As Instant Apps do Android chegaram, vamos experimentá-las


Destaques PPLWARE

21 Respostas

  1. PL says:

    Óptimo para usar quando vou no avião, especialmente com a internet rápida a bordo da TAP
    Além disso nada me da mais sensação de segurança do que usar os meus dados numa aplicação a correr via internet.

    Com excepção de algumas aplicações muito importantes na minha vida (solitaire e sudoku) não estou a ver revolucionár a forma como instalo aplicações.
    Aliás, o conceito de ter as aplicações no telefone é exatamente para reduzir o consumo de dados e o número de acessos a um servidor (entre outros), por isso usamos aplicações do banco, companhias aéreas, hotéis, fast food, etc.
    Todos estes tem uma versão de webpage preparada para telefone e tablets, apenas é mais conveniente ter a app no telefone

    Parece um passo para trás

    • Nope says:

      Como assim, a correr via internet? Essas são as web app.
      Estas são iguais às outras, correm no smartphone – só não precisam de instalação.
      São apps da caquinha limitadas quanto ao número de processos que podem correr.
      A Google chegou à conclusão que muita gente não usava apps porque não as queria instalar, até por uma questão de espaço. Como não é preciso instalar pode ser que mais gente as use.
      P.S. Sobre a revolução, … enfim 😉

    • João P says:

      Estás enganado, é um passo à frente.

      “Óptimo para usar quando vou no avião, especialmente com a internet rápida a bordo da TAP” – Só um idiota ia para alguma situação em que não tivesse acesso à internet e tentava aceder a uma instant app. Uma pessoa normal, instala as apps mais importantes que sabe que pode precisar em situações que não tem rede. Portanto esse teu argumento nem sequer é questão.

      “Além disso nada me da mais sensação de segurança do que usar os meus dados numa aplicação a correr via internet.” – Lá está, tens sempre a opção de usar as apps tradicionais, quando são situações que consideras as informações mais sensíveis.

      “Aliás, o conceito de ter as aplicações no telefone é exatamente para reduzir o consumo de dados e o número de acessos a um servidor (entre outros), por isso usamos aplicações do banco, companhias aéreas, hotéis, fast food, etc.” – O dados que as redes disponibilizam têm vindo a aumentar. Quanto ao resto, não diz respeito ao utilizador. E se a tendência é a cloud, parece-me que também não problema para as empresas.

      • PL says:

        “Só um idiota ia para alguma situação em que não tivesse acesso à internet e tentava aceder a uma instant app. ”
        Só um idiota pensa que tem internet sempre que precisa de aceder a uma instant app.

        Enfim são opiniões.
        Cada um com a sua…

    • EC says:

      Por um lado até posso tentar compreender o teu raciocínio, mas penso que as instants apps não deve ser utilizadas de forma generalizada e como alternativas à versões “normais” disponíveis nas loja. Desta forma o teu ponto de vista referente aos consumos e acessos online é um pouco exagerado.

      Eu vejo vantagens nesta nova forma de aceder às apps:
      – ter disponíveis outras funcionalidades nas apps online de forma” imediata” que não estão disponíveis na versões de webpage
      – experimentar uma app para poder decidir se quero ou não instala-la de forma definitiva
      – utilizar pontualmente sem necessidade de instala-la e desinstala-la de seguida

      As instants apps é mais uma forma de podermos poupar tempo e encaminhar utilizadores com poucos conhecimentos de instalar/desinstalar apps.

    • Não Interessa says:

      Essa mentalidade é que é um passo para trás…

    • Jorge says:

      Comentário tao infantil…
      Ya o netflix também é otimo para usar quando vou de avião.. Oh wait, requer internet. Então porque raio iria eu usar um serviço identico a streaming, com má internet? Ora se não tem internet, instale para usar offline, se tem internet boa, e quiser poupar espaço, use via webapp, é este o conceito até dos streamings.
      Isto é a tendência. É o futuro. Claro que para sí, ainda existem videoclubes para alugar DVD’s e ver ”offline”, mas a maioria da população moderna ja usa VOD ou streaming que requer o raio da internet.

  2. HENRIQUE ARIEL says:

    Na época que comprei meu lg g4 o nexus 5x tava uns 300 reais mais caro, se soubesse a incomodação e tudo que seria lançado pra linha nexus teria comprado sem duvida. Android puro, atualizações e funções novas falta bastante na lg.

  3. Miguel says:

    Espectacular! Agora podemos instalar vírus automaticamente e sem o controlo da Playstore!

    • EC says:

      Acho que no início do artigo mostra que as instants apps também controladas pela Google Play Services e por consequencia são verificadas como se uma app normal se tratasse.
      Julgo que apenas haverá riscos se tivermos a opção de permitir Fontes Desconhecidas ativada.

      • Nuno says:

        Pelo que li na net, estas instants apps NÃO são controlada pela Google Play. A única coisa que mostra neste artigo é a opção de permitires ou não activar esta “funcionalidade”.

  4. Pedro Santos says:

    Nexus 5x com android 7.1.2 não encontro a opção descrita Aplicações Instantaneas

  5. EC says:

    Existe também um outro conceito que pplware pode explorar num outro artigo que são as progressive web apps, que não é uma alternativas às instants apps, mas tem alguns pontos em comum.
    Permite um desenvolvimento “universal” e multiplataforma. Se seu fosse desenvolvedor eu apostaria neste momento nas progressive web apps.
    Podem consultar aqui alguns exemplos da progressive web apps: https://pwa.rocks/

  6. Tuga 2017 says:

    Pedro, qual é a versão do “Serviços do Google Play” que tens no smartphone? Na versão 10.2.98 não me aparece essa opção.

  7. LuisG says:

    “Para usarem as Instant Apps devem ter um smartphone da Google – Pixel ou Nexus”

    Bom artigo mas bem que podia ter colocado esta info logo no ínicio…

    • HENRIQUE ARIEL says:

      pensei a mesma coisa, quando li o titulo da materia ja peguei meu celular pra testar esse recurso novo(vi na metade do ano passado uma gif mostrando o funcionamento e fiquei com um hype forte) dps não encontrei voltei a ler a meteria e vi só no final que era só pixel e nexus 🙁

  8. Eduardo Silva says:

    Primeira frase deveria ter sido “Para usarem as Instant Apps devem ter um smartphone da Google – Pixel ou Nexus – e estar a correr uma versão recente do Android. No nosso caso, os testes foram feitos num Nexus 6P que corria a versão 7.1.1 do Android.”

  9. Gonçalo says:

    Então o importante aqui é ter um equipamento da Google ou basta ter o Android 7?
    É que o meu velhinho NVIDIA SHIELD já recebeu atualização para este Android 7
    A manutenção do SO por parte NVIDIA é melhor do que a da Google aos seus equipamentos lol

  10. Nuno says:

    Até pode ser uma coisa interessante mas o facto disto se auto-instalar no dispositivo sem qualquer permissão minha e mal acaba de se instalar, tentar ligar-se a net, é um grande NÃO da minha parte. Já estou farto de desinstalar a app e meia volta volta-se a instalar quando abro o Google Play. Engraçado é eu nem ter essa opção para activar ou desativar as instants apps na conta da Google. Enfim, mais treta da Google.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.