PplWare Mobile

Costuma circular pela esquerda? Atenção à operação “Via Livre” da GNR


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. José Carlos da Silva says:

    Gostava de ver isso realmente a acontecer. Primeiro haver policiamento, depois haver cumprimento e, já agora, expandirem essa “sensibilização” à correcta circulação e entrada em rotundas.

    • Joao says:

      E piscas….

      • Rui says:

        Isso é uma pandemia. São muito poucos os que se dignam fazer piscas a mudar de direcção….. e com isso provocam-se muitos acidentes!!!!!

        • BC says:

          Aprendi a evitar (e já evitei) muitos acidentes desses, partindo do principio que a pessoa que vai à minha frente ou ao lado, é estupida que nem uma porta e que vai fazer me$?%!¡.

        • ElectroescadaS says:

          Somos uma minoria que pensa tanto na nossa segurança como na segurança alheia. Eu começo a pensar que se calhar os carros já não trazem piscas de origem (estou a ser sarcástico)… 😈

      • Luisa Afonso says:

        Eu quando me queixo que as pessoas não fazem piscas dizem logo que sou chata e que eu tenho que adivinhar para onde esses condutores vão..

    • Rui says:

      Isso não vai acontecer, porque passamos a circular como manda a UE e digo eu mal, para além de que há muitas rotundas com 2 faixas, mas são tão estreitas que não permitem circular mais que um carro no mesmo sentido!!!!!!

      Quem fizer a rotunda como manda e muito mal, o novo código da estrada e começar a circular pela esquerda da dita, ao saír tem de ter muito cuidado, porque se bater é o culpado!!!!!!!

  2. LA says:

    Acho muito bem. Já o deviam ter feito à mais tempo.

  3. Hugo says:

    Obviamente que faz todo o sentido, mas duvido que isto tenha impacto na estupidez de quem ultrapassa pela direita.
    Normalmente são chico espertos, que basicamente ultrapassam pelo lado que estiver mais livre.
    Quantas vezes não vou a ultrapassar a 130-140kmh e já vem um otário colado a fazer sinais de luzes, como se eu tivesse o dever de fazer o que quer que seja só para ele se mandar novamente pros 180kmh.

    • MACnista says:

      AH bem!! agora já sei quem é que is a pisar ovos à minha frente, desculpa lá a pressãozinha LOOOOOOL

    • BC says:

      Se te conseguem ultrapassar pela direita, lamento dizer-te mas quem está mal, és tu.

      • Hugo says:

        Lamentas mal.
        Se o trânsito flui por exemplo a 80kmh na faixa da direita e eu vou a 110kmh na faixa do meio não sou obrigado a enfiar-me na direita cada vez que tenha um buraquinho.
        Falo daqueles cromos que ultrapassam pela direita e passam para a faixa mais à esquerda logo a seguir passando a 2m da minha frente…e assim sucessivamente.

        • BC says:

          Hugo, estava a referir-me caso fosses na faixa da esquerda sem ninguém nas outras faixas ao lado. Como referiste que não gostas de quem te ultrapasse pela direita, e se de facto te conseguem ultrapassar pela direita, é sinal que a faixa estava desimpedida e tu te mantiveste na esquerda. Se a direita estivesse desimpedida, entao não devias estar na faixa da esquerda. Só isso.
          Peço desculpa se entendi mal.

        • GA says:

          Já deu para perceber que és daqueles que só empatam na estrada.

    • ToFerreira says:

      Uma coisa é ir numa faixa mais à esquerda a ultrapassar, outra é ir a pastar (sozinho), incluindo na do meio e aí ou se faz sinal de luzes e esbraceja ou se passa pela direita.

      • Hugo says:

        Exactamente. Eu refiro-me apenas aos casos em que já vou a ultrapassar ou a circular mais rápido que a faixa da direita e os casos de malta que faz ultrapassagens aos S’s, tanto pela esquerda como pela direita.

