PplWare Mobile

Tardes de Cinema…


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Rui "ALL" Sousa says:

    ADORO a Milla!!!

    (Spam power lol)

    • RicardoResende says:

      Ela no primeiro mostra algumas partes.
      Co Mamas… no final

    • Rui "ALL" Sousa says:

      Sorry o comentário histérico xD mas é q realmente é a minha actriz favorita ^^

      N desprezando os RE’s mas “You Stupid Man” cont a ser a obra prima onde ela entra ;D (just my opinion)

      ~Prevertidos~
      Não, ela não mostra partes do corpo nesse filme -_-‘

      ~Cinéfilos~
      Congratulem-se com os “magníficos” 5.8/10 valores que esse filme tem no IMDB (como quem diz: para o comum dos mortais, o filme é fraquinho)

  2. João says:

    MARGINAIS, mais um pequeno grande barrete português. História nem vela, sexo sim temos, muito. Drama, não será mais um típico filme pornográfico português. Não vamos comparar os orçamentos de Portugal e de Hollywood, mas Portugal em geral não tem mesmo jeito para a coisa. Isto é só a minha opinião.

  3. a Friend® says:

    Este Resident Evil parece estar muito pouco original… todas as cenas que vi na apresentação parecem tiradas do filme “Matrix Reloaded” …

    • PorquinhoBranco says:

      e é mau?? é um filme de accao, inda por cima baseado num jogo! cenas á Matrix é o que a malta quer!!!

      Podes sempre ver Os Marginais! 😉

      • NazgulTuga says:

        “cenas á Matrix é o que a malta quer!!!”
        É por isso que só uma pequena percentagem dos portugueses, viu ou ouvio falar do Inception! É um filme demasiado evoluído para vocês. -.-

        • NazgulTuga says:

          “vocês”, os “comuns”.

        • a Friend® says:

          Felizmente o filme INCEPTION está de uma originaildade fantastica, e de Matrix não tem mesmo nada… a não ser o estilo de filmagens…

          Ainda hoje se respira o final do filme…mas é fácil decifrar.. o verdadeiro “Inception” foi ao DiCaprio.. porque ele encontra sempre os filhos iguais…a fazer sempre o mesmo.. ou seja, se fosse real, seria uma belo “deja vu” lol 😀

        • Lokier says:

          Coisa mais comum o fim do inception. Mas quantas vezes a gente já viu um final (supostamente) resolvido, e depois no fim dá aquele “toque” só para nos deixar a pensar? 😐

          O filme até nem está mal, mas já vi melhores.

          Ah e o Matrix (fora os efeitos especiais, que estavam bons para a altura mas não são para aqui chamados) é muito mais profundo do que parece à primeira vista.

          • a Friend@ says:

            Matrix é muito mais que efeitos especiais (revolucionários)…

            Toda a filosofia do filme é de extremo cuidado e não é toda a gente que o entende… software, firewalls.. virus…e a parte mais filosófia que relembra a “Alegoria da Caverna” .. o que é a “realidade”? … 😉

            O filme que tem o mesmo conceito que o Matrix é o “Dark City”.

        • PorquinhoBranco says:

          arre…deves ter um grupinho de amigos mesmo tacanho entao! Na altura em que saiu o filme ca em PT, nao havia quem nao falasse desses filme, e segundo sei foi um sucesso de bilheteira no nosso pais! E ja agora, que tem o facto de ter visto ou nao o Inception a ver com o facto de gostar do Matrix e filmes do genero?

          Bolas, deviam probibir estes pseudo-cinefilos de vir para aqui escrever estas asneiras!!

          • NazgulTuga says:

            “ja agora, que tem o facto de ter visto ou nao o Inception a ver com o facto de gostar do Matrix e filmes do genero?” demonstra a tua capacidade, e a de toda a gente, de ver coisas diferentes e fora do normal, que obrigam a puxar pela cabeça!!

            Dark City, eXistenZ, The Box, todos falam mal, por isto e por aquilo, e não compreendem a história.
            Pessoas que preferem remakes com tecnologia e efeitos de 2010, aos originais.

            E eu não sou nenhum “pseudo-cinefilo”, ó porco albino! Quando vejo um filme, e quando digo que gosto, é porque o filme me ensina alguma coisa de útil, e me obriga a puxar pela cabeça, me faz sentir como se fosse uma personagem do mesmo. -.-

            E não preciso desses filmes “à matrix”, para que o dia me corra melhor depois de o ver. Prefiro aprender alguma coisa com o que vejo, a desaprender ou não aprender nada!!!

          • PorquinhoBranco says:

            lol, para alem de pseudo-cinefilo és pseudo-filosofo!

            Queres aprender alguma coisa vai pra escola e nao pro cinema! Deixa o Matrix em paz! Ainda bem que nao somos todos tao “especiais” e selectos como tu, senao o filme nunca teria sido uma trilogia!!!

