e para o fortalecimento da economia, também poderia abrir postos de trabalho
        Depois falam em incentivos para abrir empresas e empreender, lol
        Quem trabalha mais, mais paga, basta ver como está as tabelas de IRS
        E os que não querem fazer nada, como recebem tanto apoio, cada vez menos querem sair da sua situação, pois têm tudo com o menor esforço
        Vai tudo bem assim
        Se votam sempre nos mesmos é porque anda tudo satisfeito

        • Vítor M. says:

          Eu só acho admirável haver quem ache que o país está bem como está.

          • B@rão Vermelho says:

            Com todo o respeito pela sua opinião Vítor M, leva me a crer que tem viajado pouco.
            Acredite vivemos num país fantástico, podemos ganhar pouco e pagar muitos impostos disso não discordo, mas temos um país que ajuda os que pouco têm, somos um país que podemos ir ao médico de borla, podemos enviar nossos filho à escola, se perdemos o emprego temos quem nos ajude, é injusto dizer que Portugal é mau porque não podemos comprar um brinquedo de 1800€, igual ao que compramos no Ana passado.
            Vivemos num país que temos um passaporte na mão podemos ir para onde quisermos sem recear o que pode acontecer à nossa família, não é perfeito e pagamos muitos impostos mas tomara muitos povos terem um país tão mau como o nosso

          • Vítor M. says:

            De facto no último ano viajei pouco é verdade, mas acredite que já estive em países bem mais evoluídos economicamente que o nosso, assim como países muito menos estruturados.

            Agora, vou voltar a dizer, o nosso país tem uma carga fiscal pornografica, tem funcionários públicos a mais (basta ver as maiores câmaras do país). Devíamos avançar para a regionalização. Gostava que houvesse coragem 😉 mas não há.

            Fora isso, não misture, o país é brutal, eu dentro de portas corro de norte a sul, do interior às ilhas e adoro este país. Mas poderíamos ter muito melhores condições de vida.

          • Pedro says:

            @B@rão Vermelho, o SNS é pago com os nossos impostos, logo não é gratuito.
            O foco estava ser a parte mais económica.
            De resto também partilho das vossas opiniões.
            Temos um país excelente para viver que é seguro, pacífico, livre, excelente tempo, etc.
            Temos até várias coisas que grandes países da Europa não têm.
            A situação é só a parte económica em que o país tem um enorme potencial que não está a ser rentabilizado e está cada vez a ficar mais para trás em relação à Europa.
            Se repararmos tudo o que envolve estado é onde há sempre problemas.
            O resto é tudo muito bom.

          • B@rão Vermelho says:

            @Pedro tudo é pago com os nossos impostos, mas como sabe há pessoas que não pagam impostos nenhuns e continuam a poder ir ao médico. Eu acho que quando vamos a um hospital público devíamos receber a factura do real valor do ato médico em causa, só para as pessoas terem a real noção de quanto custa.
            Há impostos que não consigo compreender o IMI, na nossa morada fiscal, eu tenho casa arrendadas é dessas até intendo o pagamento agora da morada fiscal até parece crime ter património

          • Miguel says:

            Vitor M. o pessoal esquece que vive na UE e que somos constantemente ultrapassados pelos vizinhos em tantas escalas.
            Se fossemos um país com menos taxas, facilmente tinhamos mais empresas. Bastava organização e teriamos melhor SNS e escolas.
            Teriamos melhor custo de vida, etc. É possível, já vários países sairam do buraco financeiro que estamos.

        • iSad says:

          Pena os salários ai estarem assim. Quando sai de Portugal a 8 anos ganhava pouco menos de 20 000 anuais. Agora estou nos 40 000 este ano e conto com mais no próximo. O problema e a falta de empresas que pagam de acordo com as competências dos funcionários. Para nao falar do que foi dito acima. Desculpem teclado nao e portugues.

