Likes no Facebook levam a multa de mais de 3 mil euros


Destaques PPLWARE

21 Respostas

  1. Freitas says:

    “tais condenações deveram-se aos comentários efetuados e não propriamente a likes na publicação”, no fim contradiz o título! Já começa a ser cansativo, estamos numa época de não informação e tudo vale para atrair as atenções. Eu deixo de seguir jornais ou sites com essa ideologia, o leitor no fim ao pensa em mandar passear e nem quer saber mais da notícias.

    • Carlos Bonaparte says:

      Isso é o que dá não ler, mas eu explico-lhe, porque li a notícia: 1. Este pagou 3600€ por ter posto gostos. 6. Houve outros que também foram condenados, não por terem posto gosto, mas por terem comentado; simples assim

    • Sandro Box says:

      Exatamente, bait click. Você perdeu tempo da sua vida lendo uma notícia que no final fala a verdade. Tudo devia ter um TL;DR: “tais condenações deveram-se aos comentários efetuados e não propriamente a likes na publicação”

    • Moreira says:

      Se leres bem quem foram condenados pelos comentários foram outras pessoas que não o homem a que o titulo diz respeito…

    • geww says:

      tu nao sabes é ler.
      “Kessler terá processado mais pessoas que também comentaram a sua atividade no Facebook, sendo que algumas delas acabaram também por ser condenadas. No entanto, tais condenações deveram-se aos comentários efetuados e não propriamente a likes na publicação.”

      Nao contradiz porra nenhuma, pois esse parágrafo refere-se às restantes pessoas que Kessler processou e, provavelmente, o caso ainda nao avançou ou nao ha informaçao ou whatever e o titulo refere-se ao individuo que deu 6 likes em comentarios.

    • Micael says:

      Se não gostas do que lês aqui neste site, és bem vindo a não voltar.

  2. O ofendidinho says:

    Triste mundo onde tudo é considerado injurioso e difamatório. Assim é preferível viver em países em que nos digam à partida que não existe liberdade de expressão. Pior é viver em países onde nos digam que essa liberdade existe, mas em que a mais pequena coisa que façamos ou digamos corra o risco de ser ofensivo para alguém. Há países da América do Sul que simplesmente baniram os crimes de injúria e difamação dos seus códigos penais, para não poderem ser manipulados e usados como arma de perseguição política. Todos os países democráticos do mundo deveriam fazer o mesmo.

  3. Jesus says:

    Isto é ilegal e contra a liberdade de expressão

    • Nokia3310 says:

      a tua liberdade de expressão acaba quando prejudicas as outras pessoas, se não posso ir a todos os teus patrões a dizer que já trabalhaste para mim e foste despedido por roubar e assediar tudo o que mexia os olhos. e assim nunca mais podes trabalhar na vida porque vou andar sempre a traz de ti, e não podes fazer nada porque é a minha liberdade de expressão.

      Difamar != Liberdade de expressão

      • Claudia says:

        Perfeito.

      • Jesus says:

        Executar uma query SQL que adiciona +1 numa base de dados não é difamar nada

        Ele não escreveu nada

      • Ricardo Costa says:

        Mas like não é difamar… quer dizer agora vens ai com uma coscuvilhice qualquer sobre alguém… eu curto do que me dizes digo à malta para ir falar contigo para tu contares e sou multado!!!! lol!!!… sim porque um like nada mais é do que isso.. é informares o teu núcleo social que gostaste da afirmação que fizeste… e isso não é difamar…

        • Nokia3310 says:

          ele não difamou diretamente mas “apoio” alguem que difamou, isso aos olhos do juiz é o mesmo que “concordo com…” ou “faço das tua, as minhas palavras”.

          “o arguido endossou claramente o conteúdo indecoroso e tornou-o o seu próprio ponto de vista”.

          • Megabyte says:

            bem, “o arguido endossou claramente o conteúdo indecoroso e tornou-o o seu próprio ponto de vista”. Ora bem, às vezes ao passear pelo facebook, vejo publicações sérias, como por exemplo, a morte de alguém, notícias sobre acidentes etc. No entanto, não são raras as vezes em vejo muita gente dar like na noticia. Sendo assim, são todos culpados, uns porque queriam ver aquela pessoa debaixo da terra, outros porque estão aborrecidos e querem ver mais acção ao estilo velocidade furiosa… A internet, ou aliás, algumas das coisas que ela possibilitou estão tornando-se uma coisa cada vez mais séria, pois estamos cada vez mais a viver dentro do mundo virtual.

  4. Lumia says:

    “If you want to know who rules over you, find out who you are not allow to criticize”.

    Criticar judeus

  5. falcaobranco says:

    Realmente as vezes é deprimente o facebook…

  6. bromo says:

    Não percebo, os likes não tem nada haver com o material publicado, quem publicou é que entrou em difamação. Lá por eu por like num meme do pepe não quer dizer que sou de extrema direita.

  7. Nao digo quem sou says:

    Advogado de defesa fraquinho ( e nao estou a difama-lo)… numa era em que existem milhoes de ataques ciberneticos, foi incapaz de alegar que o cliente foi hackeado !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.