PplWare Mobile

Carregamentos na rede IONITY vão ser muito mais caros (cerca de 10x)


Autor: Pedro Pinto


  1. Nostradamus says:

    Era tão CLARO, mas tão CLARO que isto teria de acontecer, mas pronto nem todos temos as mesmas percepções..

    • Toni da Adega says:

      E para manter a concorrência a tremer o próximo passo é começar a vender gasóleo a 4€ /L.

    • Pedro says:

      Até parece que que a gasolina está a 40 centimos na bomba (estou a especular no preço de custo).
      A diferença é que se carregar em casa carrego barato ou de graça se produzir a minha energia, no combustivel a unica forma é ou pagar nas bombas ou meter oleo de fritar no deposito e nao vai ficar muito mais barato..

      • Sujeito says:

        Exeto que a questão aqui não é carregar em casa, é carregar nos postos de rua, que é a única solução de viagens longas e é a solução diária para a maioria dos habitantes citadinos.

      • Rui Vicente says:

        Vais produzir energia para o teu carro?
        Só se tiveres um carro de brincar

        • EV says:

          Rui Vicente,
          Não sei porquê, eu também produzo a maior parte da energia do Meu. Montei na empresa um sistema fotovoltaico que me carrega o carro durante o dia enquanto estou a trabalhar. Faço cerca de 80km por dia em
          Media, é quase sempre a energia solar gratuita.

    • RuiSantos says:

      A fonte de rendimento que as marcas precisam compra a 10 vendem a 100.

  2. Jorge Rodrigues says:

    Terão por ventura consciência que a esses valores não vão ter clientes ou terão uma quantidade insignificante.
    Cobrar 10 vezes mais só porque sim….
    Hão de ir longe.

    • José Carlos da Silva says:

      Se os carros do grupo em questão tiverem fichas proprietárias, que só permitam determinados tipos de carregamento (rápidos, pe.) em carregadores específicos, só mudando de marca.

      • Jorge Rodrigues says:

        Exacto, foi a primeira coisa que me veio á cabeça, o grupo VW é gigantesco e tem montes de parcerias, a BMW e Mercedes também não ficam atrás. A nós consumidor restará fazer bem as contas e ver o que compensa ao nosso estilo de vida.

  3. MalicX says:

    São as pilhas douradas.

  4. Traveller says:

    Por estas e outras é que a Tesla continua a vender e vai vender muito mais. com a rede de carregadores que tem e o preço que pratica nos carregadores dá 10 a 0 a qualquer outro.

    • Vitor says:

      Não te preocupes…dentro de algum (pouco) tempo a tesla vai fazer o mesmo! Tem de seguir a “corrente”…

      • IDroid says:

        I saw what you did there.

      • IonFan says:

        Ao contrário da rede Ionity que é controlada por várias marcas, entre as quais algumas que já demonstraram diversas vezes estar muito pouco interessadas na electrificação, os Supercharger são da Tesla.
        Já foi frisado em diversas ocasiões que a rede Supercharger não é uma central de lucro. O objetivo é ser neutra em custos.

        • golo says:

          ser dono da infraestrutura de fornecimento é uma coisa, o fornecedor de energia para essa infraestrutura é outro, logo vais ver quanto vai ser essa neutralização…

          nem sei em que planeta vives.

          • Louro says:

            @Golo,
            A questao é que no caso da Tesla, eles podem vender a energia ao preco que quiserem, compram a tercerios e depois vendem ao consumidor final.

            Por exemplo, os meus ainda sao do tempo do Free charging for life e enquanto os tiver, vao sempre carregar gratuitamente nos carregadores da marca.

            No final de 2019 fui para Praga de férias, carreguei sempre nos superchargers, nao gastei um unico centimo em energia.

          • IonFan says:

            Sabes que a Tesla também produz painéis solares e battery packs com Megawatts?
            Mesmo com os preços actuais, muitos dos Supercharges já estão a receber painéis solares e baterias. Se os fornecedores aumentarem os preços à Tesla, só vão acelerar a instalação dessas soluções. Não acho que seja um bom negócio para os fornecedores…

          • Sujeito says:

            @Louro

            Esses Tesla vão carregar gratuitamente até passarem a ser pagos.
            Ou não acompanhaste os amigos da Tesla a anunciarem que ia ser pago e entretanto voltarem atrás?