  4. Mitra says:

    Suíça 34 Horas, bem dita terra.
    Muitos emigrantes na Suiça com muito trabalho em 2 décadas conseguem ter uma boa casa em Portugal, um bom carro, e um bom pê de meia, sem dever nada ao banco, Portugal é bom para férias com esta corja de politicos…

    • Manuel Costa says:

      Falta-lhe saber as noites de meia hora e os 30 dias a trabalhar com a mesma roupa, aproveitando o bónus de a lavandaria do hotel as lavar e secar em 30 minutos.
      É pena que se guincha tanto sobre os “emigrantes” sem saber o que eles sofreram. É por isso que os “novos emigrantes” não estão a conseguir os pé de meia (nem 1%!!!!) que os que para lá foram nos anos 60-70. Comer 2 carcaças e uma fatia de queijo é diferente de um jantar de 70 euros. Ambos ganhavam 30000 euros anualmente, acertando a inflação e os valores monetário.

      • Mitra says:

        O problema é que aqui trabalhas 45 anos e ainda estas a pagar a casa ao banco e muitos estão cheios de dividas, aqui mal dá para pagar as contas ao fim do mês coitado do casal que tiver salário mínimo em Portugal tem que comer atum e frango para poder pagar a renda da casa mais o credito pessoal e mais o credito do carro.

        Não comparem com a Suiça, com 2 salários mínimos na suíça ainda consegues pagar tudo ter um bom carro e juntar dinheiro é essa a diferença.

      • Pedro V says:

        Vem à Holanda que eu mostro-te o meu frigorífico e o meu irs.
        O que escreveste é só aldrabices. Ou então os exemplos que dás é dos teus amigos carochos que emigraram.

      • Pedro V says:

        As natas desses pastéis andam azedas. É demasiado BE nessa cabecinha.

      • Pedro V says:

        Começo a achar que és um bot.
        Quantos minutos tem um dia?

      • Miguel says:

        Ah rapaz, diz-me lá, vivendo normalmente na Suiça (não inventes gastos desnecessários) quanta percentagem gastas do ordenado?

    • Há cada gajo says:

      “…sem dever nada ao banco…”…não é bem assim. O custo de vida na Suíça é muito elevado. E isso não foi aqui tido em consideração. E os emigrantes na Suíça chegam a Portugal nas férias e a primeira coisa que fazem é ir bater à porta do banco pedir um empréstimo para construir o palacete demonstrando que com os rendimentos que lá ganham já conseguem pagar cá o empréstimo.

  5. Secadegas says:

    A pronto? 11,5 dias

  6. João Martins says:

    Ou sou eu que estou baralhado ou então é o artigo..para um país falam em horas, para outro falam em dias. Já há pouco vi um artigo idêntico noutro local e para Portugal dividiam por 24h o que dava aproximadamente 8 dias..mas para outros países já era só por 8h o que dava muito mais dias.. nem sei se foi sem querer ou se foi só para parecer que ganhamos melhor do que realmente se verifica ahah

  7. Jonny says:

    Ridículo esse preço por um telemovel que faz tudo igual a qualquer outro de 200€

    • jlxpmme says:

      Também posso comprar headphones de 20€ mas prefiro uns de melhor qualidade que me vão durar mais tempo pagando pelo menos 100€. Tendo em conta que oiço música todos os dias, posso apreciar algo melhor. Também posso trabalhar num computador de 400€ mas não vou ter a mesma capacidade de trabalho e vou estar limitado em muita coisa em vez de comprar um computador melhor. Ambos fazem o mesmo, certo? Esse argumento não faz sentido. Compra o que podes, gostas e te satisfaz. Se não percebes o porquê do preço, seja Apple ou Samsung ou Google, é porque não é para ti.

      Todos sabemos que dá para usar smartphones mais baratos, fazem todos o “mesmo” mas não são todos iguais. Só o que me vem à cabeça de repente – não vais ter nenhum smartphone com o mesmo nível de suporte, tens a melhor performance no mercado, tens das melhores camaras do mercado, um dos melhores ecrãs do mercado, e tens iOS que imensa gente prefere a Android(gostos, não vale a pena debater esta parte que cada um tem as suas preferências).