    • Sergio says:

      aí quem está mal és tu.. fazes a tua ultrapassagem e mandas-te para a direita e deixas que o nabo que vai a 180, seja eventualmente apanhado ou não pela policia.. porque o teu dever é conduzir como manda o codigo e não fazer justiça pelas proprias maos 😉

      • Hugo says:

        Eu não estou mal nem me mando para lado nenhum. Termino a ultrapassagem, que até pode demorar 20 segundos, e quando achar que tenho então uma distância de segurança razoável passo para a direita.
        Não sou obrigado a acelerar ou atravessar-me à frente dos outros por causa destes “falta de ar”.

    • jorge santos says:

      O que estamos a falar é dos condutores que fazem quilómetros após quilómetros na faixa do meio ou da esquerda sem vivalma por perto, deixando a via da direita completamente livre.

      Imensas vezes eu circulo na vida da direita da auto-estrada com viaturas a 100Km/h na via do meio!!! E eu vou calmamente com o cruise control nos 130Km/h a passar por eles.
      Bom exemplo aqui: https://youtu.be/Lt3ZCC__gg0?t=138

  4. Filipe Ezequiel says:

    Nas localidades deviam de aplicar o mesmo existem vias com varias saída à esquerda e já vi malta a fazerem a via completa quase parados e a atrapalhar o transito, não faz qualquer sentido estas regras não serem aplicadas nas cidades, é claro que há cidades e cidades hehehehe, na minha o pessoal que circula nas vias esquerdas gosta de andar em modo Inglaterra e, por conseguinte, parados a 20 e 30 lol.

    • BC says:

      Dentro de localidades, como disseste bem, há saídas à esquerda. Bem como limites de velocidade bem impostos. Por isso, não se aplicar (e muito bem) dentro das localidades. Se dentro de uma localidade eu vou sair à esquerda mais à frente, então é obvio que não vou “andar a abrir”. só porque tu não gostas. Passa pela direita que aí já é permitido.

  5. Alpha says:

    É mesmo uma questão de educação…

    A mentalidade é: “Vou devagar e tu também vais!”
    Na Alemanha nas vias com ou sem limite de velocidade, todos se preocupam em encostar à direita, logo!

  6. Hugo says:

    Mas qual pressão? Pressão só se for um veículo em urgência e devidamente sinalizado, caso contrário nem me aquece nem arrefece. Dependendo do dia, talvez até levante um pouco o pé.
    Se já vou a 120khm, supostamente, não tinhas nada que ir colado e muito menos a fazer sinais de luzes ou a dar aos braços.

    • Hugo says:

      @MACnista
      12 de Abril de 2019 às 16:49

    • BC says:

      Cada um sabe de si. Lá por ires a 120, não tens o direito de ires na faixa da esquerda, só porque vais a 120, a menos que estejas a fazer uma ultrapassagem. E se não tiveres ninguém pela frente, podes ir a 120 na faixa da direita.
      Se vais a 120 na faixa da esquerda, e alguém atrás quer ir mais rápido e está a fazer-te sinais para saires, então só tens de sair e deixares a pessoa passar. Se ele vai a 150 ou a 200, é problema dele. Tu só tens de sair da frente, caso tenhas possibilidade e não estejas a fazer nenhuma ultrapassagem.

    • ToFerreira says:

      Truque: em vez de travar, acende as luzes (de dia), ele vai pensar que são os travões 😉

    • int3 says:

      O código é claro, é obrigatório e para todos cumprirem: ir na via mais à esquerda nas auto-estradas salvo as exceções previstas na Lei.
      És mais do mesmo na estrada que deveriam de lhe serem retirado a habilitação legal para conduzir.

  7. nuno a says:

    deviam era passar multas a quem contorna rotundas pela faixa da direita e corta a saida a quem circula como dita a regra

    • censo says:

      …isso é porque o estás a ultrapassar…logo, tu é que estás mal.

    • jorge santos says:

      Concordo que todos devemos seguir a REGRA, embora ache que a REGRA está ERRADA.

      Para mim não faz sentido obrigarem-me a circular sempre pela direita à EXCEPÇÃO da rotundas, onde devo circular pela esquerda… ilógico!

