Quantcast
PplWare Mobile

Aiways U5: Carro elétrico chinês vai chegar a Portugal por 35 mil € + IVA

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Secadegas says:

    35.000 + IVA + 5000 Impostos diferentes = 70.000

    • rui says:

      com essa máquina de calcular ainda fica mais caro que o model Y

    • Antonio Ferreira says:

      35.000€+IVA (23%) = 43.050€ + 5.000€ (???????) = 48.050€ portanto, essa máquina de calcular esta mesmo a precisar de ser trocada

      • MP says:

        O Secadegas disse 5000 importos diferentes e não 50000 em impostos…

        • Antonio Ferreira says:

          certo, erro o meu na leitura, mas, de qualquer forma, a compra de um carro, em termos de impostos implica pagar o IVA, o ISV no ato da compra e depois o IUC anualmente. Uma viatura elétrica não paga ISV no ato da compra, e nem o IUC anualmente

          Para além disso, um ligeiro de passageiros tem um incentivo de 3000€ pago pelo estado.

          posto isto, onde estão referidos os 50000 em impostos ?

          No máximo, estes 35.000€ menos o incentivo de 3.000€ é = 32.000€ + IVA = 39.360€

          • Test User says:

            1- Pagas 35.000€ + IVA = 43.050
            2- Posteriormente com Fatura de aquisição e outros documentos pedes inventivo e recebes 3000.
            Carro fica-te por 40.050

  2. Jota says:

    Com esse preço, por muito bom que seja o carro, não tem hipótese nenhuma! Esses preços são para os EUA, não para Portugal!

    • Test User says:

      “made in China” não têm grande reputação. Entre este e um semelhante europeu ou japonês ou mesmo americano, a maioria não vai escolher este.
      Mesmo nas marcas chinesas esta é desconhecida.

      • Carved says:

        Eu já falei com clientes que moram em Taiwan e lá ninguém compra nem usa carros fabricados na China.
        Dito por eles -> não se pode confiar na qualidade de produção, para não falar de que estão ligados à internet e podem recolher dados dos condutores. Só coisas de plástico ou brinquedos é que compramos coisas feitas na China.

  3. Rui says:

    43 000€ (quase o mesmo que um Tesla) por um carro que tem a mesma segurança que um Dacia de 10 000€!?!?!?!!

    https://www.euroncap.com/en/results/aiways/u5/39672

    • Test User says:

      No euroncap ainda não têm classificação para Dacia Spring. Previsão 1 Estrela

    • PeterJust says:

      Mesmo… nem vale a pena venderem esta porcaria na europa, aliás, nem sei como a porcaria dos Dacia podem ser vendidos e acima de tudo, quem tem coragem de dar dinheiro por um carro em que a segurança foi colocada para segundo plano em prol de meia dúzia de euros, dinheiro esse que nem chega para uma cadeira de rodas em condições que o carro nos vai atirar depois de um acidente a 50kmh

  4. Elton says:

    Adoro o preço, a autonomia , validade das baterias e o impacto ecológico dos carros elétricos.

    Adoro adoro adoro.

  5. Redin says:

    Questão para um milhão de dólares…
    Como pode a China colocar um produto dessa natureza no mercado europeu com esse nível de preços e várias fábricas europeias que os produzem não competirem na mesma proporção sabendo de antemão que temos muito melhores condições de fabrico e dentro de um mercado que deveria ser comunitário?
    A invasão do mercado chinês no mundo inteiro tem como estratégia perder na oferta para ganhar na sustentabilidade por contratos difíceis ou impossíveis de largar a médio/longo prazo.
    Quantos portos foram comprados pelos chineses em vários países do mundo para depois criarem uma política interna de terror ao estilo do “socialismo com características chinesas” (como dito várias vezes pelo XI Jimping)? Aplique-se a mesma receita para as outras categorias de negócios e dá logo para perceber.

  6. Vitor Tavares says:

    “A invasão do mercado chinês no mundo inteiro tem como estratégia perder na oferta para ganhar na sustentabilidade…”! Até parece que isso não acontece à muitos anos com empresas e produtos do Ocidente…basta olhar para as consolas de jogos vendidas abaixo do preço de custo para depois “recuperar” (e ganhar muito mais) com a venda de jogos para essas mesmas consolas! Os Chineses aprendem depressa…

  7. Tonheco says:

    Com 15.000 compro um bom diesel usado e sobra muito dinhero para gasoleo.

    • Grunho says:

      E com bem menos de 15.000 compra-se um bom gasolina, usado ou mesmo novo. Claro que o diesel tem combustível bonificado à custa da pesadíssima carga fiscal sobre a gasolina, mas o bom negócio pode ter os dias contados

      • Tonheco says:

        O diesel tmbém gasta menos litros aos 100.
        Essa dos dias contados acrescenta aos carros chumbarem na inspeção por falta de FAP. Essa conversa até já tem bolor 🙂

        • Grunho says:

          Então acho muito bem que o gasóleo pague menos imposto, mas é o gasóleo que NÃO se gasta. Porque o que se gasta emite mais 14% de CO2 que igual quantidade de litros de gasolina. Portanto deve pagar imposto na mesma proporção.

