PplWare Mobile

Combustíveis simples são iguais nos postos de marca e nos “low cost”?

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Refinado says:

    Sim vem todos do mesmo local, mas lá está, o tubo de descarga é o mesmo segundo os leigos que não percebem patavina do assunto, pois estes se percebessem de como as coisas funcionam internamente dentro da refinaria percebiam que os combustíveis sem aditivo vem de um tanque e os aditivados vem de outro, tudo encaminhado para o o mesmo bocal, depois onde são vendidos as margens de lucro é outra história pois os hipers vendem a uma preço e as gasolineiras de renome vendem a outro, mas existem diferenças dos combustíveis aditivados para os simples, e quem faz milhares de km’s já tem isso mais que comprovado que faz menos km’s com um deposito de combustível simples vs um aditivado, mas como é normal quem vem armados em expertes para aqui comentar nas redes sociais são os penduras que metem 10€ uma vez por mês para ir ao supermercado, pois para esses é tudo igual e vem tudo do mesmo local.

    • Gonçalo says:

      Mas ninguem está a comparar o simples com o aditivado aí é obvio que há diferença, o artigo compara simples com simples e esse vem todos do mesmo lado e é exatamente igual

    • Marcelinho says:

      Se vc tivesse lido o artigo com atenção teria percebido que se estava comparando o combustível simples das gasolineiras low cost e de marca e não simples vs aditivos.

    • Vasco says:

      Eu sou um desses que só abastece 10 euros de cada vez que vai a uma bomba abastecer, e a única coisa que lhe digo é que nunca notei a menor diferença, conduzindo o mesmo carro quase sempre: um carro com injecção electrónica, mas velho. A única coisa que sempre notei é o numero de litros que abasteço que varia conforme a marca da bomba e que varia consoante o preço. Posso-lhe dizer que o único local onde constatei diferenças de rendimento, e mesmo assim em carros de corrida, com motores preparados para esse efeito, foi em autódromos, vendo dados de telemetria com cuidado e à posteriori. No meu chasso 0 diferença, veja lá…

  2. Nuno says:

    O simples é igual em todo o lado a manutenção das bombas é que é diferente, a galp limpa os tanques e coloca produtos de limpeza de mês a mês o auchan secalhar em 10 anos nunca limpou os tanques das bombas.

  3. sa.pong says:

    Os de “marca” contêm um nível maior de agentes de limpeza que asseguram (segundo o que as marcas dizem) o bom desempenho e duração do motor.

    • Bruno Vale says:

      Chama-se a isso aditivos, os da marca contem uma percentagem muito maior em aditivos, além de que os das bombas têm etanol, apesar de uma percentagem minima, mas que ajuda na deterioração do motor a longo prazo.

  4. João Dias says:

    A diferença é que umas gasolineiras patrocinam clubes de futebol, viagens a personalidades e publicidade na TV e outras não… Ai reflete-se também o preço.. pensem nisso…

    • TiZeGrilo says:

      Ora, há quem tenha uma marca para vender e seja o seu Core business, outros vendem apenas para acrescentar alguma receita ao seu Core business.

    • Security says:

      Conheço uns quantos que diziam o mesmo até terem os carros nos mecânicos da zona porque havia água no combustível. #pensemnisso

      • João Dias says:

        Em tempos apareceu um estudo da deco em relação a isso. Chamava-se problema do fundo de depósito do posto de combustível… Impurezas e água… Até pode acontecer com combustível de marca “premium”…

      • David Guerreiro says:

        Aliás, é só procurar no Google

        https: //www.publico.pt/2010/12/27/local/noticia/agua-no-combustivel-em-bomba-da-bp-avariou-30-automoveis-1472571

        https:// away.iol.pt/combustiveis/gasolina/combustiveis-bomba-da-galp-em-lagos-tinha-gasolina-contaminada-com-agua/20221015/634abba10cf2f9a86ebab841

      • JL says:

        E não é só água, é também o rendimento do motor. É fácil: para quem quiser, e puder, gastar uns Euros a mais, basta experimentar um ou dois depósitos com diesel simples de marca Galp ou BP. A diferença de comportamento do carro é absolutamente notória.

        • Nelson says:

          pessoalmente nunca tive nenhum problema. Quando tinha um carro a gasolina abasteci em postos de todas as marcas e TODOS me davam consumos por 100kms muito semelhantes. Agora ando há mais de 3 anos a consumir diesel do intermarché, e a nivel de consumos é muito semelhante ao diesel de outras marcas. Já fiz diversos testes (geralmente quando abasteço encho o tanque e circulo até quase ao fim da reserva) entre várias marcas, e o rendimento quilométrico é sempre igual: 4.2l/100 na nacional e 6l/100 quando circulo só aqui dentro da vila. Os vossos carros devem ter motores de corrida muito especiais ou serem muito sensíveis para avariarem com o diesel do intermarché ou terem melhores rendimentos com o diesel da repsol. Ou será efeito placebo? IPhone é mais caro, por isso deve ser melhor

    • Daniel Silva says:

      A diferença não é bem a mesma ..

