Quantcast
PplWare Mobile

Foi descoberta mais uma forma simples de abrir e roubar um carro elétrico da Tesla

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Joao Ptt says:

    Aqui está o típico ataque que é conhecido aos anos, em outras marcas, mas como ninguém paga multas milionárias e fica impedido de vender mais um parafuso que seja até solucionar de forma gratuita para quem tem o produto com defeito, então ninguém quer saber, é mais uma “funcionalidade”.
    E também nunca mais acabam com a facilidade de reprodução de chaves e etc. mas aqui a responsabilidade não é inteiramente dos fabricantes, mas sim da União Europeia que exige que seja acessível, para promover concorrência nas reparações, aqui o meio termo seria ter alguma chave electrónica mestre de desbloqueio feita para durar décadas, que fosse capaz de desbloquear o acesso à programação de forma a permitir a qualquer oficina fazer a manutenção, mas não a um qualquer ladrão que acabou de encontrar o carro na rua.
    E se perderem a chave electrónica mestre? Uma nova centralina.

  2. JS says:

    Simples? Isto precisa ainda de equipamento especifico.
    E é um ataque possivel em todas as marcas keyless infelizmente.

    • moedinha says:

      Exatamente, especialmente marcas como a Renault e BMW que já sofreram muito com isso nos últimos anos. Mas isto com o nome da Tesla deve dar outra visibilidade.

  3. Miguel says:

    Mania de resolver problemas que não existem…
    (qual era o mal da chave?)

    • RC says:

      -Fácil de roubar, apesar deste artigo mostrar uma forma, não é fácil como parece e necessita de muitas tentativas.

      -troca de chaves dispendiosa.

      -mecanismos que têm muito desgaste, lembro que no meu velhinho corsa mudei várias vezes o canhão da ignição e da porta do condutor.

      -sistemas pouco ou nada seguros, neste caso descobriu-se uma vulnerabilidade, nada que uma atualização de firmware não resolva, com chaves físicas só trocando de carro.

      -comunidade, conforto…

  4. Dinis says:

    Um Fiat UNO e o Polo dos 90 eram abertos e postos a trabalhar em menos de 2 minutos e fartaram-se de vender…

  5. Dani Silva says:

    A vantagem que a Tesla tem, relativamente a este tipo de ataque que funciona com qualquer veículo “keyless”, é que todos os Tesla podem ter activo o “Pin to drive”.
    Ou seja, o ladrão consegue, com o método descrito no artigo, abrir o carro… mas depois não consegue andar com o carro, excepto se souber o PIN.

    • Adriano says:

      Exatamente! Foi das primeiras coisas que configurei.

      É bom estes artigos meterem luz sobre as possibilidades de hack com os carros modernos, mas quando existem soluções simples como o pin to drive, deviam também falar sobre isso e pelo menos redirigir para um artigo que no site official que explica como configurar essa opção

  6. Tretas says:

    E é por isso que se compram carteiras com bloqueio de NFC

  7. AC says:

    com uma simples pistola taser disparada a cerca de um metro da fechadura da porta do condutor
    ABRE QUALQUER CARRO !

  8. Louro says:

    Agora vamos ter de ouvir os Anti a falar sobre isto durante os próximos dias, e de vez em quando lá virao alguns com esse argumento daqui a uns anos, mesmo que algo tenha sido feito para resolver.

    Enquanto isso, os seus (inserir outra marca qualquer), sao roubados todos os dias e desaparecem sem deixar qualquer rasto.

    Posso ser eu que estou a ser inocente, mas roubar um carro nos dias que correm (especialmente carros mais recentes) é um pouco parvo, já que temos sistemas de localizacao dos carros em tempo real os quais nao podem ser desligados de forma simples.

  9. Afonso says:

    Para isso que serve o codico de 4 digitos para ligar o carro, ai nao tem como

  10. Gonna says:

    Chamado trabalho de equipa.

  11. PorcoDoPunjab says:

    Aqui há uns anos havia muito um método infalível, que roubou muitos veículos, de preferência com o dono lá dentro, que é o carjacking com caçadeira.
    Não há sistema que resista a esta investida…
    Resumindo, se o quiserem levar, levam mesmo.
    É tudo uma questão de querer e ter como…

    Atenciosamente, PorcoDoPunjab, o encantador de burros

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.