      • Luís Costa says:

        Motores a diesel duram no mínimo 20/30 anos, a não ser que deixem mesmo de produzir gasóleo e aí a conversa já será outra.. não sei não se os lobbys e os governos vão gostar de saber que o povo pode produzir a sua energia em casa sem aquelas taxinhas nos combustíveis

        • Elkido says:

          Em casa fica super barato carregar os carros eléctricos ficando 1.50€ cada 100 KMS já com IVA incluído …se carregar nos carregadores públicos com as taxas poderá chegar a uns 27.5€ cada 100 KMS…ou seja, viagens longas não compensam nos carros eléctricos.Se o Governo ver que muita gente carrega os carros eléctricos em casa acabará com as tarifas Bi horárias e poderá adicionar taxas adicionais na factura da luz em casa…. pois o Governo não pode perder estas taxas brutais e impostos absurdos dos combustíveis fósseis ou renováveis que é a Galinha de ovos de ouro do Governo

          • Luís Costa says:

            O pior é, vão aumentar essas taxas e taxinhas para energia em casa e os que não tem possibilidade de ter elétrico ou casa ou etc etc levam por tabela xD.. vai ser engraçado de se ver

        • Tonheco says:

          Também podes produzir diesel em casa.

        • Grunho says:

          Duravam, no tempo dos MB 190D e classe C, que com 2000 cc de cilindrada não davam mais que 75 cavalos. Quando se tornaram mais performantes, com turbos de geometria variável e sofisticados sistemas de injecção directa, ficaram tão fiáveis como os de gasolina. Agora a questão é outra: a certa altura vão ser cada vez menos os sítios onde diesel vai poder continuar a circular.

          • Luís Costa says:

            Duravam dizes bem, e não é só esses, motores Isuzu, motores Honda, motores da Peugeot/citroen os antigos os Audi também.. o que não falta são motores diesel com mais de 20/30 anos e a andar..

  8. Elkido says:

    Carros eléctricos só compensam quando carregados em casa ficando 1. 50€ cada 100 KMS já com iva incluído.
    Se carregarem fora de casa preparem as carteiras podendo chegar a uns 27€ cada 100 KMS nos carregadores rápidos… cerca do dobro da gasolina

    • Test User says:

      Melhor opção para cidade se poder carregar em casa. Se estiver numa cidade que tenha isenção de estacionamento ainda mais vantagens,
      Se fizer viagens longas frequentes não compensa,

      • Grunho says:

        Até certo ponto sim, mas a carregar em casa, sem equipamentos extras de wallboxes, etc. e aumento de potência contratada do contador, dificilmente se consegue carga para mais de 50 kms/dia. Ao fim de um ano não se ultrapassa, quando muito, os 15 mil kms. Um investimento da ordem dos 40 e tal mil euros para uma quilometragem tão baixa não é fácil de justificar.

        • Test User says:

          Num cenario de carro cidade melhor escolher um carro por volta 20.000.
          Walbox é necessária.
          Não percebo essa de não consegue-se carregar mais 50 kms/dia sem aumentar potência. Exemplo Walbox da Galp: 3,7Kva dizem que carrega 100 Km em 4 horas.

          • Grunho says:

            100 Km são à volta de 20 kwh. Para carregarem em 4 horas são precisos 5 kwh por hora. E depois há os outros consumos da casa: máquinas de lavar roupa e louça, aspirador, luzes, TV, etc, etc.. Logo, walbox de 3,7Kva deve ficar bastante curto.

  9. Matt84 says:

    Ia dizer que por esse preço mais valia um VW ID4, que deve ser o concorrente mais próximo, mas depois vi que o VW começa quase nos 47.000€…
    De qualquer forma parece caro para um carro de uma marca sem historia em Portugal, onde a assistência deve ser quase inexistente e com o estigma de ser chinesa

  10. Elkido says:

    Produzir diesel em casa? Estás te referindo aos óleos e azeites usados para fazeres Biodiesel? Nos motores modernos diesel isso não é muito benéfico mas nos motores diesel mais antigos andam com”tudo”

  11. Tiago says:

    Uma questão que pode ser um pouco parva. Sendo eléctrico, o IVA não é descontado?

    • Rui says:

      Os particulares deduzem IVA? Só as empresas podem fazê-lo…. enquanto o fisco permitir, por exemplo carros com mais de 3 lugares o fisco não permite deduzir IVA e ainda paga tributações autónomas sobre todas as despesas desse carro (um BMW ou Mercedes de uma empresa são minas de ouro para o fisco!!!!!!!!!!!!)

      • PeterJust says:

        A questão é que muitas empresas pagam o salário mais baixo mas em contrapartida dão outras regalias, no caso dos carros não é muito difícil ter uma renda de 1000€ em grandes máquinas, o que na verdade é como se fosse um ordenado mais alto mas esse valor não era sujeito aos impostos a que os salários estão sujeitos, isso criava uma injustiça fiscal entre quem ganhava por exemplo 2500€ e outra que ganhava 1500+1000, o segundo pagava muito menos impostos e segurança social, as finanças arranjaram essa solução para que ao menos o pessoal não ande de grandes máquinas e a fugir às contribuições como os outros. Até certo ponto acho justo, só não acho justo haver impostos tão altos aos salários, mas já que temos de pagar ao menos que seja justo para todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.