      Aos olhos do leigo, tudo é carregado na mesma refinaria, é tudo igual.
      Mas não é bem assim…
      Além de, mesmo vindo do mesmo bocal, pode vir de tanque diferente, dependendo da marca a fórmula é diferente.
      Logo mesmo sendo tudo carregado no mesmo sítio, garanto que não é tudo igual.
      E isto era válido na refinaria de Matosinhos, falando diretamente com trabalhadores do local de carga (supervisores) e laboratório do mesmo, não a base do acho

  5. Patinhas The Third says:

    Parece que não se pode discutir clubes, religiões, partidos e marcas de combustível. Há seguidores fiéis em todos eles.

  6. Mais um says:

    Se um combustível tem que ter a Norma X para ser vendido, logo todos usam a mesma receita.
    Eu queria era ver a diferença de usar gasóleo aditivado vs simples num filtro de partículas. No meu caso o veículo diz para eu não usar biodiesel, só gasóleo sem mencionar se é aditivado.
    Na mota é gasolina simples e não noto diferença nenhuma em relação ao aditivado.
    Quanto às grande marcas deixo aqui um exemplo:
    Pasta dos dentes Colgate esencias
    Continente 4.29€
    Loja poupa mais 2€
    Creio que combustíveis não estejam tão diferentes como pintam…

    • Daniel Silva says:

      Não é bem assim…

      Dentro do mesmo tipo de combustível (simples), são usadas fórmulas diferentes entre marcas.

      Basta pensar que a fórmula dos aditivados da galp não é igual da respsol, mas as mesmas saem do mesmo bocal na refinaria.
      Logo se isso acontece nos aditivados, acontece nos simples

  7. Bruno says:

    Eu pessoalmente não abasteço nas bombas da Auchan. Nos primeiros 2 meses tudo correu bem, até quando o carro começou a dar problemas no motor. Siga oficina, e continuei com o mesmo. Mais tarde, retornaram os problemas, pelo mesmo motivo.
    Decidi abastecer a outro lado também low cost e já não tive esses problemas.

    Achei muita coincidência, mas cada caso é um caso.

    • David Guerreiro says:

      Coloco gasolina no Auchan há anos sem nenhum problema de motor ou injetores. Também sei de quem tivesse problemas de injetores por abastecer gasóleo em Espanha, mas há centenas de portugueses a abastecer lá sem problemas.

    • JL says:

      Aconteceu o mesmo no meu caso. Decidi pelo mesmo caminho e os problemas acabaram tão depressa como começaram.

  8. Hugo Santos says:

    É muito barato abastecer aditivado auchan, do que simples galp.

    Aqui há uma dias tive uma avaria após abastecer no jumbo, mas depois fui ver ver e tinha posto gasolina no tdi.

    • Vasco says:

      Bom vídeo que não conhecia. Conheço resultados semelhantes doutras andanças, a gasolina e até hoje o único que vi fazer diferença no rendimento, em motores de competição, foi um chamado Panta só usado nesses ambientes. De resto e, não sendo a minha actividade, tive incontáveis conversas com mecânicos que desmontavam e punham em bancada um motor qualquer quase num abrir e fechar de olhos, e para além do indice de octanas nenhum deles ligava a marca, apesar de existir entre alguns a convicção nada científica de que certa marca britânica era “melhor”. No fundo, apenas manias de quem abastece e mitos.

      • Pierre says:

        Nem mais!

        Muitos problemas são derivados a má mecânica e alguns azares, por existe, em tudo…

        Também conheço vários mecânicos e já passou este tema, inclusive há uns anos, falei com um técnico de uma marca auto destacado em Portugal por um determinado tempo, ao abrigo de um estudo que andavam a fazer na europa e falei dos combustíveis, a resposta foi muito curta e directa: alguns aditivos são benéficos para a limpeza interna e catalisadores, mas tirando isso, só as octanas alteram alguma coisa. O mais barato é sempre mais vantajoso.

        E agora?

        O problema do depósito no Algarve nunca foi publicamente assumido e explicado… tinha curiosidade, sinceramente.

    • Daniel Silva says:

      E engraçado que no meu carro não é igual ao litro…

      De jumbo vs galp consigo ter diferenças de médias acima do 1.5lt/100km

      Agora claro que não ando a 5km/ano, mas há diferença há. Não é bem igual ao litro

  9. Rúben says:

    Tanto pensamento recheado de placebo. É a prova de que o Marketing funciona. Olham para a palavra e fazem a festa. Basta pesquisar um pouco para perceber que quem vende mais caro em Portugal a BP, foi a que mais estragou motores (comprovado) por vender combustível com água.

