Quantcast
PplWare Mobile

Samsung pode lançar o Galaxy Note9 muito mais cedo este ano

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Belmiro says:

    Se o Note 9 for um Note 8 com novo CPU e update da Câmara (o o S9 vs S8) então melhor esperar o Note 10…

    • Ernomo says:

      Vai ser exatamente isso, o note9 tem 2mm a menos de espessura e uma bateria maior, o resto é evolução natural, as alteracoes em relacao ao note8 são minimas e alguns países recusam-se a integra-lo no Portfolio de 2018, pq é um aparelho mto caro com mto poucas novidades, a má experiencia do S9 em relação ao S8 e consequentes vendas baixas, obriga que nalguns países a Samsung se recuse a fazer o forecast do Note9.

  2. TP says:

    Aposto que isto será uma forma de vender + unidades do que se fosse apresentado em Setembro juntamente com o novo iPhone.
    De qualquer das formas, se os compradores forem inteligentes esperam até Setembro porque é mais que óbvio que este Note vai ser uma miséria.

    • Filipe F. says:

      Os utilizadores a Mercedes tambem esperam pelas novidades da BMW?
      Que raio de ideia pensar que agora as pessoas fanáticas esperam pelo aue nao querem.
      Por essa logica esperam por outubro pelo pixel 3 ou entao esperam ate 2019 pelo S10 ou melhor estao sempre a espera.
      O Note nunca foi nem será para o o público normal. Tem um publico muito especifico e por sinal reduzido face a linha S

    • V.T. says:

      Ui… que a inteligência foi toda para ti… os outros são todos parvos!

    • brl says:

      é engraçado q penses q qlq Iphone tenha hipotese contra um Samsung de topo. A Apple ja era no ramo dos smartphones So sobrevive devido a ignorantes sem nocao do q sao bons telemoveis a preços normais…

  3. Filipe F says:

    Os utilizadores a Mercedes tambem esperam pelas novidades da BMW?
    Que raio de ideia pensar que agora as pessoas fanáticas esperam pelo aue nao querem.
    Por essa logica esperam por outubro pelo pixel 3 ou entao esperam ate 2019 pelo S10 ou melhor estao sempre a espera.
    O Note nunca foi nem será para o o público normal. Tem um publico muito especifico e por sinal reduzido face a linha S

  4. V.T. says:

    Grande máquina a caminha num nicho de mercado em que a Samsung continua a mandar a seu belo prazer.

  5. PɅTЯICK says:

    Continuo a dizer que os preços dos smartphones “de marca” já se encontram num preço ridículo face à conjuntura económica no país. Mas pronto, felizmente ninguém é obrigado a comprar nada.

    • Belmiro says:

      Os modelos “de marca” tem para 150-1000 com excepção da Apple, daí não entendo “a conjetura” do país. E havendo, que há, pessoas que ganham abaixo do salário mínimo a dezenas de vezes o salário mínimo, todos têm que ter produtos para o seu bolso.
      Há pessoas que ganham pouco e mesmo assim gastam 1000€ num terminal? Sim, mas isso não é culpa das marcas.

      • jonas says:

        o que o patrick provavelmente queria dizer é que antigamente por 150 euros compravas um de gama media..hoje em dia precisas do dobro com sorte…nao falo de marcas como a xiaomi que tem uma politica de precos diferente das outras (um dia destes faco-te um mapa) ou dakelas marcas xinocas que aqui publicitam muito…
        ve os precos da samsung, lg, htc, sony, huawei e ve os precos que praticam mesmo os de gama media….
        300/1000 euros por um aparelho que esta desatualizado para o ano é um absurdo…a desvalorizacao é superior a de um automovel…se na informatica usassem a mesma estragia de precos que os smartphones tem seguido neste momento compravamos um intel 8700k por 5mil euros ou mais…em informatica os precos dos componentes matem-se estavel…um processador medio alto custa 350 euros desde ha uns bons anos……o preco é sempre o mesmo…compras é melhor todos os anos. nas consolas o preco do hardware ate tinham prejuizo…ganhavam no software. nos smartphones..pagas mais todos os anos..daki a 5 anos quero ver os precos se isto continua assim….

      • ernomo says:

        Entro em desacordo total contigo, não compares a marca Xiomi com a apple ou com a samsung, isso é comparar alhos com bugalhos, uma coisa é inovar, outra é copiar, uma coisa é publicitar e investir na criação de um produto inexistente no mercado, criando para isso uma procura, outra é depois do mercado estar feito/criado, chegar uma marca chinesa, copiar e produzir um produto sem suporte no teu país, sem garantia de que terá updates, sem garantia de que em caso de avaria me passo deslocar a uma loja na minha cidade e ao fim de 20min posso regressar a casa com o telemovel reparado com peças originais e de qualidade, tudo isso falta às marcas chinesas, mesmo a Huawei continua longe da apple ou da samsung.
        Inovação não ter um telemovel com 500GB de memória em vez de 128, inovação não é ter uma câmara com 30M em vez de 12, inovar não é lançar uma cópia do Note8 ou do que quer que seja com o Android 8.1 antes da marca principal, inovação é muito mais do que isso, e isso só a apple e a samsung tem capacidade de criar, não porque são melhores, mas porque investem na investigação, porque investem em inovação, porque arriscam em novas tecnologias, em novas ideias, em produtos revolucionários, a xiaomi, a zte e as 1001 marcas chinesas, limitam-se a copiar e claro a produzir em massa a custos baixíssimos, sem olhar a leis nem a mercados.
        Achas que isso é concorrência? Claro que sim, mas é concorrência desleal.

    • brl says:

      conjuntura economica?? Va se encher de moscas. Todo mundo diz se pobre mas toda a gente anda com smartphones acima dos 500€. Tudo o q e adolescente tem um Iphone 8 ou X ou um S8 ou S9. O povo so e pobre para pagar contas e impostos

  6. Ernomo says:

    O Note 9 será apresentado no dia 09 de Agosto às 16h e a venda oficial iniciará a 24 de Agosto, sendo que quem fizer pré-reserva receberá o seu Note 9 a 17 de Agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.