      Eu uso o meu telemóvel pelo menos 4/5 horas por dia, todos os dias. Não há mal nenhum em gastar mais para ter algo que queira e que goste e ter um experiência melhor. Tal como durmo numa cama 8 horas por dia não vou comprar o colchão mais barato apesar desse mais barato fazer o mesmo. Telemóveis mais baratos fazem o mesmo(provavelmente nem é verdade sequer) mas sequer insinuar que são iguais é absurdo. Um telemóvel de 200€ pouco ou nada tem de comparação com estes telemóveis topo de gama.

      • jlxpmme says:

        De apontar, eu não estou a discordar que os telemóveis não são caros, porque são. Tal como é o caso em qualquer mercado de tecnologia. Eu também acho absurdo headphones que custam milhares de euros, que até faz o iPhone mais caro parecer barato. Ou componentes para computadores. Ou televisões. Posso continuar se quiseres. Enquanto houver mercado para o que quer que seja, vai haver mercado para quem pode gastar mais e ter uma experiência melhor, valha ou não o preço.

        Agora o que não faz sentido é sequer comparar telemóveis de 200€ com telemóveis de topo de gama como estes, não só da Apple mas de outras marcas também. Não faz sentido em qualquer que seja o mercado. É caro, ok. são iguais ou sequer faz tudo igual? não mesmo

        • Daniel says:

          Jlxpmme: Não diga que são caros ou que são baratos. Aprendam a falar. O iPhone tem apenas o seu preço. Qual caro, qual barato. Custa X. A percepção de caro e barato é uma percepção individual, que cada um faz. Só faz sentido dizer que é caro, se por exemplo noutro país custar menos.

      • lapizazul says:

        Quando dizes “imensa gente”, referes-te aos menos de 8% da população Mundial, certo?

      • Pedro says:

        A situação é, será que precisas realmente dessas extras todos que um telemóvel de 1000€ traz?
        Boa parte dos utilizadores de iPhone que vejo por aí, só usam o telemóvel apenas para redes sociais, netflix, e-mail, tirar algumas fotos apenas para uso pessoal e pouco mais…
        Um telemóvel de 200€ para essas pessoas chegaria perfeitamente, boa performance, câmera suficiente, bom ecrã e bateria, mas claro uma marca premium e ter uma maçã no bolso é algo que deve dar um destaque imenso
        Mas pronto, cada um faz o que quer com o seu dinheiro

      • Jonny says:

        Alguém falou em Androids? Alguém falou no mais barato? Já juntar alhos com bugalhos

    • PTO says:

      “Ridículo esse preço por um telemovel que faz tudo igual a qualquer outro de 200€”

      Ahahahahahah!
      Pois claro que faz, qual é a dúvida?
      A diferença está no que o de 200 euros não faz e o iPhone sim.
      Que “ganda” cromo!

    • Nuno Manuel Alves says:

      Estás enganado
      Só agora e que tem écran de mais de 60 Hz.
      Não tem cabo USB C ( mas vai ser obrigado a ter )
      Não carrega rápido 20w
      Não devia custar mais de 600 euros.
      O meu telefone de 220 euros faz isso tudo impecavelmente
      Só mesmo para IRetardados

      • António Ferreira says:

        iRetardado ou aRetardado é todo aquele que não aceita e respeita as opções de escolha de cada um. Quero la saber dos 120hz, ou do carregamento rápido, quero sim um equipamento que seja estável, funcione e que receba atualizações sejam elas quais forem como é o caso do telefone da minha mulher que ainda ontem recebeu uma atualização. É um iPhone 6 Plus, há quase 7 (SETE) anos na sua mão sem problema algum, apenas a troca da bateria há 3 anos atrás. Isto sim para mim é o que interessa.

  8. Str says:

    Ui, agora é que isto vai pegar fogo eheheheh

  9. Antonio Ferreira says:

    Alguem se esta a esquecer de ter em conta o custo de vida nos paises. Por exemplo, Luxemburgo, alugar um T0 (T zero) sao 1000€ mês, a carne custa 3x mais do que em Portugal, um café Delta custa 2€, uma “Mine”, custa 2€. Portanto, o ordenado minimo lá que é 1900€ com este custo de vida não dá para muito mais, qt mais comprar um iphone. Alias, este estudo deve ter em conta dormir na rua e não gastar dinheiro em mais nada, nem em comida.

