Quantcast
PplWare Mobile

É assim que vai poder controlar a caixa de velocidades num Tesla Model S e X

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Abreu says:

    Se o ecram fica danificado o carro não anda.

    Sou contra, devia haver botão fisico

    • Hélio Musco says:

      Se o motor fica danificado o carro não anda.

      Sou contra, devia haver um burro a puxar o carro.

      • ItsMeMikey says:

        @Hélio Musco – O que disse o amigo Abreu tem todo o mérito. A Tesla é notória no que toca na avaria na unidade central de controlo e o delaminação do touch e do LCD do Modelo S e X o que incapacita por completo estas viaturas.
        A Sensibilidade, e poder de raciocino e o conhecimento geral do funcionamento das coisas, por vezes é libertador e faz com que nos evitemos fazer figura do animal que puxa o carro na sua alegoria. https://www.classaction.org/tesla-s-x-touchscreen-mcu-problems-lawsuits 😉

        • IonFan says:

          Quanto ao novo método, vou esperar para ver. Quanto às avarias, podem sempre acontecer, mas a questão a que referes acontecia nos modelos mais antigos. O armazenamento dos mais recentes já não sobre com esse mal.

          • ItsMeMikey says:

            O Que estava a tentar ilustrar é que há precedentes e que o comentário que originou esta discussão tinha e tem o seu mérito.
            Quanto o modelos mais recentes não sofrerem do mesmo mal, é uma questão de se dar tempo, a forma como os sistemas de telemetria escrevem e lêem informação nos modulos de memória tem um grande impacto no seu desgaste e falha.

          • IonFan says:

            O “Green” (famoso hacker com acesso a informações e métricas do sistema) calculou que, com os novos módulos de armazenamento e ao ritmo de escrita actual, o problema não vai acontecer antes dos 100 ou 200 anos(!). Ele fez agora o apanhado do primeiro ano do seu carro actual e, pelas métricas das escritas no módulo, parece que o calculo dele se vai confirmar.

          • ItsMeMikey says:

            Sendo Verdade a Tesla tem de vender a sua tecnologia de gestão de escrita e leitura e armazenamento Aos fabricantes de discos e revolucionar o mercado.

          • IonFan says:

            A Tesla usa módulos disponíveis no mercado. É uma combinação entre melhores módulos e mais espaço (o que minimiza as re-escritas). Como é óbvio, os 100 a 200 anos são para este problema especifico. O armazenamento não vai durar esse tempo mas por outras questões. Ainda assim deve durar mais do que o suficiente para ultrapassar a vida do carro.

            Mais detalhes: https://twitter.com/greentheonly/status/1254552966188675072?s=20

      • danny says:

        Que resposta mais ignorante. Compreendo o que ele quer dizer pois o controlo fica apenas num unico sitio. Se houver estragos no ecrã e como estão a criar o carro, se calhar nem anda mesmo pois o utilizador não consegue ter o controlo do carro.

      • Abreu says:

        Comentários triste Hélio

    • Abreu Abreu ... says:

      Se o botão físico fica danificado o carro não anda.

      Sou contra, devia ser à manivela

    • Filipe C says:

      Vamos ver se na europa é aprovado. Realmente é um risco elevado apesar de que atualmente o seletor ja ser ”digital” tinha era algo fisico mas em caso de avaria eletronica tambem nao iria haver resposta ao usar o comando fisico, mas sim , ter algo dependende de um ecra touch que pode avariar ou partir facilmente ou num pior caso nem funcionar caso o condutor precise de usar luvas ou assim, acaba por ser limitador.

      • IonFan says:

        Quando é que foi a ultima vez que partiste ou avariaste o ecrã do carro? A minha preocupação é mais quando (nas raras vezes) o sistema reinicia e se fica uns 20 segundos com o ecrã apagado. Mesmo assim o máximo que pode acontecer é ter que ficar parado 20 segundos à espera.

        • Abreu says:

          Fica lindo ionfan a meio do trânsito para estacionar e ficares 20 segundos a espera do ecram.

          Mas discutir contigo acerca da Tesla nem vale a pena, tudo da Tesla para ti e magnífico, nem perco o meu tempo

          Abraço

          • IonFan says:

            No meio do trânsito? Tu costumas fazer inversão de marcha no trânsito?

            Só deixas de conseguir mudar para R (ou D, se estiver em R). O resto do carro funciona sem o ecrã ligado.

            Eu pensava que ias dizer que discutir Tesla comigo nem valia a pena… mas por eu saber mais do que tu.

            Mas não te preocupes porque ninguém nasce ensinado e eu não me importo de partilhar o conhecimento contigo 😉

            Abraço

      • Rui says:

        Vamos voltar as carroças não va qualquer coisa do carro avariar

    • TugAzeiteiro says:

      O engraçado é que a minha carrinha com 7 anos, o ecrã que controla quase tudo (climatização, GPS, rádio, parametrizações do veículos, etc), nunca avariou, no entanto tenho o pedal da embraiagem avariado por causa de uma mola qualquer que a Peugeot colocou para lá de qualidade duvidosa!

