Quantcast
PplWare Mobile

Dobráveis: Samsung goza de novo com o iPhone, mas as vendas dão razão à Apple

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. SANDOKAN 1513 says:

    “Apesar da pressão feita pela Samsung, as vendas mostram que os utilizadores não querem saber dos dobráveis.” Bem feita.É assim mesmo,Apple.A Apple não precisa de ir de arrasto para uma m**** de dispositivo como são os smartphones dobráveis.Era só o que faltava !!

    • Bernardo says:

      A Apple não precisa de nada, obviamente. A Apple só precisa de lançar um novo modelo em que as câmaras trocaram de posição e está feito! Isto é que eu chamo inovação…

      • Rui says:

        Isso e lançarem coisas não testadas para o mercado. O meu irão vai já no 3ª zflip com ecra partido a meio, substituido pela garantia. Enfim, quando não se sabe o que se diz dá nisto. A Apple não precisa de publicidade, nem de vendas nem de nome. Já tem tudo isso… ah e fiabilidade também.

    • V.T. says:

      O ódio à Samsung chega a níveis preocupantes, não te trates não…

      https ://www.computerworld.com.pt/2022/10/03/vendas-globais-de-telemoveis-dobraveis-aumentam-ate-66-em-2022/

      Enche!!!!

  2. João Oliveira says:

    A Nokia tambem ficou “sentada” sobre as vendas.

  3. Miguelito says:

    Os utilizadores não querem é deixar de comer para pagar um dobrado

  4. jota says:

    Se a Samsung tivesse preços “em condições” dos dobráveis, tinha mais motivos para sorrir! Agora com os atuais preços, é um sorriso amarelo!

  5. Black Russian says:

    O problema dos consumidores dos dobráveis é comerem, mas depois vomitarem ……….sem olharem ao preço………

    Que granda porcaria que são os ecrãs dos dispositivos dobráveis, é mesmo a ver se o pessoal come gelados com a testa…….

    • Naodouonome says:

      Então explica lá a porcaria, tenho um flip e não percebo onde está o problema.
      Se depender de mim não volto a um não dobrável , ocupa menos espaço, é mais prático, bateria dura mais tempo porque não necessito de estar sempre a ligar o ecrã principal pra ver as notificações nem pra fazer ou receber chamadas.

      • Carlos Figueira says:

        mete o flip ao lado de um S22U. parece uma amostra mal feita ao lado de uma coisa a sério.
        dimensão de ecrã sem nexo, bordas grandes. parece uma aberração.
        ah mas dobra..

      • PeFerreira says:

        O vinco no meio do ecrã aquando em 180ª (aberto totalmente)
        Cringe e basta. Além do ecrã que parece uma tira de plástico.

        Conceito top sem dúvida. E aprecio muito. Mas essas 2 premissas, estraga tudo.
        Prefiro o conceito do Surface Duo da Microsoft.

      • Rui says:

        Não tens nenhum problema. Mas isso será uma questão de tempo. Escreve estas palavras …

  6. gambuzino says:

    Sempre que vejo estas coisas dobráveis no princípio até acho piada, depois penso como seria se fosse à praia … com aquela areia toda …

  7. Traumatologiaeortopedia says:

    Tenho um dobrável faz dois anos, já caiu no chão várias vezes, abrindo e fechando, sem problemas, e não fico sem, é um mini PC. A questão mesmo é que a maçã fidelizou, pq o preço é o mesmo, pelo menos no Brasil, chegando a ser mais caro a maçã. Olha, a maçã vai lançar um e irão falar que vai ser a melhor coisa do mundo. Veja que quando lançaram o iPhone já tinha o palm. Eles são amigos de presidentes e não podem ter concorrência real com 5g ou hwi pois é espionagem, segurança internacional…

  8. Joao Campos says:

    Eu estou mortinho para comprar um dobrável. Mas os preços dos atuais e o peso não me agradam. Se o Oppo Find N2 viesse cerca dos 1000€ para a Europa, comprava de certeza.