    • Mitra says:

      Aqui em um T1 custa 600€ em Lisboa sem ir ao melhor, o salário minimo é praticamente para o arrendamento, o resto do mês passas fome.
      Em Luxemburgo ainda tens dinheiro para comer quando pagas a renda da casa.

      Sim existe uma diferença evidente 🙂

      • Antonio Ferreira says:

        Eu falei em T Zero, não um T1, e ja agora acrescento, um quarto, sem casa de banho privativa, são 500€ no minimo. Para teres dinheiro depois de pagares a renda, no Luxemburgo é casa trabalho e trabalho casa, nem pensar em fazer a mesma vida aqui, casa trabalho, trabalho, tasca, minis e depois casa. E mais, ca trabalhas as tais 35 ou 40 horas por semana, no luxemburgo trabalhas ate sabados e domingos para fazer mais algum dinheiro. Eu Portugal, trabalhar ao sabado ou domingo, ui, que disparate.

    • Há cada gajo says:

      Achas que alguém se lembra disso ? Falam mal do país, mas desconhecem a realidade que se vive nos outros. É tipico.

      • Antonio Ferreira says:

        Quando entao comparam que no Luxemburgo o ordenado minimo é 1900€ e em Portugal é de 600€ sem olhar a mais nada, é so dizer mal porque ta na moda

        • Milhais says:

          Sao os mesmo que quando falas numa Polonia vao dizer que vais para o fim do mundo. Ja tive em muitos paises, e tudo uma questao de trabalho, na Polonia muitos Portugueses a trabalhar para grandes empresas com trabalhos de escritoria a ganhar muito dinheiro, sem ter de dar horas extras, ou o risco de Portugal fazer horas extras sem as receber. Mas ya continuem a olhar para os ordenados minimos e nao para o que vao receber. E mesmo aiPortugal vai para a cada da Europa, os paises de leste continuam a crescer a bom ritmo.

          • Há cada gajo says:

            Na Polonia o salário mínimo é inferior ao nosso. E nesta matéria, Portugal está longe de ser a cauda da Europa. Mas não podemos olhar para o salário mínimo em termos nominais. Essa comparação sai toda enviezada.

          • Miguel says:

            Salario mínimo não pode servir de base de comparação, na América nem existe e têm mais poder de compra.
            De que serve ter um salário mínimo mais alto se tens menos poder de compra e os trabalhadores qualificados recebem menos.

        • Há cada gajo says:

          Claramente que é. Pois tens de incluir na comparação o custo de vida em cada uma das realidades. E não fazer esse exercício é não ser sério.

    • Miguel says:

      Quanto % gastas do ordenado normalmente?

  10. Marco says:

    Não digo nunca porque me pode sair o euromilhões amanhã e se vir algum smartphone desses valores ou mais que me amarre na hora era bem provável que comprasse, mas na realidade não dou mais de 800€ por um smartphone seja que marca for e mesmo assim já é uma barbaridade tenho essa noção, mas fica até derreter portanto dou 800€ de uma vez, em vez de dar 100 ou 150€ ano sim, ano sim.
    Felizmente com um pouco de esforço não era uma questão de não puder ter mas acho simplesmente uma aberração esses valores honestamente, seja iphone seja que marca ou modelo for, mas andamos todos doidos? O melhor exercício para se ter noção é mesmo pegar no valor em dinheiro vivo e perceber a quantidade de notas, de valor, do que se pode comprar com esse valor, as horas de trabalho, dores de cabeça, stress, cansaço físico e dores em alguns casos… por um smartphone!
    Nenhum vale nem metade, ok dá quem quer mas eu também posso ter a minha opinião que vale o que vale como é óbvio!

  11. Night1991 says:

    Que estudo mais ridiculo, mais de 80% da população nem com um salario de um mes compra um iphone quanto mais em meia duzia de dias.

    • PTO says:

      Que afirmação absurda e ignorante!
      O iPhone SE de 64GB custa cerca de 490 euros.
      Não sabia que mais 80% da população ganhava menos de 490 euros por mês.
      As coisas que se aprende com estes comentadores de algibeira a falarem do que desconhecem.