      • Abreu says:

        Se ussases a caixa de velocidades no ecram este talvez já tinha avariado, ias lá com mais frequência. Já pensaste nisso?

        • IonFan says:

          Quantas vezes tocas no touch screen do teu telefone por dia? Achas mesmo que o número de interações com um touch screen é um factor de desgaste significativo para uma função destas?

  2. Joao says:

    caixa de velocidades? Vão passar a ter caixa de velocidades?

  3. SrBla says:

    Olha-se para os comentários e vês-se o pessoal que gosta muito de ser literal…
    Sim os Tesla não têm uma caixa de velocidades convencional, se quisermos ser muito específicos e literais e isto trata-se apenas de um selector de marcha.

    Para mim a questão aqui é mesmo estar embutido no touch screen, que para ser sincero não acho muita piada… estou a ver ter os dedos frios ou ligeiramente suados e ser preciso “50 gestos” para que seja identificado que se quer mudar o sentido da marcha…
    E como já aqui referiram, basta um problema com o ecrã e deixamos de puder mudar o sentido… E para comparação, basta pensar que o design e desenvolvimento tem muito mais tempo, e que as falhas dos mesmos são mínimas quando comparadas com écrans em carros (estou a falar no gerar das marcas).
    Outro exemplo comparativo são os puxadores das portas, os da Tesla com a questão de serem totalmente elétricos tem muito mais falhas que os convencionais que são mecânicos, e isto é um facto.

    Talvez a tesla crie um mecanismo de redundancia que passa pela App no telemóvel… xD

    Mas em suma, é uma nova abordagem… Isto são opiniões… é esperar para ver…
    No fim do dia só tenho mesmo pena que as caixas manuais estejam em vias de extinção…. Mas compreende-se o porquê….

    • Toni da Adega says:

      Tem um selector de Marcha tal como os carros automáticos. Na perspectiva do conductor um carro electrico é um carro automático, basta acelarar e travar.
      Mas segundo os comentários o que interessa é a perspectiva tecnica e de engenharia.

      • Joao says:

        Nao há perspectivas. As coisas são como são. Não inventes.

        • Toni da Adega says:

          Qual é diferenca entre conduzir um carro electrico sem caixa de velocidades e um carro Automático?
          Ou seja o que é que o condutor tem que fazer de diferente?

          • Joao says:

            Pagar a factura da manutenção da caixa, por exemplo. Se se preocupar com os consumos, terá que ter consciência da relação engrenada. Mas isso que importa?

          • Toni da Adega says:

            Fartam-se de falar das mudanças engrenadas num carro automático quando nem se tem controlo das mudanças a utilizar.
            Manutenção de um carro é completamente diferente da forma de conduzir.

          • Joao says:

            Onde queres chegar? Eu só disse
            Que os tesla nao tem caixa de velocidades. É mentira?

    • Joao says:

      Os tesla e a maioria dos eléctricos não tem qualquer tipo de caixa de velocidades. Nem convencional nem “desconvencional”. Por isso é que é indiferente ter un selector físico ou no ecrã. Vai ser sempre uma instrução Electrónica

    • Pedro says:

      Totalmente de acordo, até digo mais estar junto a lateral do ecran e ter que arrastar o dedo não faz muito sentido e e pouco prático.

  4. nick says:

    Eu gosto de simplificação, se é para ter tudo no ecrã que tenha. Agora, ponham cá fora um carro por menos de €20K.

  5. car9os says:

    Ao desclassificar os processos manuais (mecânicos) em favor das ações feitas num ecran ou monitor, está-se a retirar o valor do TOQUE (relativo ao aspecto TACTIL) na comunicação entre a pessoa e o veículo.

    O TOQUE com os dedos (digital de dedo , mas não digital de digito) tem vantagens: podes sentir e identificar, descriminar e efetivar o comando através da textura, da posição espacial relativa, do nível de pressão ou força de torção necessária, entre outras características. E sem teres que desviar os olhos para lá!

    Ao contrário, um ecrán necessita que utilizes a VISÃO para localizar e efetivar os comandos. A ponta dos dedos dificilmente consegue distinguir uns comandos dos outros, é tudo vidro ou plástico relativamente homogéneo…

    O que é uma deficiência tremenda. Poderes comandar processos intuitivamente, com pequenos toques e sem olhar para o que estás a fazer é o nível mais elevado de integração (a não ser que o possas fazer com o pensamento).

    Ter que olhar para um monitor para realizar uma ação é algo (paradoxalmente) arcaico, “pré-histórico”.

    • IonFan says:

      Percebo o ponto de vista, é muito válido e vou ter que esperar para ver.

      Estamos a falar da mudança do sentido da marcha. É para fazer com o carro parado. O facto de se olhar para o ecrã seria uma distração se o carro estivesse em andamento.

      Quanto ao toque e feedback, se o ecrã tiver um motor haptic, como muitos já começam a ter, vai existir. Não é a mesma coisa, mas acredito que após algumas utilizações deixe de ser um problema.

    • Pedro says:

      Totalmente de acordo, até digo mais estar junto a lateral do ecran e ter que arrastar o dedo não faz muito sentido e e pouco prático.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.