  10. Leandro says:

    Não…não são todos iguais e isso notasse no performance e desempenho da viatura, principalmente nos arranques.
    Falo no meu caso sendo que tenho um Audi A4 a gasóleo. Para não estar a fazer publicidade de marcas, coloco gasóleo numa marca bem conhecida e o carro tem uma resposta imediata o que não acontece com as tais marcas brancas ou low cost….o carro simplesmente fica mais perro e lento…principalmente nos arranques

  11. Rui says:

    Centralismo em Sines?

  12. João Cartaxo says:

    Não vem todos de Sines. Aqui perto há 2 que são abastecidos por Espanha.. Logo serão de menor qualidade visto que o gasóleo espanhol tem. Menos qualidade

    • João Dias says:

      Tem menos qualidade? Comprova lá ISSO! Em Espanha é só talhers cheios de carros avariados…. Aqui na raia todos por lá abastecemos, marcas que nem sabemos quais são….

  13. IKAROS says:

    Então e como explicam a Prio, em que o combustível aditivado (chamado TOP) é mais barato que o combustível simples?

  14. Hugo says:

    Tem diferença sim nota se logo no consumo, nas avarias que traz para os veículos eu próprio sou testemunha dessa situação por isso desde esse dia que tive avaria no veiculo o mecanico me mostrou um combustivel de marca e um low cost, cor totalmente diferente. Onde se notou mais foi o trabalhar do motor, e preparem se quem tem veiculos filtro particulas a seu tempo vao ter supresa ou arde o veiculo ou rapidamente tem de o trocar, ja para nao falar nas valvulas egr, injetores, bombas injetoras enfim um vasto leque de elementos que nao demoram a dar problemas devido a ma qualidade desses combustíveis. Costuma se dizer quando a esmola é grande o santo desconfia.

    • João Silva says:

      Hugo, um conhecido meu trabalhou mais de 30 anos a fazer descargas de combustível, diz ele que na generalidade das bombas, o procedimento era ver se os tanques tinham água e fazer a sondagem.
      Estranhamente numa das grandes superfícies que vende.combustiveis nunca o autorizaram a fazer isso…

  15. gfgd says:

    Por que e que o gasoleo simples (preto na foto) e mais caro que o aditivado (laranja) nas bombas da Prio?

  16. joca says:

    Parece que há uma certa confusão em relação aos combustíveis, os simples podem ser subdivididos em Portugal por 2 temos o E5 e o E10, sendo o E5 obrigatório por lei sendo 5 a percentagem de etanol para reduzir o CO dos carros. Isso sim uma diferença de desempenho do motor porque o motor trabalha com uma mistura mais pobre do que gasolina sem etanol mas a nível de consumos há uma diferença apesar de não ser muita, isso pode ser claramente medido controlando o short /long fuel trim na centralina que injeta 1 ou 2 % a mais de combustível para compensar a mistura pobre. O pior foi em França em que fui obrigado a por E15 porque nas bombas em questão só tinham esse tipo de combustível e fiz 500km em vez dos 600km que fazia normalmente, isto numa viagem de 1800km que se pode controlar pelos vários depósitos cheios no mesmo dia. Seja como for se colocar a 98 octanas que é a gasolina recomendada para o meu carro simples ou aditivada, em que não tem escrito se tem etanol, faço cerca de 40km a mais mas a diferença de preço de mais de 20cts por litro em vez dos antigos 5cts. Mas como é um carro de família em vez de andar no circuito a 95 serve bem.

    O gasóleo a mesma coisa o simples e aditivada o que pode mudar a nível de desempenho só se colocarem mais cetano como aditivo e a nível de consumos diferença nada que seja visível só se for na carteira que gastam menos pelos mesmos litros.

    Resumindo, dependendo do motor sendo original ou modificado, o consumo na gasolina só é diferente quanto maior for a taxa de etanol, não propriamente problema do motor, mas por causa da relação estequiométrica lamba 1, em que se injeta mais combustível para o definido na ECU. E no gasóleo o cetano torna a queima mais “rápida” e eficiente. Tantos as octanas como o cetano podem aumentar o desempenho do motor sim se o motor for definido para tal. E não façam programações á chapeiro podem andar mas eficiência zero.

    Obs: preocupem-se mais em comprar um óleo de qualidade que é isso que faz com que apareçam depósitos de carvão. Não compensa gastar 15euros por um garrafão de 5 litros e gastar do melhor combustível e depois vão para a oficina gastar 500 ou 1000 euros de reparação. Depois o problema são os combustíveis. Abraço

    • Jakim Manel says:

      Pronto e está tudo dito e explicado, o resto é fumaça. Obrigado joca. E já agora, se dúvidas houver perguntem ao condutor do camião cisterna, onde e como é que ele abasteceu o tanque…e por quantas bombas de marca diferente ele passou no seu dia de trabalho. Na minha zona, pelo menos que me tenha apercebido, passa por 3 postos de marca diferentes sendo um deles low-cost.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.