Quantcast
PplWare Mobile

Gravações do filme Velocidade Furiosa – A24 com portagens gratuitas

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Jakim Zé says:

    Ora a ver se eu percebi bem.

    Se eu usar a A24, mas se naquele dia não puder usar por estar cortada, então também não me vão cobrar portagens por usar.

    Está certo. Era o que mais faltava, cobrar e não se puder usufruir.

    • Pedro Pinto says:

      Mais ou menos certo. A autoestrada não estará cortada durante todo o dia.

      • Jakim Zé says:

        Eu vejo as coisas de outra forma. A Autoestada vai estar cortada no período de tempo que causa mais transtorno aos utentes.

        Pelo principio de equidade, deveria ser gratuito, num outro dia, no período equivalente em que vai estar cortada, ou até pelo dia todo para compensar quem ficou lesado.

        Agora não cobrar pelo período do dia em que não está cortada, não direi que não é nada, mas justo é que não é.

    • ElConquistador says:

      Sabes bem que não é assim como dizes, ou então serias muito limitado para pensar isso.

    • AKK2AK says:

      Pois… imagina a trabalheira que seria para os donos dos carros do F&F que passarem nesses sítios sem dispositivo. Lembrarem-se dos dias que passaram nos pórticos a fugirem da GNR ou da PSP, terem que ir aos correios pagar e arriscarem serem presos ou receberem uma carta em casa por falta de pagamento. Rrrrrr

    • Castro says:

      Mas não é a Auto-estrada toda que vai estar cortada, são apenas pequenos troços. Imagino que a ideia seja compensar pelo incómodo das pessoas terem que sair e reentrar na autoestrada.

  2. TSSRK says:

    É só tachos, Portugal Film Comission, que grande treta

  3. Caso perdido says:

    Portugal…. ou melhor Vendugal pois vendemo-nos por qualquer punhado de notas. E ainda gozam na nossa cara pois todos vão adorar ter a portagem de borla entre as 22 e as 06 da manhã… só se forem os Tesla em auto-pilot.

    Tragam é aquele autarca que pôs a Madona no sitio.

  4. Indignado says:

    Nem quero imaginar a quantidade de pessoas que vão usufruir do custo ZERO entre as 0h e as 6h e das 22h as 24h … vão ser tantas que até o alcatrão vai desaparecer …

    • jota says:

      Em lado nenhum menciona que só aqueles troços são gratuitos, se for em toda a extensão da A24, o pessoal que faz Chaves-Vila Real até sai benificiado.

  5. Acéfalo Gonçalves says:

    Dão tudo aos estrangeiros

  6. Rps says:

    Um povinho que não se dá ao respeito merece estes abusos

  7. Luís says:

    “A24 – CORTE TOTAL – AMBOS OS SENTIDOS: 28 de junho – 6h às 22h” –
    Isso estará correto? De Viseu a Caves o dia todo??

  8. MCardoso says:

    Acho que toda a gente está preocupada com pagamento ou não de portagens e ninguém pensa nos doentes ou grávidas que terão de usar a nacional cheia de curvas e em mau estado para transferências do hospital de Lamego para Vila Real, duplicando o tempo de percurso.

    • Joao Ptt says:

      Doentes e grávidas… ok, não vamos fazer nada neste país por causa de gente doente e de pessoas que vão ter filhos.
      Não faz sentido.

      Se for urgente transferir pessoas entre hospitais já inventaram uma coisa chamada: helicópteros, caso contrário mais hora menos hora chegam lá, e quando lá chegarem é rezar para que as atendam nas próximas horas, caso exista equipa para os atender, e não estejam demasiado ocupados a dormir por serem coagidos a fazer turnos de 24 horas… como se alguém conseguisse fazer alguma coisa bem em tantas horas seguidas.

  9. Profeta says:

    Mas qual e o drama ? E obvio que a auto-estrada vai estar cortada, senao como iam fazer filmagens em ambiente controlado ? Depois desse periodo volta tudo ao mesmo. E de facto nao faz sentido, estar-se a filmar e as portagens andarem a cobrar. Por isso nao pensem que durante as filmagens alguns automobilistas vao usufruir de portagens gratuitas que nao vao.

  10. dfs says:

    O corte é apenas em alguns troços. Não sei se a gratuitidade será em toda a a24 ou apenas nesse troço. Só nesse troço não faz sentido porque está fechada o dia quase todo. No resto da A24 faz algum sentido para quem iria utilizar parte cortada e parte n
    ão cortada, embora não compense o transtorno.
    Tendo em conta que a via é consecionada com comparticipação estatal, o valor que será pago por esta filmagem irá também para o estado ou apenas para o concessecionário?

  11. BA says:

    Interessante seria saber quanto é que o estúdio paga para poder fechar uma autoestrada.
    Porque se o estado, ou seja, todos nós, paga as concessionarias quando o tráfego esperado não é atingido, estando eles a condicionar o uso do percurso também devem pagar. Já agora.. E todas as pessoas que acabam por ter de fazer percursos maiores também será indemnizada pelo transtorno e custo adicionar de combustível?

    • Joao Ptt says:

      Se não pagarem a auto-estrada inteira diria que compensará largamente.

      Mas não sei se é verdade, não existe nenhum comunicado, pelo menos no web site oficial da Ascendi a falar da gratuitidade da A24 para esses dias, nem em que moldes.