      • Night1991 says:

        Ignorante es tu! Aqui esta se a falar do iphone 13! A cada comentario mais estupido parece que vivem noutro planeta. Fala se do iphone 13 vai falar do lixo do SE, daqui a pouco fala do iphone 4. Cada estupidez.

        • PTO says:

          Escreveste que “mais de 80% da população nem com um salario de um mes compra um iphone”, ou seja, quando dizes “UM IPHONE” estás a referir-te a qualquer iPhone.

          Como tal, respondi de forma perfeitamente adequada ao que tu disseste, por isso se não te sabes expressar de maneira correta o problema é teu e não meu.

          Volta para a escolinha, pode ser que consigas melhorar essa tua deficiência na comunicação escrita.

  12. f4lc0n says:

    Pensava que este artigo era um anuncio para uma vpn, afinal estava enganado.

  13. falcaobranco says:

    Nem que demorasse um dia a trabalhar… nunca dava 1900€ por um smartphone…. mais depressa ia viajar…

    • Nuno Teixeira says:

      Não me acredito! Como é que irias tirar fotografias sem o smartphone durante a viagem? 🙂

    • Jonny says:

      Exacto aliás mais que 200/300 é uma chulice. Mas cada parvo compra aquilo que quer enquanto houver totós que dao balúrdios por um telemóvel que faz IGUAL a outro de valor muito menor continuam a fabricar e claro lucrar.

      • falcaobranco says:

        Eu nem vou pelo smartphone barato ou caro…. até porque antigamente só havia os nokias, digamos assim, e o pessoal viajava, curtia, tirava-se fotos com CAMARAS FOTOGRAFICAS…mas não, vamos andar com um telemovel de 1900€ para sermos melhores que os outros…enfim, cada um faz o que quer com o €€…

  14. Tiago Ferreira says:

    Eu não percebo este estudo, pois ninguém compra em Portugal com um salário mínimo um iPhone 13 Pro Max em 268.5 horas. Mesmo dividindo estas horas todas por 8h de trabalho, dá em média 33,5 dias de trabalho. Sendo que um iPhone 13 Pro Max custa no mínimo 1.299€, não chegam o número de horas fase ao ordenado mínimo nacional. Portanto estes calcúlos estão mal feitos.

  15. albinonegro says:

    Nem todos podem ter ferraris.
    Mania de reclamar de tudo.
    Nao tem dinheiro compram outra coisa qualquer.

  16. SANDOKAN 1513 says:

    “O modelo mais barato do iPhone 13 custa em Portugal 829 euros.” Mais depressa comprava um carro em 2° mão do que um iPhone,kkk… 🙂

  17. Ricardo says:

    Isto de iPhone é era quem tem estatuto na sociedade e carteira se não estudasse menino compras um de duzentos euros e dá graças a Deus enquanto tiveres para comer agradece ao patrão…

  18. Miguel Angelo says:

    Cada um compra o que quer e pode… eu por exemplo prefiro comprar coisas mais baratas desde que tenham alguma qualidade, andar de carro velho e ter uma casa pequena para depois poder viajar e principalmente investir para ter uma reforma antecipada.
    No entanto entendo perfeitamente quem queira ter do bom e do melhor e opte por trabalhar mais para ter cada vez mais coisas. São escolhas. E se o dinheiro vem do trabalho só temos é que deixar o capitalismo funcionar.

  19. eu says:

    Tem de trabalhar mais ou menos o mesmo numero de horas que teria para comprar um Samsung Fold 3 por exemplo! Não quer dar tanto dinheiro compra um telefone mais barato ! O que não faltam são ofertas para todas as carteiras !

  20. SureDoc says:

    Iphone 13 pro max de 512gb encomendado, 1500 euros a cada 2 anos que é o periodo que troco de smartphone nao e nada. Gosto de usar o melhor, trabalho para isso. Os pelintras n precisam de smartphone, trabalham comem e dormem e chega, tem sorte em dormir 8h.

  21. Miguel Real says:

    Que escravatura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.