PplWare Mobile

Que máquina tirou esta foto, Samsung? Parece que foi uma DSLR e não o Galaxy A8 Star


Maria Inês Coelho

Gestora de conteúdo e de redes sociais do Pplware. Mestre em Economia, foi o fascínio pelo universo da tecnologia e da comunicação que falou mais alto.

Destaques PPLWARE

27 Respostas

  1. Sousa says:

    Isto só confirma mesmo que os telemóveis ainda estão longe de atingir a verdadeira qualidade fotográfica atingida pelas DSLR.

  2. Joao Ptt says:

    Estou “farto” de escrever que se as marcas estão assim tão preocupadas com a parte fotográfica, peguem no corpo de uma máquina a sério e coloquem lá um smartphone. Isso já foi feito há muito tempo, logo é perfeitamente realizável, e aí já se podem gabar da superior qualidade em relação aos outros com as lentes Carl Zeiss ou coisa do género e que aproximam 15 vezes com zoom óptico ou mais ainda. Os clientes não querem coisas assim tão grandes? Não é preciso ser toda a gente a querer, basta alguns milhões e terem como chegar até eles.

  3. B@rão Vermelho says:

    Ontem aqui em Bangkok no topo do King Power Hotel, estava a decorrer uma sessão fotográfica com um telefone da Oppo, não sei se era a apresentação de algum modelo novo.
    Quando cheguei ao topo do edifício achei um pouco estranho aquele aparato todo para se estar a fotografar com um telefone, mas os Asiáticos conseguem surpreender até os mais experientes.
    Claro que lá estavam montes de fotografo com DSLR, mas quase só para fotografar o Oppo, que por sinal é bem bonito.
    Pplware sabem de algum lançamento da Oppo?

  4. William says:

    O futuro das DSLR’s é sombrio, isso não pode ser negado.
    As câmeras dos smartphones estão cada dia mais competentes. Com a chegada de smartphones híbridos, onde haverão peças extras pra modificar o smartphone, tipo “lentes” de câmera, tipo uma DSLR.

    É, o futuro é sombrio…

    • Joao Magalhães says:

      Não é nada William, estás muito distante da realidade, pelo contrário, destaque para as mirrorless que cada vez conquistam mais mercado. Eu pessoalmente não uso a câmera do smartphone e como eu existem milhões.

      • Aulanio says:

        Para que servem estas corridas para ver quem e melhor.Existem aqueles que gostam de fotografar e os que tiram umas fotos de vez em quanto.Para os primeiros uma DSLR e duas lentes (28-70) +(70-300) e indispensavel.Para os segundos existem smartphones as carradas que vao satisfazer quem apenas quer registar a ocasiao com qualidade.Eu,como tenho um passado com experiencia em formatos 35mm,11omm,6×6 e revelacoes p/b na camera escura nunca irei pegar num telefone numa das minhas sessoes fotograficas.Fica no bolso guardado para as ocasioes onde nao tenho a minha DSLR.Grato por as marcas tentarem aproximar-se das DSLR mas existira sempre uma grande diferenca.

        • Edgar Pinto says:

          São diferentes sim, mas se quiser passe no meu Instagram e veja que há fotos de telemóvel que são muito boas mesmo. De excelente qualidade.
          Abraço
          Edgar.pinto93

    • martins says:

      o futuro é sombrio para os smartphones. é a banalizaçao. Até um smartphone posso colocar no tacao do sapato e chamo-lhe shoesphone.
      ah espera isso havia no espiao há 50 anos atras nas era um radio.
      Nerdices e excesso de dinheiro dispinivel psra tretas.

    • Mateus says:

      Há leis da física (luz, meios óticos, etc) que são difíceis melhorar, um sensor e lentes grandes sempre serão superiores a algo minúsculo. O que acontecerá (como atualmente) é que o software terá algoritmos para melhorar mais artificialmente a foto, mas a dslr capta o detalhe real. As únicas câmaras em perigo serão as com pouco zoom e sensores pequenos. A partir de sensores de 1″ não há hipótese.

    • Mike says:

      Não acho, de todo, sombrio! Esse conceito já foi testado, falhou e estou pessimista em relação aos próximos. (Lembram-se do Motorola com o extra da Hasselblad? E já agora, o Smartphone da Red?) Os “apliques”, não funcionam. Tem que fazer parte do bloco rectangular que é o smartphone ou a maioria perde o interesse. Qualidade nativa a rivalizar com gama baixa dslr, não sei… Talvez nos próximos 10/20 anos… No entanto, as compactas mid-range, já eram! Agora, o actual smartphone é “suficiente” para o casual fotografo/videografo? Sim, sem dúvida!