            Já devias saber que quando eles anunciam algo, já está nas ideias deles que isso é para acontecer, quando recuam é apenas para implementar mais tarde.

          • IonFan says:

            @Sujeito, os carregamentos gratuitos vitalícios na rede da Tesla podem se lo de duas formas: associados ao veiculo e, portanto, gratuitos até ao fim da vida do mesmo, ou associados ao proprietário, sendo gratuitos para o veiculo enquanto este continuar na posse do referido proprietário.
            Isto está contratualizado.
            Claro que pode desconfiar da palavra dita ou escrita da empresa, mas sempre ouvi dizer que “quem é desconfiado não é certo”…

          • Louro says:

            @Sujeito
            Ia responder mas o iOfan já respondeu por mim.

            Enquanto estes carros existirem, serao sempre carregados gratuitamente nos carregadores da marca.

      • Tiago C says:

        Seguir a corrente??
        A pensares assim tu mesmo nunca serás ninguem.

        Vê bem o exemplo da Apple, nos anos 90 e 2000 tornou-se a Apple por ser diferente, não por ser igual aos outros, senão hoje seria uma empresa sem tanto sucesso.

        A Testa fará e seguirá os mesmos passos. Ser diferente com sucesso, basta.

        • Manuel says:

          @Tiago C a Apple só sobreviveu nos anos 90 porque a Microsoft deu dinheiro, pois a maçã estava à beira da falência 😉

          • Sujeito says:

            A Microsoft não “deu” dinheiro. Isso é espalhar mitos. A Microsoft pagou para se livrar dum caso legal. Ou faz-te sentido que os concorrentes paguem para manter a competição a funcionar? Não faz, e nem eles o fazem.

        • Joao says:

          Só que a Tesla tem caminhado exactamente nessa direcção, na de cobrar ou cobrar caro pelo que antes era gratis ou barato. Portanto muito certo não estás.

        • AV says:

          Então mas a Tesla segue um caminho diferente ou segue um caminho igual (neste caso ao da Apple)?

    • Louro says:

      Free charging for life here mate.

  5. Filipe F. says:

    Portanto no fundo, muda para as marcas que não fazem parte da aliança, ao cobrarem o valor de 0.79kWh.
    Se para os carros que fazem parte da aliança ficar a preços acessíveis, apesar de ser uma medida egoista, pode ser uma vantagem para os donos destes carros, dado que terão postos ‘mais exclusivos’ que só vão atrair alguns clientes (entenda-se, das marcas com acordo). Os restantes devido ao preço vão ter que ir para outros postos. Parece ser mais uma medida de controlo do fluxo aos carregadorese não dar vantagem destes carregadores a marcas que não se quiseram unir, do que propriamente ‘roubar o cliente’.

  6. Renato Farinha says:

    Aqui mostra a ganância das velhas empresas e a visão das novas! O objectivo nunca foi criar uma rede elétrica, mas sim matar para depois dizer que gasolina e gasóleo foi o passado, o presente e SERÁ O FUTURO! Depois queixam-se da pedra do sapato “TESLA”

  7. Pedro says:

    A Porsche sempre frisou que o preço ia ficar equivalente aos valores por km das suas viaturas a combustão.
    Tirando as versões mais acessíveis do grupo VW, a não ser que futuramente seja calculado um preço por potência de carregamento, não vejo os modelos elétricos que este grupo pretende fazer para as massas a usarem a rede ionity.
    Para o segmento de luxo elétrico, velocidade de carregamento tem um preço a pagar e a carteira dos proprietários não se deve preocupar muito com isso, muitas das viaturas de luxo são de empresas e os gastos metidos para despesas dos seus altos cargos.

  8. Toni da Adega says:

    Com estes preços estão afirmar que não estão interessados em possuir clientes.

