PplWare Mobile

O sistema Android continua fragmentado e pouco melhorou com o Project Treble


Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. jonas says:

    Análise errada, lamento. O projecto treble serve para mitigar a falta de actualizações das operadores ao por mais nas mãos da google. Logo será de esperar ainda menos atualizações.

  2. Jorge Carvalho says:

    O mais grave é que o patch de fevereiro contem updates bastante importantes ( Marcados como critical ) e ainda ha maior parte de nós não o recebeu …

    Abc

    • Jorge Carvalho says:

      Framework

      The most severe vulnerability in this section could enable a remote attacker using a specially crafted PNG file to execute arbitrary code within the context of a privileged process.

      CVE References Type Severity Updated AOSP versions
      CVE-2019-1986 A-117838472 [2] RCE Critical 9
      CVE-2019-1987 A-118143775 [2] RCE Critical 7.0, 7.1.1, 7.1.2, 8.0, 8.1, 9
      CVE-2019-1988 A-118372692 RCE Critical 8.0, 8.1, 9

  3. André Fontes says:

    Enquanto as actualizações estiverem quase inteiramente nas mãos das OEMs e não houver um compromisso real com a Google é para esquecer, é que até o Android One se consegue atrasar.

  4. Marco says:

    Por acaso comprei o meu na operadora e foi um erro! Tenho um atraso de meses enquanto quem compra numa worten, fnac e etc recebe logo a atualização. Além do atraso a que fico sujeito ainda levo com personalizações (lixo) da operadora.

  5. ricardo Pereira says:

    ” toda a gente prefira ios ao android”…. LOLOL
    Toda a gente.. quem ???

  6. Renato Nismo says:

    tenho redmi note 2 com a meRdiatek, android 5.0, um tlm de 2015..
    funciona tudo em condições, nunca apanhei malwares nem problemas….

    sim, tens updates no máximo 5 anos.. mas esqueces da obsolescência programada admitida pela apple.. todas as semanas saem updates com novos bugs, graves falhas de segurança e drains de bateria inexplicáveis

    preferes ter tudo actualizado, mas com bugs, falhas e drains quase mensais ou deixar tudo quieto e funcionar bem 365 dias por ano ?

    • Renato Nismo says:

      a minha resposta anterior era direccionada ao comentário que entretanto foi apagado.

      voltando ao artigo,

      a melhor solução da Google é PARAR de fazer androids anuais e começar a fazer um sistema operativo para durar anos, com updates de segurança na camada abaixo, sem comprometer o sistema e máscara UI que os fabricantes possam desenvolver
      do tipo Windows 10 que saiu em 2015 e posteriormente as Grandes Actualizações do sistema e de segurança.

      • Renato Nismo says:

        seja como eu, get a girl.

      • GM says:

        E tu, que não páras de insultar tudo e todos, estudaste? Não me parece!!! E o facto de teres iphone (se é que tens), faz de ti porventura melhor que os demais? Cresce, jovem. Essa “pilinha” não interessa. É meramente uma ferramenta.

      • Rafael says:

        Também acho que a Google está exagerando em lançar uma versão do Android a cada ano. Isso atrapalha e muito!
        Deveriam focar em algo mais duradouro. Antigamente não era criado uma versão do Android por ano. Daqui a pouco vão querer criar 2 versões por ano aumentando ainda mais a fragmentação, falta de atualização, insegurança…
        Espero muito que o Fuchsia “destrua” com o Android e comece do zero com algo certeiro.

        • Gilberto says:

          Eu também espero que o Fuchsia seja muito melhor, em todos os sentidos, que o Android. E que ele destrua de uma vez por todas esse sistema pesado e sem atualizações duradouras.

      • Jonathan says:

        Eu concordo plenamente com você Renato, em tudo que você disse.

    • Filipe Ezequiel says:

      PPLWARE para quando um algoritmo para eliminar noticias falsas como a que acabou de postar o Renato Nismo, fico a aguardar, hehehehehe!

      • Renato Nismo says:

        talvez seja melhor um algoritmo para detectar aos leigos ou aos que hibernaram.. para associar texto aos links de notícias que já foram postadas nos últimos anos/meses/semanas.
        assim eu não dava trabalho….

  7. João Pereira says:

    Eis o que escrevi há pouco tempo num comentário!

    Não é só fazer um sistema operativo, é preciso manter actualizado!

    Que tal basear o Android bum Rolling release? Tipo, arch, gentoo ou Slackware? Sem complicações nem blotware e coisas assim!

  8. João Pereira says:

    Eis o que escrevi há pouco tempo num comentário!

