PplWare Mobile

Menores de 13 anos poderão ter contas de Facebook e Instagram bloqueadas


Gestora de conteúdo e de redes sociais do Pplware. Mestre em Economia, foi o fascínio pelo universo da tecnologia e da comunicação que falou mais alto.

Destaques PPLWARE

  1. Vitor says:

    Os primeiros a terem cuidado com essas contas deveriam se os próprios pais das crianças…mas,na maioria dos casos,são eles próprios a criarem contas em redes sociais para os filhos ainda quase “bebés”! Depois vêm gritar por “socorro” porque o/a filha está a ser assediado/o por pessoas com “más intenções”! Na minha opinião em casos desses deveriam ser os pais dessas crianças os primeiros a serem responsabilizados civi e criminalmente…e depois as próprias redes sociais! Mas os pais primeiro…

    • Mike says:

      Muitos pais nem sequer sabem que os filhos têm contas de Facebook ou qualquer outra. Muitos pais tomam os devidos cuidados e não lhes facultam computadores ou internet em casa. E na escola?? e nos Cafés com redes wifi aberta ou qualquer outro local??? Os miudos criam contas de redes sociais sem os pais muitas vezes terem conhecimento que isso é possível. E agora pergunto. Como vai responsabilizar o pai … agricultor, por exemplo, que nunca viu um computador, mas que o filho na Escola criou uma conta de Facebook falsa??

      • Lagaffe says:

        Desculpa, mas pais de crianças com menos de 13 anos, são pais que têm à volta de 30 e poucos anos, que já nasceram na era dos computadores. Qual é, neste momento, o adulto com 30 anos que não percebe minimamente de computadores?
        Essa dos agricultores matou me. Deves pensar que os agricultores são analfabetos.
        Mesmo que a criança tenha criado uma conta sem os pais saberem, há sempre forma de descobrirem, nem que seja indo pelos Facebooks dos amigos.

        • Mike says:

          O exemplo do agricultor foi retórica, mas se te incomodou tanto, conheço professores doutorados, médicos e outros que não usam reddes sociais. Ensinam os filhos dos cuidados e o que devem de fazer, mas se um deles menor de 13 anos criar uma conta na rede da Escola, e entretanto também só partilhar o perfil com alguns amigos e em canais privados, como é que estes pais vaão saber e mais ainda deverão ser castigados?? o que digo é que a Lei tem de funcionar de igaul para todos, não para quem é mais formado em determinada maéria e muito menos culpar quem não se deve pelas asneiras que diariamente milhares de pessoas cometem através da internet.

          • Lagaffe says:

            O que me incomoda, são os estereótipos.
            Não usar redes sociais é diferente de não ter conhecimentos informáticos. É uma opção de algumas pessoas.
            Vê se que não conheces a psicologia/realidade dos miúdos de menos de 13 anos. Estão na idade da imagem, de se mostrarem aos amigos, do “quantos mais amigos tenho, mais cool eu sou”, por isso, essa teoria de partilhar o perfil só com alguns amigos, em canais privados tem muito pouco sentido. A inconsciência própria da idade, conjugada com a “necessidade” de mostrarem que tem “swag”, adicionando a crenca ingénua que os pais nunca vão descobrir, leva os a criar abertamente perfis. Por isso se tornou um assunto publicamente tão conhecido. E continuo a dizer, se alguns pais se quisessem dar ao trabalho, encontrariam o perfil dos filhos com alguma facilidade.

      • Spoky says:

        Mike, tu também és esperto. Vais dar um smartphone estas a espera do quê? Da-lhe um telemóvel a “antiga”. Isso é a mesma coisa que teres o Wi-Fi sem password num café e vir uma pessoa e esperares que ninguem a use.

        Outch! What a brain…

        • mike says:

          Deves de ser um espertalão!!! Só os smartphones têm internet??? os computadores da escola não têm?? os amigos não têm?? ou vais tirar tudo isso ao teu filho??
          Já vi que aqui é só gente esperta a tratar de crianças e a culpar os pais.

  2. TSSRK says:

    bastam 2 criarem a conta no fb e ela ficar bloqueada devido a idade que os pequenos aprendem logo que têm de definir uma idade superior

  3. Ernesto says:

    Crianças com 4 e 5 anos andam com tablets e telemóveis dos pais. Aos 8 consumem YouTube e subscrições de canais. E depois não podem criar uma conta?! Tenho um filho de 8 anos e não vejo qualquer problema em ter conta no face ou noutro lado qualquer. Desde que eu tenha as password e controle as contas. Em todas as esquinas existem perigos, ainda à pouco começou a receber convites de pessoas que não conhece na ps4. Falam on line e criam novos amigos. Nem tudo é mau, até pode ser divertido se controlado pelos pais. A meu ver o problema são os Pais ausentes.

  4. Tiago Sardenha says:

    Isto é tudo uma palhaçada porque experimentem la ir denúnciar uma conta de algum menor para análise 1° nem existe a opção no instagram de denúnciar a conta por ser menor logo aí é impossível fazer. E a empresa ganha muito com isso na venda de dados pessoais pra eles é uma grande fonte de lucros eles estão-se a lixar pra idade das pessoas ou se são pedófilos ou não que não faltam aí é pedófilos que mandam mensagens no chat ou tem tipo 30 40 e 50 e fazem comentários em fotos de menores do tipo “linda” “gostoza” “heina pa que princesa” etc… depois ainda ha gente parva que mete likes nesses comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.