      • ElectroescadaS says:

        Sim essa regra é um bocadinho estúpida mas pronto, faz-se na mesma…

        • leonel soares says:

          até é verdade há poucos dias fui fazer o favor a um senhor que viaja de motocicleta , assim ele vinha a traz eu faço é retunda é e em velocidades loucas a traz , quando paramos no sinal ele diz vais com a música alta não fazes bem a retunda não sabes conduzir. Então eu disse então agora vai o senhor à frente é mostra me. ali vi que o probelema era que ele de mota podia cair e eu de carro fazia um pião. ele entra pela esquerda está certo e depois faz mer$?¡ sai pela esqueda , é nao pela direita . se ele soube fazer retunda foi em 1975. Boa tarde pessoas e animais.

  8. ToFerreira says:

    Boa medida, mas sem exageros, também não faz sentido ir a 120 e constantemente a passar da faixa da direita para a do meio para ultrapassar os mais lentos e apanhar quem vem por trás.
    Nunca vi grande preocupação e com os que circulam desnecessariamente lentos a atrapalhar o trânsito e provocar acidentes.

  9. Fulano says:

    Na minha terra chama-se caça à multa.
    Proibido circular na faixa da esquerda ou do meio? Só mesmo num País de 3° mundo onde a preocupação do (des) Governo é sacar o máximo de dinheiro ao Povo…

  10. Pedro says:

    A Gnr devia era prender os responsáveis da CM de Lisboa pelo estado lastimável a que chegou a segunda circular no caso, e pelas estradas deste Portugal ao abandono…

  11. ElectroescadaS says:

    Faixa da esquerda só em aproximação a uma rotunda (depois de fazer o pisca antes de mudar de direcção claro)…

    No entanto só vejo barbaridades na estrada, 90% dos “fdp” que se metem à frente duma pessoa não usam piscas (das duas uma, ou não querem que ninguém saiba para onde eles vão ou então estão com medo de gastar bateria) e ainda ficam ofendidos quando os chamamos à atenção, conduzem de noite de luzes apagadas, etc. A essa gente eu gostaria de perguntar se quando tiraram a carta de condução se os instrutores não os ensinaram a “conduzir” com segurança?

    • Tiago Sousa says:

      Por estas e outros é que sou da opinião que todos os condutores deveriam fazer exames de condução regulares. É completamente idiota avaliar um condutor com 30 horas de lições. Só passado uns anos se pode ver que tipo de condutor é… Assim se fosse um que mal entra na auto estrada vai logo para a esquerda ficava logo sem carta.

  12. Fulano says:

    Porque o gado faz exactamente o que lhe mandam…

    • int3 says:

      Tu não tiraste a carta não sabes que as Leis são para cumprir? Ou a impunidade é um direito agora? Se estás mal põe-te, se não cumpre como toda a gente tem que cumprir!

    • ElectroescadaS says:

      Gado ou não existem regras. Agora se as pessoas se acham superiores ao volante não é problema meu. Se um dia fores atropelado por uma besta dessas dp não te queixes…

  13. O rapaz says:

    Isto resolvia se muito facilmente com ultrapassagem pela direita e pela esquerda tal como acontece nos EUA e outros países. Assim evitava mudanças bruscas de velocidade ou mudanças de faixa bruscas. Acontece-me muitas vezes ter de ir da direita para esquerda porque um cidadão vai no meio a 80 .. 90kmh.

  14. Oxodor says:

    Muito bem GNR pena é ser só sensibilização, devia era ser coimas às centenas sem qualquer tolerância! É só comodistas nas faixas do meio e também da esquerda a empatar os outros, autênticas calhaus com olhos ao volante, pessoas egoístas que gostam de se meter/atrapalhar os outros!

  15. António Oliveira says:

    Boa noite. Queria apenas deixar uma correção ao artigo. Está errado “faixa da esquerda”, “faixa da direita”. Existe sim, via da esquerda, via da direita. Faixa é o conjunto das bermas mais as vias. Por exemplo, berma direita, via direita, via esquerda e berma esquerda, isto no caso de uma auto-estrada com duas vias. Faixas serão por exemplo, norte-sul, este-oeste etc.

    • int3 says:

      Errado. A faixa está limitado pelas guias, ou seja é um conjunto de vias de circulação delimitado pelas guias. A berma pertence à via pública.

