Quantcast
PplWare Mobile

Signal: App de chat preferida de Snowden chega ao Android

Signal

Homepage: Signal
Preço: Gratuito

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Artur says:

    Se o Snowden apoia deve ser porque esta app realmente não recolhe os nossos dados…

  2. Marco says:

    “Segundo rumores, Edward Snowden não usa iPhone porque este tem spyware secreto Apple.

    Recentemente uma das aplicações da chat favoritas do ex.agente chegou ao Android. ”

    Algo aqui não faz sentido, digo eu que sou mais de castanhas e nozes.

  3. Lazim says:

    Vamos falar que “hipoteticamente” os SO’s dos telemóveis possuem um algorítimo que deduz o que você esta a escrever para que tenhamos uma escrita rápida. Logo vamos dizer que “hipoteticamente” exista outro algorítimo que captura tudo o que esta a escrever e enviar para servidores diversos que não tem relações com o app que esta a usar. Tão breve o app em questão não será nada mais além que outro app messenger. Lembrando que esse cenário é apenas “hipotético”.

  4. sapo says:

    O Snowden não usa iphone porque sabe que é uma lastima como a maioria dos reviewers .. marques brown que o diga!!
    Procurem pelo dreamsmartphone que ele elegeu 🙂

  5. Maxim says:

    Eu uso o Telegram, dizem que é seguro. em termos de velocidade, praticidade é o melhor para mim

  6. Arlindo Pereira says:

    Acreditam mesmo nisso? Basta ter o cartão clonado.

    • Cris says:

      Lolno. Ter um cartão igual vai permitir que uses a conta, mas não vais ter acesso a chats anteriores a não ser que tenhas acesso ao telemovel da vitima.

  7. yaclicka says:

    Para quem tem algum poder, e só falo de algum poder económico, torna-se muito mais simples aceder a este tipo de objectivo, ire-mos chegar a um ponto em que qualquer James Bond terá de competir quase de forma directa com qualquer um dos mais simples mortais, a Net é muito………….. As pessoas iram pensar, que eu sou um individuo muito arrogante, ou que se julga mais do que os outros, é 100% falso, só digo é que, não está fácil, hoje em dia mexer num sistema de partilhas, requer algum planeamento e daqui para a frente ainda pior, requer inteligência e saber traçar objectivos, na Net fica tudo depositado por tempo indefinido, o que por vezes não se quer. Alguns Sistemas Operativos ao contrário do que se julga, trazem por Default tudo aquilo que não se quer, quando queremos proteger os nossos interesses a nível de privacidade e segurança.

  8. Miguel says:

    Eu Utilizo o messenger da google é impecável funciona muito bem, sem qualquer publicidade, muito rápido até mesmo nos telemóveis mais antigos ..

  9. Oh says:

    Não uso nenhum .

    Quem quiser vem ter comigo ou vou eu ter com quem quero .

  10. Dood says:

    Será esta app melhor que o wickr ou estão ao mesmo nível?!

    • Joao says:

      A aplicação Threema é parecida com a Wickr, mas ao contrário da Wickr permite verificar a conta do outro através de um código QR ou uma impressão digital alfanumérica que permite confirmar que é aquela a chave digital e não mudou.
      O Wickr fala em encriptação e chaves únicas para cada mensagem, e encripta para aquele dispositivo apenas… mas esquecem-se de dizer que o utilizador não tem como saber se não está alguém pelo meio da conversa a receber e retransmitir ou até alterar o que bem quiser, e o utilizador não tem como saber porque não pode verificar a chave digital do outro de forma segura… ou de qualquer maneira pois nem é apresentada tal informação em lado algum.
      O Signal não posso testar pois tenho um smartphone com dois cartões que o Signal não suporta. O Signal está ligado ao número de telefone o que é bom pois facilita a vida das pessoas “normais” que não querem mais uma conta e mais um código… mas por outro lado não permite tanta privacidade pois basicamente tem de saber o seu número de telefone móvel verdadeiro.
      Pelo menos o Signal para quem o pode usar, tem a vantagem de em conversas quando está a funcionar se poder verificar verbalmente se o código apresentado é o mesmo que o outro vê e se for confirma-se que não estão a interceptar a conversa, ou pelo menos não estão a ouvir a conversa no meio entre os dois. A função de chat desconheço como funciona a autenticação.

      • Joao says:

        Quero corrigir o registo em relação ao Wickr, somente para mencionar, que o que escrevi acima é verdade, na versão que se instala no Windows… mas, pelo menos, na versão do Android é de facto possível confirmar a identidade do outro utilizador… não parece que seja da forma mais simples, mas é possível… logo é possível ter a certeza que a conta é mesmo da outra pessoa.

      • Joao says:

        Agora consegui testar entre dois androids o Wickr e verifiquei que não é possível verificar, nem mesmo no programa no Android a sequência derivada do algoritmo de integridade da chave pública do outro utilizador, nem antes, nem depois de autenticado… e supostamente é possível autenticar por vídeo (além de sms e email)… não vi vídeo nenhum mas aquilo autenticou na mesma… enfim, muito duvidoso aquele sistema de autenticação! Tão duvidoso que não recomendo esse programa a quem quiser/ precisar de autenticação mais a sério.

        Prefiro então o Threema que pelo menos permite verificar a todo o momento a sequência derivada do algoritmo de integridade da chave pública do outro (nos detalhes do contacto) e eventualmente comparar com informação disponível (cartão de visita, web site oficial, rede social, etc.)… além de que só fica com o nível máximo quando verifica o código QR do outro, seja no smartphone pessoalmente (o que é o suposto) ou por exemplo de um cartão de visita com esse mesmo código QR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.