  9. nuno a says:

    Vantagens de um dobrável em relação a um comum: ecrã maior

    Desvantagens: mais componentes, logo maior possibilidade de falhar
    Custo superior
    Ecrã com vinco na zona da dobra
    Mais frágil
    Não permite utilizar protectores de ecrã
    Maior volume, mais peso

    Portanto, não tenho problema nenhum que eles existam mas também não os quero nem hoje nem amanha. Para mim a função de um telemóvel é ser pratico e fácil de transportar num bolso, um telemóvel nunca vai substituir um portátil ou um pc de secretaria , se e para andar com um trambolho que me obriga a andar com ele na mão ou dentro de uma mochila entao prefiro transportar um tablet ou um portátil que não so tem um ecrã maior como consegue ter um rendimento igual ou superior por um custo mais baixo

    • Mike says:

      Errado! Existem protectores de ecrã para dobráveis…agora não saber que os mesmos se vendem é outra conversa. O Dr. Google ajuda a ver imensos exemplos…

      • Rui says:

        O problema é que no caso da Samsung, os dobráveis vêm com uma película tipo gel Pre aplicada no display que descola e não é se mas sim quando ahahahah

  10. Toder says:

    E impressionante como muitos aqui falam treta sem sequer utilizarem um dispositivo destes. Eu já utilizei um Flip e bem que agora mudei para um s22 ultra, mas não foi por ter um ecrã mau ou performance má como muitos aqui dizem. Foi mais por ser um magneto de pó e a bateria era não la muito boa. Mas se isto for resolvido, no futuro irei novamente mudar

  11. Vítor M. says:

    Tu tens de ler 😉 “A IDC prevê que atinjam 41,5 milhões em 2026, representando 13,5 milhões de unidades. Isto representa um aumento de 66,6% em relação aos 8,1 milhões de unidades vendidas em 2021.” A IDC prevê… mas ficou muito abaixo, como está mostrado no artigo.

    Uma coisa são as previsões, mas o mercado dos smartphones encolheu. 😀 tens de ler. Não se trata de ódio a nada, tu é que tens uns argumentos que não têm pés nem cabeça. Esses números eram a análise no final do 3.º trimestre.

    “A IDC espera que as vendas mundiais de telefones dobráveis atinjam 13,5 milhões de unidades em 2022. Isto representa um aumento de 66,6 por cento em relação aos 8,1 milhões de unidades em 2021.”, Pois mas não aconteceu!

    Se reparares no gráfico, o crescimento no ano homólogo é o menor dos últimos anos, o que diz claramente que o mercado não está recetivo aos dobráveis, pelo menos para já (possivelmente até este mercado resolver muitos dos problemas que o público em geral aponta aos dispositivos).

    PS: tens de ter calma, passas a vida atacar os outros que pensam de forma diferente de ti. Devias seguir o teu próprio conselho… man do X 😀

  12. Zoomano says:

    É obvio que quase ninguém quer dobráveis, já poucos tens rins disponíveis para pagar por um dobrável que vai durar apenas 1/4 do tempo de um não dobrável!

  13. R. Ahcor says:

    Sou fã indefectível da Samsung, desde electrodomésticos a televisores QLED 4K Ultra HD a dispositivos Android.
    Todos os anos troco de tablet e de smartphone.
    Neste momento tenho o Galaxy S22 Ultra de 512G.
    … Mas nunca comprarei aquela aberração dobrável!
    É feio, inestético, horrível.
    Faz bem a Apple em não entrar por esse beco escuro. Quem já comprou um Dobras da Samsung deve estar bem arrependido… mas não o confessa.
    Daqui a poucos meses, nem a preço de saldo!

    • V.T. says:

      Já somos dois, a mim também não me dizem nada os dobráveis, no entanto cada vez vejo mais desses modelos nas mão das pessoas e é porque não são baratos.
      A minha cunhada tem um (Z Flip 4) e diz que não quer outra coisa. As filhas têm iPhone e o marido e também, ela detesta iPhone, realmente nesse aspecto tem muito bom gosto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.