    Não é só fazer um sistema operativo, é preciso manter actualizado!

    Que tal basear o Android bum Rolling release? Tipo, arch, gentoo ou Slackware? Sem complicações nem blotware e coisas assim!

  9. Luis says:

    Li tudo e ainda não entendi nada sobre fragmentação.

    É só o fato de não atualizar?

  10. Rafael says:

    Boas,

    Eu pensava que o Project Teble tinha como finalidade impedir a alta customização do Android pelas operadoras e empresas pra facilitar a atualização por parte da Google.

    É notável que o Android não segue um padrão fixo como o iOS, logo cada marca (Samsung, LG, Xiaomi, ZTE…) cria uma versão modificada do Android com bastante lixo (bloatware) de terceiros e da empresa, a exemplo da Samsung. E por esse tanto de modificação levam tempo para enviar atualizações de versão, correção de bugs etc…

    O bom é que algumas empresas usam o Android puro, como o Android One e os Nexus

    O problema é que a maioria dos smartphones morrem com 2 a 3 anos e uso. Diferente do iOS que mesmo ficando mais lento a cada atualização, consegue manter o padrão de atualização por 5 anos seguidos.
    É por isso que muitos optam por pagar caro pelo iOS do que pagar barato por um Android.

  11. António says:

    ” lança uma nova verão do sistema”

  12. Jorge says:

    Adquiri um xiaomi mi A2 lite em final de janeiro e assim que o liguei actualizou para o android 9.0

  13. X says:

    Mas qual é a dificuldade?

    Oneplus, Nokia, Google e Android one.

    Se querem ter atualizações deixem de gastar milhares de euros com smartphones cheios de features que desconhecem e nunca usam. Quanto mais updates tiverem mais seguros estão e mais rentabilização tem o vosso dinheiro.

    • ck says:

      De todos os comentários… este deveria ganhar uma medalha!

    • Renato Nismo says:

      é o mesmo que deixar o windows xp, 7, 8 porque são antigos, mas que funcionam perfeitamente nas máquinas que ainda duram 10.. 15 anos, sem nenhum problema de segurança.

      o meu redmi note 2 ainda é o 5.0 lollipop que uso diariamente há quase 4 anos e foi só 150€, não foi 800€. Zero de falhas de segurança.
      o tablet e tlm de reservas cá da casa, que já ninguém os quer, são ambos 4.4, Zero de falhas.

      cada um com a sua panca de seguranças.. ainda é mais seguro ter dados sensíveis num windows xp ou 7 do que android ou ios actualizadíssimos.

  14. Celso R says:

    Na minha opinião o estudo está um pouco fraquinho a nível das marcas analisadas.

    Motorola até percebo, porque, apesar de ter pouca expressão cá, tem uma presença grande na América Latina.

    Agora a LG tem um market share muito reduzido e a cair todos os anos. Então a HTC nem se fala, já é praticamente inexistente a nível mundial.

    Por que não se incluíram aqui a Huawei e a Xiaomi, que são, simplesmente, o 2º e 3º maiores fabricantes Android a nível mundial e cujos flagships já possuem Android Pie há algum tempo? Já para não falar nos telemóveis Android One da Xiaomi.

    Ou a Nokia, que é já o 5º maior OEM a nível Europeu (atrás dos 4 grandes), com Android One e que já possui uma grande parte dos seus modelos (não só os flagships) com Android Pie.

  15. Filipe says:

    Tenho o Essential Phone e neste aspecto tem sido fantástico, por norma recebo os updates na mm altura dos Pixel. Tem 1 ano e meio, começou com Android 7.1 Nougat, depois atualizei para Oreo (que estava fantástico) e já uso o Pie desde os beta. A juntar a isto , a Essential já por mais de uma ocasião deu a entender que iria atualizar para o Q.

  16. Gilberto Gomes de Medeiros says:

    Sinceramente, esperando e muito ansioso pelo o Fuchsia OS. Não aguento mais tanta espera. Só espero que não seja fragmentado e pesado como o Android é hoje.

  17. Luiz claudio Silva says:

    Demora muito atualizar e quando acontece já tem outro Android novo….isso perde muito dinheiro porque não é barato…em celulares….

  18. Ribeiro says:

    Muitos lançamentos ,um após o outro ,ao passo que não resolvem as pendências do que ficou ,o melhor seria aperfeiçoar a versão atual ,ao invés de ficar lançando versões a esmo apenas pra alimentar os fanáticos por novidade tecnológica

  19. Gilberto Gomes says:

    Concordo plenamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.