            Deves ser daqueles cromos que depois de ver o senhor dos aneis foi pra net tentar aprender a falar Elfo!!! lol

          • NazgulTuga says:

            Deves achar que eu não gostei do Matrix.

            O que eu não gosto, é que comparem filmes que não têm nada haver!
            Ongabak, foi comprado com o Matrix. Equilbrium foi comparado com Matrix.

            -.- E tudo o que vier a seguir, só é bom se for parecido com matrix.
            E tiver tiros e lutas e mais não sei quê.
            Gostam de mastigar e pronto. E eu nem acusei o matrix! Mas sim a frase que usas-te!

      • a Friend® says:

        Cenas à Matrix são sempre bem vindas..

        Mas REPLICAS das cenas é que não…até aquele saltar dela na janela (da capa) é igualzinho ao da Trinity no filme…

        Há que saber distinguir.. “estilos ou conceitos” de cópias quase perfeitas…

        Relembrem lá… e comparem…
        https://www.youtube.com/watch?v=HVrGMnk5E_M

        😉

    • Rui "ALL" Sousa says:

      Por mais que queira valorizar o filme face a participação da Milla no mesmo, há q ser realista e ver que o A saga Matrix esta num nível superior à do RE.

      • a Friend@ says:

        Infelizmente nem tem comparação… Matrix é Matrix 😉

        Residente Evil, é como quase todos os filmes baseados em video-jogos.. vêem-se mas… não são filmes de topo… não são aquele tipo de filmes da categoria de um Matrix ou até mesmo Star Wars que se tornam “cultos” …

        Aparte disso, a Milla tem grandes filmes.. e para mim um dos mais marcantes foi o “Quinto-Elemento” … achei piada a esse filme. E um filme recente também interessante é o “The Perfect Getaway” …

        Para os que gostam de ver os verdadeiros atributos da actriz(modelo) basta Google .. Imagens .. Desactivar Filtros e voila.. as mulheres do leste sempre tiveram o sexappeal ao rubro.. 😀

    • Pedro Fernandes says:

      lololol

      mas alguem ja viu o filme para o criticar desta maneira…

      pela vossa conversa parece que este é dos piores filmes do genero que já saiu, sem ninguem o ter visto.

      Pelo menos é o que me parece…

      vou velo esta noite, espero mesmo é que o 3D seja do melhor 😛

      • NazgulTuga says:

        Eu por acaso já vi, e achei-o como o Iron Man 2. Mais um filme para a história. Como começou a ser o SAW. É mais pelo seguimento da história, do que mostrar algo novo.

        Até tem umas ideias interessantes. Mas achei-o “mais um”.
        E o freedy kruger? 6 filmes, e todos contam uma história diferente, capaz de seguir a mesma linha de pensamento dos anteriores.
        Star Wars a mesma coisa. Será difícil hoje em dia criar uma coisa com pés e cabeça?

  4. maximilian says:

    Quero ver o RE, espero que seja melhor que o anterior com ela, que mais parecia um Mad Max com zombies… Os outros nem quero pensar nisso. Portugueses nem pensar. Não vi, não vou ver, nem quero ver. Falta tudo nos filmes portugueses e este certamente não fará diferença: Realização, ambiente, efeitos, argumento, história, acção, iluminação, actores, etc. Nem pensar! Não perco tempo com filmes portugas até algum fazer a diferença. Será que não aprendem? Basta tirar ideias do melhor que se faz no mundo!

    Gosto de filmes com acção, não precisa de ser tiros, mas com acção, personagens que se mexam, que façam algo, com argumento ou história que não me façam adormecer, com algo que me surpreenda, Detesto filmes banais! Boa sorte a quem gostar dos outros alem do RE.

    • maximilian says:

      Acrescento que os realizadores portugueses precisam é de mostrar o bom de Portugal! Criar heróis! Não usarem personagens decadentes com problemas existenciais! O conceito que falo é feito nos países evoluídos, mas aqui são sempre coitadinhos, com problemas morais com vidas banais. Precisamos de exemplos e não de banalidades! Aprendam a realizar e a escolher argumentos! Nem consegui ver os trailers daqui até ao fim, que horror! Falta muito para serem no cinema, não me interessam os prémios, interessa-me é a evolução! Infelizmente isso não existe, os filmes portugueses são sempre a mesma porra! Nem porno são, são eróticos, eu não gosto de erotismo, gosto de porno, ou se vê ou não se vê, que parvoíce usarem erotismo para atraírem espectadores, metam porno!

  5. JC says:

    Epá, oh NazgulTuga… podes fazer os comentários que quiseres… mas sem faltares ao respeito a ninguém.

    Estares para aí com bocas foleiras desse género, a não respeitar as opiniões… és um bocado fraquinho e parvo.

    De certeza que também não gostas que te digam isto não é?

    Há que saber respeitar os gostos e opiniões, por muito diferentes que sejam das nossas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.