Quantcast
PplWare Mobile

Escândalo ‘dieselgate’: Há novas regras para fiscalização de carros já amanhã…

PUB

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Pedro says:

    Eu gostava era de ver chumbados na inspecção essas chaminés de gasóleo que circulam nas nossas estradas…Inaceitável.

    • Rui says:

      Está a falar dos transportes públicos, transportes de mercadorias, navios…… aviões?

      E já agora os tractores que nem filtro, nem catalizador……. (vão agora passar a usar)

    • Ahramis says:

      E as chaminés a gasolina, tb alteradas com bombas de alta pressão e afins? Por acaso, em termos de norma Euro6, emitem muito mais CO2 do que os diesel. Assim, do nada, a questão do aquecimento global já não conta? Pois, realmente a indústria tem muito poder para moldar a opinião pública. Lamentável…

      • José Carlos da Silva says:

        Então o NOx dos diesel deixa de fazer mal, é isso?

      • Frederico Almeida says:

        Lamentavel e comentar sem saber do que se fala.
        Primiero nao e CO2 mas CO – monoxido de carbono, segundo voce mente quando diz que os motores a gasolina emitem mais CO do que os diesel em termos historicos e com as diferentes normas de emissao.
        Desde 2005 que a lei obriga a emissao de CO nos gasolina a 1.0 e nos diesel 0.50. Nunca mudou em nenhuma posterior versao ate hoje.
        Onde tem apostado forte e na reducao de NOx, HC, PM.

      • Louro says:

        A menos que estejamos a falar de um carro com problemas, nunca vi nenhum carro a gasolina a deitar fumo como um diesel.

  2. Pedro says:

    He he…todos esses mais os “geneticamente” modificados….

  3. Samuel MG says:

    Nunca será viável em Portugal!! Se um automóvel circular e não cumprir as normas irá ser chamado ao fabricante para ser arranjado a custo zero. Existe a hipótese de o automóvel ser impedido de circular pelo Estado, mesmo que passe na inspeção, por não cumprir as normas. Isto vai confundir muita gente.

  4. Valter Pinho says:

    Pah, só tenho a quarta classe…e por isso não percebi nada da notícia…então quem tira o fap do carro está feito à bifana e paga 30 mil aériós que se lixa? Ora porra!

  5. ratel says:

    “A partir de amanhã há novas regras para veículos mais limpos e seguros em toda a Europa”
    A partir de amanha os consumidores podem a certeza de que a merd…a que estão a comprar é pior do que a anterior.
    Quem sabe de mecânica e de motores e mexe neles sabe bem aquilo que estou a dizer.
    E aqueles que não acreditam porque são quem não mexe neles não acredita até ter a realidade se revelar.

    • mavidoor says:

      Que grande resposta man!Mesmo que perceba alguma coisa de motores de combustão……fiquei a perceber o mesmo.
      Será que podes desenvolver um pouco o teu ponto de vista,ja que estas habituado a desmontar…motores?

      • Frederico Almeida says:

        Nem ele sabe ….

      • Jsilvalinares says:

        mavidoor, o ratel não precisa de desenvolver o tema, tens duvidas ? desde alguns anos que os fabricantes apertados pelas leis aprovadas anti poluição e de difícil implementação ,arranjam soluções que retira fiabilidade aos motores e aumenta os custos de produção e manutenção.
        Neste momento os motores são espremidos ao máximo para gastar pouco e então temos os novos motores de cilindrada minúscula,turbos aos montes para dar cavalos e a potência que o motor raquítico não tem,start/stop para cortar na poluição, o pessoal pensa que é por causa do consumo, depois paga bem nas baterias e motores de arranque, etc que levam desgaste a serio , tudo para disfarçar e tapar problemas que os fabricantes têm dificuldade em ultrapassar depois ainda veio o celebre filtro de partículas ,soluções tapa buracos, chuta-se os problemas que cria para o cliente, partir motores, carros incendiados ( com conhecimento de causa , o meu colega perdeu 50.000 euros a conta do amigo filtro de partículas ) a marca chutou pro lado e no caso dele ficou sem carro e sem dinheiro , mas esta-se bem porque agora os carros são limpos, e a carteira do consumidor também é limpa do dinheiro.
        Sobre esta noticia quer dizer que os motores são mais espremidos para cumprir as normas , a fiabilidade vai paga-la o cliente, os carros apenas têm de durante o tempo da garantia, depois disso ….
        No meu caso pessoal tenho um w202 a dias um colega apareceu com um gla e depois de tudo eu não troco o meu antigo pelo o novo.
        Qualidade e motor do novo , ficou pelo caminho ……………….