      A menos que a produção pague o prejuízo, provavelmente as pessoas só não irão pagar nos troços cortados, por não conseguirem usufruir dos mesmos… é o que faria sentido… mas talvez a produção seja uma “mãos largas”… espero é que a Ascendi exija pagamento antecipado ou podem não receber nada… que se estiverem à espera de tribunais bem podem morrer deitados à espera.

      • Joao Ptt says:

        Correcção, quem explora é a Egis Road Operation Portugal (EROP)… mas também não tem qualquer indicação do fecho dos troços, e menos ainda de gratuitidades do que quer que seja.

  12. Infinity says:

    O que faz sentido é que nos dias das gravações o troço que não será cortado as pessoas nao pagam em qualquer altura do dia. por exemplo se no dia 22 vai estar cortado entre o nó 11 (Peso da Régua) e nó 12 (Nogueira), quem for de Viseu até ao Peso da Régua não paga nada, etc

    • Joao Ptt says:

      Ou então só não pagam no troço cortado. E como está cortado é gratuito para os utilizadores, enquanto estiver cortado… mas não para a produção, ou quem quer que pague os custos desse corte.

      No fundo estamos em Portugal, quando falam em gratuitidade uma pessoa sabe que a probabilidade de ser mentira é de quase 100%. Alguém vai pagar esse corte, ou alguém vai sair no prejuízo.

  13. Ta_sse_mesmo_a_ver says:

    Considero a vinda destes filmes da universal studio um grande passo para POrtugal, no que diz respeito ao turismo e estarmos nas bocas do mundo. Contudo, fiquei espantado com as estradas de portugal, em colocarem a estrada livre de pagamento , mesmo que a tal estrada esteja com trânsito condicionado das 09:00 às 22:00 😉 LOL mas pronto, é melhor que nada 🙂 vou pedir ao chefe para ir trabalhar às 23:00. Assim nao pago portagem…..infelizmente na volta vou tr que pagar porque ja é outro dia 😉

  14. Jorge says:

    Ja percebi. No período inteiro das filmagens, nos dias em que não haverão cortes, a autoestrada será gratuita.

  15. Rodolfo leandro says:

    Pudia fazer na cidade de Lisboa a capital mas em fim Portugal e só norte como sempre

  16. J Martins says:

    Depois da cena do aeroporto em que a pista tinha 30km de comprimento (estimativa feita por povo online depois da cena sair) até me admira esta malta não ir para a A1 para ter espaço suficiente para a cena que querem fazer 😀

    Mas vá, apesar do embaraço que isto possa causar as pessoas que usam a A24, isto é bom acontecer em Portugal. Temos de deixar de ser como os velhos do restelo que quando algo acontece por cá queixam-se das inconveniências que causam no curto prazo…

  17. Mario says:

    O que eu queria saber é quanto eu/estado vai receber por esta utilização… Mas não! a noticia é: O Grande estado como sempre vai tratar dos coitadinhos portugueses com esmolas porque o vai fazer negocio com estrangeiros sem ter que informar o coitado do tuga!
    É burrinho de costume que pensa? Oh Maria! Vamos ver o fastetufurius a vixeu? Oh! O filhote este mes não vai a explicadora e já temos guito para a gota! jeje Que vida boa é viver em Portugal!

  18. JC says:

    Além do prejuízo para os utentes da via, aposto que a concessionária não perdoará o fecho parcial da autoestrada… e adivinhem em quem recairá a conta.
    Somos sempre os mesmos… enfim!!!!!

  19. @McGoms says:

    Menina bonita não paga, mas também não anda!

  20. mm says:

    Lâ vem o “Vin Gasóleo” com o seu charger andar nas nossas estradas.

  21. mm says:

    E o « Jasson Mamouros » também deve lá andar! 🙂

  22. deeppurple says:

    O Estado só a encaixar. Promovem velocidade furiosa e depois aplicam multas ainda mais furiosas.

  23. André R. says:

    Vai haver explosões, “capotansos” e algum alcatrão danificado de certeza. Depois reparam os estragos ou vamos ter mais buracos? ( não sei se existem)

  24. Narciso Miranda says:

    Ainda bem que vai ser gratuita, senão o orçamento iria todo para as portagens de todos os veiculos e cena, producao, tecnicos, regies e afins

  25. Paulo Santos says:

    Só comentários depreciativos sem nexo.
    Sabem a quantidade de pessoas que vão ver o filme e vão querer vir conhecer a zona onde foi filmado?

  26. João P. Saraiva says:

    Só neste país de vendidos mesmo! Há tempos um senhor chamado Herman fechou uma aldeia inteira, destruiu o único restaurante existente, há pouco tempo foi em Tomar filmagens não de quê que fecharam as ruas onde estão imensos serviços estatais e comércio local, agora fecham uma auto estrada paga por todos nós? E quem nos paga o combustível a mais gasto nos desvios que teremos de fazer? Ainda por cima o calendário está errado e não actualizado. Pessoas que sabiam que iria estar cortada hoje foram dar uma volta enorme e afinal os senhores parece que preferiram ir pra praia e cancelaram tudo já com os meios acionados (ambulâncias, bombeiros, polícia, etc)!!! Estas auto estradas estão pagas e mais que pagas deviam ser gratuitas há muito, pagamos 65% ou mais de impostos nos combustíveis, IUC, Iva em tudo o que gastamos nos veículos e somos tratados como 3ª escolha. É como a ponte 25 Abril paga praí desde quando ainda era Salazar e continuamos a pagar!

  27. joao says:

    Pplware podia esclarecer a principal questão, vai ser gratuito o troço naquele dia antes e depois das filmagens ou a autoestrada completa??
    caso contrário está é uma notícia ambígua…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.