  5. FugaparaVigo says:

    “Outros” utilizam imagens trabalhadas no Photoshop para fazer o mesmo e até hoje não vi ninguem a comentar isso.
    É normal que as grandes empresas gostem de “mostrar” a capacidade dos seus equipamentos, tal como as fotos dos anúncios de comida e para isso alterarem a forma como são apresentados. Chama-se a isso Marketing. E nisso ” outros” sao tão bons que conseguem meter telefones á venda por €1700 quando custam menos de €300.

  6. Leal says:

    Então vamos lá a ver… um profissional ter uma dslr justifica-se, um amador amante da fotografia já não sei se compensa. Uma dslr é um monstro comparado com um telemóvel, talvez tenha mais qualidade no que diz respeito ao zoo e vídeos, mas cada vez mais as máquinas fotográficas, incluindo as dslr irão ficar pra trás face aos telemóveis, é um facto.
    Um telemóvel anda sempre num bolso, a qualidade fotográfica já não é tão grande assim sobretudo para a classe amadora.

  7. JJ_ says:

    Espera ai! Então a fotografa, primeiro diz que recebeu um email da Getty a confirmar a compra de uma foto, e depois diz que “pelo menos, comprou minha foto legalmente, embora eu não tenha recebido a confirmação dela”!? Então não recebeu a confirmação da Getty? Logicamente que comprou legalmente.

    Alias elas nem devia andar a publicar/divulgar ser a autora da foto. Quando se compra uma foto na Getty, ganha-se o direito da usar para qualquer fim (menos ilegal), até de dizer que ela é “minha”… Ao comprar uma foto, não estou a espera que passado uns dias o autor dela, venha dizer que ela não é “minha”… Isto até pode descredibilizar a Getty.
    Ela podia ter denunciado a situação de uma forma anónima, indicado a original na plataforma Getty. A não ser que a Samsung tenha pago pela exclusividade e então ai ela ganho uns bons milhares de euros e devia era estar calada, visto que violou o acordo de venda.

    Agora, claro que é publicidade enganosa por parte da Samsung.
    Mas para continuar-se a vender a ideia que as fotos tirada pelos telemóveis são melhores que as fotos tiradas por maquinas projectadas para esse efeito, leva as marcas no geral agirem desta forma. O que não é correcto.

  8. pisca says:

    Ler estes comentários sobre fotografia e smartphones é um divertimento de ir às lágrimas, a ignorância é mais que muita. Só falta aparecer aqui um a dizer por exemplo, que o Sebastião Salgado (google), escusava de andar com as Leicas na mão, ou que quem fotografa vida selvagem para o National Magazine dispensavam tanto material, bastava um smartcoiso e está a andar.
    Agora a sério, para mim os smartphones são sempre muito bons para atrapalhar quem quer trabalhar no fotojornalismo, são uma praga invadindo o espaço possível e ainda ficam zangados quando lhes dizem alguma coisa.
    Já agora aprendam umas coisas sobre “aberturas-velocidade e iso”, deixem lá os megapixels e zooms

    • SSilva says:

      Concordo, até compreendo que as pessoas queiram ter telemoveis com uma camera com qualidade aceitavel, mas fogo esta praga ou moda das marcas está a levar as pessoas a estragar a verdadeira essencia da fotografia. Não troco a minha full frame por nenhum telemovel de topo, é certo que as máquinas fotograficas a nivel de software e IA podiam estar mais avançadas, por exemplo o modo de pintura de luz da huawei da jeito para tirar longas exposições durante o dia com tripé, na minha máquina tenho que tirar várias fotos e depois fazer o efeito no photoshop, chegasse lá na mesma, mas pronto dá só mais trabalho 😀

    • Luis Santos says:

      Não diga isso muito alto, senão vem já aí um iluminado qualquer dizer que o iphone topo de gama dele, bate uma dslr topo de gama em fotografia. E os que as usam são otários porque um smartphone faz o mesmo.

      • SSilva says:

        Eu tenho um iPhone e um Huawei P10 e nenhum deles bate uma DSLR de topo, nem de baixa gama. Nem sequer se comparam os sensores e a versatilidade das lentes. Acho que tem que tirar esse pré-conceito de utilizadores de iPhone. Fanáticos há em todo os lados, assim como pessoas sensatas.

    • Ricardo Alves says:

      Ainda têm muito que aprender… Comparar a fotografia de um telemóvel com a fotografia de uma Dslr?! NUNCA!!! Também sou fotógrafo e de desporto.

  9. Eu says:

    Isto faz-me lembrar dos produtos de lavar roupa a ver qual é o que lava mais branco, quando toda a gente sabe que nos anúncios usam sempre um artigo novinho em folha e o comparam com um todo sujo, que foi “lavado” pelos produtos da concorrência!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.