PplWare Mobile

Tenham muito cuidado! Há uma nova falha grave de segurança a afetar o Android


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. SANDOKAN 1513 says:

    Ainda por cima ataca aparelhos como o meu Xiaomi Redmi Note 5 pois já estive a ler noutros sites esta notícia.Espero bem que a Xiaomi distribua o quanto antes uma actualização de segurança para este problema.Que azar,fogo. 🙁

  2. SANDOKAN 1513 says:

    Nesta vossa lista faltam diversos aparelhos da LG,pois segundo se sabe é a mais afectada.São diversos os smartphones da LG afectados por este problema.

  3. silvio says:

    curioso como a maioria de vírus e ataques, são de origem Israelita.
    Mas ninguém faz nada.
    Se fosse um ataque por parte de hackers coreanos ou chineses já andavam os telejornais a falar disso.

    • Joao Ptt says:

      Por algum motivo ninguém que seja contra os Judeus costuma chegar a presidente dos EUA… os Judeus estão bem presentes em lugares chave da comunicação social e outros lugares na sociedade, e falar mal de Israel ou ameaçar Israel é claramente comprar uma guerra que não poderá ganhar no longo prazo porque a fonte de dinheiro vai secar e algum outro vai receber todo aquele imenso dinheiro e influência que têm para chegar lá ao poleiro. Outros poderão falar mal dos Israelitas mas não têm capacidade para os obrigar a fazer o que quer que seja.
      Claro que lá nos EUA poderiam dar numa de meter os Judeus todos a andar para Israel ou para outro país qualquer, mas como eles gostam de riqueza material e de uma economia tendencialmente boa ou pelo menos aceitável… preferem mantê-los por lá.
      Na disto desculpa o que fazem de errado, e é muito, mas todos os outros países mais desenvolvidos e até menos desenvolvidos também fazem muita coisa errada… basta pensar no príncipe Nigeriano que tem uma fortuna à vossa espera e só precisa que lhe enviem primeiro uma pequena quantia de dinheiro, e milhares de outros esquemas. E depois têm os hackers de todo o lado a atacar tudo e mais ainda.

      • O novo do Restelo says:

        Isso é uma treta xenófoba. A maioria dos virus e ataques sao de origem…de países com muita sofisticacao tecnológica e bons programadores, e principalmente gente com mau espírito/revoltados: EUA, UK, China, Russia, Israel, países arábes, Coreia do Norte, etc.

        Como na Europa ocidental andamos atrasados a nível de tecnologia de ponta e software (além de que poucos pagam porque andam todos tesos…), entao nao há tantos hackers como noutros países. Se repararem, os CHIPs x86 e ARM sao 99.9% fabricados nos EUA/Russia/Ásia, assim como os SO… Na Europa… “ah é tudo tao difícil…”.

        A maioria dos programadores e engenheiros na Europa sao auto-didatas ou trabalham para empresas que querem é pagar pouco e ver o trabalho feito, com pouca formacao. Daí que os poucos bons trabalham para Airbus e pouco mais.

    • Pedro Sousa says:

      Se calhar o facto de a Israel ter as melhores e maiores empresas de segurança IT não é à toa.
      E atenção que segundo a definição, quem procura activamente estas falhas para as reportar é também um hacker…

  4. Joao Ptt says:

    Seria interessante a Google, quando fizer um próximo sistema operativo para dispositivos móveis e chegue à parte em que para eles está finalizado, contratar todas as empresas, universidades e pessoas do mundo de que têm conhecimento que sejam bons a descobrir problemas falhas de segurança, e dar-lhes 6 meses para analisar o código fonte e descobrir os problemas e, na medida dos possíveis, apresentar as correcções que poderão solucionar o problema.
    A Google claramente tem dinheiro para contratar toda essa gente, que no fundo nem serão assim muitos, mesmo no planeta todo, com tais capacidades reconhecidas.
    Depois então lançava o sistema operativo de código aberto mais escrutinado do mundo por especializados em encontrar falhas.
    Durante todos esses 6 meses todo o foco seria em interagir com esses contratados para com eles solucionar a todos os níveis problemas e eventuais sugestões que recebessem para melhorar algumas coisas… sem estarem a fazer evoluir o sistema operativo fora desse âmbito, para que depois tenham uma base ainda mais sólida para continuar a construir em cima.

  5. MANEL says:

    TUDO LIXO
    AT THE END OF THE DAY… BUY A MACINTOSH ASSHOLLES!!!!!!!
    HAHAHHHAHAHAHAHAH

  6. _Joao says:

    Iphone é mesmo outra cena. 🙂

  7. José says:

    Enquanto não houver uma real alternativa ao android em código aberto (patrocinado pela Google) “todos” os equipamentos que o usem terão vulnerabilidades potenciais.
    Por algum motivo vieram à pressa suavisar aquando do bloqueio à huawai…

  8. O JE says:

    “O Android é dos sistemas que inegavelmente mais problemas de segurança apresenta. ”

    O IOS Não tem falhas, excepto aquela anunciada à dias que nem tocaram no assunto que não tem resolução!!!!!!!!!!!!!

  9. CMatomic says:

    librem 5 phone
    https://www.youtube.com/watch?v=AuT2w6BkT-k
    Só alguns irão entender

  10. Sérgio says:

    A solução é dispendiosa mas não é por acaso que se usa um iPhone , está na lista?

    • CMatomic says:

      O sistema da Apple não respeita a privacidade do utilizador como também retinge ao seu software , ou seja o sistema da Apple é um malware Os .

  11. JM says:

    Pior é que as empresas, como a Vodafone, demoram mais de 1 mês a passar os fix para os telemóveis.

    • Manuel Noites says:

      1 mês… ahahahahah! UM MÊS! Nem sabes o sortudo que és, JM, eu já tive dois aparelhos da marca Vodafone (Smart Turbo 4 e Smart N8) e sabes quantos updates de segurança recebi??? ZERO.

      • Manuel Noites says:

        P.S. – Updates de segurança ou de outra coisa qualquer… ZERO.

      • Nelson Lavrador says:

        O problema dessas marcas batizadas pela vodafone (Zte, Alcatel, etc) em telemoveis de entrada é msm esse tal apoio seja updates de software ou segurança, ás vezes nem é problema da propria operadora. Normalmente uso equipamentos desbloqueados a todas as redes no entanto, os q já usei bloqueado á Vodafone como o S3 e Xperia Z tinham esses updates, demoravam era mais tempo q o normal ou não haviam em tanta frequência durante os 2 anos de garantia. Mas topos de gama na altura deles. Não faço ideia como é agora pois o ultimo q tive bloqueado foi em 2014/15 creio.

        • Manuel Noites says:

          Desculpa lá mas a partir do momento em que eles rebaptizam a marca com o nome deles, passa a ser um problema da operadora. Eu acho vergonhoso que a Vodafone venda estes equipamentos como sendo deles e depois não lhes dê suporte nenhum. No meu caso, o primeiro comprei-o; o segundo foi-me oferecido; o terceiro não vai haver porque já mudei de rede, para mim a Vodafone, por esta e por outras razões, morreu.

      • JM says:

        Estava a referirme a telemoveis Samsung comprados na Vodafone.
        Os updates demoram 1 mês a serem lançados depois da Samsung os disponibilizar ao mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.