  16. Joãozito says:

    É tão giro ver dezenas de atrasados mentais a circular na via central da ponte Vasco da Gama a 70km/h e de telemóvel na mão

  17. 1dood says:

    Limite mínimo devia ser:

    Direita : 100km/h
    Meio: 120km/h
    Esquerda: infinito

    Quem não cumpre estes limites era cadeia logo!

    • int3 says:

      Deveria de ser muita coisa. Mas não é. A Lei é clara. O máximo é o que está tabelado em caso de ausência de sinalização e deve-se circular sempre mais à direita nas AE salvo as exceções previstas pela Lei.

  18. Ca says:

    Circular pela esquerda com a extrema cheia de pequenas pedrinhas já me picou o vidro frontal em menos de 2 meses. As estradas estão mal assistidas e a GNR cumpre mal a sua função de prevenção.

  19. Ca says:

    Quero dizer, Circular pela direita…

  20. Mmario says:

    Caça a Multa
    é para compensar os cofres do estado na dinheiro que esta a devolver do IRS

  21. Zé da Costa says:

    Está notícia induz em erro os mais limitados intelectualmente, os néscios e os arruaceiros.
    Um exercício para esses:
    Círculo a 120 kms/ h na via esquerda, a direita está livre. Devo passar para a direita? Porquê? (não vale alegar o que diz a lei)

  22. Tiago Sousa says:

    Por estas e outros é que sou da opinião que todos os condutores deveriam fazer exames de condução regulares. É completamente idiota avaliar um condutor com 30 horas de lições. Só passado uns anos se pode ver que tipo de condutor é… Assim se fosse um que mal entra na auto estrada vai logo para a esquerda ficava logo sem carta.

  23. Paulo says:

    E quando a faixa da direita esta em pessimo estado?!

    • ElectroescadaS says:

      A Lei não quer saber se essa faixa está ou não em condições de circulação. Agora imagina se os condutores de camiões fizessem o mesmo que os dos automóveis… 😈

  24. Vitor says:

    O código de estrada é muito claro! Devemos circular o mais a direita possível.
    Podemos circular na esquerda sempre que por manobra de ultrapassagem ou mudança de direção seja necessário. Não esquecendo que devemos fazer com antecedência e nunca por longas distâncias.
    Continuo a dizer que tudo se resume a boa educação e compreensão.
    Isso claro para quem a tem.

  25. luis manuel says:

    Do meu ponto de vista as polícias de trânsito são as maiores culpadas de haver acientes na estradas, e infracções.

  26. maria says:

    Hoje mesmo ia a 100k na auto estrada para Setúbal e fui mandada parar por uma viatura Audi da GNR e fui multada em 60€ menos 4 pontos na carta e inibição de conduzir de 2 a24 meses porque dizem que ia em marcha lenta

    • MR says:

      Ia a 100km/h e ia em marcha lenta? Ia naquela faixa “extra” à direita que há em algumas subidas? Explique isso melhor, pois parece ser uma situação interessante mas da forma como esta escrita, não dá para entender.

      • maria says:

        É o seguinte ia na faixa do meio porque fiz ultrapassagem e demorei algum tempo lá e fui mandada parar e multada tudo bem que cometi infração mas a 100k não me parece marcha lenta mas já paguei e não chiei.

        • MR says:

          Só não dá para perceber a lógica de terem chamado marcha lenta à infração, pois ir a uma velocidade elevada não dá direito a deixar uma faixa vazia. Quanto a 100 ser lento ou rápido, depende das condições normais da via. Se a maioria dos veículos circular a uma velocidade igual ou inferior, até pode ser considerada marcha rápida.

  27. maria says:

    Hoje mesmo ia a 100k na auto estrada para Setúbal e fui mandada parar por uma viatura Audi da GNR e fui multada em 60€ menos 4 pontos na carta e inibição de conduzir de 2 a24 meses porque dizem que ia em marcha lenta

  28. Zé da Costa says:

    Se circular a 120 kms/h posso circular na faixa da esquerda o tempo todo… Se não se pode circular a 121, pq querem a faixa da esquerda livre? Pra nada… Tenho carta há 39 anos, fiz mais de 1,2 milhões de kms, desses, dezenas de milhar na autoestrada e zero multas…
    Era o que mais faltava era chegar-me pra direita pra beneficiar os aceleras…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.