    Exemplo do UK, o preco medio por kWh em casa é de 0.14, pode ficar quase metade disso quem carregar durante a noite.
    Existem redes de carregamento que cobram entre 0.12/kWh e 20/kWh dependendo da velocidade de carregamento e outras tantas gratuitas, muitas empresas oferecem carregamento aos funcionários e eles para fazer concorrência metem um preço de 0.67 (4x mais que a concorrencia).

    Isto faz tanto sentido como aparecer uma nova companhia rede de abastecimento a vender gasóleo a 3€ o litro 😀

  9. jilo says:

    As marcas a se unirem para irem buscar o lucro que perdem com o fim das revisões dos carros a combustão.

  10. Josué says:

    … lucros da energia .. ganância das empresas..

    Painéis solares mais eficientes é o caminho para veículos 100% elétricos !
    Existem viaturas com painéis solares que ajudam a recarregar a bateria entre 30 a 60% por dia, reduzindo as emissões de CO2 e aumentando a autonomia do veículo em cerca de 1,3km por ano.
    Qualquer dia destes ainda vamos ter de pagar a energia Solar !

  11. Toni da Adega says:

    Depois deste aumento não vão faltar estudos a afirmar que os carros a combustível são mais baratos de abastecer que os carros electricos.

  12. asmonteiro says:

    Um aviso para quem pensa comprar Tesla. Evitem ter algum tipo de acidente, ou que alguma peça se danifique. Se isso acontecer, desejo-vos boa sorte para conseguirem ter o carro novamente.

    • Paulo Santos says:

      Está a falar do que não sabe.
      Já troquei o motor traseiro. Deram como opção veículo de substituição ou levar o carro à oficina. Como tinha que ir a Lisboa optei por levar o carro. Trocaram o motor por um novo de um dia para o outro e deram 200 euros para andar de Uber nesse dia.

    • Louro says:

      Obrigado pelo conselho, no entanto convém ser factual quando se afirma algo e nao atirar para o ar.

      2 em casa, até agora zero problemas para ter coisas reparadas/substituidas, chegaram até ao ponto de na altura me emprestarem um Model X (o que eu tinha para reparar na altura era um model S) porque eu ia de férias e eles nao conseguiram ter o carro reparado a tempo quando se tinham comprometido a tal.

  13. Rodrigo says:

    Os carros eléctricos não dão lucro a nenhuma marca. Abram os olhos. A única neste momento que é apologista de energia verde é a Tesla. Não sejam ingénuos. Querem um carro eléctrico? Não pensem duas vezes e comprem um Tesla. Os meninos dos BM’s e Porshes, enquanto não souberem o que é energia verde, vão continuar a ser enganados pelas marcas.

    • Sujeito says:

      Não existe energia verde Rodrigo.

      • IonFan says:

        Posso mostrar as minhas facturas da EDP. Toda a energia que paguei para que fosse produzida veio de fontes hídricas. Pode chamar lhe verde, azul ou até amarelo, mas o meu Tesla há vários meses que não é responsável por 1g de qualquer tipo de emissões.

    • Rui says:

      Os carros elétricos não são solução a longo prazo , não haverá lítio suficente para fazer baterias .
      Acredito que no futuro próximo vamos andar de carro movido a hidrogênio.

      • IonFan says:

        O lítio é o 25º elemento mais abundante da crosta terrestre, ao contrário da platina que é extremamente rara mas necessária para a construção das células de combustível de hidrogénio.
        Há lítio mais do que suficiente para tornar toda a actividade humana movida a baterias desse tipo. Quando as baterias chegam ao fim da vida, como metal que é, o lítio pode ser reciclado sem perder nenhuma característica.

        Nem vou entrar em discussões sobre controlo de redes de distribuição que, com o hidrogénio, continuaram a ser necessárias. Parece que o pessoal gosta de andar a dar dinheiro a carteis para abastecer… Não percebo, mas respeito.