  6. luis nascimento says:

    com tanta preocupação dos “ditos verdes” que partidos verdes são como os outros, ainda não percebi porque aquela gente que está a polir as cadeiras da assembleia ainda não se mexeram em relação a esses carros modificados que chegam a tapar a visibilidade tal é o fumo que deitam.

  7. Bill says:

    A Europa assobiou para o lado quando foi o dieselgate e agora vem com isto. Deve ser para rir. Se não fossem os americanos bem a vw, mercedes, etc. tinham passado pelos pingos da chuva. E o mais incrível é haver ainda clientes a comprar viaturas destes fabricantes vigaristas. Enfim.

    • Blok says:

      Bill, deixa-me acrescentar umas coisas… a Mercedes andou a recolher carros e carrinhas com “irregularidades” nas emissões. Pouco se ouviu disto. A Porsche foi novamente apanhada, agora nos carros a gasolina. A AUDI então nem sei o que dizer, é pior que a VW porque não engana os clientes apenas nos motores, é também com carros demasiado caros, e isto é a VW que o diz. Portanto quem comprou um carro destas marcas depois de 2016, anda mesmo a “dormir”. Os outros que compraram antes estão isentos de culpa porque foram enganados e devia ter sido o Governo a mandar reparar tudo sem custo para o cliente ou fechar a porta e manda-los vender na Alemanha esse lixo.
      Mas o não se consegue entender mesmo é como tem gente a comprar VW e AUDI sabendo que estão a ser novamente enganados. Exemplo, o Tiguan vendido aqui em Portugal com 7 litros de adblue. Na realidade serão 5 litros úteis porque ninguém vai deixar aquilo acabar. A gastar 1 a 1.5 litros por cada 1000kms… vão andar a encher o adblue 4 vezes por ano, quando vemos carros com 20 litros para ser possível fazer 20k kms por ano sem andar com preocupações.

  8. SegaSaturn says:

    É uma grande treta isto, na Europa andamos a pagar tudo a peso de ouro, selo, inspecções etc, andamos com carros cheios de filtros e líquidos que só danificam o motor, enquanto no resto do mundo ninguém quer saber. Além que já existem combustíveis que pode se meter em qualquer carro, avião, navio etc e não polui, sai pelo escape oxigénio e não poluição, tanta merda com o ambiente mas o que interessa no fim é os €€ pois se quisessem acabar com a poluição era fácil e já existe alternativa a alguns anos, só que não interessa pois os estados perdiam os milhões em impostos sobre os combustíveis. Querem que os fabricantes cumpram metas impossíveis e em tempos recordes, no final quem se lixa é o consumidor com carros que não podem andar em cidade porque tem filtros de partículas, quem anda meia dúzia de km por ano ta lixado que tem que andar sempre nos mecânicos a fazer a regeneração forcada ao carro, não admira que cada vez a mais gente a tirar esses cancros dos carros.

    • Miguel says:

      Combustível de cuja combustão resulta apenas oxigénio?
      Faltaste às aulas de química, não foi?

    • Miguel says:

      Sem o défice comercial de 500milho€s mensais nos combustíveis
      os impostos sobre os combustíveis não fazem falta nenhuma

    • Miguel says:

      Quem anda meia dúzia de km por ano
      não precisa ter carro
      Problema resolvido

      • NM says:

        Eu não ando meia dúzia de Km por ano, mas sim umas dezenas por dia.
        Caso um condutor que percorra uma media de 50Km diários ao fim de um ano são mais de 18000Km, e ao fim de 5 anos são mais de 90000 Km, quantos proprietários de veículos a combustão que fazem muito menos? Talvez a maioria!
        Ou seja, um viatura com uma bateria que tenha uma autonomia razoável ( cerca de 200Km) e se possível permitisse fazer carregamentos de apoio utilizado painéis solares integrados na carroçaria, chagaria para a maioria das nossas necessidades de deslocação. caso necessite de fazer a volta a Portugal num fim-de-semana sempre tinha a possibilidade de recorrer ao aluguer de uma viatura com grande autonomia, ou utilizava o clássico que também merece que seja conservado.

  9. Discovery says:

    Por mim vou continuar com o meu “velho” TDI, que não me deixa ficar mal, nunca reprovou. Era o que faltava ter de comprar um carro, para o qual não tenho dinheiro e é inferior em tudo.

  10. NM says:

    E o desporto automóvel e motorizado que utiliza motores de combustão, neste fase de transição serve para quê?
    Porque não existe um prazo para que o mesmo termine e que o obrigue a converter apenas para a utilização de veículos e motos com zero de emissões?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.