        O fuel cell de hidrogénio têm cerca de 1/3 do rendimento energético do EV. Isto quer dizer que, por exemplo, com 15kWh carregados numa bateria dum EV consigo fazer 100kms, enquanto que com o hidrogénio produzido com esses mesmos 15kWh apenas conseguiria fazer 35kms (https://www.dw.com/image/51709807_7.png). Se acham que a rede não aguenta um parque automóvel EV, agora imaginem um parque a hidrogénio que necessita de 3x mais electricidade para fazer os mesmos kms…

        • Infinity says:

          Mas em contrapartida tens +-600Km electrico em 5min de abastecimento

          https://www.youtube.com/watch?v=Y2pCsd3pRUE

          • IonFan says:

            Há uma coisa que eu não percebo. Cada vez que os combustíveis sobem 1 cêntimo é uma choradeira que não se aguenta, mas depois são todos ricos que não podem perder 40 min a atestar o carro ao fim de semana para poderem ter um carro que custa 1/5 a abastecer durante a semana. Tentem ser coerentes.

            Há 10 anos atrás uma “carga rápida” demorava o triplo do que demora agora. Não há razões para pensar que, de repente, fiquemos parados na evolução tecnológica.

            O caminho só pode ser acabar com o uso de energia que esteja sujeita a cartelização, como acontece com os combustíveis e como acontecerá com o hidrogénio. Investir numa forma de armazenamento de energia muito menos eficiente só para poupar uns minutos nas raras viagens grandes é desperdiçar recursos.

        • Rui says:

          Porque será que a tesla está preocupada com a falta de lítio nos mercados internacionais?

          • IonFan says:

            Fonte?
            Se está a falar de uma reunião que houve há uns tempos, a questão não era a falta de matéria prima, mas sim a preocupação com uma possível escassez devido à industria da extracção não acompanhar o crescimento do mercado.

    • EV says:

      Deve ser por isso que estão todas a lançar modelos híbridos ou exclusivamente eléctricos (a smart até já matou a combustão)

  14. Josué says:

    B”….… Actualmente essa “taxa” já existe, chama-se IMI xD…”

    (IMI) Imposto Municipal sobre Imóveis
    Explicação:O IMI é um imposto que se rege pelos princípios da equivalência ou do benefício e que incide sobre o valor patrimonial dos prédios. ..xD..

  15. Marcelo says:

    O tanque de um carro popular tem em média 60l e faz em média 11Km com 1 litro dando aproximadamente 650Km de autonomia com o tanque cheio, para enche o tanque se gasta convertendo para euro 51€, nós fazendo pensar, pra que vou comprar um carro elétrico q é mais carro q um popular a combustão e que se paga mais para abastecer tendo menor autonomia.

    • IonFan says:

      51€ por 60l de combustível só mesmo no Brazil… Eu gasto ~11.40€ para carregar a bateria do meu EV para os 650kms. As revisões são opcionais e sem perda da garantia caso não as faça.

  16. Tugatesla says:

    A Tesla agradece… 0,25€ KWh

  17. João says:

    Só interesses é como o mundo funciona é podre mas uma realidade já sabia que mais tarde ou mais cedo isto ia acontecer
    Ponham carros ev sem ser preciso carregar em carregadores já existe essa tecnologia desde os anos 50

    • EV says:

      Se carregares em casa… não vão subir a electricidade toda a toda a gente só por causa dos carros. No meu caso até tenho um tarifário especial para veículos eléctricos (-20%)

  18. Vítor says:

    Mais vale continuar com o gasóleo

    • EV says:

      Ha sempre a opção de carregar na empresa ou em casa.
      Eu carrego em casa durante a noite e gasto 40 a 50€ por mês de electricidade (coloquei um contador exclusivo para o carro), quando antes gastava 250 a 280€ de gasóleo. Mesma rotina, mesmos percursos, 2500 km por mês.

  19. Eduardo says:

    Esse aumento é completamente imoral, e o aumento, se fosse no Brasil, poderia ser considerado ilegal também, já que nada justifica uma inflação de 10x em relação ao valor anterior. É o que chamamos de aumento abusivo e, aqui, seria crime.

    • EV says:

      Ilegal?
      É um negócio privado, tens outras alternativas, não vejo porque há de ser ilegal. É chato, mas numa democracia acho muito bem que cada um faça como quiser. O mercado irá decidir se é ou não mais vantajoso para eles.

  20. Paulopereira says:

    Esse aumento é sim de 400%,se fosse de 250% subiria 20€ de 8€ para 28 € certo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.